Buscar

18 outubro 2016

Vice Prefeito (Furinga) realiza abastecimento de água com recurso próprio no Distrito de Pai João

MORADORES SE EMOCIONARAM AO VEREM SEUS RESERVATÓRIOS ABASTECIDOS.
Drama. É com essa palavra que os moradores do Distrito de Pai João definem a atual situação por decorrência da falta de água potável. É roupa suja para lavar, crianças para dar banho, comida para ser feita e casa para limpar. Tudo à espera de água.
A seca não tem dado trégua no Distrito de Pai João no Município de Aratuba, causando diversos transtornos para a população, também para as plantações e os animais. Um dos problemas que atinge a todos é a falta d'água, que deixa as famílias com escassez do precioso líquido, por conta das poucas chuvas dos últimos anos e também pelo fornecimento irregular de água na região.
Cansados de verem o sofrimento do povo, o vice-prefeito eleito Carlos Alberto Menezes (FURINGA) e o vereador Neto do Pai João e demais lideranças da região, realizaram nesta terça-feira (18) uma mega operação para atender dezenas de famílias da região que com a chegada de água em seus reservatórios voltam a respirarem aliviadas.
Preocupados com os problemas da região, a equipe do vice-prefeito eleito tem se organizado para atender as demandas das comunidades, mesmo ainda não tendo assumido o município ao lado da prefeita eleita TIRICA.
“Já se passaram as eleições, poderíamos cruzar os braços e esperar até o dia primeiro de janeiro do próximo ano para então começarmos os trabalhos. Mas a necessidade do nosso povo tem urgência e nós temos compromisso com Aratuba, agradeço ao FURINGA, nosso vice-prefeito de luxo, que já demonstrou que chegou para ficar, aqui somos uma equipe, e equipe que trabalha unida, permanece unida, vence unida. Parabéns ao povo que sabiamente soube escolher seus representantes”, comentou Neto do Pai João.
Furinga tem demostrado que será um vice atuante e fará a diferença na gestão de Tirica.

A AÇÃO GANHA REPERCUSSÃO  NAS REDES SOCIAIS, VEJA A POSTAGEM DA INTERNAUTA ELANIA FREITAS

Elânia Freitas  - Beneficiaria
Um dia eu fiz um desabafo em um grupo de Watsapp em que eu me sentia muito triste em relação ao não abastecimento de água em Pai João. Então meu vereador Netto do Pai João entrou em contato comigo e disse q iria falar com o vice prefeito eleito FURINGA para que fosse amenizado essa situação, e o vice de pronto abraçou a causa, quem tem amor pelo povo faz é assim... Muito obrigado. Agora sim Aratuba está em boas mãos...
Com informações do Portal Aratuba Online

Aviões do Forró emite comunicado sobre operação da PF que investiga fraudes

Sob investigação de integrar esquema fraudulento, a banda Aviões do Forró repassou um breve comunicado oficial ao jornal O Globo.
"A Banda Aviões do Forró informa que está à disposição da Polícia Federal e da Justiça e que colaborará com todos os questionamentos em relação à operação”, informou a nota. 
No perfil oficial da banda no Instagram, por volta das 15h10, o mesmo comunicado foi divulgado para o público. Nos comentários da postagem, vários fãs deixaram mensagens de apoio. "O Aviões do Forró veio de baixo, lutou bastante para chegar onde chegou. Não é uma calúnia que irá derrubar com este sonho", escreveu um dos seguidores. 


Agenda de shows segue inalterada

Nesta terça (18), a banda se apresenta em Floriano (PI) e na próxima quarta em Lavras da Mangabeira, a 340 km da Capital cearense. A agenda de shows segue inalterada. 
Ao todo, quatro bandas de forró da A3 Entretenimento estão sendo investigadas.

Vocalistas do Aviões e Solteirões prestaram depoimento 

Estiveram presentes na PF para prestar esclarecimentos por condução coercitiva empresários e sócios da banda Aviões do Forró, assim como os vocalistas, Xand e Solange, do Aviões e Zé Cantor, da banda Solteirões do Forró. 
Condução coercitiva é uma forma impositiva de levar sujeitos do processo (de ofendidos, testemunhas, acusados ou peritos), independentemente de suas vontades, à presença de autoridades policiais ou judiciárias. 
O Diário do Nordeste tentou contato com a assessoria de imprensa do grupo A3 Entretenimento, mas até o presente momento não obteve êxito.

Fonte: DN

Bandas não declaravam valores reais de cachês de shows à Receita Federal

As bandas de forró que estão sendo investigadas na Operação "For All" não declaravam os cachês dos shows por inteiro no Imposto de Renda, segundo a Receita Federal e a Polícia Federal, que concederam coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira (18), na sede da PF em Fortaleza.
De acordo com os órgãos, apenas 20% a 50% dos cachês eram declarados, por se tratar da parcela que era depositada na conta das empresas. A outra parte, que pode chegar a 80% do valor real, era paga em dinheiro em espécie às bandas, antes delas subirem ao palco. 
A sonegação fiscal foi descoberta a partir da diferença entre o valor declarado pelas bandas e o cachê pago em shows que tinham prefeituras municipais como contratantes, já que estas discriminavam o valor real em documentos oficiais. Informações sobre o cachê das bandas fornecidas pela imprensa também colaboraram para a investigação .
"O que causou estranheza é o que é divulgado e o que efetivamente vai para o papel, para a declaração. Quando você cruza a quantidade de shows que é realizada por ano com o valor que eles cobram por cachê, a gente vê que é totalmente díspare do que eles informam oficialmente à Receita Federal. É uma diferença enorme", afirmou a delegada da Polícia Federal que conduziu a operação por dois anos, Doralucia Oliveira de Souza. 

Maioria do lucro estava em 'mundo clandestino', segundo a Receita Federal

Além dos cachês dos shows, outros valores também eram omitidos pelas bandas de forró e pela empresa que controla esses grupos. A reportagem apurou que a A3 Entretenimento é a empresa investigada nessa primeira fase da operação e que Aviões do Forró e Solteirões do Forró são duas das quatro bandas envolvidas no esquema fraudulento.
"Existem dois caminhos. Um mundo oficial e um mundo clandestino, subterrâneo. A parte formal dessas empresas representa em torno de 20% do que efetivamente circulava de dinheiro. A grande parte dos recursos circulava em espécie, e isso demonstra claramente a tentativa de se evadir da tributação, o que apresenta indícios de lavagem de dinheiro", reforçou o Auditor Fiscal e Superintendente da Receita Federal no Ceará, Piauí e Maranhão, João Batista Barros. 
Segundo Doralucia Souza, a operação "For All" continuará e irá abranger outras empresas e outras bandas no Ceará. 

Fonte: DN

Vocalistas da banda Aviões do Forró prestam depoimento na sede da PF

Polícia Federal deflagra operação "For All", que investiga grupo empresarial de Forró (Foto: Gioras Xerez/G1)Os cantores Xand e Solange Almeida, vocalistas da banda Aviões do Forró, prestam depoimento na sede da Polícia Federal na manhã desta terça-feira (18). A PF, em ação conjunta com a Receita Federal, deflagrou a operação "For All", contra fraudes no Imposto de Renda cometidas por um grupo empresarial atuante no ramo do entretenimento e responsável por famosas bandas de forró e casas de show no Ceará. Estimativa preliminar já identificou uma omissão de receitas de mais de R$ 300 milhões, segundo a Receita. O G1 entrou em contato com a assessoria da banda e aguarda retorno.
Estão sendo cumpridos 76 mandados judiciais, sendo 32 de condução coercitiva (quando a pessoa é levada a depor e depois é liberada) e 44 de busca e apreensão em Fortaleza, Russas (CE) e Sousa (PB). Há apenas um mandado sendo cumprido na Paraíba; os demais são no Ceará. Os mandados estão sendo cumpridos por cerca de 260 policiais federais e 35 auditores.

Entre as pessoas levadas à sede da Polícia Federal, em Fortaleza, para prestar depoimento estão os empresários Isaías Duarte e Carlos Aristides, do grupo A3 Entretenimento. O G1 tentou contato com a A3, empresa investigada na operação, e foi informado que ninguém comentaria o assunto.
A Justiça Federal também decretou o bloqueio de imóveis e a apreensão de veículos pertencentes a pessoas ligadas ao grupo.

Há indícios de que os integrantes da organização forneciam dados falsos ou omitiam dados nas suas declarações de Imposto de Renda pessoa física e jurídica, para eximir-se da cobrança de tributos.
O grupo ainda adquiria bens, como veículos e imóveis, sem declarar ao Fisco. Foram encontradas divergências sobre valores pagos a título de distribuição de lucros e dividendos, movimentações bancárias incompatíveis com os rendimentos declarados, pagamentos elevados em espécie, além das diversas variações patrimoniais a descoberto.

No decorrer da investigação, foram identificados indícios de lavagem de capitais, falsidade ideológica e associação criminosa.

"As medidas judiciais cumpridas hoje pela Polícia Federal têm por finalidade buscar a responsabilização das pessoas físicas e jurídicas ligadas ao grupo empresarial e possibilitar que Receita Federal se municie de elementos suficientes permitindo uma real avaliação dos possíveis tributos sonegados", informou a PF.

A Receita Federal divulgou que as investigações inciaram em 2012 e foram aprofundadas a partir de 2014, com a parceria da Polícia Federal e do Ministério Público.

Fonte: G1

MEC adia divulgação de locais de prova do Enem 2016

Resultado de imagem para ENEMO Ministério da Educação adiou a divulgação do cartão de confirmação de inscrição com o local de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 que estava prevista para esta terça-feira (18). A previsão é de que eles sejam disponibilizados a partir desta quarta, de acordo com o Inep.
Baixe o aplicativo G1 Enem
As informações estarão disponíveis pelo aplicativo do Enem do governo federal, pelo site http://enem.inep.gov.br/participante, e além disso, o ministério enviará e-mail aos inscritos. Assim como no ano passado, os cartões não serão impressos e só estarão disponíveis na versão digital.
A informação de que os cartões estariam disponíveis nesta terça (18) foi divulgada pela diretora de  gestão de planejamento do Ministério da Educação, Eunice Santos, durante evento em São Paulo há duas semanas. No entanto, depois, o MEC não confirmou a data.
Neste ano, todos os candidatos, no momento em que assinarem a lista de presença dentro das salas, terão de passar pela biometria (reconhecimento das digitais) para evitar fraudes. Segundo o governo federal, 22 mil servidores federais vão trabalhar como certificadores com o coordenadores de prova em cada ponto de aplicação.

Provas

Neste ano, as provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro. No primeiro dia, sábado, o candidato terá 4 horas e 30 minutos para responder questões de ciências humanas e de ciências da natureza. No domingo, ele terá 5 horas e 30 minutos para as perguntas de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação.
Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começarão, nos dois dias, às 13h30. Os gabaritos oficiais das questões objetivas serão divulgados pelo Inep até o dia 9 de novembro. Já os resultados ainda não têm data marcada para serem apresentados.
Horário de verão
Os horários indicados no edital do Enem são todos referentes ao horário oficial de Brasília. Nos dias 5 e 6 de novembro, os portões vão fechar às 13h. As provas terão início às 13h30, mas só poderá participar do exame quem entrar na local de prova antes de os portões serem fechados.
Como parte do Brasil aderiu ao horário de verão neste domingo, o país tem estados em quatro fusos horários diferentes. Isso quer dizer que, para alguns candidatos, o horário local de fechamento dos portões é diferente.

Fonte: G1

PF deflagra operação que mira em banda Aviões do Forró

avioes 2A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram nesta terça-feira a Operação “For All” que investiga fraudes no imposto de renda envolvendo o grupo cearense Aviões do Forró, que administra, entre outras bandas, a Aviões do Forró e casas de show. As investigações apontam que o grupo estaria fornecendo dados falsos ou omitindo informações relevantes em suas declarações de Imposto de Renda, para eximir-se da cobrança de tributos, além da possível ocorrência de lavagem de capitais, falsidade ideológica e associação criminosa.
A Coluna apurou que a banda Aviões do Forró também é alvo da operação e há mandados contra os cantores Solange Almeida e José Alexandre, conhecido como Xandy Avião. Não há presos nessa operação.
Os envolvidos tiveram seus sigilos fiscais quebrados pela investigação, o que ajudou a localizar diversas pessoas físicas e jurídicas envolvidas no esquema.
Os investigadores são acusados de inserir dados falsos em declarações de Imposto de Renda; não declararem aquisição de veículos e imóveis. Há, ainda, divergências sobre valores pagos a título de distribuição de lucros e dividendos, movimentações bancárias incompatíveis com os rendimentos declarados, pagamentos elevados em espécie, além das diversas variações patrimoniais a descoberto.
A PF informa que o nome “FOR ALL” faz referência à expressão da língua inglesa “for all” (para todos), uma vez que existem notícias de que no início do século XX, os engenheiros britânicos, instalados em Pernambuco para construir a ferrovia Great Western, promoviam bailes abertos ao público (for all). Assim, o termo passaria a ser pronunciado “forró” pelos nordestinos. O nome da operação veio dessa origem popular da palavra Forró, principal ramo de atividade do grupo investigado.
Estão sendo cumpridos 32 mandados de condução coercitiva e 44 de busca e apreensão, além de terem sido decretados os bloqueios de imóveis e veículos de pessoas ligadas a grupo empresarial atuante no ramo do entretenimento e responsável por grandes bandas de forró e casas de shows do Estado. (Andreza Matais)
Fonte: Estadão

Cantores da Banda Aviões do Forró são alvos da 'Operação For ALL' da Polícia Federal


Cantores da Banda Aviões do Forró são alvos da 'Operação For ALL' da Polícia FederalO site do jornal O Estado de S. Paulo divulgou nesta terça-feira (18) que a banda Aviões do Forró também é alvo da operação For All, deflagrada no início da manhã em Fortaleza. Há mandados contra os cantores Solange Almeida e José Alexandre, conhecido como "Xandy Avião". 

Os envolvidos tiveram seus sigilos fiscais quebrados pela investigação, o que ajudou a localizar diversas pessoas físicas e jurídicas envolvidas no esquema.

Os investigados são acusados de inserir dados falsos em declarações de Imposto de Renda; não declararem aquisição de veículos e imóveis. Há, ainda, divergências sobre valores pagos a título de distribuição de lucros e dividendos, movimentações bancárias incompatíveis com os rendimentos declarados, pagamentos elevados em espécie, além das diversas variações patrimoniais a descoberto.


Filme “O Shaolin do Sertão” teve maior média de público por sala esse fim de semana no Ceará

O melhor resultado de média de público do  m de semana no circuito nacional não foi um super-herói americano mas, sim, um mestre nas artes marciais, bem brasileiro. Quem mais lotou salas de cinema ontem foi uma comédia que saiu do Nordeste: “O Shaolin do Sertão”, de Halder Gomes, que chega ao resto do Brasil no dia 20 de outubro. O longa está em cartaz em 20 salas de cinema de sete cidades cearenses e repete a estratégia de sucesso de “Cine Holliúdy”, do mesmo diretor.
“O Shaolin do Sertão” teve uma média de 237 pessoas por sala. Em segundo lugar, com 180 pessoas por sala, os cinemas onde está acontecendo o Festival do Rio. E em terceiro, com 162 pessoas por sala, “Inferno”, suspense com Tom Hanks. 
“Cine Holliúdy vendeu 22 mil ingressos no primeiro  m de semana quando estreou só no Ceará", lembra Bruno Wainer, da distribuidora Downtown Filmes. "Agora estamos ampliando o circuito porque acreditamos muito no  lme, tanto no Nordeste quanto no resto do país", completa.  
Com coprodução da Globo Filmes, Paramount Pictures, Telecine e Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e distribuição nacional da Downtown Filmes/Paris Filmes, o longa traz no elenco nomes como Edmilson Filho, Dedé Santana, Fafy Siqueira, Marcos Veras, Tirulipa, Falcão, entre outros.

Sinopse 

Aluízio Li (Edmilson Filho) é um a cionado por artes marciais, que vive num mundo de fantasias e que se veste e se comporta como um monge Shaolin. Seus dias de paz acabarão quando o ex-lutador de vale-tudo Toni Tora Pleura (Fábio Goulart) anuncia um "tour" de desa os por várias cidades do interior do Ceará, incluindo Quixadá, onde vive Aluízio. Sem credibilidade e vítima de uma trama política oportunista, cabe a ele a difícil missão de defender a honra da região contando apenas com o apoio do inseparável amigo Piolho (Igor Jansen) e com a fé da mãe Dona Zefa (Fafy Siqueira).  

Fonte: DN

Thyane desabafa sobre início de relacionamento com Safadão: "No começo foi assustador"

A empresária de 25 anos de idade Thyane Dantas, esposa de Wesley Safadão, afirmou ter vivido dias difíceis no começo de sua relação com o hoje cantor mais popular do Brasil. Apontada como pivô da separação do artista com sua ex, Mileide Mihaile, Thyane confessou em entrevista à revista Mulher Cheirosa, não ter maturidade, à época, para lidar com a situação.
"No começo foi assustador. Eu não tinha maturidade e sofria muito. Hoje vejo que todas as experiências que vivi foram necessárias para o meu crescimento espiritual e emocional. Atualmente tudo é diferente. No meu coração não tem espaço para as acusações, mas sei que faz parte do momento em que vivemos hoje. Eu, como a mulher do artista mais popular do Brasil, entendo que, a nossa vida, é vista e comentada por muitos", declarou.
Além disso, a empresária defendeu que nunca uma 'terceira pessoa' possui o poder de acabar com qualquer relacionamento, desabafando sobre as questões que envolveram o início de seu relacionamento com Wesley Safadão. "
A responsabilidade de um relacionamento está sempre nas mãos dos dois envolvidos. Quando o conheci ele se apresentou para mim como homem separado. Ainda demorei para acreditar que estava nessa relação, em muitos momentos resisti, mas houve insistência. Dessa forma nos apaixonamos, os obstáculos vieram, mas o amor que estávamos sentindo foi crescendo e amadurecendo, aí já não tínhamos como não vivê-lo", disse.  

'Muito carinho'

Sobre as críticas e constante vigilância da mídia e das pessoas, a empresária disse que as coisas ruins ficam apenas no ambiente virtual. "Aonde chegamos tem multidões, fãs e, até hoje, o que recebemos presencialmente é muito carinho e palavras de amor.".
Atualmente, Thyane Dantas afirmou ter uma boa relação com seu enteado, Yhudy, filho de Safadão com Mileide, e com a própria ex de seu marido. 
"Graças a Deus a nossa relação hoje é de muita paz e respeito", contou, acrescentando sobre a relação com o garoto: "É uma relação tranquila de muito respeito e amor. Ele é carinhoso, inteligente e ama estar conosco. A gente se diverte muito juntos".

Fonte: DN

Grupo de entretenimento vira alvo de operação da Polícia Federal

Resultado de imagem para PFUma operação da Polícia Federal (PF) em conjunto com a Receita Federal foi deflagrada na manhã desta terça-feira (18) e tem como alvo um grupo empresarial do ramo de bandas de Forró no Estado do Ceará. As acusações são de que o grupo teria realizado fraudes no imposto de renda. Com mandados expedidos pela 11ª Vara Federal - Seção Judiciária no Estado do Ceará, a "Operação For All", como foi denominada, cumpre 32 mandados de condução coercitiva e 44 mandados de buscas e apreensão nas cidades de Fortaleza e Russas, no Ceará, e em Souza, na Paraíba.
As informações foram divulgadas em nota nesta manhã pela PF. Elas dão conta de que, além do cumprimento dos mandados, pessoas ligadas ao grupo empresarial tiveram imóveis e veículos bloqueados, após determinação da Justiça. Os indícios são de que os integrantes estariam fornecendo dados falsos ou omitindo dados relevantes em suas declarações de Imposto de Renda Pessoas Físicas e Jurídicas. Também existem suspeitas de possível lavagem de capitais, falsidade ideológica e associação criminosa.
De acordo com informações da PF, 260 policiais e 35 auditores da Receita Federal participam da operação. Mais informações em instantes. 

Fonte: DN

Servidores de Aratuba vão realizar nova manifestação e paralisação geral nesta quinta-feira

MAIS UMA VEZ OS TRABALHADORES DO MUNICÍPIO SAEM ÀS RUAS PARA PROTESTAR POR SALÁRIOS ATRASADOS.
Nesta quinta-feira (20/10) o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Aratuba – SINDIARA, realizará mais um ato público e passeata pelas principais ruas da cidade intitulada de Aratuba contra o desmonte e os direitos dos Servidores Públicos. Segundo a direção da instituição, o intuito é chamar a atenção do gestor municipal para as situações que estão afligindo os trabalhadores nos meses finais do mandato como atraso salarial, assédio moral, demissões de servidores, entre outros. 
O manifesto deve iniciar a concentração na sede do Sindicato a partir das 8h, onde em seguida deverão ganhar as ruas com faixas, cartazes, palavras de ordem, e som volante, passando pela praça central, prefeitura indo até o fórum, onde o Sindicato dará entrada ao processo de pedido de bloqueio das contas da prefeitura com o intuito de pagar salários dos servidores.
Todos os servidores são convocados a participar e lutar para que seja efetuado o pagamento dos salários atrasados (desde agosto os servidores principalmente da educação estão em atraso e demais incluindo professores o mês de setembro), deslocamento dos professores há 08 meses em atraso, férias não pagas de 2016, progressão do magistério não paga desde janeiro correspondendo a 3% do salário base. Ainda nesta terça-feira, comissão do Sindicato reunir-se-á com o prefeito Ivan Neto para discutir com o mesmo, essas questões relacionadas aos funcionários da municipalidade.
Segundo o presidente do Sindiara o que está deixando todos preocupados é o fato de faltar apenas dois meses para o fim da gestão e ainda ter servidores que até o final do ano deverão receber cerca de seis salários e o município não apresentar meios de como resolverá a situação. “A situação é bastante alarmante uma vez que temos servidores com até seis meses de salários a receber até findar o ano, onde falta apenas cerca de 70 dias para isso, e a gestão municipal precisa apresentar seu plano de como tentará resolver a situação”, declarou.

Fonte: Portal do SINDIARA