Buscar

19 novembro 2015

Marcela Alves deverá ter placas fixadas em sua homenagem nas escolas de Aratuba

Marcela Alves - Cientista 
A Câmara Municipal de Aratuba, Maciço de Baturité, no Ceará, aprovou por unanimidade um requerimento de autoria da vereadora Aila Santana (PR), que indica ao prefeito da cidade a fixação de placas nas Escolas da Rede Municipal homenageando a aratubense MARCELA ALVES, a primeira mulher brasileira na história aceita para o curso de verão do instituto de ciência em da Universidade de Bentley, em Massachusetts no ano de 2014.

A jovem cientista Marcela Alves, até o segundo grau estudou em escola pública na cidade de Aratuba, em seguida se formou em Ciências da Computação pela Faculdade Farias Brito, em Fortaleza, Marcela desde de pequena superou os desafios da pobreza na cidade de Aratuba, no interior do Ceará. Sozinha, aprendeu a falar inglês e conseguiu chegar aos Estados Unidos com reconhecimento.

Desde criança, Marcela estudava muito, apesar das limitações no início. “Quando ela nasceu, sua família morava num sítio. [Quando ela cresceu], ainda não tinha escola lá. Foi com a centenária Albertina Farias que a ilustre Marcela Alves aprendeu as primeiras letras, ele ia para a capela aonde Dona Albertina reunia as crianças carentes montada em um jumento ou na garupa da bicicleta de seu irmão. Foi lá onde tudo começou. Marcela disse recentemente em entrevista na rádio Verdes Mares que quando estava nos Estados Unidos, lembrava de tudo isso.

Na adolescência, Marcela passou a estudar inglês por conta própria. “Como eu gostei muito de estudar, eu decidi estudar inglês em casa, sozinha, sem ninguém para treinar comigo. Eu tinha noção das regras de inglês, mas eu não sabia a pronúncia das palavras direito porque eu não tinha ninguém para conversar comigo”, explica.
Aila Santana - Vereadora

Segundo a parlamentar Aila Santana, que também é professora, o atendimento deste requerimento faz justiça a esta ilustre filha de Aratuba, uma estudante dedicada que superou todas as dificuldades que a pobreza causa a um ser humano e se tornou referência internacional no universo da educação. “É importante destacar que a referida homenagem vai incentivar os estudantes de Aratuba a trilharem o caminho do sucesso que Marcela percorreu até se tornar uma vencedora”, acrescentou. 

Depois de aprovado, o requerimento segue para despacho do poder executivo em Aratuba.

Fonte: Ceará em Foco

Feira de Profissões promove vivências e orientações na Faculdade do Maciço de Baturité

Escolher uma carreira profissional não é uma tarefa fácil. Para ajudar estudantes do Ensino Médio de escolas públicas e particulares que ainda não decidiram qual curso superior optarão nos próximos anos, a Faculdade do Maciço de Baturité (FMB), realizou durante toda esta quinta-feira (19), a FEIRA DE PROFISSÕES. O evento recebeu jovens de todo Maciço de Baturité.
A Feira de Profissões foi mais uma das iniciativas da Faculdade do Maciço do Baturité – FMB. O evento contou com a participação de escolas de Baturité (Liceu Domingos Sávio), Aracoiaba (Escola Almir Pinto), Capistrano (Ubiratam Diniz de Aguiar) e Mulungu (Prof. Milton Façanha Abreu).
Os estudantes do ensino médio tiveram palestras sobre orientação profissional e a oportunidade de se integrar com os alunos dos cursos de graduação da Faculdade que lhes apresentaram suas profissões de forma lúdica e criativa.
As salas foram ornamentadas pelos alunos de graduação de forma que os visitantes pudessem compreender as formas de atuação da administração através da gestão empresarial, do empreendedorismo e marketing. A pedagogia, por sua vez, deu ênfase na atuação do pedagogo na escola, na saúde e em ambientes empresariais.
Segundo o Professor Edilson Castro, Diretor da FMB, a intenção do evento é colocar os adolescentes em contato com suas futuras profissões. “A gente sabe que eles leem muitas coisas em livros e site, mas nossa intenção não é só realizar palestras. Queremos que eles tenham uma vivência prática da carreira e da profissão para o aluno”, explicou. 
Os efeitos sobre os alunos da educação básica foram positivos, e conforme podemos observar nos relatos: "Esta sendo interessante, pois esta possibilitando conhecer o mercado de trabalho e as profissões. Além de ser outra opção para nós jovens buscarmos uma área de formação" (Aluno do 3º ano da Escola Ubitaram Diniz).
Por outro lado, as experiências de formação inicial para os alunos de graduação se expressam nos comentários: "Participar da feira das profissões está sendo uma grande satisfação para que assim possamos repassar todos os nossos conhecimentos para os demais alunos. E que eles possam conhecer nossos projetos e as várias áreas de ação do profissional. A importância de uma boa escolha em relação ao seu futuro" destacou Bruna Felix, aluna de graduação em Pedagogia da FMB.
Vale destacar o apoio das diretorias e coordenações de escolas participantes que se mostraram sensíveis a necessidade de orientar os alunos da educação básica sobre a preparação para o mercado de trabalho e o desafio do ensino superior.
Por fim, o engajamento dos alunos revela o modelo de profissional preparado na IES e, que as inscrições do vestibular 2016.1 já estão abertas. Processo seletivo esse que será realizado no dia 29 de novembro do ano em curso.

Faculdade do Maciço de Baturité. Seu Sonho ao Seu Alcance!

GALERIA DE FOTOS
 

Faculdade do Maciço de Baturité está realizando Feira de Profissões

Durante todo o dia desta quinta-feira, (19), a Faculdade do Maciço de Baturité (FMB), promove a FEIRA DE PROFISSÕES, uma iniciativa inserida na grande de programações e eventos da instituição.
A Feira tem o objetivo de oferecer aos jovens que estão prestes a definir seu futuro profissional informações fundamentais sobre os cursos da FMB: disciplinas, grade de estudos, duração, estágios e mercado de trabalho.
Para isso, professores, alunos e funcionários da Faculdade, especialmente preparados, estarão à disposição para tirar as principais dúvidas dos visitantes, distribuindo material informativo, realizando experimentos científicos e apresentando ferramentas que ilustram o cotidiano das principais áreas de formação que a Faculdade oferece. Na Feira, o público poderá obter informações sobre os vestibulares ofertados pela FMB.
O evento está sendo realizado na sede da Faculdade, localizada na Rua Edmundo Bastos, S/N, em Baturité. O evento é gratuito e aberto ao público.
Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (85) 3347 2774.

EVENTO PERÍODO MANHÃ
 
 
 

Confira a coleção CELEBRATION da loja Francy's Fashion

 

 

Whatsapp 85 86136187 / 85 8803 3074 Enviamos para todo Brasil! 

Uso do capacete reduz em até 40% risco de morte de motociclistas

destaque banner uso capacete2
O capacete é o item de segurança mais importante para os motociclistas. Mesmo assim, o seu uso ainda não recebe a devida importância por todos os condutores. No Ceará, 67,5% dos motociclistas sempre utilizam capacete, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde, divulgada este ano pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pelo levantamento, 32,5% dos motociclistas do Estado não têm como hábito o uso do capacete, comportamento que revelado nas estatísticas de mortos e sequelados em acidentes de trânsito envolvendo motocicletas. Considerado pelo Governo do Estado item essencial de consumo da população, o capacete foi incluído na mensagem de nº 7.905, já em tramitação na Assembleia Legislativa, para redução da alíquota do ICMS de 12% para 7%, como forma de incrementar o uso pelos motociclistas.



Estudo sobre segurança no trânsito da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostra que usar capacete corretamente reduz em até 40% o risco de morte e em até 70% as chances de sofrer ferimentos graves na cabeça. O Ministério da Saúde, por sua vez, aponta estudos mostrando que o uso de capacetes pode prevenir cerca de 69% dos traumatismos crânio-encefálicos e 65% dos traumatismos da face. O capacete é um item de segurança obrigatório para os motociclistas, conforme o Código Brasileiro de Trânsito (CTB), e é fundamental para evitar consequências mais graves em acidentes de trânsito. Quem não usa o capacete, além de colocar a própria vida em risco, comete uma infração gravíssima, com multa de R$ 191,54 e suspensão direta do direito de dirigir.



Em 2014 foram registrados no país mais de 127 mil internações por conta de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas, o que representou gasto de R$ 183,1 milhões para o Sistema Único de Saúde (SUS). No Ceará foram 732 mortes. A partir de 2010, o maior número de óbitos ocorreu em 2012, com 841 mortes de motociclistas e garupeiros, de acordo com o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde. O Instituto Dr. José Frota (IJF), principal hospital de referência em traumas do Ceará, os atendimentos a acidentados com motocicletas somaram 7.382 pacientes no primeiro semestre de 2014 e 6.755 pacientes no mesmo período deste ano. No Hospital Regional do Cariri (HRC), do Governo do Estado referência em trauma para toda a macrorregião do Cariri, foram realizados 3.782 atendimentos a motociclistas acidentados em todo o ano de 2014, com 14 mortes, e 2.677 atendimentos até setembro deste ano, também com 14 óbitos.


perso


O jovem Wallison Rodrigues Rofino, 21 anos, morador de Juazeiro do Norte, está entre os 2.677 atendimentos feitos este ano no HRC. Ele já sofreu dois acidentes com a sua moto. Em um dos acidentes  ele conta que se não fosse o capacete teria morrido: "um carro me trancou no trânsito. A motorista ao me socorrer perguntou logo se eu não tinha machucado a cabeça, e respondi que não. Quando tirei o capacete percebi que bati sim a cabeça no chão. O capacete ficou bem destruído, mas eu não tive nada na cabeça". Teve a perna quebrada. Ele faz um alerta: "todas as pessoas que usam moto tenham todo o cuidado do mundo, é preciso ter atenção com você e com as outras pessoas e, claro, sempre usar capacete afivelado". Walisson Rodrigues Rofino está há 10 dias recebendo cuidados no HRC.  


Além de reduzir o imposto sobre o capacete dos motociclistas, o Governo do Estado iniciou este ano outras ações com o objetivo de reduzir os acidentes com motocicletas e suas consequências. Em março o Detran e a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) deram início às operações de fiscalização desses condutores e, até junho, foram apreendidas 1.773 motocicletas e autuados 1.655 motociclistas com base na Lei Seca. Nas rodovias estaduais, o número de mortes em consequência de acidentes com motos diminuiu 11,26% no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a junho, foram 151 mortes nas CEs em 2014 e 134 neste ano

Marthina Brandt, do RS, vence o Miss Brasil 2015

A Miss Rio Grande do Sul, Marthina Brandt, foi escolhida na noite desta quarta-feira (18) a Miss Brasil 2015. A gaúcha de Bom Princípio concorreu ao título com a Miss Santa Catarina, Sabrina Meyer, que ficou em segundo lugar. Jéssica Vilela, que representou São Paulo na disputa, terminou em terceiro lugar.
A 61ª edição do concurso aconteceu no Citibank Hall, em São Paulo. A cearense Melissa Gurgel, vencedora de 2014, entregou a coroa e a faixa para sua sucessora. Arianne Miranda, Miss Ceará, não ficou entre as 15 candidatas selecionadas na primeira rodada.
Com 1,76m de altura, 92cm de quadril, 65cm de cintura e 86cm de busto, Marthina vai representar o Brasil no Miss Universo, em Las Vegas, dia 20 de dezembro. Ela já embarca para os Estados Unidos no próximo dia 1º. 

Perfil 

Desde 2012 em busca de uma vaga no concurso (quando participou pela primeira vez do Miss Rio Grande do Sul, não chegou a ficar nem entre as 15), além de português, a gaúcha fala inglês, alemão, italiano e espanhol, é modelo há mais de dez anos e já estudou teatro e comunicação. Atualmente a beldade é estudante de direito.
Em entrevista ao Ego, a mãe da Miss Brasil 2015, Jaqueline, contou que a filha, apesar de magra, não vive de dieta. "Adora a massa caseira que eu faço. E come mesmo. Acho que, por ela comer bastante comida caseira, suco natural, fruta, isso ajuda. Eu a criei com uma alimentação saudável". 
Para a tristeza dos marmanjos, Marthina é comprometida, mas preferiu não revelar o nome do sortudo.

 
 
Fonte: DN