Buscar

03 março 2016

Seca: Tasso defende mobilização dos Senadores e cobra ações do Governo

Tasso 1O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) defendeu, no início da noite desta quarta-feira (2), mobilização da bancada de senadores do Nordeste em torno da grave crise hídrica que atinge a região. Em aparte ao senador Garibaldi Alves (PMDB-RN), mostrou sua preocupação com as previsões de especialistas acerca do agravamento da seca, com a possibilidade de chuvas abaixo da média nos próximos meses, atingindo os nove estados nordestinos.
Ao analisar o quadro, ele propôs a criação de um grupo dos senadores do Nordeste para impedir que essa catástrofe venha a acontecer, sem uma intervenção mais energética e urgente do Governo Federal.
“A situação da seca no Nordeste é gravíssima e tende a ficar cada vez pior. É preciso que o governo se mobilize e adote ações urgentes, como em outras ocasiões menos graves, que não envolviam tantas vidas e tantas famílias”, disse ele.
Fonte: Ceará Agora

Maioria do STF aceita abertura de ação penal contra Eduardo Cunha

cunhaA maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou pela abertura de ação penal contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e a ex-deputada federal e atual prefeita de Rio Bonito (RJ), Solange Almeida. Seguindo o voto do relator, ministro Teori Zavascki, os demais ministros entenderam que há indícios de que Cunha recebeu US$ 5 milhões de propina por um contrato de navios-sondas da Petrobras.
Até o momento, seis dos 11 ministros da Corte aceitaram a denúncia contra Cunha e Solange. Os ministros Edson Fachin, Luiz Roberto Barroso, Marco Aurélio e Cármen Lúcia acompanharam voto do relator, ministro Teori Zavascki. O ministro votou pelo recebimento parcial da denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República, por entender que há indícios de que o presidente da Câmara pressionou um dos delatores da Lava Jato para receber propina.
A sessão foi suspensa e será retomada nesta quinta-feira (3), com os votos dos demais ministros que compõem a Corte. Se o resultado for mantido, Cunha e Solange passarão à condição de réus no processo.
Fonte: Ceará Agora

Prefeitura de Quixadá abre concurso com 754 vagas

A Prefeitura Municipal de Quixadá abriu inscrições para um novo concurso público, que objetiva contratar mais de 700 profissionais. As inscrições deverão ser feitas exclusivamente através do sitee vão até 14 de março. É necessário pagar taxa de participação.
A jornada de trabalho dos profissionais varia de 20h a 40h semanais, e há também plantão de 24h. Como remuneração será pago valor entre R$ 880,00 a R$ 10.000,00.
As oportunidades são para profissionais de nível fundamental, médio e superior, nos cargos de: advogado (7 vagas); agente administrativo (29 vagas); agente de combate às endemias (15 vagas); agente de trânsito (10 vagas); agente social (10 vagas); assistente jurídico (3 vagas); assistente social (14 vagas); atendente (15 vagas); auxiliar de arquivo (5 vagas); auxiliar de serviço funerário (9 vagas); auxiliar de serviços gerais (95 vagas); auxiliar em saúde bucal (10 vagas); arquiteto (1 vaga); bombeiro hidráulico (4 vagas); cozinheiro (5 vagas); cuidador para pessoas com deficiência física (24 vagas); dentista (5 vagas); educador físico (2 vagas); eletricista (4 vagas); enfermeiro (10 vagas); enfermeiro plantonista (5 vagas); farmacêutico (2 vagas); fiscal de tributos municipais (4 vagas); fisioterapeuta (3 vagas); guarda civil municipal - masculino (30 vagas); guarda civil municipal - feminino (12 vagas); instrutor de artes (2 vagas); magarefe (5 vagas); médico clínico (8 vagas); médico de atenção básica (5 vagas); médico especialista - traumatologista (2 vagas); mensageiro (2 vagas); motorista - categoria A (5 vagas); motorista - categoria D (34 vagas); nutricionista (1 vaga); operador de máquinas pesadas (10 vagas); professor de educação básica I nas áreas de atuação: educação infantil (48 vagas); ensino fundamental I (44 vagas); educação básica II - ensino fundamental II nas áreas de: ciências (15 vagas); educação física (7 vagas); geografia (12 vagas); história (8 vagas); língua portuguesa (19 vagas); matemática (17 vagas); psicólogo (6 vagas); técnico nas áreas de cadastro (2 vagas); edificações (2 vagas); enfermagem (12 vagas); higiene bucal (6 vagas); radiologia (4 vagas); terapeuta ocupacional (1 vaga); veterinário (3 vagas); e vigia (122 vagas).

Os inscritos serão classificados mediante aplicação de prova de títulos, prova escrita e de esforço físico. O edital pode ser visualizado neste link.


WhatsApp poderá deixar de funcionar mais uma vez no Brasil

O aplicativo WhatsApp poderá deixar de funcionar mais uma vez no Brasil. A informação foi divulgada pelo delegado Fabiano Barbeiro, que solicitou o bloqueio do app no ano passado, em entrevista à Rádio Câmara nesta semana. Porém, ele não falou em que período do ano isso pode ocorrer.
Conforme informou o delegado, a falta de cooperação da empresa em uma investigação ao Primeiro Comando da Capital (PCC) seria o motivo da suspensão do serviço de troca de mensagens. Outra medida possível é a responsabilização criminal de representantes da empresa no País.
Conforme informações do site da Câmara dos deputados, na terça-feira, 1º de março, o assunto foi debatido durante audiência pública realizada pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Crimes Cibernéticos – por coincidência, no mesmo dia em que a Polícia Federal (PF), cumprindo determinação da justiça de Sergipe (SE),prendeu, pelo mesmo motivo, o vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzodan. Para quem não sabe, o Facebook é a empresa dona do aplicativo WhatsApp.
"Eu não consigo conceber o fato ou a alegação de que a empresa não tenha capacidade técnica de atender esse pedido, isso para mim é completamente improvável. O que eu acredito, sim, é que existem razões comerciais para que ela mantenha esta resistência. Eu não acho isso justo, não acho isto válido e não acho que isso deve sobrepor às nossas leis, ao nosso Poder Judiciário, ao nosso estado democrático de direito e nem tampouco a nossa soberania nacional”, disse o delegado durante entrevista à Rádio Câmara.
Bloqueio do app no Brasil
A mesma situação aconteceu no fim do ano passado, quando a Justiça determinou o bloqueio do WhatsApp por 48 horas.

Vice-presidente do Facebook detido no Brasil é solto

O vice-presidente do Facebook e Instagram para a América Latina foi solto na manhã desta quarta-feira, quase 24 horas depois de ter sido preso em São Paulo por se negar a entregar à justiça informações de usuários da rede social e do WhatsApp no âmbito de uma investigação antidrogas.
Diego Dzodan, de nacionalidade argentina, "estava no centro de detenção em Pinheiros, mas já saiu", declarou à AFP uma porta-voz da Polícia Federal em São Paulo. Sua libertação foi decretada pelo desembargador Ruy Pinheiro, que considerou sua prisão como uma "coação ilegal", declarou o Tribunal de Justiça do estado de Sergipe em um comunicado. Segundo Pinheiro, "me parece açodada a decretação da medida extrema de prisão na hipótese versada".
O Facebook, proprietário do popular serviço de mensagens WhatsApp desde 2014, nega que tenha tentado obstruir a investigação policial. "A prisão de Diego foi uma medida extrema e desproporcional e estamos felizes que o tribunal de Sergipe tenha emitido uma decisão ordenando sua libertação", declarou nesta quarta-feira um porta-voz do Facebook.
"Deter uma pessoa que não tem nenhuma relação com uma investigação em andamento é uma medida arbitrária e nos preocupam os efeitos desta decisão para as pessoas e a inovação no Brasil. Continuamos a disposição para responder a qualquer pergunta que as autoridades brasileiras tiverem", acrescentou. A ordem de prisão preventiva de Dzodan foi expedida por um juiz criminal da localidade de Lagarto "a partir do reiterado descumprimento de ordens judiciais, de requerimento de informações contidas na página do site Facebook" e do aplicativo WhatsApp.
"Estas informações foram requeridas para a produção de provas a serem utilizadas em uma investigação sobre o crime organizado e o tráfico de drogas", indicou na terça-feira a Polícia Federal. Dzodan responderá ao processo em liberdade. A primeira ordem para que Facebook e WhatsApp entregassem as conversas foi expedida há quatro meses no âmbito de uma investigação sobre o narcotráfico em Sergipe.
Depois de reiterados pedidos à empresa americana, a justiça determinou há dois meses multar o Facebook em 50 mil reais por dia até que fornecesse a informação. Diante da falta de resposta, a sanção foi elevada há um mês para um milhão de reais por dia, informou à AFP a Polícia Federal em Sergipe. Após tomar conhecimento da detenção de Dzodan, a empresa comandada por Mark Zuckerberg criticou a decisão das autoridades brasileiras e o WhatsApp alegou que não dispõe de servidores para armazenar as conversas.
"O WhatsApp não pode fornecer informação que não possui. Cooperamos até o limite de nossa capacidade neste caso, e apesar de entendermos a importância do trabalho para fazer a lei ser cumprida, estamos fortemente em desacordo com esta decisão", afirmou em um texto distribuído à imprensa no dia da prisão.
Este não é o primeiro embate entre a Justiça brasileira e o Facebook. Em dezembro do ano passado, o WhatsApp foi suspenso durante 12 horas por um juiz em todo o Brasil devido à sua negativa de fornecer informações sobre uma investigação criminal. O bloqueio, que revoltou milhões de usuários, acabou sendo derrubado por uma corte de apelações.
AFP
Fonte: O POVO

De olho em eleições, grupo de Ciro e Cid muda para o PDT

Depois de atrair 68 prefeitos, já no ano passado, incluindo Roberto Cláudio, o PDT do grupo Ferreira Gomes vai acomodar, a partir de hoje, todos os deputados do Pros no Estado. Hoje à noite, no Náutico Atlético Cearense, irão migrar nove deputados estaduais, quatro federais e cinco vereadores de Fortaleza. 
O partido também vai contar com filiação da vice-governadora Izolda Cela e do secretário da Fazenda do Estado, Mauro Benevides Filho.
“Estamos preparados para um grande número de novos filiados, mas ainda não temos números estimados. Além da vontade, basta preencher a ficha partidária e ter um título de eleitor”, explica o titular da coordenadoria da juventude da Prefeitura, Júlio Brizzi.
A migração em massa é resultado da troca de partido dos Ferreira Gomes. Desde que os ex-governadores Cid e Ciro saíram do Pros para o PDT, vários aliados seguiram o mesmo rumo. 
Após a mudança, permitida pela abertura da janela partidária, que termina no próximo dia 19, o PDT será a maior bancada da Assembleia Legislativa do Ceará. Zezinho Albuquerque, presidente da AL, será um dos novos pedetistas.
Segundo o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PDT), haverá hoje uma reunião para definir quais vereadores irão para a legenda.
Presidente nacional da legenda, Carlos Lupi participa da cerimônia. Responsável pela entrada dos Ferreira Gomes no partido, ele apoia a candidatura de Ciro à Presidência em 2018. Amanhã, Lupi pretende visitar Sobral e Itarema para reforçar os candidatos a prefeito nesses municípios: Ivo Gomes e Robério Monteiro, respectivamente.
Convidado, o governador Camilo Santana (PT) ainda não havia confirmado presença na cerimônia de filiação até o fechamento desta página. Embora tenha demonstrado apoio à reeleição de RC, Camilo não oficializou até agora a sua decisão.

Reforma
O secretariado do prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio deve passar por mudanças nas próximas semanas. Em cumprimento à lei eleitoral, os gestores que pretendam se candidatar devem se desincompatibilizar até seis meses antes das eleições. 

O prazo se esgota em abril.

O secretário do Turismo de Fortaleza, Elpídio Nogueira, deve deixar a Prefeitura mais cedo para tentar renovar seu mandato de vereador por mais quatro anos.
De acordo com a assessoria da Prefeitura, Nogueira estaria esperando para saber quem decidirá sair para então planejar quem 
seriam os substitutos.

Durante todo o mês de março, haverá eventos em diversas regiões do Estado para buscar novos filiados e lideranças para o PDT.
A última grande mudança partidária no Ceará ocorreu em 2013. Com o surgimento do Pros, o grupo de Cid e Ciro Gomes saiu do PSB e entrou no recém-criado partido.
Na ocasião, os irmãos discordaram do lançamento de Eduardo Campos como candidato a presidente e deixaram a legenda para apoiar a reeleição de Dilma Rousseff.
SERVIÇO
Migração para o PDT
Quando: hoje, às 19 horas
Onde: Náutico Atlético Cearenses - Avenida da Abolição, 2727 - bairro Meireles
Fonte: O POVO