Buscar

24 novembro 2015

Deputada Laís Nunes cobra uso racional da água

lais nunes
A deputada Laís Nunes (Pros) retornou à Assembleia Legislativa após licença-maternidade, cobrando ações mais incisivas contra o agravamento da seca e defendeu o uso responsável da pouca água que resta. Ela destacou que em visita aos municípios, constatou a preocupação com a falta de água, “que assusta e assola toda a população. ”

A deputada também informou que criou o projeto Parlamento na Comunidade, para ouvir de perto os reclamos da população e a principal reivindicação é por água. “Meu objetivo é dar voz aos que em mim confiaram seu voto e, dentro do possível, transformar essas solicitações em projetos e requerimentos. Dessa forma, poderei atender as demandas”, assinalou.
A parlamentar lembrou que já são quatro anos de seca prolongada, inclemente como não se via desde o distante 1979 – 1983. E a probabilidade de um quinto ano de seca é muito grande. As previsões climáticas apontam nessa direção. “É tanta demanda por água que perdi a conta do número de requerimentos que encaminhei, ao longo de todo esse ano, ao Governo do Estado, solicitando a perfuração de poços profundos nas mais diversas comunidades”, informou. Alguns desses pedidos foram atendidos pelo governador Camilo Santana, segundo ela, enquanto outros ainda aguardam deliberação.
Laís Nunes defendeu a necessidade de criar uma cultura de uso racional da água. “Não podemos descartar a possibilidade de racionamento para Fortaleza e Região Metropolitana”, alertou. E acrescentou: “Não temos safra; não temos água para beber; o rebanho está desaparecendo e os criadores estão vendendo o gado por pouco ou nada, para que não morram de sede ou de fome”. De acordo com a deputada, o problema do milho é outro drama. “Há muito tempo a Conab promete a chegada desse milho, mas demora muito e, quando vem, nunca é na quantidade suficiente”, pontuou.
Com Assessoria
Fonte: Ceará Agora

Ministério Público multa Coelce por cobrança de seguro de vida

coelce
O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (DECON) notificou nesta terça-feira (24) a Companhia Energética do Ceará (Coelce). A empresa foi multada em 60.000 UFIRCE (cerca de R$ 200 mil), por cobrar por seguros de vida diretamente na fatura de energia elétrica. Foi determinado, também, que a empresa deve informar aos consumidores que eles têm o direito de pagar as faturas mensais de consumo de energia elétrica, sem ter que pagar por serviços de terceiros eventualmente contratados.

O DECON, noticiado pela 25ª Vara Cível de Fortaleza, instaurou procedimento administrativo para apurar a informação de que a Coelce disponibilizaria no mercado de consumo, além do fornecimento de energia elétrica, seguro de vida e que a cobrança por este serviço estaria sendo feita diretamente na fatura de energia elétrica.
Ao ser notificada pelo órgão consumerista, a Coelce informou que a matéria é regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) através da resolução normativa nº 581, de 11 de outubro de 2013, tendo apresentado, também, a relação de possíveis cobranças que podem ser incluídas na conta de energia elétrica. Acontece que tal prática é permitida, desde que atendidos os parâmetros delineados na resolução normativa mencionada que, em seu artigo 4º, veda a prestação de atividades atípicas pelas distribuidoras de energia.
A Coelce, além de realizar a cobrança de serviços de terceiros através das faturas de consumo, exerce efetivamente a comercialização de seguros de vida, inclusive confeccionando material publicitário dos produtos. Além disso, a companhia colocou os dizeres “Coelce Seguros” de forma ostensiva no material informativo, transmitindo ao consumidor a sensação e expectativa de contratar com a própria Coelce e não com empresas terceirizadas.
A secretária-executiva do DECON, Ann Celly Sampaio, acrescenta que, pelo serviço de energia elétrica ser essencial, é vedado à Coelce explorar outra atividade que não seja a distribuição de energia, uma vez que essa atitude transcenderia os limites impostos pela ANEEL e pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC). A empresa tem prazo de dez dias, contados a partir do recebimento da notificação, para recorrer à Junta Recursal do órgão.
Com informações do DECON
Fonte: Ceará Agora

Baturité e sete municípios em situação de risco de surto de dengue, chikungunya e zika

O Ministério da Saúde apresentou, na manhã de hoje, o resultado do Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti (LIRAa). Conforme o boletim, o Ceará tem oito municípios em situação de risco de surto de dengue, chikungunya e zika. São eles: Baturité, Canindé, Coreaú, Ipaumirim, Massapê, Parambu, Tauá e Viçosa do Ceará. Significa que mais de 4% das casas visitadas nestas cidades apresentaram larvas do mosquito.
Já os municípios em situação de alerta somaram nove: Caucaia, Cedro, Guaiúba, Horizonte, Itapipoca, Maranguape, Pacatuba, Pires Ferreira e São Benedito. Outros 18 estão com situação satisfatória, entre eles Fortaleza, com índice de 0,9. 
Realizado em outubro e novembro, o LIRAa teve adesão recorde para este período do ano, com 1.792 cidades participantes - aumento de 22% se comparado ao mesmo período de 2014. A pesquisa é um instrumento fundamental para o controle do Aedes aegypti. Com base nas informações coletadas, o gestor pode identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito, bem como o tipo de depósito onde as larvas foram encontradas.

Fonte: DN

Polícia encontra corpo que seria da esposa de homem que matou vice-prefeito de Choró

O corpo de uma mulher foi encontrado pela Polícia na tarde desta terça-feira dentro de um freezer, em um condomínio localizado na Avenida Augusto dos Anjos, em Fortaleza. A suspeita é de que o cadáver seja da esposa do homem que atirou e matou o vice-prefeito de Choró.
Enquanto negociava sua rendição com a Polícia, o homem disse ter matado a esposa, no último domingo (22), em Fortaleza, e colocado o corpo da vítima em um freezer. 
A delegada regional da Polícia Civil de Quixadá, Anna Claudia Nery, afirmou, na tarde desta terça (24), que a suspeita é que a motivação do assassinato do vice-prefeito tenha sido passional.
Segundo ela, o suspeito revelou que o petista mantinha uma relação extraconjugal com sua esposa. O homem revelou à Polícia que brigou com o vice-prefeito por conta do romance que o gestor teria com sua esposa. 
O corpo do vice-prefeito foi encontrado no gabinete do prefeito na sede da Prefeitura de Choró. O petista foi assassinato após ser feito refém por cerca de 3 horas. Conforme a Polícia, 12 disparos foram efetuados pelo suspeito e há indícios de luta corporal.  

Fonte: DN

Vice-prefeito de Choró é assassinado após ser feito refém na sede da Prefeitura

O vice-prefeito de Choró, Sidney Cavalcante (PT), foi assassinado, nesta terça-feira (24), dentro da sede da Prefeitura do Município.No início da manhã, o suspeito de cometer o crime entrou no Centro Administrativo se passando por um eleitor e fez o vice-prefeito de refém por cerca de três horas. De acordo com a Polícia, há indícios de uma luta corporal entre os dois e 12 tiros foram ouvidos. A Polícia suspeita que o crime tenha motivação passional.
Enquanto o suspeito negociava a rendição com a delegada regional de Quixadá, Anna Claudia Nery, o homem disse que havia matado Sidney Cavalcante por conta de um romance que a vítima teria com a esposa do atirador. 
Em seguida, ele confessou ter matado a mulher no último domingo (22), em Fortaleza, e ter deixado seu corpo em um freezer na sua residência. A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) confirmou a morte da mulher identificada como Elisângela Gomes Lemos. A Polícia foi ao apartamento do casal, localizado na Avenida Augusto dos Anjos, e encontrou o corpo enrolado em um lençol e uma carta de conteúdo ainda não revelado. O casal morava no apartamento há quatro meses e tinha um casal de filho, que estão com parentes. 
Após confessar os crimes, o suspeito atirou na própria cabeça e foi socorrido para um hospital da região. Seu estado de saúde é grave.
Equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros estiveram no local e cercaram o prédio. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) também foi ao local para assumir as negociações. A Polícia não registrou outros feridos no local e não há outros reféns. 
Francisco Sidney Cavalcante de Sousa tinha 42 anos e era natural de Choró. O petista já foi vereador do município e, em 2012, foi eleito vice-prefeito na chapa de José Antonio Rodrigues Mendes.
O velório do vice-prefeito irá ocorrer nesta quarta-feira (25) no próprio Centro Administrativo. O prefeito de Choró decretou luto oficial de três dias na cidade.

 

 

 
Fonte: DN

Vice-prefeito de Choró é assassinado dentro da prefeitura

vice prefeito
Um homem apenas identificado como Júnior de 41 anos invadiu a prefeitura de Choró, no Sertão Central, na manhã desta terça-feira (24), e efetuou disparos de arma de fogo contra o vice-prefeito Sidney Cavalcante (PT) de 43 anos.

Segundo testemunhas, Júnior chegou ao Centro Administrativo Expedito Quirino Borges, da Prefeitura de Choró, a procura do vice-prefeito. Em seguida foi até o gabinete e lá efetuou os disparos contra Sidney que não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. Em seguida, o autor do crime praticou suicídio.
A motivação do crime seria passional. Júnior teria dito antes atentar contra a própria vida que também teria assassinado a sua companheira em Fortaleza.
O prédio foi isolado pela Polícia Militar e equipes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foram enviadas ao local para conduzir as negociações, porém não tiveram tempo para abordar o atirador..

Com informações de Wellington Lima.
Fonte: Ceará Agora

Aracoiaba - Festa da Padroeira e Campanha de Natal 2015


Começa neste sábado, 28 de novembro, a festa de Nossa Senhora da Conceição, padroeira principal de Aracoiaba. Na ocasião terá início também a Campanha de Natal pela Evangelização. Neste ano vamos retomar as celebrações matinais que acontecerão às 5:30h da manhã em diferentes bairros de Aracoiaba. 
O tema geral da festa será: Maria, mãe de misericórdia. O tema está em comunhão com o gesto do papa Francisco ao proclamar o Ano Santo da Misericórdia que começa no dia 08 de dezembro, dia da padroeira. Em cada dia de novena vamos refletir, através da Meditação Diária, sobre as obras de misericórdia que, como cristãos, somos chamados a praticar.
Além de celebrar a devoção a Nossa Senhora, vamos também ajudar a Igreja a evangelizar. Todos os anos a Igreja no Brasil realiza no mês de dezembro uma Campanha pela Evangelização que recolhe as coletas das missas do terceiro domingo do Advento. A Paróquia de Aracoiaba tem assumido essa campanha como um diferencial da Festa da Padroeira e em todo o mês de dezembro. Assim, tudo o que for arrecadado durante a festa e em todo o mês de dezembro, será doado para a evangelização. Com a festa abriremos também o tempo de campanha. Todos pode ajudar de alguma forma. Que a Virgem Maria, mãe e estrela da evangelização interceda por nós neste tempo de graça.

Secretaria de Assistência Social de Aratuba tem nova titular

Prefeito Ivan Neto, Koelyne Barbosa e equipe da SAS
Na manhã desta segunda-feira (23) o Prefeito de Aratuba, Ivan Neto, empossou a aratubense, KOELYNE BARBOSA, para o cargo de Secretária Municipal de Assistência Social. A solenidade de posse aconteceu na sede de própria secretaria, na Ra José Ivan Santos, e contou com a presença de populares, secretários municipais e servidores públicos aplaudiram a chegada da nova secretária.

Bastante empolgado com a chegada de Koelyne Barbosa, na pasta social que se soma aos trabalhos da prefeitura, o Prefeito Ivan Neto, comentou da competência e ousadia da nova gestora da SAS.  “Sei que temos muitas coisas por fazer, mas a nova secretária certamente dará conta do recado por ser uma pessoa competente. Estamos entregando a SAS com uma equipe eficiente e responsável que tenho certeza irá auxiliar a nova secretária para realizar um trabalho responsável e competente à altura do que merece a população de Aratuba”, disse o prefeito Ivan Neto.
Koelyne Barbosa  ao lado de sua mãe e esposo
A indicação de Koelyne Barbosa como Secretaria de Assistência Social movimentou as redes sociais, repercutindo positivamente. Ela já é conhecida pelo seu estilo de trabalhar, valorizando o servidor pelo mérito do seu esforço, e promovendo a qualidade de vida como umas das principais metas de sua carreira. "Essa é a Koelyne Barbosa que conhecemos, uma mulher que não tem vaidades, não se preocupa em ser chamada de Secretária. Ela se preocupa em trabalhar por uma educação de qualidade e agora pelo povo aratubense na área social”.

Koeline é uma pessoa que tem uma capacidade de trabalho extraordinário, e já é considerada a madrinha das famílias em situação de risco e vulnerabilidade social. Sua ida para a pasta da SAS possibilita a execução de um grande trabalho direcionado para a população mais pobre de Aratuba.

A Secretária empossada, Koelyne Barbosa, não esconde a alegria em trabalhar direto com o povo de Aratuba. “É uma grande responsabilidade. Disso tenho consciência. O ser humano deve estar preparado para os desafios. E esse cargo que acabo de assumir, é um grande desafio. Tenho certeza que, junto com a equipe da SAS, vamos ter sucesso e fazer com que a população de Aratuba tenha o atendimento necessário no que diz respeito à Assistência Social”, declarou.

O quadro de assessores, do primeiro escalão, da prefeitura cresceu muito com a chegada de Koelyne não dúvidas de que este novo momento do executivo é um ganho para o povo, ela vai impulsionar os trabalhos sociais que já vinham sendo conduzidos nesta área dando uma nova dinâmica para a administração de Ivan Neto. 

Dobra número de alunos no ensino superior durante governos Lula e Dilma. Já são mais de 7 milhões

Primeiro brasileiro sem diploma universitário a chegar à Presidência, Lula promoveu uma revolução no ensino superior. Construiu 14 novas universidades federais. Espalhou extensões universitárias pelo interior do país. Implantou o Reuni, ampliando a oferta de cursos e vagas nas universidades federais que já existiam. Criou o ProUni, que garante o acesso de estudantes carentes às faculdades privadas. Dilma continuou a obra de Lula, e em dez anos o Brasil dobrou o número de matrículas em instituições de educação superior: de 3,5 milhões em 2002 para  mais de 7,1 milhões em 2014. E tudo começou com um presidente que tinha apenas o diploma de torneiro mecânico do Senai.

Seduc lança aplicativo para alfabetização de crianças

luz do saber
Com o objetivo de contribuir para a alfabetização de crianças e promover a inserção na cultura digital, a Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) lançou este mês o aplicativo gratuito Luz do Saber. O projeto existe desde 2011 e visa atender as necessidades de crianças que não foram alfabetizadas na idade adequada.

O software já estava disponível para download e instalação em computadores, mas agora torna-se adequado também para utilização em dispositivos android, como smartphones e tablets.
Ele é embasado nas teorias de Paulo Freire e considera contribuições de Emília Ferreiro e Ana Teberosky, pesquisadoras que tratam da psicogênese da língua escrita, ou seja, de como as crianças se apropriam da língua no processo de alfabetização.
Espera-se, com a utilização deste aplicativo, que a alfabetização e os processos de leitura e escrita tornem-se mais prazerosos e lúdicos para as crianças, ao transportá-las para plataformas cada mais comuns no seu dia a dia, como as novas tecnologias digitais.
O aplicativo possui cinco módulos: “Começar”, “Ler”, “Escrever”, “Aplicativos” e o “Professor”. O primeiro é composto por 10 atividades que estimulam através de jogos, o conhecimento dos fonemas e grafemas que compõem o nome do aluno e, paralelamente, desenvolve as competências necessárias ao uso do mouse e do teclado.
O módulo “Ler” permite que o professor adapte as atividades ao contexto do aluno ou realize alterações nas aulas já existentes. Existem, atualmente, 36 atividades nas quais o aluno pode desenvolver de modo lúdico, as competências necessárias para aprendizagem da leitura e escrita.
Com Seduc
Fonte: Ceará Agora

PF prende assessor do Ministério do Trabalho e Emprego

pf
A Polícia Federal prendeu na manhã desta segunda-feira, 23, Fábio Batistello, Assessor Parlamentar do Ministério do Trabalho e Emprego, em Caxias do Sul, após receber um cheque no valor de R$ 7 mil. Segundo a PF, o repasse seria para facilitar a emissão de uma carta sindical. A ação foi feita com a Gerência Regional da Pasta.

“A prisão ocorreu no momento em que o Assessor solicitava e recebia vantagem indevida para liberar procedimento de registro do Sindicato dos Promotores de vendas de Caxias do Sul e região junto ao Ministério do Trabalho e Emprego”, informou a PF em nota.
De acordo com a PF, o assessor atuava em Brasília. A representante de um sindicato ligado ao comércio denunciou Fábio Batistello. Segundo ela, o assessor vinha pedindo R$ 10 mil desde setembro para resolver problemas na documentação.
A PF informou que na sexta-feira, 20, ele teria dito à representante que era “a última chance” para resolver a demanda. Eles marcaram um encontro na manhã desta segunda, na sede do Sindicato.
A representante da entidade procurou a gerência do Ministério do Trabalho e Emprego em Caxias do Sul. Preso em flagrante, ele afirmou que apenas oferece “serviços de consultoria”.
O assessor, afirmou a Polícia Federal, responderá por corrupção passiva, cuja pena é de reclusão, de 2 a 12 anos, e multa.
Ministério do Trabalho
O Ministério do Trabalho e Previdência Social informou nesta segunda-feira que demitiu o assessor parlamentar Fábio Battistello, preso pela PF em Caxias do Sul (RS. A Pasta informou em nota que abriu contra Battistello um processo administrativo disciplinar.
“Estas ações foram tomadas a partir da realização de operação da Polícia Federal que, acionada pela Gerência Regional do MTPS em Caxias do Sul (RS), prendeu o servidor em flagrante delito, na manhã desta segunda-feira, 23, em Caxias do Sul. A publicação da exoneração acontecerá na edição de terça-feira, 24, do Diário Oficial da União”, informou o Ministério.
Fonte: Ceará Agora

Manifestações em cidades brasileiras pedem saída de Cunha

cunhacalado
Manifestações contrárias ao presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) ocorrem pelo País nesta segunda-feira, 23. Os protestos foram convocados nas redes sociais pelo grupo Levante Popular da Juventude e estão previstos para ocorrer em ao menos 11 cidades. Nos locais onde os atos já começaram, manifestantes dos grupos LGBTs, Negritude e Mulheres também estiveram presentes.

Aracaju
Integrantes do Levante Popular da Juventude se reuniram na praça Fausto Cardoso, no centro de Aracaju, para pedir a saída de Cunha da Câmara. Segundo os organizadores, a mobilização feita nas redes sociais atraiu cerca de 20 pessoas na capital sergipana. A Polícia Militar não fez estimativa sobre o número de pessoas presentes. O grupo, no entanto, não deixou de chamar a atenção de quem passava. Vestidos com camisetas pretas e tocando tambores, eles gritavam “Cunha, saía daê, o povo não quer você!
“Cunha significa o retrocesso. Nos causa indignação a presença dele na Câmara Federal”, disse Marina Lima, uma das integrantes do grupo. A organização promete outras mobilizações, mas ainda não há data prevista para o próximo ato. “Nós vamos resistir, até Cunha cair”, disseram.
O local escolhido para a concentração fica na área mais central da capital sergipana, em frente ao Palácio Museu Olímpio Campos, antiga sede do governo do Estado. No chão, estenderam um faixa com os dizeres “Fora Cunha”.
Fortaleza
O protesto ‘Fora Cunha’ em Fortaleza ocorreu à tarde na Praça da Bandeira, em frente à Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC), no centro da capital cearense. Participaram da manifestação estudantes universitários e do ensino médio, representantes dos movimentos LGBTs, Negritude e Mulheres que portavam cartazes com frases como “Eduardo Cunha: Inimigo do Povo Brasileiro!”, “O Brasil grita ‘Fora Cunha'” e “Agora o Cunha cai”. De acordo com a PM, cerca de 50 pessoas estavam presentes.
São Luís
Na capital maranhense, jovens do movimento Levante Popular também protestaram pela saída de Cunha. Eles se dizem contrários à forma do parlamentar conduzir a Câmara. Os manifestantes esperavam receber pelo menos 80 apoiadores no ato na praça João Lisboa, centro de São Luís.
Fonte: Ceará Agora

Abertura de novos cursos de medicina é suspensa pelo Tribunal de Contas

medicina_bigthumb706

Crateús, Iguatu, Itapipoca, Quixeramobim e Russas estão entre as 22 cidades das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste selecionadas para receber novos cursos de medicina em instituições particulares. As regiões foram escolhidas por ter uma menor proporção de vagas de graduação e médicos por habitantes. Porém, os candidatos a uma vaga nos cursos devem esperar mais um pouco. A abertura de 2.290 vagas de medicina no país foi suspensa pelo TCU (Tribunal de Contas da União) diante de supostas irregularidades na criação dos novos cursos.
Há dois anos, na esteira do programa Mais Médicos, o governo federal passou a indicar os municípios em que poderiam ser abertas novas vagas de medicina. A partir dessa lista, coube ao MEC, então, selecionar as melhores propostas de faculdades particulares interessadas na disputa.
Essa seleção, entretanto, motivou questionamentos na Justiça e recursos ao TCU, que decidiu paralisar o processo até análise final do plenário. O caso é relatado pela ministra Ana Arraes. O órgão de controle pode anular o processo.
Inicialmente previsto para junho, o resultado final da seleção ainda não foi confirmado. O principal motivo do conflito é a exigência, prevista no edital, de “capacidade econômico­financeira” das mantenedoras.
As escolas argumentam que o documento não explicitou a forma como esse critério seria avaliado, nem indicou que a tarefa caberia à FGV Projetos, contratada pelo ministério. “A FGV estabeleceu nota de 1 a 10 e disse: ‘abaixo da nota 6, não tem condições de abrir [curso de medicina]’. Isso deveria estar no edital, e não estava”, reconheceu o ministro Aloizio Mercadante (Educação) em audiência na Câmara dos Deputados.
Para a ministra responsável pelo tema no TCU, os procedimentos adotados “descumpriram princípios basilares” da Lei de Licitações. “Admitir a publicidade posterior dos critérios de classificação propiciaria ao gestor mal­intencionado escolher a vencedora que lhe aprouvesse”, disse a ministra Ana Arraes em despacho.
Ao todo, o edital motivou sete ações na Justiça. “Fomos desclassificados na primeira fase sem saber o porquê. E esse modelo de avaliação [da saúde financeira] não é aplicável a instituições sem fins lucrativos”, argumenta Antonio da Motta, representante da Unece (União de Educação e Cultura), mantenedora que recorreu ao TCU.
Segundo o MEC, a metodologia adotada pela FGV é “adequada aos termos do edital”. A pasta chegou à pedir ao TCU que o processo fosse retomado, “diante de graves prejuízos para o Programa Mais Médicos”, mas não obteve sucesso. O MEC destacou ainda que encaminhou seus argumentos diante da “decisão cautelar” do tribunal, tomada no mês passado. “O MEC já adotou todos os procedimentos cabíveis para a revisão da medida cautelar determinada pelo TCU, prestando as informações pertinentes à ministra Ana Arraes. No momento, o ministério aguarda a decisão do Tribunal para anunciar a nova data de divulgação dos resultados”, informou em nota. Entre as metas do programa federal, está a criação de 11,5 mil novas vagas de medicina até 2017.
Com Uol.
Fonte: Ceará Agora