Buscar

16 janeiro 2017

Conheça a história da menina sanfoneira que tocou "Asa Branca" no Encontro dos Profetas das Chuvas

Filha de um agricultor e de uma doméstica, a pequena Deisielly Honorato da Silva, 9, toca sanfona há cerca de três anos. O talento chamou atenção na comunidade dela em Ocara, e desde então a menina faz shows no Ceará.
"O pai dela tinha o desejo de montar uma banda e hoje busca garantir os estudos dela na música", explica o professor da rede estadual João Paulo Maciel. Ele conheceu a menina por meio da esposa, que era diretora da escola de Deisielly, e resolveu mobilizar a comunidade para garantir as apresentações.
No início, ''Deisielly do Acordeon'' tocava com a sanfona do pai, mas ganhou um novo instrumento após os eventos. "Fizemos eventos na cidade e o pai dela conseguiu parcelar uma nova", diz João Paulo.
Em 2016, a menina recebeu o Troféu Centenário 2016', durante homenagens ao rei do Baião, Luiz Gonzaga. "Ela é muito carismática! No momento, buscamos patrocínio para ela voltar às aulas de música em Guaiúba. Em virtude da distância, tentamos algum transporte para levá-la", completa João Paulo.
Ídolos

Ao O POVO Online, Deisielly contou que as suas músicas preferidas são "Asa Branca" e "Sala de Reboco", ambas de Luiz Gonzaga. Além disso, a pequena sanfoneira cita outro ídolo, o cantor Waldonys.

"Meu sonho é conhecer o Waldonys. E quero continuar estudando para tocar e cantar", diz Deisielly.

Nenhum comentário:

Postar um comentário