Buscar

19 janeiro 2016

Vice-presidente da Câmara de Aracoiaba, Sidney Guedes é Destaque do Aracoiaba News

Atualmente o vereador Sidney Guedes (Dr. Cid) tem seu nome na galeria dos mais importantes e influentes vereadores do Legislativo de Aracoiaba.
A Revista Eletrônica ARACOIABA NEWS tem a grata satisfação de estampar em sua 39ª edição dominical o Vereador e vice-presidente da Câmara de Aracoiaba Sidney Guedes (Dr. Cid).
Sidney Guedes, 38 anos, Farmacêutico Generalista, Vereador e vice-presidente da câmara de Aracoiaba (PSDB), funcionário público, atualmente trabalha como Bioquímico. Entrou para a história do município de Aracoiaba como vereador aclamado pela vontade popular nas eleições de 2012. Ele é um ícone da política aracoiabense.
Dr. Cid popularmente conhecido sempre desenvolveu um trabalho voltado para o atendimento às demandas sociais, principalmente aquelas que chegam todos os dias ao seu conhecimento.
O Parlamentar é autor de centenas de requerimentos, entre os quais destacamos:
ü Construção do calçamento em pedra tosca na localidade de Encosta Baixio;
ü Restauração da iluminação da quadra de esporte localizada no centro de eventos do Município no Bairro São José;
ü Criação de benefício de gratificação de insalubridade para os garis e serviços gerais lotados na Secretaria de Saúde;
ü Criação do plano de cargos e carreiras da Secretaria de Saúde do Município de Aracoiaba;
ü Reforma e a limpeza do Cemitério Público Municipal;
ü Saneamento básico para a comunidade do Bairro São José.

Por ser um Parlamentar do meio do povo, Dr. Cid mantém um bom relacionamento com a população, escuta as reivindicações de populares e é amigo de todos.
Em seu vocabulário este aracoiabense arretado e legítimo representante das pessoas simples é definido como um homem que tem a capacidade de se indignar com as injustiças sociais.
Atuando como vice-presidente da Câmara Municipal de Aracoiaba, Dr. Cid, continua ajudando seu povo sem restrições na defesa dos direitos de cada cidadão aracoiabense, longe da mídia ele desenvolve um trabalho de visita às comunidades e contato direto com a população. Para Cid o amor ao povo de Aracoiaba é a razão de continuar enfrentando os desafios do dia-a-dia ao lado de seus conterrâneos.

Aguardem o próximo Destaque!!

Em meio às chuvas, começa a distribuição de sementes

Juazeiro do Norte/Crato. O Cariri sai na frente com a distribuição de sementes do Projeto Hora de Plantar, iniciada nesta segunda-feira para os primeiros municípios a serem abastecidos por meio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce). Ontem, mais de 400 produtores rurais receberam sementes de milho híbrido e feijão em Crato. Também foram entregues sementes nas cidades de Juazeiro do Norte, Barbalha e Jardim e até o fim da semana deverão ser repassadas para os outros municípios da região. Serão distribuídos 262. 580 mil quilos. Por ser a região com registros das primeiras chuvas no Estado, os agricultores se apressaram e anteciparam o plantio com o próprio estoque.
A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou chuvas em 78 dos 184 municípios cearenses, das 7h do domingo às 7h de ontem. Segundo o órgão, as chuvas que tem banhado todas as regiões do Estado nos últimos dias decorrem de um sistema meteorológico chamado de Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN), que está atuando próximo ao Nordeste. Segundo o meteorologista da Funceme, Raul Fritz, esse fenômeno é próprio da pré-estação chuvosa, que inicia-se em janeiro e se estende até primeira quinzena de fevereiro. Ele explica que este sistema provoca precipitações pontuais e, geralmente, de curta duração, com baixa intensidade e podendo apresentar acentuava variação em um mesmo município. 
Apesar dos bons índices pluviométricos dos últimos dias, o meteorologista adverte que essas precipitações não possuem relação com a quadra chuvosa (fevereiro a maio), cujo fenômeno atuante é o da Zona de Convergência Intertropical (CZIT). "Pode chover muito em janeiro e não termos um bom inverno, como também o contrário, são fenômenos distintos", conclui.
d
A Funceme prevê, para hoje e amanhã, nebulosidade variável em várias regiões do Ceará, com possibilidade de chuva no Litoral Norte e Centro-Sul. O prognóstico para os três primeiros meses da quadra chuvosa de 2016 será divulgado amanhã, no Palácio da Abolição. Além desta previsão, um novo prognóstico será divulgado na segunda quinzena de fevereiro, para março, abril e maio. A expectativa para essa previsão climática é potencializada pelos baixos níveis nos açudes, após quatro anos consecutivos de estiagem. 
Os reservatórios do Estado, que permanecem em estado crítico. O nível médio dos 153 monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) teve discreta redução nos últimos três dias, caindo de 11,9% para 11,8%. São, ao todo, 29 reservatórios no nível morto e outros 40 secos. Na última semana, houve recarga somente no Orós, Banabuiú, Lima Campos, Figueiredo, Flor do Campo, Tucunduba, Trici e Parambu.

Fonte: DN

Estado proíbe gasto com Carnaval

O Governo do Estado do Ceará decretou, pelo segundo ano seguido, a vedação de despesas públicas com eventos relacionados ao Carnaval. A medida foi publicada na última quinta-feira (14), por meio do Diário Oficial do Estado. 
A justificativa apresentada no documento publicado enfatiza a necessidade de priorizar a destinação dos recursos públicos a setores cujos problemas afetam diretamente e de forma recorrente a vida da população do Ceará e que demandem atendimento emergencial. 
O decreto direciona-se a órgãos e entidades estaduais de despesa pública ou de repasse de recursos a beneficiários com finalidade de patrocínio ou apoio a eventos carnavalescos. A única exceção diz respeito à verba destinada às atividades envolvidas no âmbito do Sistema Estadual de Cultura (Siec). Além da decisão do Governo, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) já havia recomendado às prefeituras a redução dos gastos com o Carnaval, conforme noticiado ontem pelo Diário do Nordeste. "É inconcebível promover Carnaval se os salários de servidores estão atrasados e há outras despesas mais urgentes", colocou o presidente do TCM, Francisco Aguiar.

Cultura 

A assessoria de imprensa da Casa Civil informa que a Secretaria da Cultura do Ceará (Secult), responsável pelo Siec, disponibilizou, em 2016, um total de R$1.127.600,00 para o edital Carnaval do Ceará, que apoia projetos de todo o Estado. As propostas poderiam ser encaixadas em duas categorias, Programação Carnavalesca e Agremiações Carnavalescas. A Secult recebeu inscrições entre o dia 23 de dezembro do ano passado e 8 de janeiro desse ano.
O valor dedicado ao edital é o mesmo aplicado no ano passado, quando foi realizado ainda um acréscimo de 6% em comparação ao que vinha sendo executado na edição de 2014. 
O titular da Pasta da Cultura, Guilherme Sampaio, ressaltou que a Secult buscou lançar o edital com antecedência, abrindo as inscrições ainda em 2015 para que os proponentes pudessem trabalhar melhor na preparação e execução dos projetos, destinados a fomentar as manifestações carnavalescas em sua vertente mais popular e tradicional, contemplando iniciativas de todo o Estado.
Dessa forma, com o Carnaval acontecendo entre os dias 6 e 9 de fevereiro, a intenção é garantir a continuidade do edital e o cumprimento adequado dos prazos de pagamento e execução de todas as ações antes do início das festas deste ano.

Seca 

A proibição do uso de recursos estaduais para o Carnaval é colocada em prática pela gestão de Camilo Santana desde o ano passado. Na época, a justificativa dada para a suspensão das verbas foi similar à deste ano e teve relação principalmente com a questão da seca. Naquele momento, 176 dos 184 municípios cearenses haviam decretado situação de emergência por conta da falta de chuvas. 
Os problemas causados pela estiagem persistiram durante todo o ano de 2015. O Governo chegou a adotar medidas com o objetivo não apenas de enfrentar os efeitos imediatos da estiagem, mas também de preparar o Ceará para um quadro ainda mais grave, com a possibilidade do quinto ano seguido de seca.  

Saúde

A gestão da saúde pública é outro setor que demanda atenção do Governo. Em 2015, a lotação nos hospitais foi amplamente evidenciada, fazendo com o que o Ministério da Saúde anunciasse, em julho do ano passado, um aumento de R$113 milhões no repasse de verbas para o Fundo Estadual de Saúde do Ceará. 
Na ocasião, o governador Camilo Santana reconheceu os esforços federais para amenizar a questão no Ceará, mas colocou a necessidade de ainda mais dinheiro para o equilíbrio do sistema. "Sabemos que precisaria de muito mais, mas foi um passo importante para que a gente possa melhorar as condições de atendimento ao povo cearense", disse o governador.  

Saiba mais 

Já confirmaram a festa 
Fortim 
Orós 
Paracuru 

Abriram processo de concorrência* 
Aracoiaba 
Aracati 
Bela Cruz 
Granja 
Icapuí 
Sobral 
Ubajara 
Beberibe 
São Benedito 
Tianguá 
Ubajara (*) 

(*)Embora tenha aberto licitação, não sabe se vai promover o evento 

Fonte:DN