Buscar

24 março 2017

Universitários de Ocara reclamam de atrasos e superlotação em ônibus escolares

Resultado de imagem para transporte universitarioCerca de 100 estudantes universitários de Ocara (a 77Km de Quixadá) estão ficando revoltados com o serviço prestado pela prefeitura deste Município, de transporte coletivo, até a cidade de Quixadá,  onde estão situados os centros de formação superior nos quais eles estudam no período noturno.
Conforme os estudantes, no ano passado três ônibus realizavam o serviço de transporte. A frota diminuiu para dois, mesmo aumentando o número de passageiros. Muitos são obrigados a realizar todo o trajeto, de 154Km,, ida e volta à pé. Se a maioria fosse adolescente até suportaria a viagem, mas enfrentam uma jornada de trabalho diária de 8 horas. Quando a noite chega, estão exaustos.
Não bastassem esses desconfortos os ônibus estão chegando ao destino com cerca de 40 minutos de atraso, constantemente, prejudicando a participação na primeira aula. No retorno também há atraso, prejudicando o repouso noturno.
Estamos buscando qualificação profissional para que nosso município não precise mais buscar mão de obra em outras cidades ou na capital, diariamente enfrentamos as mais adversas situações”, desabafou a aluna Aniele Silva pedindo uma solução para os problemas.
A reportagem tentou manter contato telefônico com a prefeitura de Ocara. As ligações não foram atendidas. Os próprios alunos informaram que a gestão municipal se prontificou em apresentar uma solução até este fim de semana.
Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário