Buscar

19 julho 2016

STF suspende bloqueio do WhatsApp

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, suspendeu o bloqueio do WhatsApp no Brasil. A decisão foi da juíza Daniela Barbosa Assunção, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Duque de Caxias, do Rio de Janeiro. O partido argumentou que a decisão da Jutiça fere a liberdade de expressão. Conforme o portal G1, Lewandowski analisou ação do PPS (Partido Popular Socialista), que recorreu ao Supremo suspensão imediata.
 
O bloqueio começou às 14 horas e às 15h o applicativo já estavatotalmente bloqueado. A empresa apelou a decisão judicial tomada em primeira instância pela Justiça. A assessoria de imprensa da empresa, controlada pelo Facebook, não deu detalhes sobre o recurso. A juíza informou que o Facebook não cumpriu, por três vezes, ordem judicial para que interceptasse mensagens de WhattsApp referentes a uma investigação em curso na 62ª DP.
 
O fundador e presidente executivo do serviço, Jan Koum, se pronunciou por meio de seu perfil oficial no Facebook. Segundo ele, a equipe rapidamente agiu para desbloquear o WhatsApp no Brasil. "É chocante que menos de dois meses após os brasileiros rejeitarem o bloqueio de aplicativo a história esteja se repetindo", disse Koum. 
 
A juíza Daniela Barbosa havia determinado pena de R$ 50 mil por dia caso o Facebook e as empresas telefônicas não cumprissem a decisão que determinou o bloqueio do Whatsapp. 
 
Ainda não há previsão de horário para o aplicativo estar completamente liberado.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário