Buscar

03 novembro 2016

Vereador Neto do Pai João reabastece população do Distrito de Pai João

Com a falta de abastecimento de água no Distrito de Pai João em Aratuba, no estado do Ceará. O vereador de NETO DO PAI JOÃO, vem fazendo sua parte com a população mais necessitada.
Recentemente o vereador em uma ação conjunta com o vice-prefeito eleito, esteve na região afetada pela seca realizando mais uma distribuição gratuita de água para a população daquela área.
Na última quarta-feira 02, em pleno feriado do dia de finados, moradores do Distrito de Pai João, foram beneficiados com o reabastecimento do precioso líquido, feita pessoalmente pelo vereador.
A população agradece a ação do vereador, que além de fiscalizar a gestão, reserva tempo para ações sociais.

Transição de Governo: TCM fiscaliza Mulungu, Trairí e Uruburetama

TRANSIÇÃO DE GOVERNOO Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) dá continuidade hoje (3/11) às fiscalizações especiais de acompanhamento de transições governamentais. Até  amanhã, equipes de fiscalização estarão nos municípios de Mulungu, Trairí e Uruburetama.
O trabalho de inspeção está sendo realizado em parceria com o Ministério Público Estadual (MPCE), incluindo a Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (Procap). A operação vai visitar unidades de cada prefeitura, como escolas, postos de saúde e secretarias.
A escolha dos municípios foi baseada em diversos critérios, como: prefeito não reeleito ou não elegeu o sucessor; aumento de gastos com contrato temporário em ano eleitoral; informações procedentes da sociedade, por meio da Ouvidoria; atraso no pagamento da folha de pessoal; elevação da dívida previdenciária; descumprimento aos limites de gasto com pessoal.
Após realizadas as fiscalizações, os relatórios serão entregues ao MPCE para disponibilizar ao órgão informações necessárias à abertura de processos de improbidade administrativa, se necessário. No TCM, as irregularidades que foram identificadas podem ocasionar multas, desaprovação de contas ou determinações de devolução de recursos aos cofres públicos.
Fonte: TCM CE

Nova ameaça no WhatsApp já atingiu mais de 100 mil usuários

Resultado de imagem para Whats App
Um novo golpe chegou para confundir usuários do WhatsApp. Identiŧcado esta semana pelo time de Segurança da PSafe, empresa brasileira de segurança e performance mobile, o ataque finge oferecer uma funcionalidade inédita para os usuários do aplicativo de mensagens: espiar com quem seus contatos estão conversando no WhatsApp naquele instante e o que estão falando. 
Até o momento, mais de 100 mil usuários já foram afetados e acessaram o link malicioso, que vem sendo compartilhado via mensagem no próprio app. Com isso, além de prejuízos financeiros, ao serem cadastrados em serviços de SMS pago, os usuários também correm o risco de ter seus dados expostos ou roubados. 
Segundo especialistas da PSafe, o golpe consiste em receber uma mensagem de um contato conhecido ou de algum grupo do WhatsApp, convidando as pessoas a ativarem a nova funcionalidade e, com isso, visualizarem as conversas de seus contatos. Para ativar o recurso, o falso comunicado induz o usuário a, primeiramente, compartilhar o link com dez amigos ou grupos para depois fazer o download do app com a função “WhatsEspião”.
WhatsAppApós compartilhar o convite, a vítima é orientada a preencher os seus dados em sites maliciosos, que podem efetuar cobranças indevidas, ou mesmo a baixar apps falsos (que podem infectar o smartphone), deixando o aparelho do usuário vulnerável a outros tipos de crimes ou tendo prejuízo financeiro.
Para evitar esse tipo de golpe, o CEO da PSafe, Marco DeMello, reforça a necessidade dos usuários de smartphone terem sempre um antivírus instalado em seus celulares. “Um ‘cérebro biológico’ não é capaz de se defender de um ‘cérebro eletrônico’ (ataque cibernético)”, alerta o executivo. O usuário que utiliza um aplicativo de antivírus que possua bloqueio de antiphishing (páginas maliciosas), como o PSafe TOTAL, por exemplo, é alertado sobre a ameaça assim que ele clica na URL, podendo evitar o dano. Em média, o PSafe TOTAL bloqueia 500 mil URLs maliciosas por dia. 
Além de instalar um programa confiável de antivírus, é aconselhável manter o sistema operacional sempre atualizado, só fazer o download de apps em lojas oficiais, como a Google Play, e desconfiar de links que chegam por mensagens.

Fonte: DN

Justiça Federal rejeita pedido do MPF e Enem será neste fim de semana

8ª Vara da Justiça Federal no Ceará indeferiu, nesta quinta-feira, 3, ação do Ministério Público Federal (MPF) para suspender o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com a decisão, as provas do exame serão realizadas normalmente neste fim de semana, dias 5 e 6 de novembro, para os alunos de estados sem datas alteradas, como o Ceará.
A juiza federal em exercício da 8ª Vara,  Elise Avesque Frota, decidiu em liminar que "apesar da diversidade de temas que inafastavelmente ocorrerá com a aplicação de provas de redação distintas, verifica-se que a garantia da isonomia decorre dos critérios de correção previamente estabelecidos, em que há ênfase na avaliação do domínio da língua e de outras competências que não têm "o tema" como ponto central".
O procurador da República Oscar Costa Filho ingressou o pedido de suspensão, nessa quarta-feira, 2, argumentando que a isonomia da prova estaria sendo ferida com o adiamento da aplicação do exame para parte dos candidatos do Brasil.
O Inep alterou o calendário para 191 mil estudantes devido à ocupação de 300 escolas ou universidades, onde seriam realizadas provas do Enem 2016. Esses estudantes farão o exame nos dias 3 e 4 de dezembro, um mês após a primeira aplicação. 
A petição em desfavor do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) pedia "que todas as provas sejam realizadas nos dias 3 e 4 de dezembro".

Após o pedido de suspensão, o MPF ingressou emenda requerendo alteração do pedido primeiro sugerindo: ''a a doção das administrativas necessárias no calendário ENEM 2016, com vistas a assegurar que todos os candidatos submetam-se à mesma prova de redação''; ou suspensão ''dos efeitos da validade jurídica das provas até o julgamento de mérito da demanda, assegurando assim a igualdade de partes''.

Pequenas cearenses dividem paixão pela sanfona e sonham com futuro na música



A sanfona é um instrumento apaixonante e complexo; a prova disso é a história de duas pequenas cearenses que se encantaram pelo objeto. Daysielle da Silva e Cecília Costa têm em comum a idade e a paixão pela sanfona. 
 
A dupla Daysielle e Cecília do Acordeon estudam juntas no Centro de Arte e Cultura de Guaiuba, mas têm histórias diferentes. Natural de Redenção, Cecília teve o interesse pela música despertado há dois anos por causa do avô, que é mestre de Reisado na comunidade de Currais. 
 
"Eu queria pegar na sanfona, mas ele não deixava porque tinha medo que eu a esculhambasse e a sanfona tinha sido muito cara. Então, quando terminava o reisado, ele guardava pra eu não mexer", lembra Cecília. Depois do avô, foi a vez do pai ouvir os pedidos insistentes da menina por uma sanfona. "Eu dizia várias vezes pro meu pai que queria uma sanfona. Até que fomos para Canindé e parecia que ela estava me perseguindo. Aí, foi que eu chorei mesmo de emoção". 
 
Já Daysielle é natural de Ocara e começou a tocar aos 6 anos. Só teve dificuldade de tocar por conta do peso do instrumento, já que ela iniciou com uma de 80 baixos. Hoje com uma de 48, tira o som "de letra". O futuro com a música é um sonho, mas daqueles que se sonham com os pés no chão. "Quero continuar tocando sanfona e seguir meus estudos. Isso é que é bom". 

Fonte: TV Diário

Vereadores de Iguatu tentam derrubar veto a reajuste salarial de 100%

Após o Ministério Público do Ceará (MPCE) recomendar anulação do aumento de 100% do salário dos vereadores do município de Iguatu, no interior do Estado, vereadores, em nova sessão na última terça-feira, 1º, tentaram derrubar resolução que revogava o reajuste.
Por cinco votos a três, a ata que revogava o reajuste foi rejeitada pelos parlamentares. Em meio a ameaça de manifestação por populares na sessão da próxima semana, o presidente da Câmara Municipal, vereador Rubenildo Cadeira (PRB), emitiu nota pública afirmando que a decisão dos colegas não teria validade.
“Quero informar ao povo iguatuense que tal ato não pode ser consumado pelo fato de os vereadores que não participaram da sessão do dia 27 (que revogou o aumento) também não poderiam opinar sobre a rejeição da ata. Portanto, permanece válida a sessão ocorrida no dia 27 quando revogou a resolução que havia alterado os subsídios dos vereadores”, diz a nota assinada pelo presidente.
Quando o MP recomentou pela anulação do reajuste, o promotor Fábio Ottoni relatou que as votações aconteceram em duas sessões extraordinárias convocadas no mesmo dia e separadas por apenas 30 minutos.
“O artigo 136 da Câmara Municipal de Iguatu prevê que as sessões extraordinários serão convocadas ‘mediante comunicação escrita aos vereadores, com a antecedência de cinco dias, e fixação do edital no átrio do edifício da Câmara’”, explicou.
A recomendação foi feita ao próprio presidente da Casa, Rubenildo Cadeira (PRB), que foi obrigado a acatar acatar resolução em no máximo 72 horas “sob pena de omissão diante da manifesta ilegalidade e, por conseguinte, configuração de ato de improbidade administrativa”.
Cadeira já havia apresentado resolução para o cancelamento do reajuste diante da polêmica dos gastos municipais, após manifestações dos moradores do município, mas a proposta acabou sendo derrotada pelos parlamentares.
As sessões extraordinárias que aprovaram Projeto de Resolução 004/2016, que dobra salário dos vereadores da Cidade, ocorreram no dia 28 de agosto, último dia de sessão na Casa antes da votação do primeiro turno das eleições municipais. Com o aumento, os legisladores passariam a ganhar R$ 9.990 em tempos de crise e de seca no interior do Ceará.
O POVO procurou o presidente da Casa para comentar sobre a tentativa dos parlamentares de resgatar o aumento. As chamadas telefônicas não foram atendidas até o fechamento desta página.
Fonte: O POVO

Estudantes da UFC podem entrar em greve nesta quinta-feira

UFC(1)Os estudantes da Universidade Federal do Ceará vão realizar nesta quinta-feira, a partir das 16 horas, na Concha Acústica (Campus do Benfica), uma assembleia geral. O objetivo é discutir a possibilidade de greve.
Lideranças do movimento estudantil dizem que é um absurdo a série de “retrocessos apresentados pela PEC 55 (antes 241), que agora tramita no Senado Federal”. O Diretório Central dos Estudantes da UFC, para, inclusive, a possibilidade de ocupação da Reitoria da Instituição..
Em virtude do plebiscito realizado nos últimos dias 31 de outubro e 01 de novembro, no qual os professores da UFC votaram contra a greve de docentes – fato este que pode ter sido desencadeado devido à “mordaça” que o Supremo Tribunal Federal a eles os instituiu, privando-os do direito constitucional de realização de greve sem ônus salarial, os estudantes avaliam que é “mais que necessário uma mobilização real” que discuta o futuro dos alunos dessa Instituição Federal.
Fonte: O POVO

ARATUBA - Sindiara consegue na justiça bloqueio de contas para pagar salários atrasados

A decisão foi proferida no dia 01 de novembro e prevê o bloqueio de R$ 430.590,60 (Quatrocentos e trinta mil, quinhentos e noventa reais e sessenta centavos)

O Sindicato dos Servidores Publicos Municipais de Aratuba (SINDIARA) ingressou no dia 20 de outubro com ação cautelar inominada com obrigação de fazer e tutela de efeito imediato de urgência contra o município de Aratuba devido ao atraso no pagamento dos salários dos funcionários públicos. No segundo despacho na sexta-feira (28/10) feito pelo M.M juiz da comarca de Aratuba Dr. Pedro Augusto T Dias foi dado o prazo de 24h para a prefeitura pagar os salários atrasados dos meses de agosto e setembro de todos os funcionários da prefeitura, efetivos e contratados sob pena de bloqueio de 60% dos recursos originados do FPM, FUNDEB e ICMS.
No dia 01 de novembro em sua decisão, o magistrado arguiu que a municipalidade cumpriu em partes a decisão judicial, e que o pedido de reconsideração do pedido liminar formulado pelo município para não prosperar deveria ser indeferido. O magistrado reconheceu a situação precária ao qual os servidores estavam vivenciando, pois já se encontravam com dois meses em atraso e passando para o terceiro mês e que o bloqueio de contas é usado em casos extremos, e tal situação vivenciada pelos trabalhadores do município de Aratuba ultrapassava os limites da razoabilidade e estava em risco a dignidade humana desses trabalhadores que dependem dos seus salários para subsistência própria e de seus familiares.decisao-completa
Dessa forma, foi mantida decisão de bloquear os recursos do município, reduzindo, entretanto, para o valor de R$ 430.590,60 (Quatrocentos e trinta mil, quinhentos e noventa reais e sessenta centavos) que corresponde a salários em atraso dos servidores da educação do Fundeb 40% e contratados de todas as secretarias referente ao mês de setembro. No mesmo dia foi remetido ofício ao gerente da agência do banco do Brasil de Mulungu para bloquear em 60% todas as verbas que venham a ser depositadas nas contas do município referente ao FPM, FUNDEB e ICMS. O Sindiara informará o magistrado que ainda há servidores com o pagamento de agosto em atraso.oficio-bb
O presidente do Sindiara disse que tal medida só foi feita porque o município de Aratuba não veio cumprindo com suas obrigações primordiais e que os servidores não podem ser penalizados uma vez que o prazo de terminar a atual gestão se aproxima e os trabalhadores não podem deixar de receber seus vencimentos. “Essa medida foi a que buscamos para resolver ou mesmo amenizar a situação dos funcionários, pois greve nesse momento não era importante e não surtiria tal efeito, pois a gestão está com seu prazo de validade declarado, então, a melhor maneira de solucionarmos o atraso salarial dos trabalhadores era pedir o pagamento judicial o caso não fosse atendido o bloqueio das contas. Logo, logo se apareceu dinheiro para pagar o mês de agosto da educação e setembro das demais secretarias, e como não se pagou a todos o bloqueio foi necessário, agora sim os trabalhadores irão receber seus salários”, disse o presidente Joerly Vítor.
Fonte: SINDIARA

MACIÇO DE BATURITÉ - Passagens de ônibus intermunicipais ficam mais caras

passagem mais caraAs passagens dos ônibus intermunicipais sofreram reajuste médio de 13,62%. O aumento já é válido a partir de zero hora desta quinta-feira (3). A medida foi autorizada pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce).
Os contratos firmados entre as empresas operadoras e o Governo do Estado preveem a correção anual das tarifas em duas modalidade: reajuste, em que que consideram os índices inflacionários, ou revisão, no caso em que afere todos os insumos e parâmetros técnicos que repercutem nos custos da prestação do serviço. 
A atualização dos valores das passagens de ônibus intermunicipais vigorará nas Regiões Norte, Cariri, Centro-Sul, Inhamuns, Sertão Central, Litoral Oeste, Maciço de Baturité, Jaguaribana e Litoral Leste, atendidos pelas transportadoras: Expresso Guanabara, Via Metro, Princesa dos Inhamuns, Fretcar e São Benedito.
As linhas metropolitanas não passarão pela nova medida. 

Serviço 

O Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros é regulado pela Arce e gerido e fiscalizado pelo Detran-CE. Os dois órgãos disponibilizam canais de Ouvidoria para receber reclamações e prestar informações aos milhares de passageiros que diariamente utilizam o sistema.  

Fonte: DN

Pedido de suspensão do Enem deve ser julgado até amanhã

A 8ª Vara da Justiça Federal no Ceará julgará até amanhã ação protocolada pelo Ministério Público Federal (MPF) pedindo a suspensão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O procurador da República Oscar Costa Filho, autor da ação, argumenta que a isonomia da prova é ferida com a decisão que adiou a aplicação do exame para parte dos candidatos. Estudantes e professores relatam apreensão com incertezas na reta final de preparação. 
O cronograma prevê que o exame ocorra para os 8,6 milhões de inscritos neste fim de semana. Contudo, na última terça-feira, 1º, o Ministério da Educação (MEC) transferiu para os dias 3 e 4 de dezembro a aplicação da prova para 191 mil candidatos, em razão da ocupação de escolas e universidades onde eles se submeteriam ao Enem.
O procurador questiona a aplicação de tema diferente na Redação para quem for fazer o exame só no próximo mês. Segundo ele, como a prova objetiva segue a Teoria da Resposta ao Item (TRI), não há problema em serem aplicadas questões diferentes, já que a nota é dada pelo nível de dificuldade. “A Redação é que não pode ser diferente. Ela é a parte absoluta da prova. Se for aplicada com temas diferentes, viola o princípio da igualdade”, defende.
Para Oscar, a Justiça deve adiar a prova de todos os estudantes ou somente a Redação dos candidatos que farão o exame neste fim de semana. “Se os alunos já vão à Justiça discutir a nota, imagine se for aplicado tema diferente na Redação”, projetou.
Reta final

A estudante Lara Mota, 17, disse estar tensa com o pedido de suspensão. “Se adiar, teremos que repensar a preparação. Volta todo o nervosismo, a ansiedade”, comentou. Para Hedilton Moreira, coordenador pedagógico do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros, os professores precisarão manter os alunos calmos até que alguma decisão seja tomada. “É um prejuízo incalculável, tanto financeiro quanto psicológico”, criticou. 
Conforme Fábio Frota, professor de matemática e coordenador do projeto Academia Enem, os alunos são preparados para produzir redações independentemente do tema. “Esse pedido cria uma quebra. Se for adiado, as escolas terão que se reinventar”.
O MEC informou que a Advocacia Geral da União foi acionada para rebater o pedido do MPF. Segundo a pasta, há grave equívoco na argumentação apresentada pelo procurador e, todo ano, são realizados dois tipos de prova e duas Redações, que têm o mesmo princípio da equivalência, garantindo igualdade de condições a todos os inscrito. “É lamentável qualquer tentativa que venha gerar insegurança e tumultuar um Exame que afeta a vida de 8,6 milhões de estudantes e seus familiares”, conclui a nota do MEC.

Números

191,5 mil candidatos farão Enem nos dias 3 e 4 de dezembro após adiamento do MEC

Saiba mais

A mudança na data de aplicação do Enem em 126 municípios foi definida devido à ocupação de escolas onde haveria prova.
Os estudantes que ocupam as escolas se manifestam contra a PEC que limita os gastos do Governo Federal pelos próximos 20 anos e são contrários à reforma do ensino médio.
Não há ocupações em escolas do Ceará. Por isso, as provas no Estado estão agendadas para sábado, 5, e domingo, 6.
Sobre a suspensão do Enem, a Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) informou que aguardará decisão final.

Fonte: O POVO

Vereadora eleita no Maranhão faz sexo dentro do Cartório

Por: Mikaelly Meneze Jornalista

Um vídeo gravado dentro de um Cartório Eleitoral da cidade de Dom Pedro, interior do Maranhão vem viralizando na internet. A vereadora eleita Fernanda Hortegal, ficou conhecida por ser flagrada mantendo relação sexual com um de seus amantes na porta de casa, na época ela era casada com o médico Sansão Hortegal
Após a traição o médico ficou com o celular da esposa e descobriu vários vídeos "picantes" de Fernanda. Dos 20 vídeos que o marido encontrou no celular da vereadora, a transa no Cartório Eleitoral é o que mais chama a atenção. A data e o horário que foi gravado, provam que ela estava em horário de expediente.
Procurada para saber sua versão na história a vereadora não foi encontrada.
Fernanda Hortegal
Fernanda Hortegal faz sexo em cartorio
Fonte: Meio Norte