Buscar

07 fevereiro 2017

Temer indica Alexandre de Moraes para STF

O porta-voz do presidente da República Michel Temer (PMDB), Alexandre Parola, confirmou nomeação do ministro da Justiça Alexandre de Moraes para vaga no Superior Tribunal Federal (STF). 
Morais ocupa vaga deixada por Teori Zavacki, que morreu em acidente de avião no mês passado. Para ser confirmado no cargo, ele precisa passar por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e ter o nome aprovado no plenário da Casa.

Perfil

Moraes era um nome polêmico para o cargo desde que foi cotado pela primeira vez, já na semana em que ficou vago. 
Isso porque, inicialmente, quem ocupasse a vaga iria ficar também com a relatoria da Operação Lava Jato no Tribunal, função de Teori. Após sorteio eletrônico na última semana que definiu Edson Fachin como relator, Moraes voltou a ganhar força. 
Filiado ao PSDB, o ministro da Justiça de Temer já foi promotor de Justiça, secretário de Segurança Pública e de Justiça no Estado de São Paulo. Também foi membro do primeiro colegiado do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2005. 
Também autou como advogado do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em processo sobre uso de documento falso. A ação penal foi arquivada em 2014 pelo Supremo, por insuficiência de prova. Assumiu o Ministério da Justiça em maio de 2016, sendo chamado por Temer ainda como presidente interino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário