Buscar

16 dezembro 2016

Vice-prefeito de Mulungu renuncia

O vice-prefeito de Mulungu (CE), José Vieira da Silva Netto, anunciou sua renúncia na manhã desta sexta-feira (16), em sua página oficial no Facebook. Ele citou que o governo municipal está esfacelado, vive uma situação lamentável e não quer ser responsabilizado em uma futura auditoria.

CONFIRA A NOTA NA ÍNTEGRA

Para quem não mim conhece meu nome José Vieira da Silva Netto, sou filho de Antonio Barbosa Vieira agricultor e hoje esta como vereador e Maria Ana Celia dos Santos Vieira agricultora, uma família de quatro irmãos qual tenho grande orgulho de fazer parte, venho de uma comunidade pobre onde principal fonte de renda é a agricultura, sai de casa muito novo em busca de melhoras, começando a trabalha cedo com 15 anos, tendo com uma base familiar de gente honesta e que nunca precisou derrubar ninguém pra chegar ate este momento de minha vida.
Hoje sou casado a 13 anos pai de linda menina, onde tento passar tudo que aprendi de meu pai para forma também uma cidadã, estou no ultimo semestre em bacharelado administração Pública na UNILAB, tenho empresas no ramo de calçados, empresas essas conquistado a base de muito suor e coragem e nunca precisei tirar gota do suor de ninguém ou agir de má fé para o próximo para montar esse pequeno patrimônio, tenho uma vida política dentro da mesma conduto onde passei quatro anos ajudando o município da maneira que meus recursos permitiam, onde fiz uma parceria com vereador Antonio Neto disponibilizando viagens a fortaleza com consultas, exames, cestas básicas e etc, falo isso não com soberba mais para dizer que essa cidade teve sim vice prefeito e amigo. Aos que mim conhece sabe do meu caráter e conduta durante esses quatros anos, hoje encerro minha vida politica de cabeça erguida e com a certeza de que 617 votos do vereador Antonio Neto que foi reeleito serão bem representados.
Segue abaixo minha decisão.
Em razão do ofício de nº 889/2016 oriundo do Poder Judiciário da Comarca de Mulungu/CE. Referente ao processo de nº 3987-41.2016.8.06.0131/0 – Ação Civil de Improbidade Administrativa que determinou o afastamento cautelar do Sr. Francisco Sávio Bezerra Uchoa do cargo de Prefeito do Município de Mulungu venho apresentar a seguinte manifestação.
De acordo com os ditames da legislação municipal, na qualidade de Vice-Prefeito estou me recusando a assumir a Prefeitura de Mulungu, condição que implica na perda do cargo em caráter irreversível e irrevogável.
No tocante a motivação que levou a minha renuncia imperioso mencionarmos:
01. A folha de pagamento ultrapassando os limites estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal LRF (73,27%), onde o Máximo permitido é de (54%).
02. Endividamento municipal junto a COELCE, CAGECE e TELEMAR;
03. Descumprimento do parcelamento de dívida junto ao INSS;
04. A receita corrente liquida não é suficiente para o pagamento da despesa corrente liquida;
05. Ausência de controle de gasto com combustível, etc.
Ante os motivos supracitados não me resta outra alternativa senão renunciar ao cargo de Vice-Prefeito. Assim, a reponsabilidade por assumir o cargo de Prefeito Municipal passa a ser do Presidente da Câmara em exercício, inclusive por força do artigo 83 da Lei Orgânica do Município de Mulungu.
Com votos de respeito e consideração e agradecimento aos amigos que desde o principio através de ligações e mensagens de apoio vem mim dando forças e coragem para seguir em frente.
Um abraço a todos, e que Deus abençoe ao próximo gestor para que ele tenha sabedoria para administrar Mulungu, trazendo esperança a essa gente acolhedora e trabalhadora que são os mulunguenses.
Mulungu – Ceará, 16 de dezembro de 2016.

JOSÉ VIEIRA DA SILVA NETTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário