Buscar

08 janeiro 2016

Governo reforça combate ao Aedes Aegypti no Interior

10409_978262378908709_5651081988604493476_n
O Governo do Estado realiza ações preventivas de combate ao Aedes aegypti no interior do Estado. Nesta quinta-feira, 7, o Centro de Eventos de Sobral foi palco do segundo encontro do Plano Estadual de Enfrentamento ao Mosquito Aedes aegypti. A meta é levar as ações criadas pelo Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento a dengue, chikungunya e zika, a 55 municípios da Região Norte. Sobral foi a primeira cidade do interior a receber o plano que terá ações aplicadas em todo o Ceará.

A vice-governadora Izolda Cela acompanhada do secretário da Saúde do Estado, Henrique Javi e do prefeito de Sobral, Veveu Arruda, comandou a solenidade de apresentação da campanha “Todos Contra o Mosquito” para a Região Norte. Izolda reforçou a importância da participação de todos e a contribuição com o trabalho dos agentes de endemias. “Nosso objetivo é mobilizar todas as cidades, definir metas, monitorar, avaliar e fazer com que possamos disseminar as boas práticas. Esse esforço é necessário e fundamental para vencermos o Aedes aegypti. Por isso estamos intensificando as ações de pulverização e visitas casa a casa. Temos agora a presença do exercito nos ajudando. Precisamos qualificar os diagnósticos nos municípios, e deixar bem claro que podemos vencer essa batalha”, ressaltou.
Durante o evento, o grupo teatral Arte Educacional Popular em Saúde chamou atenção para os perigos que o mosquito oferece, de forma bem humorada. Todos atentos às orientações feitas pelo secretário da Saúde, Henrique Javi, que fez uma apresentação sobre as causas e consequências da dengue, chikungynya e zika. “Precisamos unir forças, realizar ações preventivas e estimular essa prática. Precisamos de todos para atingirmos o resultado desejado e evitar a presença do mosquito. Ações simples, de rotina, podem evitar muitas doenças”, afirmou Henrique Javi.
Para os agentes de endemias, além de uma grande experiência, a ação reforça a importância da luta diária contra o mosquito. “Estamos fazendo prevenções diárias e a comunidade está ajudando. Com a campanha ‘Todos Contra o Mosquito’, que aumenta a divulgação e facilita nosso trabalho nas ruas, a população fica mais ciente dos riscos” frisou o agente de endemias Rafael Sousa.
Já a agente Alinielli Feitosa diz que a campanha traz mais esclarecimento para a população e fortalece a fiscalização. “O mosquito vem ganhando novos meios de nos prejudicar porque antes era somente a dengue, e depois a febre chikungunya e vírus Zika. Mais do que nunca , temos que nos qualificar para combatê-lo. Com essa forte divulgação da campanha e das ações, o Governo do Estado mostra que nós, agentes de saúde, não estamos sozinhos, e que a população pode nos ajudar, por isso digo: O mosquito que se cuide”, brincou a agente.
A solenidade contou ainda com as presenças do deputado federal Leonidas Cristino; o deputado estadual Ferreira Aragão; de prefeitos, secretários de saúde dos municípios da Região Norte, agentes de saúde, de endemias, e representantes da sociedade civil.
O comitê
O Comitê Gestor Estadual de Políticas de Enfrentamento à Dengue, Chikungunya e Zika, integra o Plano de Enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti, lançado no dia 21 de dezembro pelo governador Camilo Santana, e é fruto de uma ação integrada de vários setores do Governo do Estado, além da parceria com os governos municipais e federal.

O comitê é intersetorial e tem a participação de, pelo menos, 16 órgãos da esfera estadual, federal e municipal: Gabinete do Governador, Casa Civil, Secretaria de Saúde, Secretaria da Educação, Secretaria da Infraestrutura, Secretaria do Turismo, Secretaria das Cidades, Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria da Cultura, Secretaria do Planejamento e Gestão, Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, Defesa Civil, Ministério da Defesa – Exército Brasileiro, Secretaria de Recursos Hídricos, Secretaria do Desenvolvimento Agrário, Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior e Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Ceará (Cosems-CE).
Brigada nos prédios públicos estaduais
As brigadas serão instituídas e têm por finalidade combater focos do mosquito Aedes aegypti nos prédios de utilização dos órgãos do Governo do Estado do Ceará e vinculados. Sua organização ficará por conta do setor administrativo respectivo. Compostas por quantas pessoas sejam necessárias, terão por tarefa a cada sete dias promover a inspeção e eliminação de possíveis focos e criadouros do Aedes aegypti. Os grupos vão atuar como multiplicadores de práticas de educação em saúde para os que utilizam o prédio.

– Agentes de Controle: 18 mil agentes de saúde e quatro mil agentes de endemias em todo o estado vão intensificar as ações de visita casa a casa para o combate ao mosquito Aedes aegypti, inserindo no protocolo de visita dos agentes de saúde a observação dos focos do mosquito.
– Exército Brasileiro irá instalar telas de proteção nas caixas d’água.
– Serão usadas três toneladas de larvicida na eliminação do Aedes aegypti. Já foram distribuídos aos 184 municípios – 1 Kg do larvicida trata 500.000 litros de água.
– Ação estadual: 250 pulverizadores portáteis para aspersão de inseticidas. usados na eliminação do Aedes aegypti, 33 carros fumacê, 1.366 litros de inseticida 25.000 litros de óleo de soja (solvente), capacidade para pulverizar até 17 mil quarteirões. A manutenção de estoque de óleo de soja é feita pelo Governo Estadual e inseticida fornecido pelo Ministério da Saúde.
– Qualificação das ações de controle vetorial: capacitação de laboratoristas e capacitação de 437 operadores de máquinas costais dos 184 municípios.
Com Governo do Ceará
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário