Buscar

11 setembro 2015

É saudável se masturbar?

É um hábito prazeroso tanto para homens quando para mulheres, sejam solteiros ou comprometidos. Mas é saudável?

O mais recente vídeo do canal do YouTube ASAPScience explica tudo o que a ciência tem a dizer sobre a masturbação, ato sexual que, em média, 95% dos homens e 75% das mulheres fazem.

Embora continue a existir um tabu em relação à masturbação, além de mitos de que causaria cegueira ou impotência, são vários os estudos que defendem a sua prática, mas não exagerada.
É, então, a masturbação um hábito saudável? Sim, uma vez que liberta a dopamina que regula os níveis de prazer e stress, aumentando o primeiro e reduzindo o segundo. Nas mulheres, a libertação de endorfinas no orgasmo consegue atenuar a percepção de dor. Além disso, a masturbação estimula a prolactina, conhecida por ajudar a dormir melhor.
Quer mais motivos? Para os homens, a masturbação pode ser o segredo para um sistema imunológico mais saudável e capaz de resistir a agressões externas, como as que provocam resfriados. As sessões solitárias conseguem ainda reduzir os riscos de câncer de próstata e melhorar a qualidade do esperma.
Contudo, embora os efeitos da masturbação sejam positivos na saúde, há sempre um contra. Segundo o vídeo, a masturbação com frequência pode prejudicar os atos sexuais com pessoas reais.

Prefeitos demitem e parcelam salários dos funcionários

Fortaleza. Ao ser creditado, ontem, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 1.º decêndio do mês de setembro de 2015, a preocupação com mais desemprego tomou conta dos prefeitos cearenses. Em termos reais, o decêndio tem uma queda de 38,07% em relação ao ano passado.
Problemas de caixa das prefeituras têm ampliado os conflitos com o funcionalismo. Ainda ontem, servidores públicos de Limoeiro do Norte ocuparam o Fórum e pressionaram o representante do Ministério Público a pedir bloqueio de bens da prefeitura até que sejam pagos os salários. Tem servidor com mais de oito meses de atraso. Também houve ocupação da Câmara Municipal durante a sessão. Em nota, a Secretaria de Educação de Limoeiro do Norte informou que o dinheiro para o pagamento dos professores do Fundeb foi creditado na conta do município, ontem, dia 10, para o pagamento ontem, dia 11, de todos os profissionais da Educação. 
Esses confrontos têm uma história que reflete o que acontece no País. O montante repassado para as prefeituras brasileiras foi de R1.807.843.332,58, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Com este novo repasse, no acumulado de 2015 o FPM apresenta uma queda de 3,92% em termos reais, somando R$ 58,258 bilhões, enquanto que no mesmo período do ano anterior o acumulado ficou em R$ 60,633 bilhões. 
O presidente da Associação dos Prefeitos e Municípios do Ceará (Aprece), Expedito José do Nascimento, disse que a expectativa é que mais demissões ocorram nas cidades, parcelando salários, particularmente o 13º mês, e comprometendo serviços essenciais, como saúde e educação. 

Parcelamento

Há pouco dias, conforme informou houve demissões de 700 temporários em Icó e 400 desligamentos em cidades como Quixeramobim, Mombaça e Quixadá. Ainda Segundo a Aprece, mais de 30% dos municípios não adiantaram uma primeira parcela do 13º salário, que, embora não seja obrigatório, é sempre aguardado pelo comércio para a retomada dos negócios e também alivia os prefeitos de pagar o valor total até o dia 20 de dezembro deste ano. 
Com a queda de receita e o agravamento da crise econômica, Expedito José acredita que o pagamento integral do 13º até o fim do ano está ameaçado em várias prefeituras. "Não há recursos e não há como honrar os compromissos dos gestores", afirmou.
Demitir, não pagar salário e até reduzir vencimentos dos gestores e secretários passou a ser uma situação comum nas cidades cearenses. O prefeito de Itapajé, Ciro Braga (PTB), diz que diante da queda de receita não teve outra alternativa senão reduzir os custeios e a folha de pessoal. Ele foi um dos prefeitos que não fez adiantamento do 13º salário, exceto para os servidores da educação, reduzir as despesas com cirurgias eletivas e encaminhou um projeto-de-lei à Câmara Municipal de Vereadores requerendo a redução de seus vencimentos de R$ 10 mil para R$ 7 mil, bem como de todos os secretários. 
Ciro foi mais além: rescindiu os contratos com prestadores de serviços, assessorias contábeis e suspendeu o pagamento de horas extras e de diárias. "Essas são as saídas que encontramos para nos adequar à crise", salientou.

'Caixa preta'

A presidente da Federação dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), Enedina Soares da Silva, disse que o quantitativo de demissões não vem ocorrendo com a transparência devida. 

Desemprego

No entanto, a líder de classe reconhece os efeitos, como diz, devastadores da crise. Ela lembra que na conversa com os servidores e prefeitos há um clima constante de pânico e apreensão sobre os rumos do emprego. 
Servidor do município de Quixadá há cerca de 10 anos, o auxiliar de serviços gerais Carlos Clayon Silva está há 70 dias sem receber seus salários. Dois meses já acumularam. A esposa e a filha só não estão passando por mais dificuldades porque nas horas vagas ele trabalha como guia turístico. Segundo Enedina, o "quadro de servidores temporários é guardado como uma 'caixa preta' pelos prefeitos e secretários administrativos.
Enedina estranha que indicadores mostrem que houve aumento de receita para as prefeituras, comparando-se com anos anteriores. Na sua opinião, essa é uma discussão que está merecendo mais esclarecimentos das gestões. 
O presidente da Aprece observou que os números de receitas demonstram que há um sentimento mais global da crise, que hoje envolve a sociedade e o governo estadual.
O caso do Ceará já foi relatado por Expedito José à Confederação Nacional dos Municípios declarando que "este é um momento de socialização do que está acontecendo no país. A crise já está trazendo efeitos: o desemprego nos municípios. E temos que dar conhecimento sobre tudo que está acontecendo. Nós não temos mais direitos, só temos deveres", declarou".

Fonte: DN

Bando armado explode agência do Banco do Brasil em Milhã

Um grupo armado explodiu a agência do Banco do Brasil do município de Milhã, distante cerca de 331 km de Fortaleza. Segundo informações da Polícia, uma quadrilha armada chegou ao estabelecimento bancário por volta das 3h desta sexta-feira (11).
O grupo atirou contra as portas de vidro, invadiu a agência bancária e em seguida detonaram os dispositivos explosivos. O prédio ficou completamente destruído, inclusive os caixas eletrônicos.
Segundo a Polícia, o cofre da agência, que era o alvo do bando, permaneceu intacto. Ainda não há informações se o assaltantes tiveram acesso ao dinheiro. 
Após a ação, a quadrilha fugiu em dois veículos, um Hyundai HB-20 e um Toyota Corolla, em direção a localidade de Carnaubinha. Na fuga, a Polícia tentou intervir, houve tiroteio, mas os bandidos conseguiram escapar.  
Equipes da Polícia Militar de Milhã e de outras cidades vizinhas estão em diligências pela região, mas até o momento ninguém foi preso. 

47º ataque 

Com o ataque desta madrugada, subiu para 47 o número de ações contra instituições financeiras do Ceará neste ano de 2015, segundo dados da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), da Polícia Civil. 
Fonte: DN

Servidores da Educação em Canindé paralisam as atividades

Caninde - Politica 01Foi realizada na manhã desta quarta-feira, 09, no Auditório Paulo Freire, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé – SINDSEC – uma assembleia com os servidores administrativos da Secretaria de Educação, onde ficou deliberado a paralisação das atividades até o recebimento do salário referente ao mês de agosto.
Também ficou encaminhado que todos os servidores nesta situação apresentada devem comparecer na sede do sindicato para participarem de outras deliberações referentes ao assunto em evidência.
De acordo com os servidores que participaram da assembleia, os salários deveriam ter sido pagos no final do mês passado, mas até a presente data, a prefeitura ainda não efetuou pagamento destes servidores.

Servidores protestam na Câmara de Vereadores de Quixadá e polícia é chamada

11988226_887367068014344_7209041549830696088_n
Servidores públicos municipais de Quixadá, no Sertão Central do Ceará, protestaram na Câmara de Vereadores na manhã desta quinta-feira, 10.
O motivo para a manifestação é o atraso no pagamento de salários por parte da prefeitura.
20150910_115355[1]
Policiais Militares foram chamados à Câmara Municipal de Quixadá nesta quinta, 10.
De acordo com a presidente do SINDSEP, Neiva Esteves da Silveira, algumas categorias já estão há mais de setenta dias sem receber proventos.
Os manifestantes vestiram batas pretas com a frase “Dia de Luta”. Alguns vereadores participaram da sessão usando a mesma vestimenta.
No calor dos debates que se seguiram em plenário, a Polícia Militar foi acionada para assegurar a ordem. Para os servidores, chamar a polícia foi um ato desnecessário.
Alguns vereadores sugeriram que o prefeito João Hudson seja autorizado a realizar empréstimo junto às instituições bancárias para conseguir colocar as contas em dia. A medida é polêmica, já que pode acabar aumentando as dívidas do poder público e não oferecer solução permanente para a problemática.
“Eles vão ter que dar um jeito nisso”, desabafava uma servidora, ao descer as escadarias do parlamento após a conturbada sessão.
Durante a tarde, um grupo de vereadores se dirigiu ao gabinete do prefeito João Hudson para tratar da questão que, com certeza, promete pautar novamente a próxima sessão do legislativo.

Em evento do PSDB, Alckmin e Aécio afinam discurso contra o governo

FOTO: FABIO BRAGA/ FOLHAPRESS
FOTO: FABIO BRAGA/ FOLHAPRESS
Após uma conversa reservada de mais de duas horas, os dois principais nomes do PSDB para as próximas eleições presidenciais afinaram o discurso contra o governo.
Em evento na capital paulista na noite de quarta-feira (10/09), o presidente nacional do partido, Aécio Neves (PSDB-MG), disse que o PT “dentro do pouco tempo estará alijado do poder”. Já o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, defendeu o impeachment como um instrumento constitucional.
Em cima do palanque, numa festa de filiação de novos prefeitos, os dois trocaram elogios e afagos. Aécio, que disputa com Alckmin a preferência interna da sigla para ser candidato à Presidência, chegou a afirmar que Alckmin é a figura mais respeitada da sigla no país. Em uma fala na direção de mostrar a união da sigla, o tucano afirmou que quem apostar na desunião do partido irá “errar” e “perder”.
As críticas, no discurso do mineiro, foram todas voltadas ao PT e à presidente Dilma Rousseff. Em tom de quem prevê o fim precoce do mandato da petista, Aécio disse que está na hora de o Brasil se “reencontrar com a verdade” e que não se sente derrotado, mesmo tendo perdido a eleição de 2014.
“Quem diz a verdade, sem se envergonhar em nenhum momento do que fez, não é um derrotado”, afirmou. Ele concluiu afirmando que o PSDB é “a única alternativa segura para o Brasil”.
Alckmin não abordou a crise que abala a presidente Dilma em sua fala, mas em entrevistas antes e após o evento responsabilizou a petista pela situação atual do país
“Essa crise é made in PT”, criticou. “Eles é quem devem apontar os caminhos. Nós sempre defendemos um ajuste que comece pelo corte de gastos e onere o mínimo possível a população”, completou.
Antes, ele havia dito que o PT mostra que ‘o fundo do poço é móvel’
“Eu disse que o PT havia chegado ao fundo do poço, mas parece que para eles o poço é móvel, sempre pode piorar”, afirmou.
Para ele, a perda do grau de investimento do Brasil mostrou que a situação que já era ruim, se deteriorou ainda mais.
Ele defendeu a atitude da bancada do PSDB na Câmara, que lançou um movimento para colher assinaturas pró-impeachment. “Os deputados representam o sentimento da sociedade. Defendemos a investigação e, depois, que se cumpra a lei”, afirmou. “O impeachment é constitucional”, disse.
Questionado sobre a postura do PSDB no Congresso no que diz respeito a medidas que afetam o ajuste fiscal, o governador disse que o partido errou, por exemplo, ao se posicionar pela derrubada do fator previdenciário, criado no governo Fernando Henrique Cardoso. “Errou. Foi uma coisa contraditória. O partido precisa sempre agir com responsabilidade”.
LOTADO
Programado para acontecer num clube da capital paulista, o local extrapolou a lotação máxima, que é de mil pessoas.
Antes do evento, Aécio voltou a dizer que a situação do país é grave e ressaltou que a perda do grau de investimento do Brasil já resultou no rebaixamento da nota de outras empresas públicas, como a Petrobras.
No palanque, outros nomes do partido falaram sobre a crise que abala o governo Dilma.
“É possível que a Justiça, o Tribunal de Contas e o Congresso, antes de 2018, deem o justo castigo que a presidente merece”, afirmou o senador Aloysio Nunes (SP).
“Se no Congresso se cristalizar uma coligação de forças a favor do impeachment, não tenho dúvidas de que o PSDB estará pronto para assumir a responsabilidade que lhe cabe”, concluiu.
Na fala mais amena da noite, o senador José Serra disse estar “otimista” com o futuro, mesmo com um presente de dúvidas. “Vamos ter condição de colocar esse país para frente. Não vai demorar muito para colocarmos o Brasil em outro caminho”, encerrou.
Com informações da Folha de São Paulo.
Fonte: Ceará Agora

Polícia de Crateús vai agir contra fraudes no Seguro DPVAT

acidentes2-ilustrativa
O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através dos promotores de Justiça de Crateús, José Arteiro, Lázaro Santana, Flávio Bezerra, Milvânia Santiago e Francisco Ivan, expediu nesta quinta-feira, 10, uma recomendação à Delegacia Regional de Polícia Civil de Crateús orientando que sejam adotadas práticas e rotinas para prevenir e combater fraudes relacionadas ao Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT).

Dentre outras diligências, os promotores recomendam que sejam remetidas ao MPCE cópias de todos os registros e procedimentos relacionados ao seguro DPVAT para a averiguação de eventuais ilicitudes praticadas por registrantes, despachantes e agentes públicos. Além disso, o agente policial, no momento do registro da ocorrência, deve solicitar a Carteira Nacional de Habilitação do declarante que porventura seja o condutor do veículo envolvido no acidente. Deve, ainda, identificar o consultor, corretor ou despachante que encaminhou o registrante à delegacia, e deve juntar ao boletim de ocorrência cópias autenticadas de todos os documentos pessoais e veiculares pertencentes aos envolvidos no sinistro, bem como o laudo ou o prontuário médico atestando que os danos pessoais foram causados por veículos automotores de via terrestre.
Na ausência de relatórios do órgão de policiamento, deve ser requerido do registrante a apresentação de duas testemunhas, que, preferencialmente, tenham presenciado o fato ou prestado socorro às vítimas. Ambas devem apresentar documentos pessoais, comprovante de endereço e declaração de compromisso com a verdade dos fatos narrados por ela.
As medidas são recomendadas não apenas como forma de controle externo da atividade policial, mas, sobretudo, como apoio à atuação da Polícia Civil na investigação e no combate às recorrentes ilegalidades no seguro DPVAT, visando salvaguardar o justo interesse de todos os beneficiários do seguro.
Fonte: Ceará Agora

Governo do Ceará convoca aprovados no concurso da Polícia Civil

concurso-policia-civil
Governo do Estado do Ceará publicou no Diário Oficial de quarta-feira (9) a convocação dos aprovados no último concurso da Polícia Civil para provimento de vagas em cargo de Escrivão, Inspetor e Delegado, todos de 1ª Classe.
Os aprovados deverão realizar a matrícula no Curso de Formação e Treinamento Profissional, que será realizada em duas etapas.

A primeira fase é virtual, os candidatos devem preencher total e corretamente a ficha de inscrição disponível no link http://matricula.aesp.ce.gov.br/sismatAesp/index.php/start/beginning, no período compreendido entre as 8 horas do dia 14 de setembro de 2015 às 17 horas de 16 de setembro de 2015.
Na segunda fase da matrícula, que ocorrerá nos dias 21, 22 e 23 de setembro de 2015, o candidato deverá comparecer pessoalmente na sede da AESP e apresentar o comprovante impresso da matrícula online, juntamente com os documentos listados no Edital e a Ficha de Informações Confidenciais (FIC), preenchida de próprio punho.
O candidato que não efetuar a matrícula no Curso de Formação e Treinamento Profissional no período descrito no edital, será considerado eliminado e excluído do concurso. O resultado da matrícula está previsto para 25 de setembro, no site da Fundação VUNESP www.vunesp.com.br.
Concurso
O concurso para ingresso na Polícia Civil do Estado Ceará foi lançado em setembro de 2014, tendo sua primeira fase (Prova Objetiva) realizada no dia 18 de janeiro de 2015. Na segunda fase do certame os aprovados participarão do Curso de Formação na sede da Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) e serão submetidos a avaliação psicológica.
Os candidatos aos cargos de Delegado e Inspetor ainda passarão por exames de capacidade física, já os candidatos a Escrivão serão submetidos à Prova Prática de Digitação. Ao todo, são 763 vagas, sendo 168 delas para o cargo de delegado, 336 para escrivão e 259 para inspetor da PCCE. Os salários variam de R$ 2.946,19 a R$ 14.592,39, de acordo com o cargo.
com Governo do Estado
Fonte: Ceará Agora

Polícia do Ceará critica portaria limitando entrada de presos em penitenciárias

29_MHG_pais_presídio
Por conta de uma determinação da Justiça, que condiciona a entrada de um preso à saída de outros dois do sistema carcerário do Ceará, setores ligados à segurança pública do estado se manifestaram contra a medida e pediram que ela seja revista.

De autoria do corregedor de Presídios, juiz Luiz Bessa Neto, a portaria foi editada em março e estabelece, entre outras coisas, um esquema proporcional para reduzir a 40% o excedente da população carcerária do Ceará. Para o magistrado, esse nível é considerado tolerável. Segundo ele, em algumas unidades a superlotação chega a 100% da capacidade.
O artigo que trata disso havia sido suspenso por 120 dias, período necessário, conforme o juiz, para implantação do projeto de audiências de custódia que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) está levando para vários estados. Pelo projeto, uma pessoa presa em flagrante é apresentada a um juiz no prazo de 24 horas, a fim de se determinar ou avaliar a aplicação de medidas alternativas.
No início de setembro, a determinação do juiz voltou a vigorar. Em nota, a Secretaria da Justiça do Ceará informou que, por se tratar de decisão judicial, cabe ao órgão somente o cumprimento da medida. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e o Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do estado (Sinpol-CE) pedem revisão da portaria.
A secretaria prevê um impacto negativo do esquema nas carceragens das delegacias, uma vez que as pessoas detidas poderão permanecer por longo tempo aguardando a saída de outras duas do sistema carcerário.
Em nota, a SSPDS informou que “a decisão é incompreensível, ao passo que não aponta onde colocar os detidos, o que resulta em um dilema: ou a Polícia para de prender ou amontoa os presos nas delegacias”.
Para o diretor Administrativo do Sinpol, Francisco Lucas de Oliveira, o retorno da determinação vai gerar acúmulo de pessoas sob custódia nas delegacias e dificuldade no esvaziamento das carceragens.
“Se o questionamento é que as unidades penitenciárias estão com excedente de 100%, posso assegurar que a maioria das delegacias tem um excedente de 200, 300 e até 500%.” A entidade cogita orientar os profissionais a não receber mais nenhuma pessoa nas carceragens.”
O juiz Luiz Bessa Neto disse compreender a preocupação dos órgãos com as delegacias, mas afirmou que não pode permitir, a partir dos argumentos de setores da segurança, banalizar as prisões nas unidades penais.
Segundo ele, a determinação foi pensada como forma de compensar a ausência de normas para enfrentamento do excesso de presos no sistema prisional brasileiro. “Já estamos com 31 anos da edição da Lei de Execução Penal e nenhum disciplinamento de nível nacional surgiu. Então, fica reservado ao juiz de Execução Penal fazer tudo para não banalizar o encarceramento.
Fonte: Ceará Agora

Justiça realiza audiência de instrução com vereadores acusados de serem funcionários fantasmas em Canindé

vereadores
Aconteceu na manhã desta quarta-feira (09/09) na sala das audiências da 1ª Vara da Comarca de Canindé audiência de Instrução para ouvir os vereadores do município, Antônio de Pádua Oliveira PMN (Conhecido com Antônio do Ives) e Zeleide Araújo Ferreira PRB, também foram ouvidos testemunhas de defesa dos parlamentares, sendo duas em favor de Zeleide e três de Antônio do Ives.

Os vereadores são acusados pelo Ministério Público Estadual (MP-CE) através de Ação Civil Pública de receberem os dois salários, mas não exercem as funções nos cargos de Professora e Vigia na Prefeitura Municipal de Canindé, sendo chamados pela Promotora de “Funcionários Fantasmas”.
Após a realização da audiência, o juiz titular da 1ª Vara Bel. Antônio Josimar Almeida Alves determinou dez dias para a apresentação das alegações finais dos requeridos bem como do Ministério Público autor da Ação de Improbidade Administrativa.
Os Vereadores chegaram a serem afastados dos cargos no início deste ano e retornaram após pouco mais de quinze dias da decisão.
Com informações de Wellington Lima
Fonte: Ceará Agora