Buscar

27 outubro 2015

Baturité: Arma de fogo apreendida e veículo recuperado após assalto


Por volta das 18h30min do dia (24), a Polícia Militar foi acionada para uma ocorrência em que dois indivíduos roubaram um veículo, próximo ao campo de futebol municipal de Aratuba.
Cientes da ocorrência a composição da Viatura CP-4813, Soldados Dantas, Braga, Brilhante e R. Santos, deslocaram-se até o local, onde foram informados por populares do rumo tomado pelos indivíduos. Os infratores foram localizados na localidade de "CANTINHO" zona rural de Aratuba. Durante a abordagem o policiamento foi recebido com disparos. Após troca de tiros um dos elementos foi "neutralizado" com um tiro na perna esquerda, o outro não mais esboçou reação.
Com os acusados, Antônio Marcos de Sousa Carmo, 27 anos e Adailson Vitor silva de Freitas foram encontrados 01(um) revolver calibre 38, capacidade para 06 munições, e 1 unidade munição calibre .38 deflagrada, bem como veiculo automóvel, ano/modelo 2010/2011, cor vermelha.
Os elementos foram conduzidos para o hospital e posteriormente a Delegacia Regional de Baturité, onde foram autuados por Roubo e Porte Ilegal de Arma de Fogo. O individuo Antônio Marcos de Sousa Carmo era foragido e com varias passagens pela policia, como: roubo, receptação e tráfico de drogas ilícitas.



Fonte: PM/CE

CGU vai retomar projeto de Ariosto Holanda que combate a corrupção

ariostooO secretário Giles Azevedo, assessor especial da presidente Dilma Rousseff, agiu com rapidez ao receber do deputado federal Ariosto Holanda (Pros) o Projeto Infovias a Serviço da Transparência. Telefonou para Valdir Moysés Simão, ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU), que logo deu resposta ao deputado.
No mesmo dia, o gabinete do ministro Valdir Simão ligou para o parlamentar cearense para agendar encontro com o pessoal de tecnologia da informação da CGU para discutir o projeto. Em seguida, Ariosto Holanda pediu ao superintendente do Instituto Atlântico, Francisco Moreto, e ao gerente da instituição, Francisco Siqueira, para atualizar o projeto Infovias da Transparência para apresentar na CGU.
O projeto Infovias usa computador e Internet para fiscalizar o dinheiro dos órgãos públicos a atende a uma necessidade de se implantar no país um sistema de informações contra a corrupção. O projeto, na sua concepção inicial, trata da implantação de uma estrutura de processamento de informações que disponibilizaria para a população informações sobre a aplicação de recursos públicos nas esferas municipal e estadual e deveria contar com o apoio do Ministério Público no acompanhamento, divulgação e denúncias sobre a aplicação indevida dos recursos.
O piloto do projeto Infovias, idealizado por Ariosto Holanda e desenvolvido pelo Instituto Atlântico, pretendia dotar cada município do Ceará de um computador com acesso público às contas da Prefeitura e de todos os recursos recebidos de transferências dos governos estadual e federal. A visibilidade das informações atualizadas, que serão mantidas em um banco de dados integrado à Internet, estará disponível em um micro colocado em sala do Ministério Público ou Judiciário, com um monitor treinado para orientar a fiscalização dos números por qualquer cidadão interessado.
O projeto foi elaborado com base em informações técnicas fornecidas por membros do Ministério Público, CGU, Tribunal de Contas do Estado do Ceará e Tribunal de Contas dos Municípios cearenses. Um software de inovação tecnológica faria o gerenciamento de toda operação com níveis de segurança da informação.
A infraestrutura iria promover o acesso do Ministério Público de cada município aos dados dos tribunais e controladorias da União e disponibilizar as informações pertinentes aos cidadãos. A tecnologia envolvida na operação utilizaria acesso por satélite à Internet de banda larga, bancos de dados e redes sem fio na parte terrestre.
“É uma ação educativa que mostra a transparência da movimentação e como estão sendo aplicados os recursos públicos pelos municípios”, diz Ariosto Holanda. Outro objetivo da infraestrutura é obter um efeito inibidor dos desvios e superfaturamento nas compras do órgão público, ao permitir conhecer a que se destinam os recursos recebidos, de modo a comparar os dados com a execução dos projetos.
Fonte: O POVO

Ação do MPCE requer iluminação pública em Barbalha

FOTO: REPRODUÇÃO TV DIÁRIO
FOTO: REPRODUÇÃO TV DIÁRIO
O Ministério Público do Estado do Ceará, através do promotor de Justiça da comarca de Barbalha, Francisco das Chagas da Silva, ajuizou, no dia (22/10), uma ação civil pública contra aquele município e a COELCE, com pedido liminar, consistente na obrigação de prestar o serviço de iluminação pública nas ruas próximas ao colégio Josefa Alves, ao Fórum de Barbalha e nos demais bairros da cidade em que os consumidores recolhem mensalmente a contribuição de iluminação pública, na fatura de energia cobrada pela COELCE, sem dispor do respectivo serviço.
Diante de reclamação feita no Ministério Público, por meio de um abaixo- assinado dos moradores da rua Francisco Ferreira de Araújo, sob o argumento de que existem apenas os postes sem as luminárias, a 1ª Promotoria de Justiça instaurou um procedimento administrativo para apurar a possível não prestação de serviços ferindo assim os direitos dos consumidores e a omissão do Poder Público.
Ficou comprovado que, embora os consumidores já recolhessem a contribuição de iluminação pública há vários anos, o Município de Barbalha e a COELCE não têm cumprido com a obrigação de prestar a iluminação pública, evidenciando o descaso do ente público em solucionar o problema. Além de se sentirem lesados pelo poder público, que não oferece a contraprestação do serviço de iluminação pública, os moradores dos bairros sofrem com o problema da segurança em seus lares e ruas, haja vista o aumento, nessas áreas, da prática de roubos e assaltos, facilitada pela precariedade da iluminação pública.
No mérito, o Ministério público pede a condenação do Município e da COELCE na obrigação de fazer, consistente em prestar de forma eficiente o serviço de iluminação pública, através da colocação dos postes situados nas vias públicas com as respectivas luminárias e lâmpadas, bem como em danos materiais e morais coletivos, por violação aos direitos dos consumidores.
Fonte: Ceará Agora

Sejus tem recorde de inscritos no Enem Prisional

Sejus Banner
A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus), por meio da Coordenadoria Educacional do Sistema Penitenciário (Cespe), atingiu mais um recorde na inscrição de internos do sistema prisional no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) Prisional. Ao todo, 58 unidades prisionais aderiram ao exame, com 1.698 alunos inscritos no Enem. Neste ano, houve um acréscimo de 44,3% no número de inscritos em relação ao ano passado (1.167). As provas serão realizadas nos dias primeiro e dois de dezembro, nas próprias unidades prisionais dos inscritos.

“Ano após ano percebemos o interesse dos internos do sistema penitenciário em participar do exame nacional de certificação. No caso do Enem, é muito gratificante trabalhar e ver os alunos se envolvendo e se interessando pela educação e pelo conhecimento”, cita o assessor educacional da Sejus, Rodrigo Moraes.

A Sejus, em parceria com a Secretaria de Educação do Estado (Seduc) tem como objetivo certificar os alunos que não conseguiram a certificação de conclusão do Ensino Médio na idade apropriada e também dar a oportunidade de acesso às faculdades através da seleção do Programa Universidade para Todos (Prouni), Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

O estudo é também uma das formas que o apenado tem para remir sua pena. De acordo com a legislação, o preso tem o benefício da remição autorizado pelo juiz quando comprovadas 12 horas de estudo. A cada 12 horas, ele reduz um dia de pena.


Cantores fazem campanha por doação de medula para uma criança

ajude-a-mine-campanha
“Mine” (Foto: Reprodução)
Uma grande campanha tem sido feita na internet em prol de uma menina de dois anos. A pequena Yasmine Holanda Magalhães foi diagnosticada com um tipo raro e agressivo de leucemia – a Leucemia Mielomonocítica Juvenil (LMMJ) – e a única opção de tratamento é otransplante de medula óssea. A família e os amigos da criança estão em uma verdadeira força-tarefa em busca de sensibilizar as pessoas e incentivar a doação de medula.
A doença atinge 1 em 1 milhão. Em média, a chance de achar um doador é 1 em 100 mil. Como não há nenhum tratamento quimioterápico que resolva, Yasmine agora corre contra o tempo. Quem entrou na corrente do bem#AjudeaMine foram os cantores Wesley SafadãoSolange Almeida e Samyra Show. Em suas redes sociais, os forrozeiros pedem a ajuda de todos que puderem salvar a vida de “Mine”.
Wesley pediu em seu Instagram que todos os seus seguidores se cadastrassem em um hemocentro para se tornarem doadores de medula. “É um procedimento simples pra quem doa, mas que pode devolver a vida essa princesinha”, escreveu. Com a hashtag #JuntosPorYasmine, Solange fez o mesmo pedido aos seguidores para que fosse encontrado um doador o mais rápido possível. “Faz bem e não dói! Ela só precisa de uma medula óssea pra continuar sorrindo!”, publicou.
Quem quiser doar, basta ir a um hemocentro. Para isso, é preciso ter entre 18 e 55 anos, não ter tido câncer e apresentar um documento de identidade. Será coletado uma amostra de sangue de 5 a 10ml para a realização de testes de compatibilidade das características genéticas entre o doador e o paciente. Caso sejam compatíveis, o doador é chamado para outros testes e para a doação. A quantidade de medula doada é de apenas 10% da medula total. Em 15 dias, ela já estará recomposta.
Fonte: FM 93

145 anos – Parabéns Quixadá! Parabéns Quixadaenses!

Quixadá-Lago-dos-Monólitos-com-vista-da-Pedra-do-Cruzeiro
Bela de todos os ângulos! Abençoada por Deus com cenários naturais de tirar o fôlego e mãe de um povo corajoso, batalhador e cheio de sonhos, Quixadá completa neste dia 27 de outubro de 2015 seu centésimo quadragésimo quinto aniversário. 

Não é, certamente, o momento mais oportuno para nos deixarmos levar por esta ou aquela corrente política ou fazermos deste dia um montão de debates inúteis. O dia é para ser comemorado com alegria e respeito; respeito pela história de um lugar e de um povo que não se deixa abater nunca diante das dificuldades que enfrenta e que sabe erguer-se após as tempestades, sem rendições, sem retrocessos, com virtude e honra.
Nossos monólitos – reverenciados por todo o mundo por sua incomparável beleza -, são símbolos apropriados da força da nossa gente e anunciam que Quixadá nasceu para ser grande, para dar a sua contribuição à história não apenas como ponto passivo no tempo, mas como agente de transformação, catalisador de mudanças positivas e impulsionador do progresso. É isto, de fato, que o município tem sido ao longo dos anos.
Da casa, capela e curral erguidos por José de Barros, Quixadá tornou-se nestas quatorze décadas e meia a cidade referência da região central do Estado, estratégica no comércio – para onde afluem os negócios de boa parte dos cearenses -,  nos serviços de saúde, símbolo cultural, um dos mais belos cartões postais do Brasil e muito mais!
Apesar das inegáveis dificuldades políticas e econômicas atualmente enfrentadas, o futuro continua bastante promissor para a terra em que nasceu o poeta Cego Aderaldo, imbatível na rima e no repente e para quem um belo monumento foi erguido no Terminal Rodoviário da cidade. Do alto de seus 145 anos, Quixadá pode se orgulhar de já ter superado períodos muito mais turbulentos.
Filho do vizinho Quixeramobim, o município ascendeu no decorrer dos anos a uma posição de incontestável liderança regional. Com uma história de conquistas tão exitosa e riquezas naturais que qualquer terra gostaria de ter, não é à toa que no coração de seus filhos esteja sempre presente o sentimento de esperança de dias mais felizes e prósperos. 

Parabéns Quixadá! Parabéns Quixadaenses!

Criança de Aratuba precisa de ajuda para fazer cirurgia de doença rara nos olhos

“A doença dele é do tipo raro se não for tratada, acompanhada por profissionais, pode levar a danos irreparáveis”.

Um menino de apenas cinco anos, morador de Aratuba, no Ceará, Maciço de Baturité, luta contra o tempo para não perder completamente a visão. Adrian Nogueira foi diagnosticado com estrabismo, miopia no olho direito e astigmatismo também no olho direito, um caso raríssimo que precisa de intervenção cirúrgica urgente. 

Para tentar evitar o pior, a família do garoto começou a utilizar as redes sociais para divulgar a situação de Adrian e arrecadar cerca de R$ 6 mil necessários para custear uma cirurgia que ele precisa enfrentar.

Na busca por uma solução para a doença do filho, a sua mãe, a dona de casa, Ana Maria Nogueira, tem contato o seu dilema através das redes sociais, visando sensibilizar a população para ajudar a arrecadar o valor necessário, a princípio, para a intervenção cirúrgica.

A mãe da criança conta que a família vem vivendo este drama durante anos, pois a demora em conseguir a cirurgia pelo SUS tem sido longa e dolorosa. 

Adrian é uma criança doce, cheio de vida e expectativas, quem tem a oportunidade de conhecê-lo, se encanta por ele no primeiro contato. Porém se Adrian for esperar por uma vaga no sistema único de saúde, poderá perder a chance de ter uma vida completamente saudável. Ana Maria já recebeu a ajuda de várias pessoas, entretanto ainda tem um longo caminho a percorrer para virar definitivamente este capítulo triste da vida de seu filho.

Na corrida contra o tempo, Ana Maria torce para que a solidariedade das pessoas leve seu filho a conseguir o dinheiro suficiente para a cirurgia. “Ele precisa fazer essa cirurgia urgentemente e começar, o quanto antes, esse acompanhamento com um especialista. Só Deus sabe o quanto os pais do pequeno Adrian estão sendo forte por ele”.

AJUDE O PEQUENO ADRIAN

CONTA BRADESCO
AGÊNCIA: 0704-8
CONTA: 0013749-9
ANA MARIA ALVES NOGUEIRA

Sistema de Informações Policiais está suspenso para manutenção

concurso-policia-civil-do-ceara-300x210
O Sistema de Informações Policiais (SIP), utilizado pela Polícia Civil do Estado do Ceará, passará por uma manutenção preventiva na noite desta segunda-feira (26). A ação deverá migrar os dados do sistema para o storage (equipamento de grande porte para espaço físico dos dados) principal da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A manutenção teve início a partir  às 18 horas de hoje e deve se estender até às 08 horas de amanhã (27). A migração do sistema irá otimizar o trabalho dos policiais, melhorando a performance do programa.

Mesmo com o sistema fora do ar, os trabalhos nas delegacias ocorrem normalmente. Os procedimentos policiais serão realizados no modo off-line e, logo após a manutenção, transferidos para o SIP.
Fonte: Ceará Agora

Bancos privados encerram greve e atividades reiniciam nesta terça

Bancos privados no Ceará voltam a atender nesta terça-feira, 27, após os bancários aceitarem proposta de reajuste em 10%, aplicáveis aos salários, benefícios e participação nos lucros, além de correção de 14% no vale-refeição e no vale-alimentação.
Os bancos aceitaram ainda abonar 63% das horas dos trabalhadores de 6 horas, de um total de 84 horas, e 72% para os trabalhadores de 8 horas, de um total de 112 horas. Assim, após a volta ao trabalho, os bancários irão compensar, no máximo, uma hora por dia útil, até o dia 15 de dezembro.
Os bancários do Banco do Nordeste (BNB) decidiram pela continuidade da greve por 113 votos contra 96 de pessoas que aceitaram a proposta. Os funcionários do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal seguem reunidos em assembleia.
Fonte: Ceará Agora

Pesquisa revela que 55% não votariam em Lula nas eleições de 2018

lula
Pesquisa Ibope, divulgada nesta segunda-feira (26/10) pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, revela que a rejeição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aumentou. Segundo o levantamento, o percentual daqueles que dizem que não votariam de jeito nenhum em Lula aumentou de 33% (maio de 2014) para 55%. O índice dos que votariam no ex-presidente em 2018 é de 23%. Em maio do ano passado, o percentual de possíveis eleitores era de 33%.

O levantamento, realizado entre os dias 17 e 21 de outubro, pesquisou o potencial de voto de alguns dos principais políticos que podem vir a disputar a presidência da República em 2018.
O Ibope também testou os nomes dos tucanos Aécio Neves, Geraldo Alckmin e José Serra, além de Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT). A rejeição a Lula foi a maior entre todos os nomes testados. Mas os outros nomes também apresentam aumento na rejeição. De acordo com o Ibope, cresceu o percentual dos que não votariam de jeito nenhum em Aécio (de 42% para 47% em um ano), em Marina (de 31% para 50% em um ano) e em Serra (de 47% para 54% em dois anos). Não há comparativo para a rejeição a Alckmin e a Ciro Gomes, ambos com rejeição de 52%.
Apesar da rejeição, o índice dos que votariam em Lula é maior do que a dos adversários: 23%. Aécio Neves aparece com 15%, seguido por Marina, com 11%. Serra tem 8%, Alckmin tem 7% e Ciro, 4%.
Ainda segundo o Ibope, na soma de eleitores que votariam com certeza ou poderiam votar, há empate técnico entre Aécio (42%), Lula (41%) e Marina (39%). Serra e Alckmin ficam, respectivamente, com 32% e 30%. Ciro aparece com 20%.
Lula é o mais conhecido entre os políticos, já que apenas 2% o desconhecem. Ciro é o mais desconhecido, por 24% dos eleitores. E 19% não conhecem Alckmin. O percentual sobre Aécio chega a 9% e para Marina, 10%. No caso de Serra, 11% o desconhecem.
As taxas não somam 100% porque um eleitor pode apontar que votaria em mais de um candidato ou que não votaria em nenhum deles.
Com informações do O Globo
Fonte: Ceará Agora

Relator do Orçamento mantém posição e diz que vai ter corte no Bolsa Família

Ricardo Barros
De acordo com matéria do O Globo nesta segunda-feira, 26, o relator do Orçamento da União de 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), disse, em reação à pressão do Palácio do Planalto,  que vai para o debate com o governo e mantém sua posição de cortar R$ 10 bilhões do programa Bolsa Família. Ricardo Barros disse ao Globo que seu papel é fechar as contas do Orçamento de 2016, que foi enviado ao Congresso com um rombo de R$ 30,5 bilhões, e que precisa cortar despesas. Ele disse que seu papel será propor o corte, e o do governo, de propor a recomposição da verba.

O Bolsa Família tem um orçamento previsto de R$ 28,8 bilhões para 2016, e a redução de R$ 10 bilhões seria um corte de 35% no valor global. Como relator, o deputado apresenta uma lista de propostas, mas a Comissão Mista de Orçamento (CMO) e o plenário do Congresso precisam aprovar suas sugestões dentro do projeto de lei. O Orçamento é uma previsão de receitas e uma fixação de despesas que têm que ter exatamente a mesma conta de chegada. Com a queda na arrecadação, a receita será menor, e é preciso cortar mais despesas.
Em entrevista após a reunião de coordenação política com a presidente Dilma Rousseff, pela manhã, o ministro Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo) disse que é possível fechar o Orçamento de 2016 sem cortar o Bolsa Família.
Na semana passada, como O GLOBO antecipou, Ricardo Barrros anunciou como alternativas o corte no Bolsa Família e o aumento do chamado imposto da gasolina, a Cide. Ele quer elevar o imposto em R$ 0,40 por litro, o que geraria uma receita extra de R$ 12 bilhões, sendo R$ 9 bilhões para a União e R$ 3 bilhões para os estados. A Cide cobrada na gasolina já é de R$ 0,10, que subiria para R$ 0,50. O problema do aumento do imposto em tempo de crise é a pressão sobre a inflação. “Não tem pressão nenhuma (do governo). Ninguém falou comigo. Vou para o debate. Vou cortar e, depois, eles vão recompor a verba. Esse é o caminho” disse Ricardo Barros.
O deputado disse que há dados sobre o Bolsa Família que mostram que o programa deve, no mínimo, ser alterado. “Há 72% ou 75% dos beneficiários que trabalham, e muitos com carteira assinada e com aposentadoria. Além disso, 10% não sacam o dinheiro. Com esses dados, acham que não deve mexer (em nada)?” disse Ricardo Barros.
O Planalto quer manter o discurso do Bolsa Família e tentar acelerar a votação de outras medidas do ajuste fiscal, que estão paradas. O governo já foi avisado que, diante do clima político contaminado pelas denúncias da Lava-Jato, o Congresso não deve aprovar as principais propostas do ajuste formulado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, em especial a recriação da CPMF, que geraria receita de R$ 32 bilhões.
O governo quer acelerar a aprovação de duas propostas nesta semana: A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que prevê a prorrogação da chamada DRU(Desvinculação de Receitas da União), mecanismo que permite ao governo mexer livremente em parte de suas receitas, enviada pelo governo ao Congresso no dia oito de julho deste ano. A proposta do governo, que quer prorrogar a DRU, é aumentar a alíquota de 20% para 30%. A DRU envolve R$ 121,4 bilhões e faz parte das contas fiscais.
A PEC está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, onde o prazo é de três meses em média de tramitação. Para tentar ganhar tempo, a proposta do governo foi anexada a uma PEC já em discussão, de autoria do atual ministro das Comunicações, ministro André Figueiredo (PDT-CE).
Numa mudança de posição, nesta semana, o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse que há chances de se aprovar a DRU. O deputado Marcos Rogério (PDT-RO) foi escolhido relator da proposta.
Além da DRU, o governo deve conseguir aprovar na Câmara, já nesta terça-feira, o projeto que trata da repatriação de recursos do exterior, apontado pela área econômica como uma das fontes de receitas extras para o governo. A proposta fixa em 17,5% a alíquota do Imposto de Renda a ser paga, além de 100% de multa. Com isso, a carga máxima a ser paga será de 35%. As previsões de receita com a repatriação variam de R$ 40 bilhões a R$ 150 bilhões.
O relator Ricardo Barros não acredita na aprovação da CPMF e que, por isso, precisa fazer ajustes para conseguir enxugar as despesas de R$ 32 bilhões e ainda em pelo menos R$ 6 bilhões, cuja receita viria da contribuição das entidades do chamado Sistema S (entidades de serviços e formação para trabalhadores da indústria e de outros setores da economia). O governo até agora não enviou o projeto retendo parte dos recursos aplicados no Sistema S.
Ricardo Barros já anunciou como alternativas à redução de despesas em programas sociais, em especial no Bolsa Família, a redução da verba do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) como forma de bancar R$ 4,5 bilhões de emendas de bancada impositivas (obras e projetos em cidades dos parlamentares).
O PAC já foi reduzido pelo governo no pacote anunciado em setembro por Levy como forma de reverter o rombo de R$ 30,5 bilhões no Orçamento de 2016 enviado ao Congresso. Em setembro, Levy e Nelson Barbosa (Planejamento) anunciaram a redução de despesas em R$ 26 bilhões, de um lado, e medidas para gerar novas receitas no valor total de R$ 28,6 bilhões, incluindo a recriação da CPMF. Na ocasião, o PAC (sem incluir o Minha Casa, Minha Vida) foi reduzido em R$ 3,8 bilhões em obras gerais e ainda outros R$ 4,8 bilhões diretamente do programa Minha Casa, Minha Vida.
O problema é que boa parte destas medidas não sairão do papel até dezembro. Na prática, a “mágica” de fechar as contas só poderá ocorrer depois que o governo enviar a nova meta de resultado primário de 2015, que tem reflexos no comportamento orçamentário de 2016.
Fonte: Ceará Agora

Operação Carro-Pipa vai atender mais três municípios cearenses

carro pipa
A Defesa Civil do Ceará anunciou na sexta-feira (23/10) que incluirá em seu cronograma o atendimento a mais três centros urbanos com a Operação Carro-pipa. Os municípios que vão receber os carros-pipa são Palmácia, Morada Nova e Acopiara. De acordo com a Defesa Civil, outras três cidades receberam atenção especial. Parambu, no Sertão dos Inhamuns, que já conta com 21 poços construídos pelo governo e terá mais 16 interligados à rede de abastecimento.

Ainda segundo a Defesa Civil, 28 novos poços também começarão a ser perfurados no município. A Operação Carro-Pipa já foi solicitada pela prefeitura do município e agora a Defesa Civil prepara a estrutura para reforçar o atendimento à população. Em Alto Santo, no Baixo Jaguaribe, a adutora com flutuante que já distribui água do açude local está sendo desviada para melhorar a captação.
A Cagece vai iniciar a construção de uma subestação na área para garantir essa captação. Em Apuiarés, zona norte do estado, seis locações estão contratadas e as perfurações dos poços já se iniciam até a próxima semana.
Plano de Convivência com a Seca
As ações nos municípios que receberão Carros-Pipa estão no Plano Estadual de Convivência com a Seca, apresentado pelo governador Camilo Santana, em fevereiro deste ano.
Em março, foi realizado um leilão reverso na Assembleia Legislativa para a contratação de seis empresas que estão construindo sistemas simplificados de abastecimento de água no Ceará. Em julho, foi a vez das adutoras de montagem rápida.
Os recursos para essas obras vieram do pacote de R$ 164 milhões anunciados pelo ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, em junho, em visita ao Ceará. Ainda dentro das ações, foram previstos cerca de R$ 21 milhões no reforço à Operação Carro-Pipa e outros R$ 94 milhões para a implantação de sistemas de abastecimento de água para 30.500 habitantes de 64 comunidades rurais cearenses situadas ao longo Eixo Norte do Canal de Integração do Rio São Francisco, captando água do próprio Canal.
Fonte: Ceará Agora

Hoje é Aniversário do vice-prefeito de Capistrano José Rocha (Rochinha)

José Távora Costa, conhecido por todos como Rochinha, com seu talento e carisma vem construindo uma história de sucesso no maciço de Baturité. Rochinha é uma figura pública, um homem do rádio e da política. Na FM Maior de Baturité ele é o ícone da comunicação regional, sempre preciso ao informar com compromisso a veracidade dos fatos. Já faz parte das manhãs do Maciço de Baturité e Sertão Central, sendo impossível imaginar o rádio sem este profissional.
Rochinha é vice-prefeito da cidade de Capistrano, um político e cidadão coroado por ser modelo na gestão pública, um sinônimo de mudanças que melhoram significativamente a vida de seu povo nos últimos anos, sendo presente e atuante na vida social dos munícipes. Consta em seu currículo político uma história de sucesso e popularidade.
Em 12 de abril de 2014, o radialista e vice-prefeito José Távora Costa (Rochinha), foi empossado como novo presidente da Associação dos Vice-Prefeitos do Estado do Ceará- AVIPRECE. Atualmente é considerado o vice-prefeito de maior expressão no Ceará e o mais atuante do Maciço de Baturité.

Mensagem de Aniversário....

Neste Dia Tão Especial ...
Que neste dia tão especial o Senhor esteja na tua frente para te mostrar o caminho certo... Que o Senhor esteja ao teu lado, para te abraçar e proteger... Que o Senhor esteja atrás de ti, para te salvar de pessoas falsas... Que o Senhor esteja debaixo de ti, para te amparar quando caíres e que te tire das armadilhas... Que o Senhor esteja dentro de ti, para te consolar quando estiveres triste... Que o Senhor esteja ao redor de ti, para te defender quando outros te atacarem... Que o Senhor esteja sobre ti abençoando-te sempre... Que seus caminhos permaneçam sempre iluminados, para que você possa continuar a iluminar também aqueles que têm a oportunidade de trilhar com você, um trechinho desta longa jornada! Muita saúde, paz, felicidade e alegria... Tudo de melhor para você... neste dia tão especial !

PARABÉNS amigo Jose Rocha Rochinha a você nossa homenagem!!!!

Deputados tentam reverter projeto que define família a união entre homem e mulher

jean_maria
Deputados apresentaram nessa segunda-feira (26) recursos para levar o projeto do Estatuto da Família à votação no Plenário da Câmara. A proposta foi aprovada em comissão especial no último dia 8 e, por tramitar em caráter conclusivo, seguiria diretamente para o Senado.

A deputada Erika Kokay (PT-DF) e o deputado Jean Wyllys (Psol-RJ), no entanto, conseguiram as assinaturas necessárias para solicitar a análise do projeto em Plenário. Não há prazo para essa votação e quem define a data é o presidente da Câmara. Em caso de aprovação do recurso, o Plenário da Câmara terá de votar o estatuto. Já em caso de rejeição do recurso, o estatuto seguirá para o Senado.
O texto causa polêmica por definir família como o núcleo formado a partir da união entre um homem e uma mulher. Erika Kokay argumenta que o estatuto deixa de contemplar vários arranjos familiares presentes no Brasil. O relator da matéria, deputado Diego Garcia (PHS-PR), afirmou que o recurso para apreciação em Plenário já era esperado e não deve reverter a tendência de aprovação do texto na Câmara.
Com Agência Câmara
Fonte: Ceará Agora