Buscar

27 junho 2016

Prefeito de Aracoiaba, Antônio Cláudio integra lista dos 100 melhores prefeitos do Brasil segundo UBD

A União Brasileira de Divulgação (UBD) divulgou em seu portal oficial, a lista dos 100 melhores prefeitos do Brasil, ao qual o município de Aracoiaba passou a integrar na 38ª posição ranking nacional e 5ª posição no ranking por estado.
A classificação foi dada através de uma pesquisa realizada pela UBD nas áreas de Assistência Social, Educação, Infraestrutura, transparência pública e qualidade de vida no Município.
A UBD (União Brasileira de Divulgação) foi criada em maio de 2000, tendo como finalidade divulgar os MELHORES GESTORES DO PAÍS, onde atende os requisitos de excelência em Gestão Pública. São avaliados critérios como transparência, responsabilidade fiscal e credibilidade junto aos órgãos governamentais, Federal, Estadual, Tribunal de Contas e Ministério Público, além do comprometimento com a sociedade.


Fonte: UBD

Messi isola pênalti, e Chile fatura bi da Copa América diante da Argentina

FOTO: AFP
Ainda não foi desta vez que Lionel Messi conquistou um título pela Argentina. E nesse domingo, na derrota por 4 a 2 nos pênaltis para o Chile, na decisão da Copa América Centenário, após empate por 0 a 0 nos 90 minutos e na prorrogação, ele teve participação decisiva em mais uma frustração própria, e de todo o seu país. Perdeu uma penalidade, isolando a bola como um jogador comum. O craque de 29 anos falhou de novo num momento decisivo por sua seleção.
O Chile repetiu o feito da Copa América do ano passado, quando após empate sem gols no tempo normal e na prorrogação venceu a disputa por pênaltis por 4 a 1 e conquistou o título continental pela primeira vez na história. Agora, comemora o bicampeonato.
A expressão de espanto e desespero de Messi após ver Silva converter a penalidade que garantiu o bicampeonato do Chile diante de 82.026 pessoas no estádio MetLife, em Nova Jersey, deram a dimensão da decepção do craque argentino. Após fazer uma excelente Copa América, foi discreto neste domingo e, para piorar, ainda vai ficar marcado pela perda do pênalti.
A Argentina continua na fila de 23 anos sem títulos com a seleção principal. Desde 1993, quando conquistou a Copa América disputada no Equador, não sabe o que é ser campeã.
O Chile, por seu lado, se firma como uma potência do futebol sul-americano. E consolida a geração considerada a melhor da história do futebol do país, onde se destacam Arturo Vidal, Alexis Sanchez, Vargas e até jogadores que se destacam pela raça como Medel.
Nesse domingo, o primeiro tempo foi marcado por um domínio argentino, mas, sobretudo, por muitas jogadas ríspidas e algumas violentas, de ambos os lados. A Argentina, liderada por Messi e com time melhor tecnicamente, criou as melhores chances. O Chile pouco incomodou.
A grande chance da Argentina na etapa caiu nos pés de Higuaín. E ele voltou a perder um “gol feito”, como ocorreu nas duas finais anteriores que sua seleção disputou.
Nesse domingo, o atacante ficou na cara de Claudio Bravo após um vacilo de Mendel, que falhou no domínio de uma boa recuada em sua direção. Higuaín penetrou livre, tentou tirar do goleiro, mas acabou tocando para fora, à direita da trave.
Na final da Copa do Mundo de 2014, que a Argentina perdeu para a Alemanha por 1 a 0 no Maracanã, Higuaín perdeu um gol na frente de Neuer – chutou para fora -, após erro de Kroos. No ano passado, na decisão da Copa América do Chile, desperdiçou chance incrível ao chutar no lado de fora da rede, sem goleiro, após passe de Lavezzi.
Na decisão desse domingo, as duas seleções terminaram o primeiro tempo com 10 jogadores. O brasileiro Heber Roberto Lopes expulsou o chileno Diáz aos 28 minutos, pelo segundo cartão amarelo, após falta em Messi; aos 42, deu cartão vermelho direto para o lateral-esquerdo Rojo, por falta dura em Arturo Vidal.
O Chile, que não havia concluído uma vez sequer contra o gol argentino na primeira etapa, voltou mais atrevido para o segundo tempo. Criou algumas chances, mas, ainda assim, a Argentina levava mais perigo.
A partir da metade da etapa, porém, o jogo ficou mais equilibrado, com as duas equipes mais precavidas. A Argentina, porém, começou a dar sinais de desgaste físico. O Chile, então, passou a atacar com maior intensidade. A prorrogação foi emocionante, com uma chance clara de gol para cada equipe.
Na disputa de pênaltis, cada seleção falhou na sua primeira cobrança: Vidal parou em Romero e Messi isolou a bola. O Chile acertou os três pênaltis seguintes e a Argentina converteu dois. No terceiro, Bravo defendeu a cobrança de Biglia. Silva, então converteu o quinto pênalti chileno, para desespero da Argentina do Chile e de Messi, e nova festa do Chile.
FICHA TÉCNICA
ARGENTINA 0 x 0 CHILE (2 x 4 nos pênaltis)
ARGENTINA – Sergio Romero; Mercado, Otamendi, Funes Mori e Marcos Rojo; Mascherano, Banega (Lamela), Biglia e Di María (Kranevitter); Higuaín (Agüero) e Messi. Técnico: Gerardo Martino.
CHILE – Claudio Bravo; Isla, Medel, Gonzalo Jara e Beausejour; Marcelo Díaz, Aránguiz e Vidal; Fuenzalida (Edson Puch), Vargas (Nicolás Castillo) e Alexis Sánchez (Francisco Silva). Técnico: Juan Antonio Pizzi.
ÁRBITRO – Heber Roberto Lopes (Brasil).
CARTÕES VERMELHOS – Marcos Rojo (Argentina); Marcelo Díaz (Chile).
CARTÕES AMARELOS – Mascherano, Messi e Kraneviter (Argentina); Beausejour, Aránguiz e Vidal (Chile).
RENDA – Não disponível.
PÚBLICO – 82.026 espectadores.
LOCAL – MetLife Stadium, em East Rutherford (Estados Unidos).
Fonte: Estadão Conteúdo 
Fonte: Ceará Agora

Presos cavam túnel e fogem do presídio Carrapicho, em Caucaia

buraco caucaiaNa manhã deste sábado, (25), alguns presos conseguiram fugir da Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal, conhecida como Carrapicho, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza.
De acordo com os agentes penitenciários, os presos cavaram um túnel por onde saíram da casa de detenção, sem serem molestados. Até a tarde desse sábado a Polícia ainda não havia recapturado nenhum fugitivo.
O número total dos que conseguiram escapar ainda será confirmado pela Secretaria de Justiça (Sejus) quer fará a contagem de detentos.

Fonte: Ceará Agora

Banda nordestina Fulô de Mandacaru vence SuperStar

A banda pernambucana Fulô de Mandacaru venceu a terceira temporada do SuperStar, programa da TV Globo. Afinal do reality, que aconteceu neste domingo (26), foi dividida em três etapas. Concorreram com o grupo vencedor as bandas Bellamore (RJ), Outro Eu (RJ) e Plutão Já foi Planeta (RN).
Na primeira etapa, o Fulô de Mandacaru, que é da cidade de Caruaru, ficou em primeiro lugar com 67%. A banda liderada pelo vocalista Pingo apresentou um medley com três sucessos: "O trenzinho caipira" (Villa-lobos), Luar do Sertão (João Pernambuco e Catulo da Paixão Cearense) e "Olha pro céu" (Luiz Gonzaga e José Fernandes). Os grupos OutroEu obteve votação de 54% e Plutão Já Foi Planete ficou com 65%. Bellamore foi a eliminada com 52%, a menor pontuação. 
Já na segunda fase, o grupo pernambucano cantou a música "Só o mié" e conseguiu uma votação expressiva: 66%. Dos jurados, apenas Sandy não votou no Fulô de Mandacaru nesta etapa. Plutão Já Foi Planeta teve uma votação de 62%, enquanto a OutroEu teve 52%, sendo a eliminada desta fase.
A disputa final aconteceu, portanto, entre a Fulô de Mandacaru e a Plutão Já Foi Planeta. A banda pernambucana venceu com 70%, ao cantar a música "São João de Outrora" (Roberto Bonny). Já o grupo potiguar teve 48%. A Fulô de Mandacaru levou o prêmio de R$ 500 mil e um contrato com a gravadora Som Livre. 

Fonte: DN

Safadão descarta casamento de R$ 1 milhão; festa será no Terminal Marítimo da Capital ao por do sol

O entardecer do dia 1° de agosto foi a data escolhida: Wesley Safadão se casará com Thyane Dantas em Fortaleza, no Terminal Marítimo de Passageiros. A cerimônia será celebrada por um pastor, já que o casal pertence à Igreja Cristã Videira.
Segundo ele, a festa não custará 20% desse valor. "A gente está fazendo uma coisa pequena já para que não repercuta de uma forma que a gente não quer. Vai ser só para receber a benção mesmo".
A noiva, que conversou com o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, afirmou que o casamento será bastante intimista. Estão presentes na lista as famílias dos dois e a banda, ninguém além disso. "Vai ser uma cerimônia para a gente receber a bênção de Deus porque casados nós já somos", afirmou.

Curso de noivos 

Thyane também relatou que participou de um curso de noivos com Wesley. Semanal, o curso repassou lições de perdão, acordo e aliança. A noiva acredita que esse momento foi decisivo na hora de oficializar o casamento.
"Na cabeça do Wesley, se juntou, já era casamento. A gente tem a vida de casados, mas a gente sabe hoje, depois do curso, a importância de Deus nos abençoar e proteger e estar aliançado com a gente", comenta Thyane.

Fonte: DN 

Após polêmica com cachê considerado alto demais, Safadão vai doar dinheiro para caridade

O cantor Wesley Safadão afirmou que vai doar o cachê referente ao show que fez, neste sábado (25) no São João 2016 de Caruaru, em Pernambuco, para instituições de caridade da cidade. A decisão do cantor se deu após a Justiça questionar o cachê de R$ 575 mil cobrado por Safadão para se apresentar na cidade. As informações são do G1.
"Se o problema é dinheiro, pode espalhar aí que o meu cachê está voltando para Caruaru para ajudar a quem realmente precisa. Em Caruaru, eu toco até de graça. O que eu não quero é ᴀcar de fora desta festa", afirmou o cantor cearense durante o show no Pátio de Eventos Luiz Gonzaga.
Na quarta-feira (22), um juiz da comarca de Caruaru concedeu liminar, suspendendo o show de Safadão no São João da cidade. Havia suspeita de superfaturamento no cachê de Wesley, já que, em Campina Grande, Safadão cobrou R$ 165 mil para o show, de acordo com a Prefeitura da cidade paraibana. O show em Caruaru aconteceu, no entanto, porque o desembargador José Viana Ulisses acatou um pedido da Prefeitura da cidade pernambucana, permitindo a apresentação de Safadão.
Com sucessos no repertório, como "Aquele 1%" e "Camarote", o show de Safadão foi o mais esperado da noite, em Caruaru, e lotou o Pátio de Eventos Luiz Gonzaga. Muitas pessoas não conseguiram entrar para assistir à apresentação, uma vez que a capacidade máxima do local, de 100 mil pessoas, foi atingida antes das 21h. Alguns fãs, então, pularam muro e romperam as grades das entradas de emergência. Houve correria e tumulto e a polícia teve que conter a multidão com spray de pimenta.   

Fonte: DN