Buscar

14 março 2017

Laudo do IML descarta agressão do sertanejo Victor, da dupla com Leo, contra esposa

O laudo sobre a agressão contra Poliana Bagatini, de 29 anos, esposa de Victor Chaves, de 41 anos, da dupla com Leo, foi negativo. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 13, pela delegada Danúbia Quadros, chefe da Divisão Especializada no Atendimento à Mulher, ao Idoso e à Pessoa com Deficiência (Demid) de Belo Horizonte, Minas Gerais. O exame foi realizado no Instituto Médico Legal (IML), na Capital mineira.
Danúbia afirmou ainda que aguarda o laudo pericial das imagens do circuito interno do prédio para concluir o inquérito, que ainda tem prazo de 30 dias para ser entregue à Justiça. Segundo ela, nenhum vizinho ou funcionário do próprio sertanejo presenciaram qualquer agressão, mas relataram ter ouvido gritos.
De acordo com Danúbia, a confusão teria sido motivada por um desentendimento após o cantor ter levado a filha do casal para a casa da mãe sem o conhecimento da esposa. Nesse domingo, 12, Victor foi prestar depoimento, que durou cerca de duas horas.
Foram ouvidas também a mãe do cantor, Marisa Chaves, a irmã, Paula Chaves, e o segurança. O caso já foi compartilhado a um juiz, que expediu um mandado para que a polícia tivesse acesso às imagens do circuito de segurança do prédio.

Entenda o caso

No último dia 24, a esposa do cantor sertanejo Victor Chaves, 41 anos, Poliana Bagatini, 29, acusou o marido de tê-la agredido. De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Mulheres, em Belo Horizonte, Minas Gerais, o integrante da dupla com Leo teria jogado e chutado a esposa, que está grávida de quatro meses.
O músico negou a agressão e pediu privacidade para lidar com o caso junto à família em entrevista ao programa “Fantástico”, da TV Globo. “Eu nunca agredi ninguém na minha vida”, ressaltou o sertanejo.

Fonte: O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário