Buscar

16 fevereiro 2017

Processo Seletivo SEDUC ARATUBA: Saiu resultado final

Saiu o resultado definitivo do Processo Seletivo da Secretaria de Educação de Aratuba - 2017 , para contratação de professor temporário. A publicação conta com a homologação final do certame.
Conforme a Seduc, os candidatos com os nomes homologados poderão ser convocados de acordo com a necessidade do órgão. A previsão é que as aulas comecem na próxima segunda-feira dia 20 de fevereiro.
A relação final é o resultado da análise dos pedidos de recursos apresentados por candidatos acerca do resultado parcial do certame.

O carnaval do Safadão: cantor fará 11 shows em seis dias e oito cidades

Wesley Safadão em show em Salvador, na Bahia (Foto: André Muzell/ Brazil News)
O carnaval de Wesley Safadão será bastante intenso. O cantor fará 11 shows durante seis dias, passando por oito cidades e seis estados.
Safadão começa sua trajetória na folia de 2017 puxando trio elétrico no carnaval de Salvador, no circuito Barra-Ondina. No dia seguinte, se apresenta em um dos camarotes da folia baiana. Da Bahia, segue para Minas Gerais, onde faz dois shows no mesmo dia: um em Santa Rita de Sapucai, outro em Muzambinho.
De Minas, Safadão volta para o Nordeste, fazendo jornada tripla no dia 26 de fevereiro. O cantor faz uma apresentação em Recife, Pernambuco, outra, em Fortaleza, no Ceará, e uma terceira em Luis Correia, no Piauí. De lá, o cantor retorna para Minas Gerais para mais uma apresentação, segue para o interior de São Paulo e finaliza a programação de carnaval com dois shows em dois camarotes de Salvador. Ufa!
epois da intensa programação, nada de descanso. Safadão ainda faz mais alguns shows antes de sair de férias, no dia 2 de março.
O cantor ficará duas semanas descansando no exterior antes de retomar suas atividades, que incluem toda uma programação para seu DVD em Miami durante a Semana Santa.

Confira a agenda completa de Safadão no carnaval 2017:

23/02 - Salvador, Bahia (Blovo Vai Safadão)
24/02 - Salvador, Bahia (Camarote Clube)
25/02 - Santa Rita Do Sapucai, Minas Gerais
25/02 - Muzambinho, Minas Gerais
26/02 - Recife, Pernambuco
26/02 - Fortaleza, Ceará
26/02 - Luís Correia, Piauí
27/02 - Belo Horizonte, Minas Gerais
27/02 - Votuporanga, São Paulo
28/02 - Salvador, Bahia (Camarote Villa Mix)
28/02 - Salvador, Bahia (Camarote Reino)

Fonte: EGO

Após perder gêmeos, casal celebra gravidez de quíntuplos: 'Milagre'

Após perder gêmeos, casal celebra gravidez de quíntuplos: 'Milagre' em Goiás (Foto: Sílvio Túlio/G1)Em pouco mais de um ano, a frustração de um casal após a perda dos filhos gêmeos se transformou em uma alegria imensurável com uma nova gestação. De forma natural, a técnica em enfermagem Carla Divina Faria de Oliveira, de 24 anos, engravidou de quíntuplos. Com uma barriga de quatro meses ainda quase que imperceptível, ela espera junto com o marido o momento sublime de dar à luz os cinco filhos.
De acordo com uma das teorias mais tradicionais para se calcular a probabilidade de nascimentos múltiplos, conhecida como "Lei de Hellin", a chance de nascerem quíntuplos a partir de gestações naturais é de 1 a cada 65.610.000 de nascimentos.
Carla e o marido, o encanador industrial Luciano Gomes, de 39 anos, são casados há dois anos e vivem em Nerópolis, na Região Metropolitana de Goiânia. Ela diz que a notícia da gestação pegou ambos de surpresa. "Dois meses depois que fiz o exame confirmando, fiz o primeiro ultrassom e o médico já viu que eram quíntuplos. Foi um susto, eu nem acreditei. Mas hoje isso é motivo de muita felicidade, um milagre de Deus", disse Carla ao G1.
A jovem faz o pré-natal em uma maternidade particular de Goiânia e diz que os bebês estão se desenvolvendo normalmente. Até agora, só foi possível ver o sexo de dois: um menino e uma menina, que se chamarão Lucas e Giovana, respectivamente. Um novo ultrassom, marcado para o início de março, deve revelar o sexo dos demais.
Com a situação sob controle, apenas uma questão causa receio à futura mamãe. Em fevereiro do ano passado, Carla perdeu filhos gêmeos, também frutos de uma gestação natural. "Eles nasceram prematuros, no sexto mês, e morreram logo após o parto. Eu fico preocupada porque existe o risco, é complicado", afirma.

Susto para o pai

Fora a tristeza pela perda dos gêmeos da gestação anterior, o clima é de ansiedade e muita alegria na família. Para o pai das crianças, adicione ainda uma dose de surpresa. Ele conta com gargalhadas como recebeu a notícia do sogro sobre os quíntuplos e revela que duvidou do que ouviu.
"Ele me ligou e ficou rodeando, disse que eu teria trabalho e precisaria trocar de carro. Pensei: 'Será que são gêmeos de novo?'. Quando ele falou que eram quíntuplos, eu não acreditei. Tanto que, em segredo, levei minha esposa para fazer outro ultrassom e confirmar. Aí foi quando a ficha caiu", lembra o encanador industrial.
Luciano também tem uma irmã gêmea e outro filho, de 1 ano, de um relacionamento anterior. Agora, depois que os outros cinco herdeiros nascerem, ele promete "fechar a fábrica".

Mudança de quarto

O casal mora em uma casa própria no Centro de Nerópolis. O imóvel é bastante amplo e possui um grande quintal para as crianças brincarem quando crescerem. Porém, ainda assim, serão necessárias algumas mudanças. Luciano e Carla irão deixar a suíte para os filhos e passaram a dormir no outro quarto da residência.

Após perder gêmeos, casal celebra gravidez de quíntuplos: 'Milagre' em Goiás (Foto: Sílvio Túlio/G1)

O parto está previsto para o mês de maio, quando Carla deve estar de 7 meses. Como a gestão é considerada de risco, os bebês ainda devem ficar por pelo menos mais um mês no hospital até serem liberados. Nesse período, os pais prometem agilizar os preparativos para receber as crianças. "Nós já ganhamos os cinco berços de uma loja, mas ainda não compramos quase nada para os bebês. Vamos ter tempo para isso", diz Carla.

Após perder gêmeos, casal celebra gravidez de quíntuplos: 'Milagre' em Goiás (Foto: Sílvio Túlio/G1)

Para reforçar o estoque de fraldas, o casal estuda fazer um jogo de futebol beneficente, cujo ingresso seria um pacote do produto. Já em casa, será montada uma "força-tarefa" para ajudar: mãe, sogra e a cunhada da técnica em enfermagem devem passar a maior parte do tempo se revezando entre os cuidados com os quíntuplos.

Fonte: G1

Operação da PF faz buscas e apreensões em investigação sobre Belo Monte

Resultado de imagem para PFA Polícia Federal deflagrou no início da manhã desta quinta-feira (15) uma operação, batizada de Leviatã, para cumprir mandados de busca e apreensão nas casas e escritórios de pessoas investigadas por propina na construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. A Leviatã se baseia em provas coletadas na Operação Lava Jato.
Entre os alvos da operação, segundo a Polícia Federal, estão o ex-senador pelo Pará Luiz Otávio e o filho do senador Edison Lobão (PMDB-MA), Márcio Lobão. Os mandados da Leviatã, foram expedidos pelo ministro Edson Fachin do STF.
As buscas estão relacionadas a um inquérito que corre no Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar pagamento, por parte das empresas do consórcio de Belo Monte, de 1% dos valores das obras da usina ao PT e ao PMDB.
O ex-ministro do STF e antigo relator da Lava Jato, Teori Zavascki, morto em janeiro, havia separado investigações sobre corrupção setor elétrico, o chamado eletrolão, da operação original. O inquérito sobre Belo Monte já estava sob relatoria de Fachin antes mesmo de ele suceder Zavascki como relator da Lava Jato.

Histórico

Em abril de 2016, o ex-presidente da Andrade Gurtierrez Energia, Flávio David Barra, disse em depoimento na 7ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro que negociou pagamento de propina na obra de Belo Monte com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, preso pela Lava Jato, e com Márcio Lobão, filho do senador que, na época, era ministro de Minas e Energia.
"Tive conversas com Vaccari sobre Belo Monte, envolvendo o pagamento de comissão. Já o ministro Lobão indicou advogado do Maranhão, a quem fizemos alguns pagamentos em espécie no caso de Angra 3. Para [os pagamentos de] Belo Monte nos foi indicado o filho do ministro, Márcio", disse o executivo no depoimento de 2016.
O leilão da hidrelétrica foi vencido pela Norte Energia, formado pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) - subsidiária da Eletrobras -, Construtora Queiroz Galvão, Galvão Engenharia, entre outras empresas. Entretanto, a Andrade Gutierrez, Camargo Corrêa e Odebrecht acabaram contratadas para a construção da usina.
Maior projeto brasileiro no setor elétrico, Belo Monte tem a conclusão das obras prevista para janeiro de 2019. O investimento estimado é de R$ 28,9 bilhões.

Fonte: G1