Buscar

17 julho 2015

Adolescente condenado por estupro coletivo é morto dentro de cela no PI

Jovens condenados por crime em Castelo chegaram em carros separdos ao CEM, em Teresina (Foto: Ellyo Teixeira/G1)Um dos quatro adolescentes condenados pelo estupro coletivo em Castelo do Piauí, identificado como Gleison Vieira da Silva, 17 anos, foi espancado até a morte na noite da quinta-feira (16) dentro da cela do Centro Educacional Masculino (CEM) em Teresina.
Os outros três menores coautores dos estupros, que estavam na mesma cela da vítima, são suspeitos de cometer o assassinato. A informação foi confirmada pelo diretor da unidade socioeducativa, Anderly Lopes.
No último dia 9, o grupo foi condenado a cumprir três anos de internação como medida socioeducativa. Foram imputados a cada um deles os atos infracionais equivalentes aos seguintes crimes: prática de quatro estupros, três tentativas de homicídio e um homicídio.
Segundo o diretor Anderly, o adolescente morto seria o delator da violência contra quatro meninas, que ocorreu em maio, e chegou a fazer um vídeo com a polícia reconstituindo o caso.
Os jovens estavam internados no Centro de Internação Provisória (Ceip), mas, após a sentença dada pelo juiz Leonardo Brasileiro, eles foram transferidos para o CEM na quarta-feira (15).
"No Ceip, os adolescentes estavam separados. Como o CEM está superlotado, tivemos que colocá-los na mesma cela da ala E, que abriga internos que cometeram atos infracionais graves, como estupro, homicídio e latrocínio", explicou o diretor do centro.
O corpo do menor foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), e a Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Sasc) aguarda a família para providenciar o velório. Os outros três adolescentes foram levados para o Complexo de Defesa da Cidadania.
O juiz da Infância e Juventude, Antônio Lopes, condenou a administração da unidade por colocar os menores na mesma cela e informou que irá pedir a transferência dos adolescentes. "A situação é gravíssima, eles deveriam ficar isolados. Estive com os adolescentes após o homicídio, eles disseram ter matado porque o outro tinha maior participação no estupro coletivo. Agora vão cumprir por mais este crime", declarou.
A situação é gravíssima, eles deveriam ficar isolados. Estive com os adolescentes após o homicídio. Eles disseram ter matado porque o outro tinha maior participação no estupro coletivo"
Antônio Lopes, juiz da Infância e Juventude
Briga na prisão
Adão José de Sousa, 40 anos, acusado de ser o mentor do estupro coletivo foi ferido durante uma briga na quinta-feira (16) na Casa de Detenção Provisória de Altos, a 20 km de Teresina. Segundo informações da administração penitenciária, Adão teve algumas escoriações, mas nada grave.

"Ele se envolveu em uma briga no início da tarde, ficou ferido e foi levado para o Hospital em Teresina. Após atendimento, ele foi levado para o Instituto Médico Legal, onde passou por exames, mas já está de volta à penitenciária de Altos", informou a assessoria de imprensa da Casa de Detenção.
Entenda o caso
No dia 27 de maio, quatro adolescentes foram brutalmente agredidas, estupradas e depois jogadas do alto de um penhasco em Castelo do Piauí, a 190 km de Teresina. Uma das jovens morreu após 10 dias internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). As outras três também ficaram hospitalizadas e já receberam alta.

Os quatro adolescentes suspeitos de participação no crime foram apreendidos horas após a barbárie. Um quinto suspeito, Adão José de Sousa, 40 anos, foi preso dois dias depois.
Fonte: G1

Baixe agora mesmo Igor Patyeli & Farra da galera

População denuncia medicamentos vencidos em posto de Redenção

Moradores do município de Redenção, 63 km de Fortaleza, afirmam que o posto de saúde da região está carente de medicamentos e, ao mesmo tempo, possui centenas de remédios vencidos expostos nos corredores da unidade. A denúncia foi repassada a um vereador local, que constatou as irregularidades nesta semana. A Secretaria de Saúde do município afirma que medicações vencidas serão retiradas da unidade até esta sexta-feira, 16. 

O professor de filosofia Francisco Freire, 30, conta que vários medicamentos faltam, mas teme que a exposição dos remédios vencidos acarrete riscos à saúde da população. "É muito fácil uma pessoa passar e pegar um desse remédios sem nem perceber que ele pode fazer mal. Além das caixas dos vencidos, temos uma quantidade grande de lixo hospitalar exposto", completou. 

Segundo o vereador Mairton Lima (PR), que visitou o posto médico na terça-feira, 14, as denúncias procedem e a Secretaria de Saúde foi notificada. "Eu vi que as caixas realmente estavam vencidas e também constatei uma quantidade de material de ambulatório sem o descarte correto. Fiz um ofício pedindo respostas urgentes em até 24 horas. Depois do prazo, o procedimento foi passado ao Ministério Público Estadual", relatou. O POVO Online procurou o MPE, que informou ter recebido a denúncia e está apurando o caso.

Mairton disse que somente depois de 48 horas recebeu uma posição do secretário de saúde do município, Jadson Ferreira, com a promessa da retirada dos medicamentos até esta sexta-feira, 16. "Eu me preocupei com essa exposição perigosa dos remédios. Temos muitas pessoas doentes que passam e acabam pegando os remédios. A empresa contratada para a coleta será procurada, visto que ela estaria demorando para recolher os materiais ambulatoriais", explicou. 

O POVO Online tentou entrar em contato com a Secretaria de Saúde do município, mas as ligações ainda não foram atendidas. 



Sertanejos lançam clipe em homenagem a Cristiano Araújo

Gabriel Gava comõe música e se reúne com Lucas Lucco, Gusttavo Lima e Israel Novas para gravação (Foto: Divulgação)

A morte de Cristiano Araújo abalou os artistas do mercado sertanejo. Muitos fizeram nos palcos - e ainda fazem - homenagens ao cantor, morto em um acidente de carro, que também vitimou sua namorada, Allana Moraes, no dia 24 de junho.

Já  Gabriel Gava resolveu eternizar seu tributo ao artista: ele compôs a faixa "Amo até no céu" e se uniu a Gusttavo LimaLucas Lucco e Israel Novaes em uma gravação em estúdio para prestar a homenagem, que virou um clipe. No vídeo, imagens dos momentos da gravação da música se misturam a cenas de Cristiano e Allana juntos em passeios e viagens.

O sertanejo contou ainda como foi a convocação dos outros artistas para a gravação da faixa. “Foi bem natural. Quando acabei de compor a música, logo em seguida mandei ela no grupo dos artistas. Aí todo mundo ficou muito emocionado, e decidimos gravar e fazer essa homenagem”.“Compus a música no dia do velório com meu amigo Rander Moreira. Veio uma inspiração por tudo o que tinha acontecido, a linda história de amor dos dois, várias palavras que marcavam o ocorrido... Foi aí que saiu essa linda homenagem”, revelou Gava ao EGO em conversa nesta quinta-feira, 16.
O encontro dos quatro artistas solo em uma faixa mostrou também que as comentadas rixas entre cantores sertanejos podem não passar de boatos. “Não existe rixa nenhuma, da minha parte jamais. E também dos outros, acho que não. Existe admiração. O sertanejo está onde está hoje porque todos nós somos muito unidos”, garantiu ele.
Gava afirmou que nunca chegou a gravar ou compor com Cristiano, mas que teria sido um prazer ter tido essa oportunidade. “Minha relação com o Cris era mais em palcos e em festas que ele estava, mas eu tinha uma admiração enorme pelo trabalho dele. Era uma pessoa incrível, de um talento ímpar. Se dedicava 24h à sua carreira”, elogiou o cantor.
Fonte: EGO

Silvia Abravanel apresentará o Bom Dia & Cia até decisão final da justiça

© Divulgação
Na manhã desta quinta-feira, dia 16, Silvia Abravanel,uma das filhas de Silvio Santos, voltou a apresentar oBom Dia & Cia, atração da qual é na realidade, diretora, no SBT.
ESTRELANDO entrou em contato com a assessoria da emissora que informou que Silvia permanecerá comandando a atração até a decisão final da justiça que, na última quarta-feira, dia 15, havia determinado que  apresentadores mirins Ana Julia Souza e Mateus Ueta saíssem do ar.
A assessoria ainda informou que ainda entrou com um recurso na tentativa de reverter a decisão da justiça, que caçou a liberação das crianças para trabalhar por conta do tempo exigido de trabalho, tirando o foco dos estudos.
Fonte: MSN

Atleta brasileiro é pego no doping durante os Jogos Pan-Americanos

Patrick Mendes foi pego no exame de doping.© Foto: Divulgação Patrick Mendes foi pego no exame de doping.
O americano naturalizado brasileiro Patrick Mendes foi novamente pego no doping. Nesta quinta-feira, a Comissão Médica da ODEPA comunicou o uso de substância ilegal pelo atleta do levantamento de peso. A ilegalidade constatada foi a Dehydrochloromethy Testosterone Metabolite.
Mendes está suspenso provisoriamente até que o caso seja julgado. O quarto lugar obtido pelo atleta na categoria até 105kg, durante os Jogos Pan-Americanos, foi automaticamente cancelado.
Em fevereiro de 2012, Patrick testou positivo em dois exames antidoping feitos pela Agência Antidoping Americana (Usada) por uso do hormônio de crescimento. Com isso, foi suspenso do esporte por dois anos, até março de 2014. Por conta disso, Mendes, que é americano, começou a competir pelo Brasil. Ao LANCE!, durante o Pan em Toronto, o pesista afirmou arrependimento.
– Eu cometi um erro. Naquela época, eu era muito jovem, e senti a pressão que eu colocava em mim mesmo – disse.
O chefe-médico da Missão Brasileira em Toronto, Roberto Nahon, comentou o caso.
- Lamentamos o ocorrido e aguardamos o julgamento do atleta por parte das instâncias competentes antes que seja feito qualquer comentário precipitado. No entanto, o Comitê Olímpico do Brasil e a Missão Brasileira em Toronto reiteram a tolerância zero com o doping no esporte.
Fonte: MSN

Quatro motivos para prestar atenção ao pronunciamento de Cunha na TV

Gustavo Lima: Eduardo Cunha se dirigirá à nação em rede nacional às 20h25 desta sexta-feira.© Copyright British Broadcasting Corporation 2015 Eduardo Cunha se dirigirá à nação em rede nacional às 20h25 desta sexta-feira.
Em meio a um dos momentos mais delicados da crise política no país, que inclui a aproximação do julgamento das chamadas "pedaladas fiscais" do governo pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e o aprofundamento das divisões entre PT e PMDB, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), fará um pronunciamento de cinco minutos em cadeia nacional de rádio e televisão nesta sexta-feira.
O clima de antecipação à fala do peemedebista se acirrou na tarde desta quinta-feira, quando o executivo Júlio Camargo disse, em depoimento ao juiz Sergio Moro, da Operação Lava Jato, que Cunha exigiu propinas de US$ 5 milhões em contratos de navios-sonda da Petrobras.
Pré-gravada, a fala de cinco minutos – entre 20h25 e 20h30 – foi produzida com a ajuda de Paulo de Tarso, que trabalhou ao lado do marqueteiro da campanha presidencial do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no ano passado.
Embora incomum, o expediente já foi usado no passado. Henrique Alves (PMDB-RN) e Marco Maia (PT-RS) fizeram o mesmo quando chefiaram a Câmara, em 2013 e 2011, respectivamente. A diferença é que ambos dirigiram-se à nação em datas próximas ao Natal, em clima de fim de ano e balanço protocolar.
No caso de Cunha, a fala virá no último dia antes do recesso parlamentar e traz consigo outro contexto.
Fontes ligadas ao peemedebista salientam que o objetivo do pronunciamento é apresentar um balanço semestral do Legislativo, mas analistas e parlamentares que se opõem a Cunha veem um potencial enfrentamento ao governo, uma possível "ação preventiva" frente às denúncias da Operação Lava Jato e uma estratégia de nacionalização de sua imagem.
A BBC Brasil ouviu fontes próximas ao presidente da Câmara, congressistas e cientistas políticos para explicar, em quatro pontos, porque o discurso de Cunha merece sua atenção.

1 – Balanço de um período produtivo (e polêmico) na Câmara

Lula recebeu com 'surpresa' abertura de investigação

<p>O ex-presidente diz entender que faz parte das atribuições do Ministério Público investigar denúncias, mas reforçou que suas atividades não foram ilegais.</p>O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu com surpresa a notícia de que a Procuradoria da República no Distrito Federal abriu um procedimento investigatório criminal (PIC) para apurar suposto tráfico de influência do ex-presidente.
Segundo a assessoria do ex-presidente, a avaliação é que a procuradora não teve tempo hábil para analisar a documentação que foi entregue por Lula para explicar sua relação com a construtora Odebrecht em viagens internacionais. "Acabamos de entregar todas as informações solicitadas pela procurada Mirela de Carvalho Aguiar. Consideramos que ela teve pouco tempo para analisar esse material, que ficou bastante extenso e detalhado", afirmou a assessoria de Lula.
O ex-presidente diz entender que faz parte das atribuições do Ministério Público investigar denúncias, mas reforçou que suas atividades não foram ilegais. "Temos certeza absoluta da legalidade e lisura de todas as nossas atividades", informou o Instituto Lula.
A suspeita é de que a Odebrecht teria obtido vantagens com agentes públicos de outros países por meio de influência do ex-presidente Lula. Reportagem do jornal O Globo revelou recentemente que o ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Alexandrino Alencar acompanhou o ex-presidente Lula em um périplo por Cuba, República Dominicana e Estados Unidos, em janeiro de 2013.
A empresa teria pagado as despesas do voo do ex-presidente, mesmo não sendo uma viagem de trabalho para a empreiteira. No documento do voo, está registrado como "passageiro principal: voo completamente sigiloso." A empreiteira é uma das investigadas na Operação Lava Jato. Com informações do Estadão Conteúdo.
Fonte: MSN

Thiago Pereira chega em 1º, mas é desclassificado e adia chance de recorde: 'Ridículo'

Thiago Pereira foi o primeiro, mas acabou desclassificadoThiago Pereira chegou a Toronto com a responsabilidade de carregar a bandeira do Brasil e com a possibilidade de entrar para a história não só de seu país como dos Jogos Pan-Americanos. E nesta quinta-feira o brasileiro sobrou na piscina para conseguir a medalha de ouro nos 400m medley. No entanto, a prova não terminara ali.

