Buscar

15 julho 2016

População de Senador Pompeu pede justiça no caso de mulher morta a facadas

Centenas de pessoas caminharam até o Fórum da cidade onde cobraram justiça (Foto: Walter Lima)Senador Pompeu. A população deste Município, localizado no Sertão Central cearense, foi às ruas na manhã da última quarta-feira (13) em uma manifestação para pedir por mais segurança na cidade e cobrar respostas da justiça sobre a morte Geane Magalhães Pimenta, morta no último dia 1º de junho, a facadas.
Com o auxílio de um carro de som e carregando faixas e cartazes com pedidos de justiça, os participantes do movimento saíram da Capela de Fátima e caminharam até o Fórum do município Dr. Francisco Barroso Gomes. A manifestação começou cedo. A concentração em frente ao Fórum aconteceu antes mesmo da chegada do juiz.
Em entrevista a uma rádio de Senador Pompeu, o delegado titular regional da Polícia Civil, Jeferson Lopes Custódio, teria dito que a Polícia já tinha o nome do possível autor do crime.

Investigação
O Juiz titular da comarca de Senador Pompeu, Wildenberg Ferreira de Sousa, aguarda a conclusão do inquérito pela Polícia Civil para decidir se há a necessidade de pedir a prisão cautelar do apontado como suspeito. A justiça determinou que a Perícia Forense do Ceará (Pefoce) deve enviar num prazo de sete dias, os laudos para a conclusão do inquérito.


Relembre o caso
Geane trabalhava como auxiliar de um escritório de advocacia. Ela fechava o estabelecimento quando foi surpreendida por um homem. Geane estava sozinha e foi morta com várias facadas.

Na época Jeferson Lopes descartou a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte). “Para roubar não foi porque ele não subtraiu nada nem dela e nem do escritório. Tudo estava no devido lugar”. O delegado chegou a afirmar que o autor não foi ao local com outra intenção, que não fosse tirar a vida da vítima.

Violência
Conforme dados do Mapa da Violência 2015,  elaborado pela Faculdade Latino-Americana de  Ciências Sociais (Flacso), Senador Pompeu é a quinta cidade do País com o maior número de homicídios envolvendo mulheres.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2013 o Brasil tinha taxa de 4,8 homicídios para cada 100 mil mulheres, o que deixava o país na 5ª posição internacional, entre 83 países do mundo.
Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário