Buscar

29 agosto 2016

Redes sociais são alvo principal de ações na Justiça Eleitoral

Resultado de imagem para Redes SociaisAs redes sociais são o maior alvo das ações na Justiça Eleitoral para remoção de conteúdo, segundo levantamento feito pela Fundação Getulio Vargas. O estudo, que considerou 484 processos abertos nas eleições de 2014, em todo o país, indicou que 56,9% das demandas visavam postagens em espaços como Facebook, Twitter e Youtube. Segundo os dados preliminares divulgados hoje (26), os blogs vêm em seguida como alvo preferencial das ações (12%), depois as páginas da administração pública direta (11,4%) e os portais de notícias (9,7%).
Em caráter liminar, 66% das ações propostas foram deferidas, pelo menos parcialmente. Nas sentenças, o índice de deferimento se reduz ligeiramente e fica em 62%. Enquanto nos acórdãos, quando o caso é apreciado por um grupo de magistrados, o índice de aceitação dos pedidos de remoção de conteúdo é de 58%.
A maior parte das ações foi iniciada por partidos ou coligações (46,7%) e, em seguida, estão as demandas feitas diretamente por candidatos (30,3%) e pela imprensa (22,8%). A maior parte dos réus nos processos eram os próprios candidatos (43,6%), depois as pessoas físicas, com 17,7% e os provedores que oferecem plataforma ao conteúdo (14,6%).
Os dados que compõem a pesquisa foram coletados a partir de todos os processos disponibilizados online pelos tribunais regionais eleitorais das 27 unidades da federação e pelo Tribunal Superior Eleitoral.
Cerceamento
Segundo a coordenadora do estudo, a professora Mônica Guise, alguns reclamantes vão além do simples acionamento da Justiça e tentam complicar a vida dos autores do conteúdo indesejado. “Verificamos que, em alguns estados, existe uma estratégia processual de, ao invés de pedir tudo em uma única ação, o que seria perfeitamente possível, o autor bombardeia o réu com 20, 30 ou 40 ações e cada ação pedindo uma questão específica, em que pese o conflito ser o mesmo. A gente entende que essa é uma estratégia processual, porque de fato é um grande pepino para quem está na outra ponta”, destacou.
Esse tipo de procedimento é, na opinião da especialista, uma forma de impedir a publicação de opiniões contrárias ao autor das ações. “Me preocupam cada vez mais as estratégias e ferramentas que têm sido usadas de forma cada vez maior para de fato censurar e não deixar publicar”, acrescentou.
Um dos autores da página humorística Sensacionalista, Nelito Fernandes, contou já ter sofrido esse tipo de ataque judicial, quando mantinha uma coluna no jornal Extra, do Rio de Janeiro. Na ocasião, Fernandes disse ter publicado uma charge em que sugeria a criação de um cartão especial para pagar propina a policiais, satirizando fatos noticiados à época.
Como reação, foi alvo de uma enxurrada de processos. “Dois mil e trezentos policiais militares entraram com ações individuais. O jornal não perdeu nenhuma, mas a defesa custou R$ 1 milhão. E eu tive de ir mais de 300 vezes a audiências. Então, isso já é um cerceamento. Eu nem preciso dizer que, ao final disso, apesar da gente não ter perdido nenhuma ação, eu perdi a coluna”, contou.
Atualmente, no Sensacionalista, Fernandes disse não se furtar a fazer críticas a nenhum grupo ou pessoa, mas manter a atenção voltada à repercussão nas redes. De acordo com Martha Mendonça, outra autora da página, críticas de internautas podem fazer com que o conteúdo seja repensado. “Uma coisa é fazer humor, outra coisa é fazer humor nas redes sociais. É uma situação em que você tem retorno absolutamente imediato. E a gente, às vezes percebe, pelo retorno, que a gente mandou mal”, acrescentou.
A equipe, no entanto, mantém uma linha editoral em que evita fazer piadas que possam agredir grupos historicamente desprivilegiados ou com conteúdo ofensivo, de racismo, machismo ou homofobia. “A gente gosta de falar mal do opressor, não do oprimido”, disse Martha.

Com Lula no Alvorada, Dilma se diz confiante a senadores aliados

Brasília - Senadores contra o impeachment em reunião no apartamento da senadora Lídice da Mata, para acertar os detalhes sobre a sessão do depoimento de Dilma Rousseff, amanhã, no Senado (José Cruz/Agência Brasil)A presidenta afastada Dilma Rousseff, que se encontrava reunida com o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva e a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) no Palácio do Alvorada, conversou – por telefone - na noite de hoje (28) com senadores contrários ao impeachment. Eles estavam reunidos no apartamento da senadora Lídice da Mata (PSB-BA), em Brasília.
Dilma disse estar se sentindo segura e confiante, bem como disposta a responder sem restrição de tempo aos questionamentos dos parlamentares nesta segunda-feira, no Senado Federal.
“Acho melhor esgotarmos a discussão até o tempo que for necessário”, disse Dilma aos senadores, indicando que a sessão no Senado pode se estender pela noite e madrugada. A presidenta afastada terá 30 minutos para sua defesa em plenário. Depois, cada senador inscrito, mais de 40, terá cinco minutos para fazer perguntas.
“Perguntada se sentia confiante, ela respondeu que estava”, disse o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que participou da conversa. Ele confirmou que Lula estava reunido com Dilma no Palácio da Alvorada na noite deste domingo.
Parlamentares indecisos
Os senadores contrários ao impeachment buscaram, ao chegar à reunião, demonstrar confiança em conquistar os votos dos parlamentares indecisos. Primeiros a chegar, a senadora Vanessa Grazziottin (PCdoB-AM) e o senador Paulo Paim (PT-RS) contabilizaram oito votos reversíveis, que podem chegar a 13.
“É possível reverter todos esses votos”, disse Vanessa. “Uma vez alguns votando, podemos chegar até a 32 (contra o impeachment)”, afirmou ela.
“Tem senador conversando com Dilma, tem senador conversando com Temer”, disse o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). Ele afirmou ter confiança de que o discurso de Dilma amanhã será capaz de mobilizar a sociedade, sendo um “ponto de virada” no convencimento de senadores que ainda não declararam voto. “A sessão de amanhã vai ser muito tensa, um momento dramático da história do país… a gente acha que vai ser um discurso de grande impacto na opinião pública.”
Perguntas
A reunião na casa de Lídice da Mata teve como objetivo afinar os questionamentos que serão feitos a Dilma pelos senadores contrários ao impeachment. O grupo deve deixar questões técnicas de lado e apostar no aspecto emocional da presidenta, fazendo perguntas “simples, mas abrangentes”, segundo Vanessa Grazziotin. “Pretendo perguntar como ela se sente diante de todo esse processo”, revelou Randolfe.
Num último empenho de negociação com a base governista do presidente interino, Michel Temer, o grupo de defesa de Dilma tenta fazer com que sejam intercaladas as falas de parlamentares favoráveis e contrários ao impeachment no momento em que terão oportunidade de fazer questionamentos à presidenta.
Pela ordem de inscrição, há um bloco de 12 senadores favoráveis ao impeachment em sequência antes que algum parlamentar contrário ao impedimento volte a falar. “Isso é ruim para nós e ruim para eles, acredito que será possível quebrar isso, intercalar, como é o costume no parlamento”, disse Vanessa Graziotin.

Dilma faz hoje sua defesa no plenário do Senado

Iolando lourenço e Luciano Nascimento - Repórteres da Agência Brasil
A presidenta afastada Dilma Rousseff vai hoje (29) ao Senado se defender das acusações de ter cometido crime de responsabilidade em 2015. Ela responde ao processo de impeachment, sob a alegação de ter editado em 2015 decretos de crédito suplementar sem autorização do Congresso e também de usar dinheiro de bancos federais em programas do Tesouro [as chamadas pedaladas fiscais]. A petista foi afastada da presidência da República pelo Senado há mais de 100 dias.
Na última semana, o Senado ouviu os depoimentos das testemunhas de defesa e de acusação na quinta (25), sexta (26) e sábado (27). Dilma começa a falar às 9h. Inicialmente, terá 30 minutos para a apresentação, mas esse tempo poderá ser prorrogado por mais 30 minutos. A critério do presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que comanda o julgamento do impeachment, a presidenta afastada poderá ter mais tempo na fase inicial.
Depois da fala de Dilma, terão início os questionamentos dos senadores. Cada parlamentar terá até cinco minutos para fazer perguntas. O tempo de resposta de Dilma é livre e não será permitida réplica e tréplica. Dilma também poderá deixar de responder às indagações dos parlamentares.  Mais da metade dos 81 senadores já se inscreveram para questionar Dilma Rousseff.
O depoimento de Dilma será acompanhado no plenário por cerca de 30 convidados dela. Entre eles estão o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente do PT, Rui Falcão, do PDT, Carlos Lupi, vários ex-ministros do governo, além de assessores e outras pessoas próximas. O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), colocou à disposição da acusação de Dilma o mesmo número de cadeiras que disponibilizou para a petista.
A expectativa é de que a o depoimento dure todo o dia e se estenda até parte da noite. Os senadores que apoiam o impeachment garantem que não haverá enfrentamentos, mas que irão fazer todos os questionamentos. Eles entendem que o comparecimento da presidenta afastada ao plenário não mudará os votos dos senadores.
Os parlamentares contrários ao impeachment, no entanto, acreditam que a fala dela vai mudar votos. O senador Lindberg Farias (PT-RJ) disse que os aliados de Dilma estão depositando todas as esperanças no depoimento. “Acho que vai ser um dia em que o Brasil vai parar. Acho que a presidenta pode mostrar ao país que está sendo vítima de uma injustiça e que não há crime de responsabilidade. Acho que é um dia que pode virar o jogo”, afirmou.

Pequena Sanfoneira de Ocara recebe Troféu Centenário 2016

Na noite da última sexta-feira (26), no Náutico Atlético Cearense, em Fortaleza, a Deisielly do Acordeon, de apenas 9 anos, da zona rural de Ocara, representou o maciço de Baturité ao subir no palco, juntamente com mais 32 artistas cearenses, para receber o "Troféu Centenário  2016" uma homenagem aos gonzaguianos que lutam para continuar com a memória do eterno Luiz Gonzaga, o Rei do Baião.
Este evento é uma realização do programa “Gonzagão da Cidade”, que ocorre há 14 anos aos domingos na Rádio AM 860, emissora do Grupo Cidade de Comunicação, através do poeta, radialista, escritor e apresentador de TV, Pedro Sampaio.
Em sua página oficial do Facebook, a pequena sanfoneira de Ocara disse estar muito feliz em representar a cultura da sua região ao lado de grandes personalidades já consagradas, como a lenda viva do forró, Messias Holanda; o acordeonista e compositor Abdias do Acordeon, o maestro Hildebrando, o professor Tupim e outros pequenos e grandes acordeonistas do estado do Ceará.

"Quero aqui externar a minha felicidade e agradecimentos a todos que me apoiam, em especial, a minha família, ao amigo João Paulo Maciel e sua esposa, a tia Boneca, ao Grupo Radialistas do Ceará, na pessoa do Domingos Távora, aos professores Fransquim e Ícaro, a todos os meninos do Grupo Paixões, e a prefeita Vânia Clementino pelo patrocínio e incentivo, e claro, muito obrigado meu Deus pela vida e o dom confiado na minha pessoa para manter viva a cultura nordestina", escreveu Deisielly.

18 agosto 2016

Morre deputado estadual Professor Teodoro

teodoroO deputado estadual Professor Teodoro (PSD) faleceu, às 7h45 da manhã desta quinta (18), após passar mais de dez dias internado em estado gravíssimo em um hospital particular de Fortaleza. O parlamentar deu entrada na unidade hospitalar em virtude de forte pneumonia.
A saúde de Teodoro já estava fragilizada. Com 76 anos de idade, ele enfrentava problemas decorrentes de doenças como diabetes e câncer. Já tinha passado por cirurgias para ponte de safena, e tinha insuficiência cardíaca. Os primeiros exames realizados após internação, no último dia 7 deste mês, constataram que os rins do deputado estavam parando. Na Unidade de Terapia Intensiva, recebeu visitas de parentes e amigos, principalmente no último final de semana, quando se espalhou em redes sociais rumores de que ele havia morrido.
Professor Teodoro era suplente de deputado e seria efetivado após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) pela admissibilidade dos votos obtidos por José Rocha Neto, o Rochinha, na campanha à Assembleia na eleição de 2014, tirando o peemedebista Audic Mota da Casa.
O velório será realizado ainda pela manhã na Assembleia Legislativa do Ceará. Posteriormente, o corpo será levado para a Universidade Estadual Vale do Acaraú, onde também será velado. De lá, seguirá para ser sepultado na cidade de Reriutaba, local de nascimento.
Nascido em 28 de dezembro de 1940, José Teodoro Soares fazia parte de uma tradicional família política da região Norte. Seu avô, coronel José Theodoro Soares, fundou a então cidade de Santa Cruz do Norte, que se chamaria depois de Reriutaba.
Carreira política
José Teodoro Soares foi eleito deputado pela primeira vez em 2006 pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Nas eleições de 2010, ficou com uma vaga na suplência, assumindo o mandato em 2011 e se efetivando no final de 2012. Em 2014, voltou a ocupar a suplência, assumindo o mandato em 2015 pelo Partido Social Democrático (PSD).
Com trajetória ligada à defesa da educação, Professor Teodoro era membro das academias Cearense de Ciências Sociais; Sobralense de Letras; e de Letras dos Municípios do Ceará. Também já foi reitor da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), entre 1990 e 2006, e da Universidade Regional do Cariri (Urca), de 1987 a 1990. Atualmente Professor Teodoro era presidente da Universidade do Parlamento Cearense (Unipace) e docente da Universidade Estadual do Ceará (Uece).
Casado por 36 anos com a professora e escritora Maria Norma Maia Soares, que morreu em julho de 2014. Ela foi presidente do Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense entre 2008 e 2014.
Fonte: DN

Broche da faixa presidencial é encontrado após abertura de sindicância

Depois de  instaurar uma comissão de sindicância interna para apurar o desaparecimento da faixa presidencial e, após encontrá-la incompleta, investigar o desaparecimento do broche de ouro 18 quilates com 21 brilhantes que a adornava, a Presidência da República divulgou hoje (17) uma nota informando ter encontrado o objeto “embaixo de um armário do Cerimonial”.
A faixa já havia sido encontrada após o anúncio de que sua localização não estava registrada no sistema. A princípio ela deveria estar em um cofre, mas acabou sendo encontrada no armário, mas sem o broche.
De acordo com o Planalto, a joia da faixa presidencial também foi encontrada na manhã desta quarta-feira por um funcionário da Casa. A procura pelos objetos teve início em julho, após levantamento de acervo feito pelo Tribunal de Contas da União.
“O objeto estava embaixo de um armário do Cerimonial. A Polícia Federal realiza perícia no local. A sindicância instaurada pela Secretaria de Controle Interno para apurar eventuais desaparecimentos de itens do patrimônio da Presidência da República segue em curso. O prazo para conclusão da sindicância é de 30 dias, prorrogáveis por mais 30”, informou a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República por meio de nota.

Julgamento do impeachment começa dia 25; Dilma se defende no dia 29

Karine Melo e Mariana Jungmann – Repórteres da Agência Brasil
Após duas horas reunido com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e líderes dos partidos, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, definiu o rito do julgamento final da presidenta afastada, Dilma Rousseff, que será presidido por ele.
Pelo calendário, o julgamento terá início na quinta-feira, 25 de agosto, às 9h e, segundo estima o ministro, deve durar no mínimo quatro dias. Os dois primeiros dias serão dedicados à apresentação de questões de ordem e à oitiva das oito testemunhas arroladas. A acusação, que abriu mão de quatro nomes, vai apresentar apenas duas testemunhas, enquanto a defesa manteve as seis a que tem direito.
Fim de semana
Um dos pontos mais polêmicos na definição do rito do julgamento foi em relação à realização de sessões no fim de semana. Pressionado pelo grupo aliado ao presidente interino Michel Temer, que insistiu que os trabalhos continuassem no sábado e no domingo, Lewandowski que não queria sessões no fim de semana, fez uma concessão. Decidiu que, se for preciso, a fase de oitiva de todas testemunhas poderá se estender até a madrugada de sábado.
O acordo para suspender a sessão após a oitiva das testemunhas e a expectativa de que isso ocorra na madrugada de sábado, no entanto, trouxe preocupação aos senadores da base de Dilma. Para Lindbergh Farias (PT-RJ) não vai dar tempo de ouvir todas as testemunhas dentro do prazo estimado por Lewandowski e o julgamento deverá ocupar também o fim de semana.
“Nós fizemos uma conta e se 40 senadores perguntarem a cada testemunha, esses 40 senadores significam oito horas e meia [para cada testemunha]”, disse, contrariado. “Nós não queríamos que esse julgamento adentrasse o fim de semana. Do jeito que foi feito, tudo indica que vai adentrar sábado e talvez odomingo. Há uma pressão do pessoal da base governista, argumentando uma viagem do Temer para a China. Ora, julgamento de uma presidente da República não pode ser assim”, afirmou.
O líder do DEM, senador Ronaldo Caiado (GO), tem a mesma percepção de que não será possível aos senadores concluírem a oitiva das testemunhas antes do fim de semana. “Nós definimos o prazo final das testemunhas até a madrugada de domingo para segunda-feira. E na segunda a presidente terá todo o espaço para iniciar aqui, às 9 horas da manhã, o seu pronunciamento e as respostas a todas as perguntas formuladas”, prevê. Para Caiado, o mais provável é que o julgamento termine entre a noite de terça-feira e a manhã de quarta (31).
Oitiva de Dilma
Esgotada essa etapa, na segunda-feira (29) os trabalhos já seriam retomados com a oitiva da presidenta afastada Dilma Rousseff que, pela primeira vez, virá pessoalmente ao Senado se defender das acusações de que teria cometido crime de responsabilidade. Dilma terá 30 minutos para fazer sua defesa mas, segundo Lewandowski, esse tempo poderá ser prorrogado pelo tempo que for necessário.
A partir daí, o presidente do STF, senadores, acusação e defesa terão cinco minutos cada para fazer perguntas a Dilma. Não haverá limite de tempo para resposta da petista.
Ao final da participação da presidenta afastada, acusação e defesa terão uma hora e meia para debater o processo. Serão permitidas ainda réplica e tréplica de uma hora. Se a acusação não utilizar a réplica, não haverá tempo para a tréplica da defesa.
A partir daí senadores inscritos também poderão discutir o processo. Cada parlamentar terá dez minutos.
Na etapa seguinte, o presidente do Supremo lerá um resumo do processo com as fundamentações da acusação e da defesa. Dois senadores favoráveis ao impeachment de Dilma e dois contrários terão cinco minutos cada para encaminhamento de votação.
Após o encaminhamento, Lewandowski fará aos senadores a seguinte pergunta: "Cometeu a acusada, a senhora presidente da República, Dilma Vanna Roussef, os crimes de responsabilidade correspondentes à tomada de empréstimos junto à instituição financeira controlada pela União e à abertura de créditos sem autorização do Congresso Nacional, que lhes são imputados e deve ser condenada à perda do seu cargo, ficando, em consequência, inabilitada para o exercício de qualquer função pública pelo prazo oito anos?"
Votação
A votação será nominal, via painel eletrônico. Se pelo menos 54 dos 81 senadores votarem a favor do impeachment, Dilma será definitivamente afastada e ficará inelegível por 8 anos a partir do fim de 2018, quando se encerraria o seu mandato. Caso esse mínimo de votos não seja alcançado, o processo é arquivado e a petista reassume o mandato.

Gilmar Mendes diz que Lei da Ficha Limpa foi “feita por bêbados"

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (17) que a Lei da Ficha Limpa parece ter sido “feita por bêbados”. A frase foi dita durante sessão da Corte que analisa decisão sobre contas rejeitadas de prefeitos que são candidatos às eleições.
Mendes fez o comentário quando os ministros discutiam o alcance de decisão proferida na semana passada pelo STF e as diferenças técnicas entre contas de governo e de campanha. A Corte decidiu que candidatos a prefeito que tiveram contas rejeitadas apenas pelos tribunais de Contas estaduais podem concorrer ao pleito de outubro.
“Sem querer ofender ninguém, mas já ofendendo, parece que [a Lei da Ficha Limpa] foi feita por bêbados. É uma lei mal feita, nós sabemos disso. No caso específico, ninguém sabe se são contas de gestão ou contas de governo. No fundo, é rejeição de contas. E é uma lei tão casuística, queria pegar quem tivesse renunciado”, disse Mendes, que também é presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
A Lei da Ficha Limpa entrou em vigor em 2010 e determina que as pessoas que tiverem as contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável ficam inelegíveis por oito anos a partir da decisão. A norma também impede a candidatura de condenados pela segunda instância da Justiça.
Na sessão da semana passada, o Supremo decidiu que candidatos a prefeito que tiveram contas rejeitadas apenas pelos tribunais de Contas estaduais podem concorrer às eleições de outubro. De acordo com o entendimento da Corte, os candidatos só podem ser barrados pela Lei da Ficha Limpa se tiverem as contas reprovadas pelas câmaras municipais.  

TCU determina bloqueio de bens de empresas e ex-dirigentes da Petrobras


Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou hoje (17) o bloqueio de bens do ex-presidente da Petrobras José Sergio Gabrielli e de ex-dirigentes da empresa. Também foi determinado o bloqueio de bens das empresas OAS e Odebrecht, bem como de executivos da empresa, incluindo o empresário Marcelo Odebrecht, preso na Operação Lava Jato.
O bloqueio de bens, no montante de R$ 2,1 bilhões, tem duração de um ano e tem como objetivo ressarcir a Petrobras de prejuízos com superfaturamentos em obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.
Segundo o ministro Benjamin Zymler, relator do processo, José Sergio Gabrielli sempre esteve ciente das “gravíssimas irregularidades” em curso no empreendimento, tendo negligenciado e se omitido de tomar as medidas cabíveis diante dos diversos apontamentos do TCU.
O TCU já havia determinado, em 2014, o bloqueio de bens de Gabrielli por causa deirregularidades na compra da Refinaria de Pasadena, no Texas (EUA).

Matéria alterada às 21h13 para corrigir o título. O TCU determinou o bloqueio de bens de ex-dirigentes da Petrobras, e não de dirigentes, como estava escrito.

João Paulo Oliver Cantado Paredes de Jorge e Mateus



Paredes



Despertador tocou, cadê o meu amor
Pra me dar o primeiro beijo do dia?
Na hora do café, cadê minha mulher
Que os meus desejos de cór sabia?

Eu tentei trabalhar, tá difícil concentrar
Fim de tarde é pior ao se por o sol
Ela me esperava com o sorriso estampado na cara
Hoje o dia tá passando, a saudade apertando
E eu sozinho nessa casa

Ah, se essas paredes não falassem
Ah, se o travesseiro não contasse
Todas as noites de amor
Que eu vivi com você

Ah, se essa cama não lembrasse
Ah, se esse espelho mostrasse, você aqui
Pra eu conseguir dormir

Ah, se essas paredes não falassem
Ah, se o travesseiro não contasse
Todas as noites de amor
Que eu vivi com você

Ah, se essa cama não lembrasse
Ah, se esse espelho mostrasse, você aqui
Pra eu conseguir dormir

15 agosto 2016

Divulgada data dos festejos 2016 de São Francisco, em Canindé

Canindé. A tradicional festa em homenagem a São Francisco de Assis, reverenciado como padroeiro deste Município da região central do Estado, acontece de 6 a 16 de outubro próximo. A expectativa é de reunir um número superior ao que visitou os festejos no ano passado.
A data foi divulgada pelo frei Marconi Lins, reitor do santuário franciscano, durante a missa do Perdão de Assis, celebrada no último dia 2. Frei Marconi também apresentou o cartaz que será usado no trabalho de divulgação.
A programação é composta com novenas, confissões, missas em diversos horários diariamente, além de batizados e uma apresentação da Via Sacra.
Este ano a festa terá como tema “Louvado sejas, meu Senhor, com todas as tuas criaturas” e o lema:“Dialogar com todos sobre nossa Casa Comum” (mensagem do papa Francisco). De acordo com a coordenação de comunicação do santuário, o cartaz tem sua inspiração no “Cântico do Irmão Sol”, em que São Francisco contempla a criação de Deus, trazendo os elementos da natureza, destacando a fauna e a flora da região Nordeste. A pintura é de autoria do artista Fabiano Chaves.
Como se trata de ano político, o santuário esclareceu que a data foi cuidadosamente escolhida para que não coincidisse com a vigência do período eleitoral.

Fonte: DN

PMDB e PT terão mais candidatos próprios nas capitais do que em 2012

O PMDB tenta aproveitar o impulso da chegada ao poder com o presidente interino, Michel Temer, para ampliar sua força nas maiores cidades do país nas eleições deste ano. Por isso, aumentará em um terço o número de candidatos a prefeito em capitais, em comparação com a disputa de 2012. Será a maior representação desde 1996.
O PT é o partido que disputará eleição em mais capitais, mas o que o move é outro objetivo. A legenda lançou nomes, mesmo com poucas chances de vitória, para garantir espaço no horário eleitoral e defender suas bandeiras, forma de amenizar o desgaste sofrido nos últimos anos com os escândalos de corrupção.
Entre as três maiores forças políticas no país atualmente, o PSDB é o único que reduzirá as campanhas em capitais. Após o resultado conquistado na eleição presidencial de 2014, o partido pretendia aproveitar o sentimento antipetista para ampliar suas fronteiras na eleição municipal. No entanto, não conseguiu viabilizar nomes competitivos e preferiu ser vice de candidatos de outras siglas em muitas cidades.
Em Fortaleza, das três siglas, somente o PT terá candidatura própria, e em chapa pura. A ex-prefeita Luizianne Lins vai tentar voltar ao poder da Capital cearense ao lado do seu vice, deputado estadual Elmano Freitas, que concorreu ao cargo majoritário em 2012, quando os petistas tinham a intenção que ele substituísse Luizianne. PSDB e PMDB fecharam acordo com Capitão Wagner, do PR, que terá como vice, o peemedebista Gaudêncio Lucena.
Sinal do apetite peemedebista, o partido entrará em campo nesta semana — a campanha eleitoral começa terça-feira — com mais postulantes a prefeito do que o PSDB em capitais. Serão 16, enquanto o PSDB terá 13 e o PT, 19. Em 2012, eram 12, 18 e 17, respectivamente. O PMDB que, nos últimos anos foi uma força auxiliar no plano nacional, manteve seu poderio nas pequenas cidades; agora investe em candidaturas fortes em grandes capitais.
Uma consequência do desgaste do PT para esta eleição é a dificuldade de fechar apoios. Em Fortaleza e João Pessoa, os candidatos petistas farão campanha sem aliados. O secretário nacional de Organização do partido, Florisvaldo Souza, diz que a pulverização de candidatos é um fenômeno nacional este ano. “Há uma tendência de mais candidaturas próprias de todos os partidos em função da conjuntura política”.
Para o cientista político Fernando Abrucio, professor da FGV, o afastamento de Dilma deu força ao projeto que o PMDB vinha preparando desde o início do segundo mandato da petista. Na visão do especialista, a expansão de candidatos do PT é uma tentativa de renovação interna. “Mais importante do que ganhar, o que parece pouco provável para o PT, é começar um processo de reconstrução, que pode durar alguns anos” avaliou o cientista político.
Com informações do O Globo.
Fonte: Ceara Agora

Aposentado pode ficar sem benefício se Previdência não mudar, diz Padilha

Brasília - O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, anuncia a recriação do Ministério do Desenvolvimento Agrário, durante audiência pública na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (Marcelo Camargo/AO ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse, em vídeo divulgado hoje (12) por sua assessoria, que, sem uma reforma da Previdência Social que possibilite amenizar os déficits que vêm sendo registrados, “não vai haver mais a garantia do recebimento da aposentadoria” pelos beneficiados. O vídeo foi publicado na página do Gabinete Civil no Facebook.
“A reforma da Previdência é indispensável para que o Brasil volte a ter confiança, seja no mercado interno ou externo. O déficit da Previdência em 2015 foi R$ 86 bilhões. Em 2016, foi R$ 146 bilhões, e, em 2017, entre R$ 180 e R$ 200 bilhões. Isso não pode continuar sob pena de não conseguir mais pagar a aposentadoria”, disse o ministro. “Então, tem de mudar para preservar, porque se não mudar, não vai haver mais a garantia do recebimento da aposentadoria”, afirmou.
Segundo o ministro, as mudanças defendidas pelo governo não vão colocar em risco os direitos já adquiridos pelos trabalhadores. “Ninguém perderá nenhum direito adquirido. Não precisa correr para o posto do INSS. Todo mundo terá o seu direito preservado. Não perderá absolutamente nada”, finalizou Padilha.

Papa pede justiça e paz para mulheres vítimas de violência

Da Ansa Brasil
Papa Francisco acena para os fiéis em desfile em carro aberto, na chegada ao Palácio Arcebispos de Cracóvia, nas comemorações do Dia Mundial da Juventude
O papa Francisco condenou a violência e pediu paz e justiça para as mulheres  EPA/Darek Delmanowecz/Agência Lusa/Direitos Reservados
O papa Francisco lembrou hoje (15), durante o Angelus da Assunção de Maria, as mulheres oprimidas "pelo peso da vida e o drama da violência", pedindo justiça e paz para elas.  "Pensemos, em particular, nas mulheres cansadas do fardo da vida e do drama da violência, nas mulheres escravas da arrogância dos poderosos, nas meninas obrigadas a realizar trabalhos desumanos, nas mulheres obrigadas a se render no corpo e no espírito à cobiça dos homens", acrescentou.
O papa disse "que elas possam ter o quanto antes uma vida de paz, de justiça, de amor, à espera do dia em que finalmente se sentirão seguradas por mãos que não as humilham, mas que, com ternura, as reerguem e as conduzem pela estrada da vida até o céu", conclui Francisco.
As declarações foram feitas dias após o papa visitar, na última sexta-feira (12), de surpresa, 20 jovens ex-prostitutas da Comunidade Papa João XXII, um grupo que trabalha com pessoas carentes e marginalizadas pela sociedade em Roma. Desde que assumiu o Pontificado, Jorge Mario Bergoglio tem uma "política" de valorização das mulheres, falando sobre elas em vários de seus discursos.
Importância das mulheres
O papa é conhecido por defender o papel das mulheres dentro da igreja, sua importância para a sociedade e, em mais de uma ocasião, já quebrou o protocolo para abrir seu caminho dentro da religião, como quando incluiu as mulheres no rito do lava-pés.
Em outros momentos, o papa criticou a disparidade salarial entre gêneros e o machismo.

Ainda no âmbito do Angelus, o pontífice lamentou a situação das "vítimas inocentes de persistentes conflitos" ao redor do mundo.  "O meu pensamento vai aos habitantes do Kivu do Norte, na República Democrática do Congo, que recentemente foram vítimas de novos massacres, que há muito são perpetrados no silêncio vergonhoso sem sequer chamar a nossa atenção", declarou.

Receita libera pagamento de restituições do terceiro lote do IR 2016

site Receita Federal Daniel Lima - Repórter da Agência Brasil
A Receita Federal libera hoje (15) o crédito bancário relativo ao terceiro lote de restituição do Imposto Renda Pessoa Física 2016. Estão sendo liberadas também restituições dos exercícios de 2008 a 2015, que deixaram a malha fina. A consulta ao lote está disponível deste o último dia 6 na página da Receita na internet.
Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página ou ligar para o Receitafone 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones que facilita a consulta às declarações e à situação cadastral no CPF.
Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá entrar em contato pessoalmente com qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.


12 agosto 2016

REDENÇÃO - Bandidos atacam cadeia e resgatam oito presos

Redenção. Um grupo formado por cerca de dez homens invadiu a cadeia pública deste município no Maciço de Baturité, distante 55 Km da Capital, e resgatou oito presos. De acordo com informações da Polícia Militar, o grupo estava armado e atirou em outros quatro detentos. 
A ação ocorreu por volta das 22 horas da última quarta-feira (10). Buscas foram realizadas pela região durante todo o dia de ontem mas, até o fechamento desta edição, ninguém havia sido capturado. Segundo a Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) os internos resgatados foram Francisco Damasceno do Nascimento, Francisco Jhonatan Ferreira Silva, Francisco Jones Cabral de Oliveira, Francisco Rai de Sousa Lima, Jachson Santos Pereira, José Lindomar Pereira Viana, Francisco Felipe Amaro e Tavalo Tadeu Nascimento Bezerra. A Sejus informou que o grupo serrou o cadeado das celas para conseguir libertar os presos.
Conforme a Polícia, um Toyota Etios branco e um Fiat Pálio prata, com placa de Icó, que apresentava queixa de roubo no município de Ocara, foram usados para auxiliar na fuga dos presos. Os carros foram encontrados em uma estrada carroçável em uma localidade da zona rural próximo à CE-060, que liga Redenção ao município de Acarape. 

Escaparam 

De acordo com o inspetor Jeferson, da Polícia Civil de Redenção, dois agentes prisionais estavam de serviço no momento da ação. "Eles conseguiram fugir pelo forro do prédio e escaparam dos tiros", contou. 
Os detentos feridos foram transferidos para o Instituto Doutor José Frota (IJF) em Fortaleza, escoltados por uma equipe da Polícia Militar. Um deles teria sido atingido com sete disparos. Em nota a Sejus disse que os feridos "passam bem". A reportagem apurou que havia, dentro da cadeia, uma rixa entre os detentos, por conta de facções rivais. Conforme o inspetor Jeferson, nas celas foram encontrados cossocos (facas artesanais), celulares e carregadores. 
Há pouco mais de um ano, em Mulungu, município na mesma região, quatro homens invadiram a cadeia pública e executara a tiros dois detentos. Os autores renderam os agentes e abriram a cela para matar os desafetos. 
(José Avelino Neto, colaborador) 

Fonte: DN

Confira a lista de gestores com contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas da União

O Tribunal de Contas da União (TCU) divulga a lista oficial dos gestores de todo o país que tiveram contas desaprovadas pelo órgão e são considerados fichas suja.
Os nomes que figuram na lista do TCU não são beneficiados com a decisão da última quarta-feira (10) do Supremo Tribunal Federal que decidiu que a responsabilidade do julgamento das contas dos gestores é das Câmaras Municipais.
Confira abaixo a lista dos gestores cearenses:
ABNER ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
ABNER ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
ABNER ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
ABNER ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA
ADERSON JOSE PINHO MAGALHAES
ADERSON JOSÉ PINHO MAGALHÃES
ADERSON JOSÉ PINHO MAGALHÃES
ADLER PRIMEIRO DAMASCENO GIRÃO
ADLER PRIMEIRO DAMASCENO GIRÃO
ALCIDES GERARDI PEREIRA FERREIRA
ANA MARIA DUARTE DE FIGUEIREDO ARRAIS
ANA MARIA DUARTE DE FIGUEIREDO ARRAIS
ANA MARIA DUARTE DE FIGUEIREDO ARRAIS
ANDREA FROTA SAMPAIO
ANDRE MONTENEGRO DE HOLANDA
ANDREZA DE ABREU SAMPAIO COELHO MOTA
ANTENOR MANOEL NASPOLINI
ANTENOR MANOEL NASPOLINI
ANTHONY EVANS VASCONCELOS SANTIAGO
ANTONIA ANTUNES DE SOUSA
ANTONIA BEZERRA LIMA CARLOS
ANTÔNIA BEZERRA LIMA CARLOS
ANTONIO ALCY ARAUJO
ANTÔNIO APARECIDO BARRETO ALENCAR
ANTÔNIO CLIDENOR GENUÍNO DE MEDEIROS
ANTÔNIO DE PÁDUA ARCANJO
ANTONIO EDSON DE AMORIM ALVES
ANTONIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTONIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTONIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTÔNIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTÔNIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTÔNIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTÔNIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTÔNIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTÔNIO EVALDO GOMES BASTOS
ANTÔNIO LUCIANO LOBO DE MESQUITA
ANTÔNIO PEREIRA DE SENA
ANTÔNIO SILVA ANDRADE
ANTÔNIO TADEU ANDRADE FEITOSA MELO
ARAÚJO MARQUES FERREIRA
ARCELINO TAVARES FILHO
ARCELINO TAVARES FILHO
ARCELINO TAVARES FILHO
ARCELINO TAVARES FILHO
ARLINDO ROCHA NETO
ARMANDO QUARESMA TRIGUEIRO
ARNOLDO CARDOSO DA SILVA
ARÔNIO LUCENA SALVIANO
AURINEIDE BEZERRA DE SOUSA PONTES
BALTAZAR PEREIRA DA SILVA JUNIOR
BALTAZAR PEREIRA DA SILVA JUNIOR
BALTAZAR PEREIRA DA SILVA JÚNIOR
BYRON COSTA DE QUEIROZ
BYRON COSTA DE QUEIROZ
BYRON COSTA DE QUEIROZ
CARLOS ALBERTO DA CRUZ
CARLOS ALBERTO TORRES
CARLOS ROBERTO AGUIAR
CARLSON PAULA CABRAL
CÁSSIO RAMON PEREIRA FONTES
CÁSSIO RAMON PEREIRA FONTES
CÉLIA MOEMA LIMA VERDE MORENO TEIXEIRA
CÉSAR MARQUES DE CARVALHO
CHARLES AGUIAR RODRIGUES
CÍCERO ANTÔNIO ALBUQUERQUE
CLAUDIANA BARBOSA DE ALMEIDA
CORNÉLIO PEREIRA MUNIZ DE BARROS
CRISTIAN MARCEL OLIVEIRA DE CARLI
CRISTIAN MARCEL OLIVEIRA DE CARLI
CRISTIAN MARCEL OLIVEIRA DE CARLI
CRISTIANO ALVES CAVALCANTE
DAGOBERTO DINIZ SOUZA
DIMITRIO SÉRGIO DA SILVEIRA
DOUGLAS REZENDE ANTÔNIO
EDENILDA LOPES DE OLIVEIRA SOUSA
EDISON AFONSO DE CARVALHO
EDISON AFONSO DE CARVALHO
EDMUNDO DE SÁ FILHO
EDMUNDO DE SÁ FILHO
EDMUNDO RODRIGUES JÚNIOR
EDMUNDO RODRIGUES JÚNIOR
EDUARDO FLORENTINO RIBEIRO
EDUARDO LIMA MAGALHÃES
EDVALDO ALMEIDA SILVEIRA
ELIAS PEREIRA DANTAS
EMANUEL CLEMENTINO GRANGEIRO
EMERSON DO NASCIMENTO RODRIGUES
EMERSON PINTO MOREIRA
ERMILSON FERREIRA DOS SANTOS
ERNANDO CESAR DA SILVA
ERNANI JOSE VARELA DE MELO
ERNANI JOSÉ VARELA DE MELO
ERNANI JOSÉ VARELA DE MELO
FERNANDO ANTÔNIO VIEIRA DA SILVA
FERNANDO CAVALCANTE DO NASCIMENTO
FERNANDO LIMA LOPES
FERNANDO MOREIRA PONTES
FERNANDO NEVES PEREIRA DA LUZ
FLÁVIO CÉSAR BRUNO TEIXEIRA
FRANCIJAIME PINHEIRO COSTA
FRANCISCA SANDRA FARIAS
FRANCISCO AFONSO MACHADO BOTELHO
FRANCISCO AFONSO MACHADO BOTELHO
FRANCISCO AFONSO MACHADO BOTELHO
FRANCISCO AFONSO MACHADO BOTELHO
FRANCISCO AIRTON FELIX
FRANCISCO ALEXANDRE BARROS FILHO
FRANCISCO ALEXANDRE BARROS FILHO
FRANCISCO ALEXANDRE BARROS FILHO
FRANCISCO ANILTON PINHEIRO MAIA
FRANCISCO ANILTON PINHEIRO MAIA
FRANCISCO ANILTON PINHEIRO MAIA
FRANCISCO ANILTON PINHEIRO MAIA
FRANCISCO ANTÔNIO CARDOSO MOTA
FRANCISCO ANTÔNIO CARDOSO MOTA
FRANCISCO ANTÔNIO CARDOSO MOTA
FRANCISCO ARISTIDES FERREIRA
FRANCISCO CAFÉ NETO
FRANCISCO CARLOS UCHÔA SALES
FRANCISCO CHARLES BRAVO DE ALENCAR
FRANCISCO CHARLES BRAVO DE ALENCAR
FRANCISCO DA COSTA BRANDINHO
FRANCISCO DARIO MARTINS
FRANCISCO DAS CHAGAS CRUZ
FRANCISCO DAS CHAGAS SILVEIRA FILHO
FRANCISCO DE ASSIS BESSA XAVIER
FRANCISCO DOS SANTOS RUFINO
FRANCISCO EDILSON TEIXEIRA
FRANCISCO EDILSON TEIXEIRA
FRANCISCO EDILSON TEIXEIRA
FRANCISCO EDÍLSON TEIXEIRA
FRANCISCO ERNANE PERES LIMA
FRANCISCO ERNESTO LINS CAVALCANTE
FRANCISCO ERNESTO LINS CAVALCANTE
FRANCISCO ERNESTO LINS CAVALCANTE
FRANCISCO FONTENELE VIANA
FRANCISCO GARCIA FILHO
FRANCISCO GEOVANE DA ROCHA BRITO
FRANCISCO JEOVÁ MADEIRO CAVALCANTE
FRANCISCO JEOVÁ MADEIRO CAVALCANTE
FRANCISCO JEOVÁ MADEIRO CAVALCANTE
FRANCISCO JEOVÁ MADEIRO CAVALCANTE
FRANCISCO JEOVÁ MADEIRO CAVALCANTE
FRANCISCO JOAQUIM SAMPAIO
FRANCISCO JOSÉ TEIXEIRA
FRANCISCO JUNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO JUNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO JUNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO JUNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO JÚNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO JÚNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO JÚNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO JÚNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO JÚNIOR LOPES TAVARES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO LEITE GUIMARÃES NUNES
FRANCISCO ODORINO FILHO
FRANCISCO ODORINO FILHO
FRANCISCO ODORINO FILHO
FRANCISCO RICARDO LIMA CRUZ
FRANCISCO RODRIGUES TORRES
FRANCISCO RODRIGUES TORRES
FRANCISCO RODRIGUES TORRES
FRANCISCO RODRIGUES TORRES
FRANCISCO RODRIGUES TORRES
FRANCISCO SANFORD FROTA
FRANCISCO SOUTO VASCONCELOS
FRANCISCO WELETON MARTINS FREIRE
GABRIEL DE MESQUITA FACUNDO
GABRIEL DE MESQUITA FACUNDO
GILBERTO MOITA
GILBERTO MOITA
GILDOMAR FERREIRA GONÇALVES
GILSON LINARD DE LIMA
HAMILTON LIMA DO CARMO FERMIN
HAROLDO CELSO CRUZ MACIEL
HENRIQUE ANTONIO FONSECA DA MOTA
HENRIQUE ANTÔNIO FONSECA DA MOTA
HENRIQUE ANTÔNIO FONSECA DA MOTA
HENRIQUE ANTÔNIO FONSECA DA MOTA
HENRIQUE ANTÔNIO FONSECA DA MOTA
HENRIQUE ANTÔNIO FONSECA DA MOTA
HENRIQUE MAURO DE AZEVEDO PORTO
HENRIQUE MONTEIRO CARVALHO
HIGINO LUÍS BARROS DE MESQUITA
HUMBERTO RODRIGUES PAZ
IRAN HOLANDA NOGUEIRA
IRAN HOLANDA NOGUEIRA
IVAN PEREIRA DA CUNHA
JACQUELINE GURGEL MOTA
JACQUELINE GURGEL MOTA
JACQUELINE GURGEL MOTA
JAIME MARQUES NOGUEIRA
JANE MARY ALVES LOPES
JAN KEULY PESSOA AQUINO
JAYMIRTON DIÓGENES CAVALCANTE
JEFFERSON CAVALCANTE ALBUQUERQUE
JEFFERSON CAVALCANTE ALBUQUERQUE
JENINE DO AMARAL ALVES MACÊDO
JOÃO ANTONIO DESIDERIO DE OLIVEIRA
JOÃO ANTONIO DESIDÉRIO DE OLIVEIRA
JOÃO ANTONIO DESIDÉRIO DE OLIVEIRA
JOÃO ANTONIO DESIDÉRIO DE OLIVEIRA
JOÃO ANTÔNIO DESIDÉRIO DE OLIVEIRA
JOÃO ANTÔNIO DESIDÉRIO DE OLIVEIRA
JOÃO ANTÔNIO DESIDÉRIO DE OLIVEIRA
JOÃO ANTÔNIO DESIDÉRIO DE OLIVEIRA
JOÃO BATISTA DA SILVA
JOÃO BATISTA DE ALMEIDA
JOÃO BOSCO FILOMENO DA SILVA
JOÃO CLAUDIO BRITO COUTINHO
JOÃO EUFRASIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRASIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRÁSIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRÁSIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRÁSIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRÁSIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRÁSIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRÁSIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRÁSIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRÁSIO NOGUEIRA
JOÃO EUFRÁSIO NOGUEIRA
JOÃO HILARIO COELHO CORREIA
JOÃO MATEUS FILHO
JOÃO MATEUS FILHO
JOÃO MOTA MATOS
JOAO TARCISO ROCHA
JOAQUIM ALVES DO NASCIMENTO
JOAQUIM ALVES DO NASCIMENTO
JOAQUIM ALVES DO NASCIMENTO
JOAQUIM GOMES GARCEZ NETO
JORGE JOSÉ DURVAL
JOSÉ ACÉLIO PAULINO DE FREITAS
JOSÉ ANTÔNIO SOBRINHO
JOSÉ ANTÔNIO SOBRINHO
JOSÉ ARI RAMOS FILHO
JOSÉ ARI RAMOS FILHO
JOSÉ ARNALDO CRUZ BEZERRA DE MENEZES
JOSÉ ARNON CRUZ BEZERRA DE MENEZES
JOSÉ BENEDITO SILVEIRA
JOSÉ DA ROCHA FORTE
JOSÉ DEODORO DE OLIVEIRA
JOSÉ DE OLIVEIRA BANDEIRA
JOSÉ DO CARMO DA SILVA MARINHO
JOSÉ ELIONILTON CABRAL FEITOSA
JOSE ERIVAN DE CARVALHO
JOSÉ FERREIRA LOPES
JOSÉ FRANCISCO DOS SANTOS RUFINO
JOSÉ GABRIEL BEZERRA FILHO
JOSÉ GABRIEL BEZERRA FILHO
JOSÉ GABRIEL BEZERRA FILHO
JOSÉ GOMES DA SILVA
JOSÉ GONZAGA BARBOSA
JOSÉ GONZAGA BARBOSA
JOSÉ GONZAGA BARBOSA
JOSÉ GONZAGA BARBOSA
JOSÉ GONZAGA BARBOSA
JOSÉ GONZAGA BARBOSA
JOSÉ GONZAGA BARBOSA
JOSÉ GONZAGA BARBOSA
JOSÉ LEITE LANDIM
JOSÉ LOURENÇO ARRAIS
JOSÉ LOURENÇO ARRAIS
JOSÉ LUIZ RIBEIRO REIS
JOSE MARIA CRUZ
JOSÉ MARIANO NOBRE NETO
JOSÉ NILSON FARIAS SOUSA
JOSÉ NILSON FARIAS SOUSA
JOSÉ OLIVEIRA LIMA
JOSE RUBENS BEZERRA SILVA
JOSE SINVAL DE CARVALHO LIMA
JOSÉ TÁVORA PINHEIRO
JOSÉ VANDEVELDER FREITAS FRANCELINO
JOSÉ VIDAL DOS SANTOS
JOSÉ VIRGÍLIO LIMA PIRES
JOSÉ WILAME BARRETO ALENCAR
JOSÉ WILAME BARRETO ALENCAR
JOSÉ WILAME BARRETO ALENCAR
JOSÉ WILAME BARRETO ALENCAR
JOVINIANO SILVA
KEILA SUENE GOMES BONFIM
LAÍS MARIA ROSSAS FREIRE
LÚCIA ANDRADE DA ROCHA SAMPAIO
LÚCIA DE FÁTIMA SOUSA BOYADJIAN
LÚCIA DE FÁTIMA SOUSA BOYADJIAN
LUCIANO MEDEIROS BERTINI
LUCIANO SOARES QUEIROZ
LUIS ANTÔNIO DE FARIAS
LUIS EDUARDO VIANA VIEIRA
LUIZ ALVES DE FREITAS
LUIZ ALVES DE FREITAS
LUIZ BERNARDO DA SILVA FILHO
LUIZ CARVALHO NETO
LUIZ XIMENES FILHO
MAGNA KELLY MEDEIROS BRUNO
MAIARD DE ANDRADE
MAIARD DE ANDRADE
MANOEL BARBOSA RODRIGUES
MANOEL MORAES LOPES
MANOEL MORAES LOPES
MANOEL MORAES LOPES
MANOEL MORAES LOPES
MANOEL NELSON SILVEIRA
MANOEL RAIMUNDO DE SANTANA NETO
MANUEL GOMES NETO
MARCELO CAVALCANTI DOS SANTOS
MARCELO PELAGIO DA COSTA BONFIM
MÁRCIO BARRETO MANO DE CARVALHO
MARCOS AURÉLIO MARIZ SANTOS
MARCOS AURÉLIO MARIZ SANTOS
MARCOS AURÉLIO MARIZ SANTOS
MARCOS DE QUEIROZ FERREIRA
MARCOS EUGÊNIO LEITE GUIMARÃES NUNES
MARCOS FIRMEZA DE MIRANDA
MARCUS ANDRÉ MUNIZ SOARES
MARIA CARMÉLIA PEREIRA D'ALENCAR
MARIA CLEIDE DA SILVA RIBEIRO LEITE
MARIA DA CONCEIÇÃO ROCHA DE ALMEIDA
MARIA DAS GRAÇAS CORDEIRO DE PAIVA
MARIA DAS GRAÇAS CORDEIRO DE PAIVA
MARIA DE FÁTIMA ARAÚJO DIÓGENES
MARIA DE FÁTIMA ARAÚJO DIÓGENES
MARIA DE FÁTIMA ARAÚJO DIÓGENES
MARIA DE FÁTIMA ARAÚJO DIÓGENES
MARIA DE FÁTIMA ARAÚJO DIÓGENES
MARIA DE FÁTIMA FEITOSA GONÇALVES
MARIA DE FÁTIMA FERREIRA DE OLIVEIRA
MARIA DE FÁTIMA OLIVEIRA
MARIA DO CARMO PIERRE BARRETO
MARIA DO SOCORRO PEREIRA TORRES
MARIA ELISA COELHO CARDOSO
MARIA IONE DE SOUSA
MARIA IRANEDE VERAS ROSA
MARIA IRANEDE VERAS ROSA
MARIA IRANEDE VERAS ROSA
MARIA IRANEDE VERAS ROSA
MARIA IRENE DO NASCIMENTO
MARIA JANCILA JÚNIOR AZEVEDO
MARIA LUCIVANE DE SOUZA
MARIA MACIEL DA SILVA
MARIA MILENE FREITAS RALSTON
MARIA MILENE FREITAS RALSTON
MARIA MILENE FREITAS RALSTON
MARIA SOCORRO DE MENEZES
MARIA SUZANA MOREIRA GIRARD
MARILENE CAMPELO NOGUEIRA
MARINEZ DELFINO DA SILVA
MARINEZ RODRIGUES DE OLIVEIRA
MARINEZ RODRIGUES DE OLIVEIRA
MÁRIO HÉLDER DE OLIVEIRA CARVALHO
MARIO RENE MACHADO
MARIO RENE MACHADO
MARTA MARIA DE CARVALHO LEDDY
MEYRELUCIA DE CASTRO BEZERRA
NARCI DE MELO JUNIOR
NELIS DE FREITAS BARROS
NIELSON QUEIROZ GUIMARÃES
NILO ALBERTO LOPES BARSI
ORLANDO LOURENÇO DE SOUSA
OSMUNDO EVANGELISTA REBOUÇAS
OSMUNDO EVANGELISTA REBOUÇAS
OSMUNDO EVANGELISTA REBOUÇAS
OSMUNDO EVANGELISTA REBOUÇAS
OSMUNDO EVANGELISTA REBOUÇAS
OTACÍLIO BESERRA MENESES
OTACÍLIO BORGES FILHO
PAULO ANDRE DE ANDRADE GOMES
PAULO CÉSAR SARQUIS QUEIROZ
PAULO MÁRCIO MARTINS DE OLIVEIRA
PAULO NAZARENO SOARES ROSA
PAULO NAZARENO SOARES ROSA
PAULO NAZARENO SOARES ROSA
PAULO NEY MARTINS
PAULO NEY MARTINS
PAULO SILVIO LOPES DA GAMA ALVES
PEDRO GERVÁSIO MOREIRA MARTINS
PEDRO RIBEIRO FILHO
PEDRO TEIXEIRA CIDADE
PERBOYRE SILVA DIOGENES
RAIMUNDO ACINÉSIO BEZERRA
RAIMUNDO ACINÉSIO BEZERRA
RAIMUNDO ANDRADE MORAIS
RAIMUNDO DINARDO DA SILVA MAIA
RAIMUNDO GOMES SOBRINHO
RAIMUNDO JACKSON PEREIRA DE SOUZA
RAIMUNDO NONATO CARNEIRO SOBRINHO
RAIMUNDO NONATO CARNEIRO SOBRINHO
RAIMUNDO NONATO CARNEIRO SOBRINHO
RAIMUNDO NONATO CARNEIRO SOBRINHO
RAIMUNDO NONATO CARNEIRO SOBRINHO
RAIMUNDO NONATO XAVIER PONTES
RAIMUNDO NONATO XAVIER PONTES
RAIMUNDO RODRIGUES DE SOUSA
RAIMUNDO SAMPAIO DA COSTA
RAIMUNDO SAMPAIO DA COSTA
RAIMUNDO VIANA DE QUEIROZ
RAIMUNDO VIANA DE QUEIROZ
RAIMUNDO VIANA DE QUEIROZ
RAIMUNDO VIANA DE QUEIROZ
RAIMUNDO VIANA DE QUEIROZ
RAIMUNDO VIANA DE QUEIROZ
REGINA LÚCIA VASCONCELOS ALBINO
RENATO MAIA MOURÃO
RENÉ TEIXEIRA BARREIRA
RICARDO CAVALCANTE LIMA
RIGOBERTO BEZERRA DE QUEIROZ
ROBERTO MORSE DE SOUZA
ROSLENE BITÚ ALENCAR
RUBENS CESAR LOPES DE MENEZES
SANCHO RODRIGUES
SANCHO RODRIGUES OLIVEIRA
SIMÃO MARTINS DE SOUSA TORRES
SIMÃO MARTINS DE SOUSA TORRES
SIMÃO MARTINS DE SOUZA TORRES
SÔNIA MARIA SOARES SAMPAIO
TERESA CRISTINA DE ANDRADE RIBEIRO
TERTULIANO CÂNDIDO DE ARAUJO
TICIANA BEZERRA CASTRO
VALDIR PARENTE MACHADO
VALDIR PARENTE MACHADO
VALQUÍRIA MODESTO FIGUEIREDO
VICENTE ANTENOR FERREIRA GOMES FILHO
VICENTE FÉLIX DE SOUZA
VICENTE FÉLIX DE SOUZA
VICENTE FÉLIX DE SOUZA
VICENTE GONÇALVES DE PAULA FILHO
Fonte: CN7

Faculdade do Maciço de Baturité promoverá formação sobre Educação Inclusiva em Aracoiaba

Evento traz oportunidade de reflexão sobre as temáticas e favorece o debate e socialização de experiências escolares

A Faculdade do Maciço de Baturité (FMB) promoverá neste sábado (13), no Auditório da Secretaria Municipal da Educação de Aracoiaba, uma formação continuada sobre EDUCAÇÃO INCLUSIVA, voltada para professores que atuam na rede municipal, além de professores de outros municípios.
O evento é gratuito e contará com a participação do Diretor Geral da FMB, Edilson Silva Castro, professores e palestrantes.
Entre os objetivos da formação estão à apresentação de abordagens metodológicas presentes na relação das práticas sociais e educativas em Educação Inclusiva, a criação de redes de aprendizagem colaborativas, a reunião de especialistas nas áreas abordadas para estimular debates em torno dos temas, apresentar experiências anteriores para a formulação e efetivação de programas de ensino etc.
Segundo o professor Edilson Castro, Diretor da FMB, é preciso lembrar que a educação é um direito fundamental e, portanto, deve ser garantida a todos, sem exceção. Por outro lado, a educação inclusiva pressupõe a desconstrução do modelo de ensino atualmente predominante, propondo uma valorização da singularidade de cada indivíduo. “A educação contemporânea deve valorizar as diferenças, contribuindo para o desenvolvimento de competências que vão além do ler, escrever e o calcular. Por isso, esse exemplo da estudante gaúcha é tão significativo”, completa.

Informações
Serviço - FORMAÇÃO: Educação Inclusiva – Um Guia Para o Professor.
Data: 12/08 (sábado)
Horário: 8h
Local: Auditório da Secretaria da Educação de Aracoiaba - Centro – Aracoiaba – CE.
Entrada: aberta ao público.

TCM divulga hoje lista de contas rejeitadas

Pleno do TCM: Tribunal divulga hoje parecer com nomes de gestores e prefeitos cujas contas foram rejeitadasApesar de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM) entrega hoje à Justiça Eleitoral, às 10 horas, a relação de prefeitos e gestores que tiveram suas contas rejeitadas pelo órgão nos últimos oito anos. A entrega acontecerá na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-CE).
Na última quarta-feira, o STF decidiu, por seis votos contra cinco em sessão plenária, que a competência para julgar as contas municipais de gestão e de governo é do Poder Legislativo - no caso, as Câmaras Municipais -, e não dos Tribunais de Contas. A decisão fragiliza a Lei da Ficha Limpa. 
Em 2014, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entendeu que era competência dos Tribunais de Contas julgar e acusar inelegibilidade 
de prefeitos.

Ao TCM ainda cabe a competência de órgão auxiliar do Poder Legislativo. Nessa condição, pode enviar “parecer prévio e opinativo” às Casas Legislativas, que só será derrubado com dois terços dos votos dos vereadores.
Lista de prefeitos
A decisão do STF veio após a divulgação, pelo TCM, da data de envio para o TRE-CE da relação de prefeitos com contas rejeitadas. Por nota, o órgão afirma que o documento será entregue hoje e continuará a contemplar gestores que tiveram contas rejeitadas nos últimos oito anos, “independentemente do cargo político, cabendo ao Poder Judiciário decidir sobre a inelegibilidade de candidatos”. “Eventuais modificações quanto aos efeitos de decisões do TCM serão cumpridas a partir de determinações oficiais da Justiça”, diz o TCM.
De acordo com Bruno Scarano, assessor jurídico da presidência do TCM, o “Tribunal vai continuar exercendo os trabalhos de acordo com os dispositivos da Constituição Federal” e “vai permanecer no exercício de sua competência de controle externo”.
Para o conselheiro do TCM Pedro Ângelo, a decisão do Supremo torna os prefeitos “intocáveis”. “Você mandar a Câmara julgar as contas deles mesmos, da Mesa Diretora? Eu acho um absurdo. A rigor, quem deveria julgar conta de prefeito, como age como gestor, ordenador de despesas, é o Tribunal de Conta”, argumenta. 
Para ele, porém, não há “retrocesso no sentido técnico” porque a Constituição Federal “já dizia isso e já havia decisão do Supremo de que o prefeito deve ser julgado pela Câmara”.
Durante sessão plenária de ontem, o clima no TCM era de rejeição à decisão do STF. Conselheiros se recusavam a apreciar contas de prefeitos.
Entretanto, a relação de prefeitos e gestores está mantida para hoje. Segundo Scarano, “não há previsão de quantos nomes estão incluídos e quais alterações devem ocorrer”.
Fonte: O POVO