Buscar

14 junho 2016

Ainda em fase de testes, viatura com câmeras da PRF é confundida com radar móvel

A imagem de umaviatura da Polícia Rodoviária Federal(PRF) equipada com câmeras vem sendo compartilhada nas redes sociais como"radares móveis". 

A PRF, no entanto, desmente o boato e afirma que o equipamento não tem como finalidade aplicar multas. As câmeras da viatura têm a funcionalidade de “ler" as placas dos veículos que circulam nas proximidades, por meio de tecnologia de reconhecimento de caracteres OCR (Optical Character Recognition).

Desta forma, podem ser identificadas, em tempo real, possíveis irregularidades, tais como roubo e furto, restrição judicial e multas atrasadas.
Com a leitura das placas, a ferramenta faz uma análise das informações do veículo usando o sistema global utilizado pela PRF para fiscalização. Em seguida, há um direcionamento do trabalho de fiscalização policial.
De acordo com a PRF, o uso do novo equipamento poderá resultar em mais agilidade nas ações de fiscalização, bem como na detecção das irregularidades.
A chefe do Núcleo de Comunicação da PRF, Juliana Rodrigues, afirma que a pretensão é que todas as viaturas do órgão sejam equipadas com a tecnologia.
No momento, porém, ainda estão sendo feitos ajustes com novas funcionalidades, como descobrir se o condutor foi pego no teste do etilômetro.
Conforme o órgão, a viatura faz parte de um projeto pioneiro, ainda em fase de testes no Ceará. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário