Buscar

23 janeiro 2017

Com direito a golaço, Fortaleza vence o Ceará no Castelão

Deu Fortaleza no primeiro Clássico-Rei de 2017. Em uma partida com jogadas bruscas, discussões entre os atletas e duas expulsões, um golaço do atacante Gabriel Pereira resolveu o jogo. O 1 a 0 no Castelão, ontem, deixou o Tricolor na liderança da primeira fase do Campeonato Cearense com sete pontos em três jogos. Já o Ceará fica com três pontos em apenas dois jogos, na oitava colocação.
O resultado é importante para o Tricolor, que não perde do Ceará há cinco jogos. A equipe, com elenco todo modificado em relação ao ano passado, não jogou bem nas duas primeiras rodadas do estadual e já estava sofrendo enorme pressão da torcida. Agora, com o triunfo, ganha tempo para trabalhar e tentar evoluir.
O primeiro tempo foi marcado por muita pancadaria e não por acaso a arbitragem distribuiu seis cartões amarelos, metade para cada time. Lance perigoso de gol apenas um do Fortaleza, em chute de fora da área de Anderson Uchôa que Everson defendeu bem. Pelo lado Alvinegro, que teve mais posse de bola e iniciativa ofensiva, Sandro acertou cabeçada para defesa de Marcelo Boeck, mas o zagueiro estava impedido. Por falar em impedimento, o zagueiro Heitor marcou um gol de cabeça para o Tricolor, mas sua condição era irregular e o tento foi corretamente anulado.
No segundo tempo o Ceará teve duas ótimas chances para marcar antes dos 10 minutos, mas Douglas Baggio e Lele desperdiçaram. Logo em seguida, o Alvinegro ficou com um jogador a menos. Lele, que já tinha amarelo, simulou pênalti, foi advertido com segundo cartão e excluído.
A situação fez o técnico Gilmar Dal Pozzo trocar Magno Alves por Alex Amado. A substituição não foi capaz de controlar o Fortaleza, que passou a ser mais ofensivo até abrir o placar. Depois de levantamento na área, Everson se adiantou para socar a bola, mas ela sobrou para Gabriel Pereira que, com categoria, dominou e, de muito longe, encobriu o goleiro do Ceará: 1 a 0, aos 20 minutos.
Com a vantagem, o Fortaleza optou pelo cuidado. O time, melhor defensivamente na comparação com os primeiros jogos de 2017, se postou para segurar o resultado e sair nos contra-ataques, enquando o Ceará pressionava sem objetividade. Aos 40 minutos, o lateral esquerdo Gaston Filgueira foi expulso, mas ainda assim o Fortaleza segurou o resultado.

Números

2 jogadores foram expulsos durante o clássico entre Fortaleza 1 x 0 Ceará, no Castelão

CEARENSE 1 x 0

FORTALEZA

TÉCNICO: HEMERSON MARIA

4-3-3 
Marcelo Boeck; Jefferson, Heitor, Ligger e Gaston; Anderson Uchoa, Vacaria (Gabriel Teixeira) e Rodrigo Andrade; Juninho Potiguar (Bruninho), Lúcio Flávio e Gabriel Pereira (Allan Vieira)

CEARÁ

TÉCNICO: GILMAR DAL POZZO

4-3-3

Éverson; Everton Silva, Rafael Pereira, Sandro e Lucas; Jackson Caucaia (Rafael Costa), Richardson e Felipe Menezes (Diones); Lelê, Magno Alves (Alex Amado) e Douglas Baggio
GOL: 2º T - 20 min - Depois de bola alçada na área, Everson se adiantou para socar a bola, que sobrou para Gabriel Pereira, de muito longe, encobrir o goleiro do Ceará

Local: Castelão

Data: 22/01/2017
Árbitro: César Magalhães

Assistentes: Nailton Oliveira e Arnaldo Sousa
Cartões amarelos: Ligger, Anderson Uchoa, Rodrigo Andrade (FOR); Jackson Caucaia, Douglas Baggio (CEA)

Cartões vermelhos: Gastón Filgueira (FOR) e Lelê (CEA)
Público: 21.955 pagantes (1.357 não-pagantes)

Renda: R$ 390.135,00

Fonte: O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário