Buscar

08 fevereiro 2017

Turista molesta tubarão em extinção em Fernando de Noronha e é mordida por animal

Casal de turistas segura animal que tenta escapar e acaba mordendo a mulherUma mulher foi mordida por um filhote de tubarão limão (Negaprion brevirostris), espécie em extinção, na Praia do Sueste, em Fernando de Noronha, nesta segunda-feira, 6. O acidente ocorreu após a turista e o marido, que não tiveram a identidade revelada, segurarem o animal para uma foto. Conforme o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), houve "molestamento de animal silvestre". Ela e o marido foram multados em R$ 10 mil cada.

De acordo com nota do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, espaço de conservação da natureza, a turista foi atendida no Hospital São Lucas com ferimentos leves na mão, onde recebeu quatro pontos. Na manhã desta terça-feira, 7, ela compareceu à sede da ICMBio, em Fernando de Noronha, para prestar depoimento.

A ICMBio apurou que por se tratar de um animal em extinção, a perseguição e captura estava enquadrada no art. 24 do Decreto n°6.514/2008 que regulamenta a Lei de Crimes Ambientais (Lei. 9605/98) e prevê multa de R$ 5 mil. Seguindo o art. 93° do mesmo Decreto, a multa foi dobrada pelo fato de ocorrer dentro de uma Unidade de Preservação.
 
"O ICMBio informa que o arquipélago de Fernando de Noronha proporciona ao morador e ao visitante uma oportunidade única de vivenciar um ambiente natural protegido onde as espécies vivem, interagem e completam seus ciclos naturais", escreveu o Instituto em nota. "Devemos observá-lo e contemplá-lo interferindo o mínimo possível. Isso é sinal de respeito aos outros seres vivos e garante a perpetuação deste ambiente e das espécies que vivem nele".