Buscar

29 novembro 2016

Prefeita de Baturité é afastada por suspeita de improbidade admistrativa

Resultado de imagem para Cristiane Braga Prefeita de Baturité
A Justiça determinou nesta segunda-feira, 28, o afastamento temporário do cargo da prefeita de Baturité Cristiane Braga (PT), por suspeita de improbidade administrativa. Na manhã desta terça, a presidente da Câmara, Edileuza do Rosário Paiva (PSB), já foi empossada.
O afastamento foi determinado pelo juiz Agenor Sturdart Neto, após pedido do promotor de Justiça da comarca do município Alber Castelo Branco.
A gestora é investigada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) por indícios de fraudes em licitações, apropriação de bens, desvios de verbas públicas, uso político da administração municipal em detrimento dos salários de funcionários e do funcionamento de serviços essenciais de limpeza urbana e saúde pública.
Não há prazo para o retorno da prefeita, que não conseguiu se eleger para a próxima gestão e afirmou não saber se vai recorrer da decisão. Em entrevista pelo telefone, ela disse que "vai se defender de todas acusações, porque elas não são verdadeiras", mas que prefere não dar mais declarações pois ainda não conversou com seus advogados.
Cristiane foi eleita em 2012 como vice-prefeita e tomou posse como prefeita somente em dezembro de 2014, após terceiro afastamento de Bosco Cigano do cargo.

Decisão

além do afastamento, o juiz também determinou a suspensão dos efeitos das licitações PP 02/2016 e PP 04/2016, para que a administração municipal se abstenha de realizar quaisquer pagamentos delas recorrentes.
Os pregões 02/2016 e 004/2016 tratam da contratação de serviços de manutenção mecânica preventiva e corretiva da frota de veículos e da aquisição de peças automotivas com valores elevados, segundo a Promotoria de Justiça de Baturité.
Há também denúncias de que as peças não foram recebidas, nem os serviços realizados. A mesma empresa venceu as duas licitações e já foram pagos mais de 450 mil reais. Porém, quando a Promotoria de Justiça requereu notas fiscais à Prefeitura, os documentos não foram fornecidos.

Fonte: O POVO

URGENTE - Aborto até o terceiro mês não é crime, decide turma do Supremo

BRASÍLIA, DF, BRASIL, 05.05.2016. Os 11 ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) se reúnem para discutir uma ação apresentada pela Rede pedindo para que Eduardo Cunha (PMDB-RJ) seja afastado de imediato da Presidência da Câmara e impedido de estar na linha sucessória da Presidência da República. (FOTO Alan Marques/ Folhapress) PODER
A maioria da primeira turma do STF (Supremo Tribunal Federal) firmou o entendimento, nesta terça-feira (29), de que praticar aborto nos três primeiros meses de gestação não é crime. Votaram dessa forma os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Edson Fachin.
A decisão é sobre um caso específico, em um habeas corpus que revogou a prisão preventiva de cinco pessoas que trabalhavam numa clínica clandestina de aborto em Duque de Caxias (RJ), mas pode ser considerada um passo à frente na descriminalização do ato, desde que no início da gravidez.
O relator, ministro Marco Aurélio, já havia concedido liminar em 2014 para soltar os cinco médicos e funcionários da clínica fluminense. Seu fundamento era que não existiam os requisitos legais para a prisão preventiva (como ameaça à ordem pública e risco à investigação e à aplicação da lei). Nesse processo, nenhuma mulher que praticou aborto na clínica foi denunciada.
Em agosto deste ano, quando foi a julgamento o mérito do habeas corpus, Barroso pediu vista. Em seu voto, nesta terça, ele concordou com a revogação das prisões pelos motivos apontados por Marco Aurélio, mas trouxe um segundo fundamento. Para ele, os artigos do Código Penal que criminalizam o aborto no primeiro trimestre de gestação violam direitos fundamentais da mulher.
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto BarrosoAs violações são, segundo o voto de Barroso, à autonomia da mulher, à sua integridade física e psíquica, a seus direitos sexuais e reprodutivos e à igualdade de gênero. "Na medida em que é a mulher que suporta o ônus integral da gravidez, e que o homem não engravida, somente haverá igualdade plena se a ela for reconhecido o direito de decidir acerca da sua manutenção ou não", escreveu o ministro sobre o direito à igualdade de gênero.
Além disso, segundo Barroso, a criminalização do aborto causa uma discriminação contra as mulheres pobres, que não podem recorrer a um procedimento médico público e seguro, enquanto as que têm condições pagam clínicas particulares.
Ainda de acordo com o voto de Barroso, que foi acompanhado por Weber e Fachin, os principais países democráticos e desenvolvidos, como Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Canadá, França, Itália, Espanha, Portugal e Holanda, não criminalizam o aborto na fase inicial da gestação. O prazo de três meses foi tirado da comparação com esses países.
Os dois outros ministros da primeira turma, Marco Aurélio e Luiz Fux, não se manifestaram sobre a descriminalização do aborto no início da gravidez. No caso específico, eles também votaram pela revogação das prisões preventivas, com base apenas na ausência dos requisitos legais para mantê-las.
Barroso destaca, em sua decisão, que o aborto não é algo bom, e que o papel do Estado deve ser evita-lo, mas com educação sexual, distribuição de contraceptivos e apoio às mulheres que desejarem manter a gravidez, mas que não tenham condições.

O que foi julgado na primeira turma foi um habeas corpus para reverter a prisão preventiva dos cinco acusados. O mérito desse caso continua a ser julgado na Justiça do Rio. Embora a decisão tenha se dado em um caso específico, outros magistrados, de outras instâncias, poderão, a seu critério, adotar o entendimento da primeira turma do STF.

Filho de Caio Júnior esquece o passaporte e não embarca para Medellín

Matheus e os pais (Foto: Reprodução/Instagram)O filho do técnico da Chapecoense,  Matheus Sarolli, disse por meio de sua conta no Facebook que não embarcou com a delegação do time catarinense no trágico voo que vitimou ao menos 70 pessoas, porque deixou seu passaporte em casa.
“Agradeço a todos que estão ligando e mandando mensagens, eu estava em São Paulo hoje e não embarquei pois tinha esquecido meu passaporte”, disse.
“Precisamos de força, peço que nos deem um pouco de privacidade especialmente à minha mãe”, comentou.
Caio Junior está entre as 76 vitimas da queda do avião da companhia aérea Lamia, da Venezuela, que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia.
Fonte: ESTADÃO

Atlético-MG pede que jogo contra a Chapecoense seja cancelado

Resultado de imagem para atletico mg jogadoresPróximo adversário da Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético Mineiro emitiu nota oficial na tarde desta terça-feira para avisar que é contra a realização da partida, que inicialmente estava marcada para o próximo domingo. Toda a última rodada já foi adiada para o fim de semana seguinte, dia 11 de dezembro.
"O que o futebol brasileiro necessita, neste momento, é de um verdadeiro respeito ao luto. Até por uma questão humanitária, (o Atlético) é contra a realização do jogo Chapecoense x Atlético, considerando incabível a sua realização diante dos acontecimentos. É importante, para isto, que haja deliberação da CBF e dos demais clubes da Série A", lembra a diretoria do clube mineiro.
Um eventual cancelamento do duelo entre Atlético e Chapecoense, em Chapecó, não faria grande diferença na tabela. O time mineiro será quarto colocado do Brasileirão de qualquer forma. A Chapecoense, em nono, ainda briga para ficar em oitavo, ou pode ser ultrapassada pela Ponte Preta. Fred e Robinho, do time mineiro, estão entre os que disputam a artilharia.
FORA DO GRUPO
Diferente de clubes como São Paulo, Palmeiras, Santos, Corinthians, Botafogo, Fluminense, Vasco e Cruzeiro, o Atlético-MG rejeitou apoiar, de cara, as chamadas "Medidas Solidárias à Chapecoense", lançadas inicialmente pelos paulistas.
"(O Atlético) apoia a união de clubes e federações no sentido de atenuar as consequências desportivas desta tragédia para a Chapecoense. Contudo, considera que as formas de auxílio devem ser discutidas em momento oportuno", diz a nota do clube mineiro.
Em comunicado conjunto, mais cedo, diversos clubes pediram que a CBF não permita o rebaixamento da Chapecoense para a Série B do Campeonato Brasileiro pelos próximos três anos e sugeriram que, caso o time fique na zona de rebaixamento, o 16º colocado vá para a segunda divisão. Além disso, ofereceram o empréstimo gratuito de atletas.
Nesta terça-feira, o elenco do Atlético pediu para que o treinamento da manhã fosse cancelado - o que foi prontamente atendido pela diretoria. A final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, que estava marcada para a próxima quarta-feira, em Porto Alegre (RS), foi adiada para a semana que vem.
Fonte: ESTADÃO

Jogadores do Atlético Nacional querem que Chapecoense seja declarada campeã

Resultado de imagem para Atlético NacionalO elenco do Atlético Nacional quer que a Conmebol dê o título de campeã da Copa Sul-Americana para a Chapecoense, em função da tragédia que derrubou o avião do clube catarinense, nos arredores de Medellín, na Colômbia. O acidente deixou ao menos 70 mortos. Assim como os atletas, o clube colombiano também se posicionou favorável a medida, através de uma nota oficial (veja abaixo).
"Queremos que se declare campeã a esta equipe (Chapecoense) e aí vamos ver o que acontece. A iniciativa é nossa e do mundo do futebol. Espero que a Conmebol tome essa decisão e queremos apoiar aos familiares, que possamos dar um abraço neles. É o que podemos fazer", disse o lateral direito Gilberto Garcia, a veículos locais.
"O professor nos disse para valorizar muito nossa vida, que fizéssemos uma reflexão, tomar como um aviso de Deus para seguir melhorando cada vez mais. Vamos esperar a determinação que toma a Conmebol", afirmou.
Atlético Nacional e  Chapecoense fariam a primeira final nesta quarta-feira. Os confrontos, entretanto, já foram suspensos pela entidade.
NOTA OFICIAL
El dolor embarga rotundamente nuestros corazones e invade de luto nuestro pensamiento. Han sido horas lamentables en las que hemos estado consternados con una noticia que nunca quisimos haber escuchado. El accidente de nuestros hermanos del fútbol de Chapecoense nos marcará de por vida y desde ya dejará una huella imborrable en el fútbol latinoamericano y mundial. Todo esto ha sido completamente inesperado, por eso el dolor. Se trataban todos ellos, futbolistas, Cuerpo Técnico, periodistas y tripulación, de personas con muchos sueños, por eso el llanto.
El lamento mundial se ha hecho extensivo también a toda la familia Verdolaga quienes desde sus patrocinadores, su Junta Directiva, su Cuerpo Técnico, sus jugadores, su parte administrativa y su afición, han manifestado el desconsuelo y la desazón por lo absurdo. La solidaridad no se hizo esperar y de nuestra parte acompañamos de forma rotunda el padecimiento de todos los hermanos que nos abandonaron quienes junto a sus familiares y nosotros, compartíamos una ilusión grande de ser campeones continentales de la Copa Sudamericana.
Luego de estar muy preocupados por la parte humana pensamos en el aspecto competitivo y queremos publicar este comunicado en donde Atlético Nacional invita a Conmebol a que el título de la Copa Sudamericana le sea entregado a la Associacao Chapecoense de Futebol como laurel honorífico a su gran pérdida y en homenaje póstumo a las víctimas del fatal accidente que enluta nuestro deporte. De nuestra parte, y para siempre, Chapecoense Campeón de la Copa Sudamericana 2016.
Fonte: ESTADÃO

Baturité tem nova Prefeita

Resultado de imagem para Prefeitura de BaturitéA presidente da Câmara de Baturité, Irmã Edileuza Bezerra do Rosário Paiva (PSB), assumiu na manhã desta terça-feira (29) a chefia da prefeitura após ter sido notificada pelos órgãos competentes.
A mudança ocorre logo após o  juiz de direito da 1ª Vara da Comarca de Baturité, Agenor Studart Neto, decidir,  nesta segunda-feira (28), pelo afastamento temporário e cautelar da prefeita municipal de Baturité, Cristiane Braga, atendendo solicitação do Ministério Público, que apresentou várias denúncias, dentre elas; o não repasse dos consignados aos bancos e o uso indevido de verbas em reformas de postos de saúde.
Resultado de imagem para irmã edileuzaResultado de imagem para herberlh motaNa solenidade de Posse, a nova prefeita afirmou que em parceria com a câmara dos vereadores, vai fazer o possível e o impossível por Baturité. 
Com a saída de Irmã Edileuza da Câmara para assumir o Palácio Entre rios, conforme o que determina os preceitos do regimento interno da casa, o vereador Herberlh Mota (PSD) assumiu a presidência da Câmara; e com a vaga que passou a existir no plenário da casa, o suplente de vereador Afonso Celso (PSB) agora faz parte da casa.

Fonte: Grupo Radialistas do Ceará

Aratuba: Vereadores aprovam orçamento de R$ 34 milhões para 2017

O PROJETO RECEBEU EMENDA DE AUTORIA DO VEREADOR TOTA BARBOSA E AGORA SEGUE PARA SANSÃO OU VETO DO EXECUTIVO.  
Por maioria absoluta de votos os vereadores de Aratuba aprovaram em primeiro turno, projeto de lei que dispõe sobre o Orçamento Público do município para 2017 (LOA). A nova peça orçamentária será usada pela prefeita Auxiliadora Lima Batista (PR) para gerenciar as receitas e despesas públicas no ano que vem.
A secretaria de Saúde tem previsão de R$ 6.643.250,00, a Secretaria de Educação tem previsão para gastar R$ 17.727.250,00. Já para a Secretaria de Assistência Social e seus programas, o orçamento será na ordem de R$ 1.728.500,00, Gabinete do Prefeito e Sec. de Administração e finanças R$ 2.489.400,00, a Procuradoria e a Controladoria somam o montante de 337.000,00. A Secretaria de Turismo e Cultura tem um orçamento no valor de R$ 424.000,00, para a Sec. de Des. Rural, Rec. Hídricos e Meio Ambiente ficou assegurado R$ 950.000,00, já a Sec. de Obras e Urbanismo deverá usar R$ 2.610.600,00, ficando reservado ao legislativo R$ 920.000,00. Dentro do orçamento também tem uma reserva de contingência na ordem de 170.000,00.
Preocupado com a situação dos  servidores públicos de Aratuba, o vereador reeleito TOTA BARBOSA (PRB), apresentou emenda a LOA que obriga o chefe do Poder Executivo Municipal a conceder reajuste salarial ou reposição salarial anual aos servidores públicos concursados e temporários do Município de Aratuba, nunca inferior ao INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) dos últimos 12 (doze) meses, quando a municipalidade estiver em descumprimento a LC (101/00).
A Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização aceitou e aprovou uma emenda modificativa de autoria da parlamentar. 
Tota tem serviços prestados à população de Aratuba e como legitimo representante do povo não poderia esquecer um tema de máxima relevância para os servidores públicos. 
“É minha preocupação que o servidor esteja bem amparado, apesar de saber que o servidor público terá tratamento prioritário no novo governo, achei por bem, justo e necessário encaminhar a proposição, visando emendar o Projeto Original”, comentou  Tota.

Atendimento ao eleitor em todo o Estado é normalizado

TRE-CE biometria atendimento 620 x300Nesta segunda-feira, 28/11, o atendimento nos Cartórios Eleitorais de todo o Estado foi normalizado, após o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará realizar manutenção na rede de dados. Em razão do serviço técnico, o atendimento na última sexta-feira, 25/11, foi inviabilizado.
O eleitor que comparecer aos Cartórios Eleitorais para fazer o título, transferência ou segunda via já será submetido à identificação biométrica, em praticamente todos os municípios do Ceará. Por enquanto, a biometria será ordinária – não obrigatória.
Na capital, a Central de Atendimento ao Eleitor, na Praia de Iracema, funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas, mediante agendamento. No interior, os cartórios eleitorais atendem das 8h às 15 horas, no mês de novembro.
Dos 184 municípios cearenses, apenas Beberibe, Quixeramobim, Pereiro, Massapê e Senador Sá não farão, no momento, a identificação biométrica dos eleitores, por conta da falta de espaço físico para a instalação dos kits nesses cartórios. O TRE-CE, no entanto, já está tomando providências no sentido de viabilizar, em breve, o recadastramento dos eleitores desses municípios. 
Agendamento
Para facilitar ainda mais o processo de cadastramento biométrico do eleitorado, o TRE-CE adotou o Sistema de Agendamento, na capital e em vários municípios, através do qual os eleitores podem escolher a data e o horário em que desejam ser atendidos. Os eleitores devem agendar seu atendimento no Disque Eleitor (148), que funciona de segunda a sexta-feira, de 7 às 19 horas, ou pelo site do TRE, garantindo assim conforto e rapidez na hora de fazer o título. Através dos mesmos canais, o eleitor tira também suas dúvidas acerca da documentação necessária para o atendimento, endereços dos Cartórios Eleitorais, dentre outras informações relacionadas ao seu cadastro eleitoral.
Fonte: TRE/CE

Prefeita de Baturité - CE afastada, assume o cargo a presidente da Câmara Edileuza Paiva.

Resultado de imagem para Irmã Edileuza baturitéNesta segunda feira 28 de novembro, o Juiz de direito titular da 1ª vara de Baturité, excelentíssimo Sr. Agenor Studart Neto, através de ofício em caráter de urgência, comunicou a excelentíssima presidente da Câmara de Baturité a Sra. Edileuza Bezerra do Rosário Paiva (PSB), sobre o afastamento cautelar da Prefeita municipal de Baturité a Sra. Cristiane Braga Saraiva (PT), decisão esta exarada no processo de nº 9452-89.2016.8.06.0047/0 decisão judicial fl.245/250.

Portanto, com o afastamento da Prefeita em exercício a Sra. Cristiane Braga Saraiva (PT), a Presidente da Câmara a Sra. Edileuza Bezerra do Rosário Paiva (PSB) passa a ser a nova prefeita de Baturité.

Em virtude do afastamento da Presidente da Câmara para assumir o cargo de Prefeita, assumirá o cargo de vereador o suplente Sr. Afonso Celso Gadelha Guerra (PSB) e a Presidência da Câmara automaticamente passa a ser do então vice-presidente o Sr. Herberlh Freitas Reis Cavalcante Mota (PSD).

A Sessão de posse está marcada para esta terça-feira 29/11/2016, à partir de 8:30 no plenário da Câmara de Baturité, na travessa cícero segundo da costa, 1215 centro Baturité/CE, A mesma Será Transmitida ao vivo pelo canal da casa no youtube.

Temer lamenta acidente com a Chapecoense e decreta luto oficial de três dias

Resultado de imagem para temerO presidente Michel Temer emitiu nota oficial na manhã desta terça-feira em solidariedade aos familiares e amigos da equipe de futebol Chapecoense, vítima de acidente aéreo nesta madrugada, quando viajava para campeonato na Colômbia.
"Nesta hora triste que a tragédia se abate sobre dezenas de famílias brasileiras, expresso minha solidariedade", disse o presidente na nota. "Estamos colocando todos os meios para auxiliar familiares e dar toda a assistência possível. A Aeronáutica e o Itamaraty já foram acionados", completou Temer, informando ainda que "o governo fará todo o possível para aliviar a dor dos amigos e familiares do esporte e do jornalismo nacional".
Já o Governo de Santa Catarina emitiu nota dizendo brevemente que "lamenta profundamente a tragédia com a delegação da Chapecoense, jornalistas e tripulação do voo". "Solidariedade às famílias", completa o comunicado.
LUTO
A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto informou na manhã desta terça-feira que o presidente Michel Temer decretou luto oficial de 3 dias pelas vítimas do acidente aéreo ocorrido nesta madrugada com o avião que levava a delegação e a equipe de futebol da Chapecoense para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, na Colômbia. O decreto deve ser publicado nas próximas horas.
Fonte: Estadão

Após tragédia com Chapecoense, CBF adia final da Copa do Brasil

Vestiário da ChapecoenseA CBF anunciou o adiamento do segundo jogo da final da Copa do Brasil, entre Grêmio e Atlético Mineiro, em razão da tragédia do voo da Chapecoense, na Colômbia, na madrugada desta terça-feira. O duelo estava marcado para noite desta quarta, em Porto Alegre, na Arena Grêmio. No jogo de ida, no Mineirão, os gaúchos venceram por 3 a 1.
"A CBF comunica o adiamento da final da Copa do Brasil, entre Grêmio e Atlético Mineiro, inicialmente prevista para amanhã [quarta]. Definições a respeito deste jogo serão informadas ao longo do dia", anunciou a CBF, no início desta manhã. Ainda não há definição sobre a nova data da partida decisiva.
A tragédia aconteceu na madrugada desta terça-feira, a caminho da cidade colombiana de Medellín para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. O acidente causou a morte de 76 mortes, segundo as autoridades locais. Havia 81 pessoas à bordo, sendo nove tripulantes. Há, porém, duas pessoas que constavam na lista inicial, mas não embarcaram. De acordo com autoridades, há cinco sobreviventes, entre eles três jogadores do time.
No avião, que levava a delegação da Chapecoense para a partida decisiva, havia também jornalistas da Fox Sports e da Rede Globo, entre eles o ex-jogador Mário Sérgio Pontes de Paiva, comentarista esportivo da Fox.
"A CBF manifesta a sua consternação com as notícias que chegam da Colômbia, dando conta de um acidente com o avião que transportava a delegação da Chapecoense, jornalistas e convidados, a caminho do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana", registrou a CBF.
"Estamos em contato com a Conmebol, autoridades locais e representantes do clube em busca de mais informações, antes de quaisquer possíveis medidas quanto ao andamento do futebol brasileiro. Desde já, manifestamos a nossa solidariedade e direcionamos nossas orações aos passageiros e tripulantes do voo", declarou a entidade.
Organizadora da Copa Sul-Americana, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) cancelou todas as atividades esportivas sobre a competição. O site oficial do rival da Chapecoense, Atlético Nacional, também se manifestou sobre o acidente, lamentando o ocorrido e desejando sorte ao time brasileiro e aos sobrevivente.
De acordo com a imprensa local ainda, o avião perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (1h15 de Brasília). O SOS foi emitido entre as cidades de Ceja e Lá Unión. O avião, de matrícula CP2933, fez uma parada em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, depois de decolar do Brasil.
Fonte: Estadão

Avião da Chapecoense cai e mata 76, dizem autoridades colombianas

O avião da LaMia prefixo CP-2933 que caiu com a delegação da Chapecoense, modelo Avro RJ85, é visto em foto de arquivo de setembro de 2015 em Norwich, na Inglaterra (Foto: Matt Varley/Reuters)
O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), informam autoridades colombianas. Segundo autoridades colombianas, há 75 mortos e seis sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.
Segundo o Aeroporto Internacional José Maria Cordova, de Medellín, os cinco sobreviventes são os jogadores Alan Ruschel, Danilo e Follmann, o jornalista Rafael Henzel e a comissária Ximena Suarez. O Bom Dia Brasil informou que o zagueiro Neto também pode ter sido encontrado com vida.
O ex-jogador Mario Sergio, comentarista do canal FoxSports, está entre as vítimas, segundo o Bom Dia Brasil.

VEJA A LISTA DE PASSAGEIROS E TRIPULANTES DO AVIÃO
Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

O acidente
O voo que tranportava a equipe da Chapecoense partiu na noite de segunda-feira de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín. Segundo a imprensa local, a aeronave  perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília), entre as cidades de La Ceja e Abejorral, e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.
O Comitê de Operação de Emergência (COE) e a gerência do aeroporto informaram que a aeronave se declarou em emergência por falha técnica às 22h (local) entre as cidades de Ceja e La Unión.
Os motivos do acidente ainda são desconhecidos. A imprensa colombiana chegou a cogitar possível falta de combustível como causa do acidente, mas também informou que o piloto despejou combustível após perceber que o avião iria cair.

Local do acidente com a eronave da Chapecoense (Foto: Editoria de Arte/G1)

Uma operação de emergência foi ativada para atender ao acidente. A Força Aérea Colombiana dispôs helicópteros para ajudar em trabalhos de resgate, mas missões de voos foram abortadas nesta madrugada por causa das condições climáticas. Choveu muito na região na noite de segunda, o que reduziu muito a visibilidade.
Equipes chegaram ao local do acidente por terra, mas o acesso à região montanhosa é difícil e a remoção é lenta.

O zagueiro Neto, da Chapecoense, em foto de arquivo durante entrevista quando ainda jogava no Santos (Foto: Marcelo Hazan/Globoesporte.com)

Final de campeonato
O time da Chapecoense embarcou para a Colômbia na noite de segunda (28), para disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, na quarta (30). Inicialmente, o voo iria diretamente de Guarulhos (SP) para Medellín, mas o voo foi vetado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O avião da LaMia prefixo CP-2933 que caiu com a delegação da Chapecoense, modelo Avro RJ85, é visto em foto de arquivo de setembro de 2015 em Norwich, na Inglaterra (Foto: Matt Varley/Reuters)

Em razão do veto, a equipe tomou um voo comercial até a Bolívia e, de lá, o grupo pegou o voo da LaMia (veja imagens do embarque da Chapecoense em Guarulhos).
Em comunicado, o clube de Santa Catarina informou que espera pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana sobre o acidente.
Em seu perfil no Twitter, o Atlético Nacional lamentou o acidente e prestou solidariedade à Chapecoense: "Nacional lamenta profundamente e se solidariza com @chapecoensereal pelo acidente ocorrido e espera informação das autoridades".
O primeiro jogo da decisão, marcado para esta quarta-feira (30), foi cancelado, segundo a  Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). A CBF adiou a final da Copa do Brasil, entre Grêmio e Atlético Mineiro, que também estava prevista para quarta-feira.
O Itamaraty, pelo telefone, informou que a embaixada do Brasil em Bogotá está em contato com as autoridades colombianas para obter informações sobre o acidente. A assessoria informou que as notícias ainda chegam desencontradas.
O Ministério das Relações Exteriores vai esperar um posicionamento oficial sobre vítimas e circunstâncias do acidente para se pronunciar. Está previsto que divulguem uma nota oficial ainda agora de manhã. O embaixador em Bogotá se chama Julio Bitelli.


A companhia
A LaMia (Línea Aérea Mérida Internacional de Aviación) é uma companhia de aviação que foi inicialmente constituída na Venezuela no ano de 2009 e depois mudou sua sede para a Bolívia (Santa Cruz de la Sierra). A empresa vem sendo desenvolvida para voos não regulares (charter), com o objetivo de permitir o desenvolvimento de atividades no país e no exterior, com aeronaves de grande porte - de passageiros e de carga.

Fonte: G1

Clubes brasileiros e de fora do país manifestam apoio à Chapecoense

O acidente aéreo que envolveu a delegação da Chapecoense - que viajava a Medellín para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional - causou comoção imediata no mundo do futebol. Em suas redes sociais, clubes do Brasil e de fora do país já manifestaram apoio e suas orações aos integrantes do clube catarinense que estavam no avião que caiu na noite desta segunda-feira na Colômbia.

Internacional, Santos e Flamengo usaram suas contas oficiais no Twitter para prestar solidariedade ao momento trágico pelo qual o clube catarinense passa. O Júnior de Barranquilla, clube da Colômbia também demonstrou a sua compaixão com a situação. O Sporting Cristal, do Peru, foi mais um clube de fora do país que se manifestou. 

Junior Barranquilla Chape (Foto: Twitter)

Santos Chape (Foto: Twitter)

Internacional Chape (Foto: Twitter)

Flamengo Chape (Foto: Twitter)

Sporting Cristal Chape (Foto: Twitter)
Fonte: GE

Conmebol lamenta acidente e suspende decisão da Sul-Americana

A queda do avião que transportava a delegação da Chapecoense mexeu com o mundo do futebol na madrugada desta terça-feira. Através do site oficial, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) lamentou o ocorrido, prestou solidariedade e suspendeu todas as atividades, incluindo a decisão da Copa Sul-Americana, que começaria a ser disputada nesta quarta-feira. 

Saiba mais:

Avião com equipe da Chapecoense sofre acidente na Colômbia


Alejandro Domínguez, presidente da entidade, já está a caminho de Medellín, próximo ao local do acidente. Segundo a rede de "TV Caracol", a aeronave sobrevoava as cidades de La Ceja e Abejorral quando perdeu contato com a torre de controle do aeroporto José Maria Córdova. Não há informações sobre vítimas fatais. Segundo agências locais, seis pessoas já teriam sido resgatadas, sendo o primeiro identificado o lateral Alan Ruschel. 

Confira o comunicado na íntegra:

"A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que foi notificada por autoridades colombianas que o avião em que viajava a delegação da Chapecoense sofreu um acidente em sua chegada à Colômbia. Estamos em conta com as autoridades e aguardando mais informações oficiais. A família Conmebol lamenta profundamente o ocorrido. Todas as atividades da Confederação estão suspensos até novo aviso. O presidente Alejandro Domínguez está a caminho de Medellín neste momento."

Conmebol (Foto: Conmebol)
Fonte: GE

Avião com equipe da Chapecoense sofre acidente na Colômbia

Twitter do Aeroporto José Maria Cordova confirma acidente com avião que transportava jogadores da Chapecoense  (Foto: Twitter / Aeroporto José Maria Córdova)
O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), informam autoridades colombianas. Não há informações sobre mortos, mas há feridos. O avião da Lamia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.
Segundo a imprensa local, a aeronave com o time catarinense perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.
Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

Avião da Chapecoense saiu de São Paulo ontem à noite (Foto: Reprodução/TV Globo)

As primeiras informações são que de seis pessoas foram resgatadas e levadas a hospitais na região. Dentre esses sobreviventes estariam o lateral Alan Ruschel, que chegou a unidade de saúde consciente, e os goleiros Danilo e Follmann.
O Comitê de Operação de Emergência (COE) e a gerência do aeroporto informaram que a aeronave se declarou em emergência por falha técnica às 22h (local) entre Ceja e Lá Unión. Anteriormente, a imprensa colombiana informou possível falta de combustível como causa do acidente. Mas a mídia local informou que o piloto despejou combustível após perceber que o avião iria cair.

Alan Ruschel, lateral da Chapecoense (Foto: Paulo Whitaker / Reuters)

Segundo a rede de “TV Caracol”, a aeronave sobrevoava as cidades de La Ceja e Abejorral quando sumiu do radar.
Uma operação de emergência foi ativada para atender ao acidente. A Força Aérea Colombiana dispôs helicópteros para ajudar em trabalhos de resgate, mas missões de voos foram abortadas nesta madrugada por causa das condições climáticas. Chove muito na região.
Equipes chegaram ao local do acidente por terra, mas o acesso à região montanhosa é difícil e a remoção é lenta.
De acordo com a imprensa colombiana, há feridos no local, mas não há relatos sobre mortos.

Ambulância chega a hospital na Colômbia  (Foto: Reprodução/TV Globo)

O time da Chapecoense embarcou para a Colômbia na noite de segunda (28), para disputar a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, na quarta (30). Inicialmente, a delegação embarcou em um voo comercial de São Paulo até a Bolívia. Lá, o grupo pegou um voo da Lamia.

Chapecoense informa que espera notícias oficiais das autoridades colombianas (Foto: Reprodução / Twitter / Chapecoense )

Em comunicado, o clube de Santa Catarina informou que espera pronunciamento oficial da autoridade aérea colombiana sobre o acidente.
Em seu perfil no Twitter, o Atlético Nacional lamentou o acidente e prestou solidariendade a Chapecoense: "Nacional lamenta profundamente e se solidariza com @chapecoensereal por acidente ocorrido e espera informação das autoridades".
A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) já informou que cancelou a primeiro jogo da decisão, marcado inicialmente para esta quarta.

O clube Alético nacional, Colômbia, adversário da Chapecoense na final da Sul-Americana, lamenta acidente com avião que transportava o time brasileiro (Foto: Twitter / Atlético Nacional)

Movimentação é intensa nos hospitais, à espera de feridos no acidente da Colômbia (Foto: Reprodução/TV Globo)

Fonte: G1