Buscar

16 maio 2017

Lei Chico Anysio determina o humor como bem cultural de natureza imaterial do Ceará

O governador do Estado Camilo Santana sancionou, na tarde desta segunda-feira, 15, a Lei Chico Anysio, que determina o “Ceará – Terra do Humor como bem cultural de natureza imaterial”. Ocorrida no Palácio da Abolição, a cerimônia contou com a presença de André Lucas, filho de humorista cearense, Geovana Cartaxo (superintendente do Iphan-CE) e vários outros nomes locais da humor, além de autoridades e prefeitos de algumas cidades do Interior, inclusive de Maranguape, terra-natal de Chico Anysio.
A lei 220/2015 é de autoria do deputado Bruno Pedrosa (PP), sendo elaborada a partir de conversas com o humorista Lailtinho Brega - que também preside a Associação dos Humoristas do Ceará -  que resultaram numa audiência pública, em junho de 2016, em que viu-se necessária a discussão de apoios e melhorias para os profissionais do riso. A Lei Chico Anysio foi votada e aprovada na Comissão de Cultura e Esportes da Assembleia Legislativa do Ceará.  
Para Lailtinho, o momento é, sobretudo, de rever os conceitos em relação à classe. “O humor precisa de uma renovação. Hoje em dia, para você ter uma ideia, o humor está em programas de TV, internet... Mas 70% do público é rotativo. Então, a importância dessa lei é que, a partir dela, venham mais projetos, workshops, escolas de humor, etc. Com isso, o humor passa a ser serviço, entende? Que a Secult o veja também como um elemento cultural, assim como a dança e o teatro”.
“Acho importante, porque é uma forma do Legislativo entender que a gente existe. Então o que precisa agora é que o governo, de alguma forma, absorva esses humoristas. É também uma forma de reconhecimento da nossa profissão”, resumiu o humorista Jáder Soares (Zebrinha), presidente da Associação dos Humoristas Cearenses, criada em 2008,  e responsável pelo Museu do Humor Cearense e o Teatro Chico Anysio, além de idealizador do Dia do Humorista, lembrado em 12 de abril (data de nascimento de Chico Anysio), em vigor desde 2003.
Fabiano dos Santos Piúba, titular da Secretaria da Cultura do Estado (Secult), definiu a lei a partir de duas vertentes. “Tem uma que é a legal, institucional, que faz com que o humor seja uma expressão universal, com uma representação muito forte aqui. A segunda é prática, no sentido de que tenhamos uma atenção maior para o humor a partir da viabilização de políticas públicas para a área. Em 2016, já tivemos o Fórum Cearense do Humor, também tivemos a retomada de um Edital do Humor (inserido no Edital de Incentivo às Artes) e ainda teremos a volta do projeto Terça de Graça”, adiantou o secretário.
“Me sinto muito feliz em sancionar essa lei porque, agora, o Ceará é não só a Terra da Luz, mas também a Terra do Humor. O Ceará conseguiu construir personalidades que são referências em todo o País, como é o caso de Renato Aragão, Tom Cavalcante, etc. Então torna-se um marco importante na história do Ceará. É uma maneira de fortalecer e oficializar o humor não só a partir de editais, mas de implementá-lo nos bairros e nas praças”, afirmou Camilo Santana.
Um vídeo com a trajetória de Chico Anysio foi exibido antes da assinatura. “O humor vive até hoje por iniciativas como essa Lei, vive por conta de um Teatro Chico Anysio e de um Museu do Humor Cearense, que existem aqui. E, claro, é uma honra que leve o nome do meu pai”, explicou André Lucas. Para Bruno Pedrosa, autor da lei, “nós mesmos não nos reconhecíamos como Terra do Humor. Que a lei possa incentivar os humoristas a viverem disso e, consequentemente, o turismo possa ser cada vez mais incentivado”.      

TERESA MONTEIRO

Fonte: O POVO

Zeca Baleiro passa mal e interrompe show em Fortaleza

Cantou iria realizar dois shows na capital cearense, mas o cantor deixou o palco durante a segunda sessão após sentir um mal-estar (Foto: Rama de Oliveira/Divulgação)O cantor Zeca Baleiro, 51 anos, passou mal durante um show no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, na noite deste domingo (14), conforme nota do cineteatro. Zeca estava na segunda apresentação da noite - foram duas sessões já que as entradas para a primeira se esgotaram em menos de 24 horas.
De acordo com nota da produção do artista publicada em uma rede social, Zeca foi acometido por um mal-estar, causado por "uma queda de pressão, motivada provavelmente pela bronquite que está tratando". Na mesma nota, a produção informa que Zeca agradece o carinho dos fãs e já solicitou a realização de um novo show em Fortaleza, em data e local a serem informados, assim que definidos por eles.
Após o atendimento no hospital, Zeca Baleiro voltou para o hotel em que está hospedado para descansar e se recuperar, conforme comunicado do Cineteatro.
Ainda conforme comunicado do Cineteatro São Luiz, aqueles que se sentiram prejudicados por problemas na segunda sessão do show do cantor e compositor Zeca Baleiro, iniciada às 21 horas, deste domingo, podem procurar a o cineteatro para ressarcimento dos valores pagos pelos ingressos. É importante que seja realizada a comprovação da compra, com dados da aquisição o-nline ou em bilheteria. O reembolso pode ser solicitado pelo e-mail admcineteatrosaoluiz@gmail.com.
Diante dos questionamentos de espectadores em redes sociais sobre as duas sessões seguidas, o Cineteatro São Luiz ressalta que a segunda sessão do show foi definida em comum acordo com a produção do artista. O Cineteatro destaca ainda que a realização de duas sessões seguidas, em uma mesma noite, de shows, peças de teatro, apresentações de dança ou espetáculos de outras linguagens é praxe no meio artístico, ocorrendo de forma relativamente frequente, em função de demanda do público e quando há plena capacidade de o artista ou grupo se apresentarem mais de uma vez, sem quaisquer prejuízos pessoais ou artísticos.
Zeca Baleiro é cantor, compositor, cronista, e músico brasileiro de MPB. O maranhense é conhecido por sucessos como "Quase nada", "Telegrama" e "Proibida pra mim", entre outras.

Apoio dos fãs
Após o encerramento da segunda sessão do show de Zeca Baleiro, os fãs do cantor postaram mensagens de apoio e demonstraram preocupação com a saúde do cantor na página do evento em uma rede social.
Entre as publicações estavam frases como: "Desejo saúde a você Zeca Baleiro, o importante é você ficar bem! Somos humanos e limitados. Valeu todo esforço de realizar o show! por favor mandem notícias! Melhoras! ". Ainda na manhã desta segunda-feira (15), pessoas que acompanharam o show do cantor buscavam informações sobre o estado de saúde dele. "Fiquei bastante aflita!!! Alguém da noticias, por favor! Saúde Zeca!".

Fonte: G1

Inacreditável! Plantação de Milho no Cemitério de Aratuba

Quem pensou que já tinha visto de tudo na vida certamente não pensou na hipótese do cultivo de milho em terreno de cemitério.
Um registro narrado pelo ancora do programa Alerta Geral – 2ª Edição da Soomzoom Sat Aratuba, Wellington Lima, chamou atenção pelo fato inusitado onde consta uma plantação de milho em estado bastante avançado no cemitério de Aratuba.
Segundo Wellington Lima ele recebeu uma foto de um radiouvinte mostrando a veracidade do fato, o que causo repercussão após o programa.
Nas redes sociais o também radialista e internauta José Wange postaram diversas fotos mostrando a plantação de milho em várias covas. E o que se observa é que aparente a plantação vem sendo acompanhada por algum agricultor ou por alguém, sendo que ao redor de cada planta, o mato foi limpo com técnicas agrícolas utilizadas nos roçados convencionais. É o mais curioso é que não se trata de um cemitério abandonado, pelo contrário, é o único cemitério da cidade em pleno funcionamento onde constantemente ocorrem enterros, na necrópole (cidade dos mortos) que fica na Rua Targino Góes S/n, divisa com a Rua Sebastião Monteiro de Araújo em Aratuba no Maciço de Baturité.
O que resta saber é como será o desfecho dessa história inusitada que movimentou a pacata Aratuba. 


Fotos: José Vange