Buscar

18 outubro 2016

Filme “O Shaolin do Sertão” teve maior média de público por sala esse fim de semana no Ceará

O melhor resultado de média de público do  m de semana no circuito nacional não foi um super-herói americano mas, sim, um mestre nas artes marciais, bem brasileiro. Quem mais lotou salas de cinema ontem foi uma comédia que saiu do Nordeste: “O Shaolin do Sertão”, de Halder Gomes, que chega ao resto do Brasil no dia 20 de outubro. O longa está em cartaz em 20 salas de cinema de sete cidades cearenses e repete a estratégia de sucesso de “Cine Holliúdy”, do mesmo diretor.
“O Shaolin do Sertão” teve uma média de 237 pessoas por sala. Em segundo lugar, com 180 pessoas por sala, os cinemas onde está acontecendo o Festival do Rio. E em terceiro, com 162 pessoas por sala, “Inferno”, suspense com Tom Hanks. 
“Cine Holliúdy vendeu 22 mil ingressos no primeiro  m de semana quando estreou só no Ceará", lembra Bruno Wainer, da distribuidora Downtown Filmes. "Agora estamos ampliando o circuito porque acreditamos muito no  lme, tanto no Nordeste quanto no resto do país", completa.  
Com coprodução da Globo Filmes, Paramount Pictures, Telecine e Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e distribuição nacional da Downtown Filmes/Paris Filmes, o longa traz no elenco nomes como Edmilson Filho, Dedé Santana, Fafy Siqueira, Marcos Veras, Tirulipa, Falcão, entre outros.

Sinopse 

Aluízio Li (Edmilson Filho) é um a cionado por artes marciais, que vive num mundo de fantasias e que se veste e se comporta como um monge Shaolin. Seus dias de paz acabarão quando o ex-lutador de vale-tudo Toni Tora Pleura (Fábio Goulart) anuncia um "tour" de desa os por várias cidades do interior do Ceará, incluindo Quixadá, onde vive Aluízio. Sem credibilidade e vítima de uma trama política oportunista, cabe a ele a difícil missão de defender a honra da região contando apenas com o apoio do inseparável amigo Piolho (Igor Jansen) e com a fé da mãe Dona Zefa (Fafy Siqueira).  

Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário