Buscar

03 março 2016

De olho em eleições, grupo de Ciro e Cid muda para o PDT

Depois de atrair 68 prefeitos, já no ano passado, incluindo Roberto Cláudio, o PDT do grupo Ferreira Gomes vai acomodar, a partir de hoje, todos os deputados do Pros no Estado. Hoje à noite, no Náutico Atlético Cearense, irão migrar nove deputados estaduais, quatro federais e cinco vereadores de Fortaleza. 
O partido também vai contar com filiação da vice-governadora Izolda Cela e do secretário da Fazenda do Estado, Mauro Benevides Filho.
“Estamos preparados para um grande número de novos filiados, mas ainda não temos números estimados. Além da vontade, basta preencher a ficha partidária e ter um título de eleitor”, explica o titular da coordenadoria da juventude da Prefeitura, Júlio Brizzi.
A migração em massa é resultado da troca de partido dos Ferreira Gomes. Desde que os ex-governadores Cid e Ciro saíram do Pros para o PDT, vários aliados seguiram o mesmo rumo. 
Após a mudança, permitida pela abertura da janela partidária, que termina no próximo dia 19, o PDT será a maior bancada da Assembleia Legislativa do Ceará. Zezinho Albuquerque, presidente da AL, será um dos novos pedetistas.
Segundo o presidente da Câmara Municipal, Salmito Filho (PDT), haverá hoje uma reunião para definir quais vereadores irão para a legenda.
Presidente nacional da legenda, Carlos Lupi participa da cerimônia. Responsável pela entrada dos Ferreira Gomes no partido, ele apoia a candidatura de Ciro à Presidência em 2018. Amanhã, Lupi pretende visitar Sobral e Itarema para reforçar os candidatos a prefeito nesses municípios: Ivo Gomes e Robério Monteiro, respectivamente.
Convidado, o governador Camilo Santana (PT) ainda não havia confirmado presença na cerimônia de filiação até o fechamento desta página. Embora tenha demonstrado apoio à reeleição de RC, Camilo não oficializou até agora a sua decisão.

Reforma
O secretariado do prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio deve passar por mudanças nas próximas semanas. Em cumprimento à lei eleitoral, os gestores que pretendam se candidatar devem se desincompatibilizar até seis meses antes das eleições. 

O prazo se esgota em abril.

O secretário do Turismo de Fortaleza, Elpídio Nogueira, deve deixar a Prefeitura mais cedo para tentar renovar seu mandato de vereador por mais quatro anos.
De acordo com a assessoria da Prefeitura, Nogueira estaria esperando para saber quem decidirá sair para então planejar quem 
seriam os substitutos.

Durante todo o mês de março, haverá eventos em diversas regiões do Estado para buscar novos filiados e lideranças para o PDT.
A última grande mudança partidária no Ceará ocorreu em 2013. Com o surgimento do Pros, o grupo de Cid e Ciro Gomes saiu do PSB e entrou no recém-criado partido.
Na ocasião, os irmãos discordaram do lançamento de Eduardo Campos como candidato a presidente e deixaram a legenda para apoiar a reeleição de Dilma Rousseff.
SERVIÇO
Migração para o PDT
Quando: hoje, às 19 horas
Onde: Náutico Atlético Cearenses - Avenida da Abolição, 2727 - bairro Meireles
Fonte: O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário