Buscar

14 julho 2016

Mulher é presa após agredir assistente social com “cadeirada” dentro de hospital

Quixeramobim. Uma mulher que trabalha como doméstica foi presa depois de agredir com uma “cadeirada” uma assistente social. A agressão aconteceu em meio a uma discussão dentro do Hospital Regional Doutor Pontes Neto. A Polícia foi acionada ao local e a agressora foi presa.
O fato aconteceu na tarde da última terça-feira (12). Francisca Odília da Silva Tavares, de 48 anos, teria jogado uma cadeira contra uma assistente social sete anos mais velha do que ela. A vítima chegou a ser ferida na mão.
De acordo com informações de populares que entraram em contato com o blog através do WhatsApp, a agressora aguardava atendimento quando uma discussão se iniciou.
Francisca Odília foi levada para a Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Quixadá. A vítima da agressão passa bem.
Outro
Nas últimas 24 horas, o plantão policial em Quixeramobim registrou também um assalto contra uma loja de artigos tecnológicos, que funciona como correspondente autorizado do Banco Bradesco.

De acordo com as informações da Polícia, dois homens armados invadiram a loja, que fica na rua Monsenhor Salviano Pinto, e anunciaram o roubo. A proprietária da loja informou aos policiais que os homens chegaram em uma moto.
A quantia levada não foi divulgada.
Fonte: DN

Wesley Safadão e Thyane Dantas promovem boa ação no aniversário de Ysis

Wesley Safadão e Thyane Dantas vão ”aproveitar” o aniversário da filha Ysis, que vai completar 2 anos de idade na próxima quinta-feira (14), para fazer uma boa ação. Os anfitriões da festa solicitaram, através do convite, que os participantes levem três quilos de alimentos não perecíveis. Entretanto, o nome da instituição beneficiada não foi informado.
Esta não é a primeira vez que Safadão e sua esposa promovem uma boa ação. Em 2015, também no aniversário de Ysis, eles pediram aos convidados que levassem latas de leite em pó para ajudar uma instituição de caridade.
Fonte: FM 93

Wesley Safadão e Thyane Dantas se formam no curso casados para sempre

Faltando pouco mais de 15 dias para a troca de alianças,o casal Wesley Safadão e Thyane Dantas celebraram a formação no curso Casados para Sempre na última terça-feira (12). Ministrado pela Marriage Ministries Intemational, o curso teve 14 semanas de duração em um trabalho na igreja local com o objetivo de curar e fortalecer os casamentos.
Além do casal, os padrinhos Tirullipa e Simone, da dupla com Simaria, também fizeram parte da formação. Os amigos já costumavam fazer grupo de oração juntos.
O ponto principal é a palavra de Deus, os ensinamentos de Deus. A gente coloca Deus no centro de tudo e começa a ver prioridades em nossa vida, que faz toda diferença (…). Melhor de tudo é que além de melhorar meu relacionamento, meu casamento, melhorou minha vida com Deus, a minha vida num todo”, revelou Safadão em sua conta no Snapchat na manhã desta quarta-feira (13).
Fonte: FM 93

Em discurso, Maranhão se despede e assume que cometeu erros

Ao abrir a sessão destinada a eleição da presidência da Câmara dos Deputados, o presidente interino, Waldir Maranhão (PP-MA), fez um discurso de despedida. Em sua fala, Maranhão assumiu que cometeu erros, mas disse que a sua atuação também mudou os rumos do País.
Com a escolha do sucessor do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o parlamentar reassume a vice-presidência da Casa até fevereiro do ano que vem. “Nestes poucos meses, aprendi anos. Acertei e errei como qualquer um, mas não vou aqui ficar lamentando o passado. Tenho certeza que algumas decisões vão mudar o nosso país para melhor. O resto é página virada”, disse. Para o presidente interino, “a História julgará a sua gestão”.
“Deixo esta Presidência sem mágoas e rancores e com a consciência limpa e tranquila. Continuarei no exercício da Vice-Presidência prestando lealdade ao meu Estado e ao nosso País”, continuou. Maranhão afirmou ainda que chegou à Presidência, há cerca de dois meses, “de forma inesperada e não desejada”.
“Estávamos vivendo um momento difícil para o Brasil. A minha postura desde o início foi exercer a interinidade com honestidade e honradez. Procurei em todos os atos que pratiquei seguir estritamente o regimento da Casa – mesmo aquele que se refere ao processo de cassação de mandato parlamentar”, afirmou, fazendo referência ao processo contra Cunha.
Ele também relembrou a sua trajetória, afirmando ser um homem de origem “simples e humilde”, filho mais velho de uma família de oito irmãos e pais semianalfabetos, até virar reitor da Universidade Estadual do Maranhão. “Desde o início tive a consciência de que o importante é o Brasil sair desta crise, em que há milhões de desempregados e um futuro incerto. Nós podemos e temos a obrigação de ajudar a mudar esta realidade. Quero desejar ao próximo Presidente sucesso e votos para que possa exercer a função”, concluiu.
Ao longo do dia, Maranhão mudou o horário do início da eleição duas vezes. Inicialmente prevista para as 16 horas, o começo da sessão foi alterado pelo presidente duas vezes. Primeiro, para as 19h, e, minutos depois, para as 17h30. Apesar de não ter apresentado nenhuma justificativa para a alteração, as medidas foram tomadas após receber parlamentares contra e a favor de Cunha. A primeira decisão ocorreu após Maranhão ter se reunido com um adversário de Cunha, o líder do DEM, Pauderney Avelino (AM). Ele mudou novamente de ideia depois de receber a visita do líder do PTB, Jovair Arantes (GO), em seu gabinete.
Fonte: Ceará Agora

DESTAQUE REGIONAL - SABRINA MELO CANDIDATA A MISS ARACOIABA 2016

O Destaque Regional desta quinta-feira (14), Sabrina Melo, 22 anos, filha de Vicente Melo e Nena Melo, modelo, técnica em informática e estudante de enfermagem. Nasceu em Fortaleza e atualmente mora na cidade de Aracoiaba/CE, adora viver em sua cidade, universitária em Enfermagem pela Faculdade Mauricio de Nassau. Enfermagem e seu trabalho como modelo são paixões declaradas pela modelo.
A jovem modelo vem sendo convidada para participar de desfiles e eventos de grande importância para a sua carreira. Exemplo de força de vontade, uma menina jovem, com um sonho que muitas têm, porém a mesma sempre acreditou em si e no seu potencial.
Sabrina está ganhando as passarelas e preferências de estilistas, revistas, lojas, empresas e em geral com essa elegância, beleza e uma excelente desenvoltura ao desfilar, assim sendo, vem ganhando destaque por onde passa! Sigam e acompanhem esse fruto de Aracoiaba! – Sabrina Melo

Destaque Regional
Aracoiaba News

Com ajuda do Planalto, Maia ganha Presidência da Câmara

Com a ajuda do Palácio do Planalto e da antiga oposição, o deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito na madrugada desta quinta-feira presidente da Câmara para um mandato-tampão até fevereiro de 2017. Com 285 votos no segundo turno, ele derrotou o candidato Rogério Rosso (PSD-DF), do Centrão, bloco formado por 13 partidos e aliado do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que renunciou ao cargo na quinta-feira passada. Foram 170 votos para Rosso e cinco brancos. Ao ser anunciado o resultado, deputados gritaram “Fora Cunha”.
Maia recebeu apoio formal do grupo PSDB, DEM, PPS e PSB e representa a volta do antigo PFL ao cargo que o partido ocupou de 1993 a 1997 com Inocêncio de Oliveira e Luís Eduardo Magalhães. Mais cedo, o Planalto atuou para esvaziar a candidatura do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), que foi ministro da presidente afastada Dilma Rousseff e tentou viabilizar sua candidatura tendo como base o PT, PDT e PCdoB, partidos de oposição a Michel Temer. A ação deu certo: Castro ficou em terceiro lugar, com 70 votos.
Em seu discurso final, Maia fez aceno tanto para tucanos como para petistas ao citar José Serra e José Genoino. Já Rosso pregou união da base de Temer e abriu mão de parte de seu discurso para dar um abraço em Maia na tribuna.
Após a confirmação da vitória, o deputado do DEM falou de maneira conciliadora. “Temos que pacificar esse plenário, temos que dialogar. A maioria precisa dialogar com a minoria”, disse Maia.
A eleição do presidente da Câmara define uma figura central para os próximos passos do governo. Além de ser o primeiro na linha sucessória de Temer, o substituto de Cunha terá poder para acelerar ou atrapalhar o processo de cassação do peemedebista e as votações de projetos importantes para o ajuste fiscal do governo. Além disso, pode decidir sobre a abertura ou não de processo de impeachment contra Temer, que tramita na Casa.
DOIS TURNOS
Na virada do primeiro para o segundo turno, os dois finalistas tiveram uma hora para somar votos. Neste período, houve muita correria pelos corredores da Casa em busca de apoio principalmente dos partidos que tiveram candidatos no primeiro turno. Logo após divulgado o resultado do primeiro turno, Castro declarou apoio à candidatura de Rosso. Na mesma linha foi o deputado Carlos Manato (SD-ES) que recebeu 10 votos na disputa pelo comando da Câmara. “Sou Rosso desde pequeno”, afirmou.
Rosso partiu num corpo a corpo em busca de apoio de outros partidos do Centrão. Nas conversas contou apenas com declarações de voto do líder do PP, Aguinaldo Ribeiro. No mesmo momento em que Ribeiro anunciava seu apoio, parte da bancada do PP se reunia com Maia.
A antiga oposição concentrou-se primeiro em consolidar votos no PT, PCdoB, PDT e conseguiu amarrar esses apoios. Maia e seus aliados passaram então a focar na difusa bancada peemedebista e nos “dissidentes” do centrão. O PMDB optou por ficar oficialmente neutro.
BASE DIVIDIDA
Durante o dia, o governo trabalhou para fortalecer os dois principais grupos da base. Tentou unificar o Centrão em torno de Rosso e ajudar a candidatura de Maia. No primeiro turno, foram 14 candidaturas. Apesar do discurso oficial de que não iria interferir, Temer incumbiu os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, além do secretário executivo do Programa de Parcerias de Investimentos, Moreira Franco (sogro de Maia), de negociar com os deputados.
Em conversas reservadas, parlamentares afirmam que até promessas de nomeação para o Ministério do Turismo – antiga reivindicação do PMDB de Minas – e para cargos em diretorias de empresas do setor elétrico, como Furnas e Chesf, teriam entrado na lista de ofertas.
Conteúdo Estadão
Fonte: Ceará Agora