Buscar

25 setembro 2017

Servidores de Ipaumirim param atividades; prefeitura diz que pagamento será realizado 'se houver uma boa surpresa'

Ofício enviado pela Secretaria de Administração de Ipaumirim a servidores paralisados (Foto: Arquivo Pessoal)
Servidores públicos de Ipaumirim, município no Centro-Sul do Ceará, paralisaram as atividades desde o início desta semana, em protesto pelo atraso dos salários de agosto. Nesta quarta-feira (20), eles acamparam e dormiram na prefeitura do município. Em resposta à paralisação, a Secretaria Municipal de Administração de Ipaumirim enviou ofício afirmando que “se houver uma boa surpresa”, o pagamento integral dos profissionais será realizado.
De acordo com a servidora da saúde do município, Geísa Maria de Sousa, os salários do mês de agosto da maioria dos servidores da Educação, Saúde, Agricultura, e outras áreas, todos concursados efetivos, está atrasado. A administração do município justifica a situação alegando que o recurso enviado pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) não é suficiente para garantir os vencimentos.
Em comunicado oficial, assinado pela titular da Secretaria de Administração, Jucieuma Gouveia Correia, ela afirma que não é possível garantir o pagamento de todos os servidores, já que “o recurso que entrará no dia 29/09/2017 é inferior à dívida total referente aos pagamentos”. “Lembramos que no dia 30 ainda há o compromisso com os 50% restantes das férias dos professores, o que sobrecarrega ainda mais a dívida do município. Assim, se houver uma boa surpresa, vindo recursos além de nossas expectativas, pagaremos de forma integral a todos que ainda não receberam”, diz o ofício.
Em nota enviada ao G1, a prefeitura disse que está tomando ''todas a providências para regularizar os pagamentos dos servidores dos quais já foram pagos aproximadamente 50% da Folha, assim como 50% do terço de férias dos professores em que está previsto o restante do pagamento para o próximo dia 30 ( sobre o terço de férias dos professores, 60% foi parcelado em 2 vezes e os 40% restantes da educação já foram pagos de forma integral)". A adminstração diz ainda que a atual gestão sofre muito com a crise financeira que atinge o país e que precisou arcar com os débitos da gestão passada.

Fonte: G1 CE

Universidade Estadual do Ceará inscreve para vestibular de cursos à distância

Universidade Estadual do Ceará seleciona para cursos de graduação à distância.  (Foto: Divulgação/Uece)A Universidade Estadual do Ceará (Uece) mantém abertas até o dia 8 de outubro as inscrições para o vestibular de cursos que serão ministrados à distância.
Os candidatos podem pleitear vagas nos cursos de licenciatura em ciências biológicas, computação, educação física, física, geografia, história, matemática e química. Todos os cursos são na modalidade à distância, promovidos pela Uece em convênio com a Universidade Aberta do Brasil (UAB).
Ao todo, são ofertadas 920 vagas distribuídas entre as oito graduações. Os cursos acontecem em 13 municípios-polo, sendo eles Beberibe, Brejo Santo, Camocim, Caucaia, Fortaleza, Itapipoca, Jaguaribe, Maracanaú, Mauriti, Meruoca, Orós, Quixeramobim e São Gonçalo do Amarante.
A prova acontece no dia 29 de outubro e será realizada nos respectivos municípios onde funcionarão os cursos. As inscrições podem ser feitas por meio do site da Comissão Executiva do Vestibular (Cev) da Uece.
Os cursos são todos gratuitos e os encontros presenciais acontecem, preferencialmente, nas noites de sexta-feira e aos sábados.

Fonte: G1 CE

Como no hino, Fortaleza é abraçado pela leal torcida em chegada após acesso

Fortaleza, torcida, carreata (Foto: Juscelino Filho)O Fortaleza foi abraçado. Como há oito anos não era. Como bem diz o hino do Leão, foi o abraço mais sincero que a leal massa azul, vermelha e branca poderia dar ao Tricolor de Aço. Uma multidão a se perder de vista. Milhares de vozes entoando em uníssono o hino tricolor. Ou a famosa música de Cassiano. Ou simplesmente fazendo barulho e estando lá. Marcando presença. Porque o importante era fazer a festa! Afinal, oito anos depois, está liberado comemorar sem hora para voltar para casa.
Não havia sol que os impedisse de estar lá. Não havia impedimento nenhum pra desmotivar os milhares de torcedores. Os lugares à sombra eram escassos, mas pouco importava. Logo na entrada do portão por onde sairia o caminhão do corpo de bombeiros levando o elenco, uma multidão em azul, vermelho e branco. Que não se calava em momento algum.
Na saída do caminhão, o sincero abraço. A massa cercou o plantel tricolor, e a festa seguiu firme até o estacionamento da Arena Castelão. O percurso foi vibrante e forte. Ao elenco combativo e aguerrido não se esperava menos. A festa pode até ter hora para acabar, mas a comemoração vai até 2018. Pode celebrar, torcedor! Como se amanhã já fosse segunda. E é.
Se liga só na quantidade de gente no aeroporto! (Foto: Juscelino Filho)

Torcida do Fortaleza vai em grande número ao aeroporto receber o time (Foto: Juscelino Filho)

Caminhão do Corpo de Bombeiros leva elenco tricolor para festa no Castelão (Foto: Juscelino Filho)

Fonte: G1 CE