Pereira foi desclassificado da prova, e a medalha de ouro acabou ficando com o também brasileiro Brandonn Almeida. O canadense Luke Reilly e o norte-americano Max Williamson herdaram a prata e o bronze, respectivamente.
Os juízes alegaram que o brasileiro não tocou com as duas mãos na parede na virada do nado peito para o crawl. Depois da prova, Thiago lamentou a decisão e garantiu que não cometeu o erro que causou a desclassificação.
"Foi o que alegaram, vamos protestar, vamos ver o que vai acontecer. Cara, é muito ridículo. Não pode falar que virei com uma. Faço isso há 15 anos", disse o brasileiro, que havia ganhado essa prova no Rio de Janeiro-2007 e Guadalajara-2011, ao Sportv.
"Não sei o que aconteceu. Uma pena. Queria fazer uma dobradinha com o Thiago. Eu o vi no alto do pódio em 2011 (Guadalajara). Mas estou muito feliz pois não esperava. Não era a prova que eu treinei e não consigo descrever o que estou sentindo", disse Brandonn.
Apesar do protesto de Thiago, a apelação da delegação brasileira foi recusada. Assim, a desclassificação do brasileiro foi mantida.
Com este resultado, Thiago Pereira ainda não iguala o recorde histórico do ginasta cubano Érik Lopez, que conquistou 22 medalhas pan-americanas em sua carreira. O brasileiro ainda pode ser o dono da marca, já que ainda disputa os 200m e o revezamento 4x100m medley em Toronto.

A CBDA (Confederação Brasileira de Desprstos Aquáticos) entrou com o recurso para tentar reverter a decisão, mas a apelação foi negada pela comissão organizadora, e Thiago Pereira ficou mesmo sem a medalha.
Com este resultado, Thiago Pereira ainda não iguala o recorde histórico do ginasta cubano Érik Lopez, que conquistou 22 medalhas pan-americanas em sua carreira. O brasileiro ainda pode ser o dono da marca, já que ainda disputa os 200m e o revezamento 4x100m medley em Toronto.
O grande beneficiado com a punição de Thiago foi o também brasileiro Brandonn, de 18 anos, que conquistou a sua primeira medalha pan-americana na primeira vez que participa dos Jogos.
"Não sei o que aconteceu. Uma pena. Queria fazer uma dobradinha com o Thiago. Eu o vi no alto do pódio em 2011 (Guadalajara). Mas estou muito feliz pois não esperava. Não era a prova que eu treinei e não consigo descrever o que estou sentindo", disse Brandonn.
Fonte: MSN

Assembleia aprova aumento de taxas de quase 400 serviços públicos

De acordo com a base aliada, os valores estavam defasados e destoando da realidade do Nordeste. Oposicionistas criticaram o texto.

Foi aprovada na última quinta, 16, pela Assembleia Legislativa a mensagem 37/15, oriunda do governo estadual, que reajusta quase 400 taxas cobradas pelo serviço público cearense. Com o reajuste, serviços antes gratuitos passarão a ser cobrados.

Se hoje o cearense pode tirar 2ª via do documento de identidade de forma gratuita, em breve ele pode ter de pagar R$ 40 pelo mesmo serviço. Taxa para o 1º emplacamento de veículos aumentará de R$ 103,51 para R$ 153. O governo garante que isenções para pessoas de baixa renda serão mantidas. Entre outras cobranças afetadas, estão taxas do Detran, Loteria Estadual e Secretarias da Fazenda, Saúde e Agricultura.

Os governistas defendem a medida. “As mudanças vêm equacionar uma prestação de serviços onde o recurso existente hoje não cobre nem 30% dos custos. São produtos em que o Brasil inteiro cobra essas taxas, algumas delas defasadas há vinte anos”, disse o líder do governo na Casa, Evandro Leitão (PDT) no dia 9, destacando que reajustes buscam adequar o Ceará a valores cobrados em outros estados do Nordeste. De acordo com Elmano de Freitas (PT), em virtude da gratuidade, o Estado gasta R$14 milhões por ano. 
Os argumentos não convenceram a oposição. De acordo com Danniel Oliveira (PMDB), trata-se de um "pacote de maldades". Ao O POVO, ele afirmou que Camilo Santana (PT) caminha para ser lembrado como "Camilo aumenta-taxa". De acordo com Heitor Ferrer (PDT), o projeto demonstra que o Estado está "quebrado".

Ivo Gomes anuncia saída do Governo Camilo Santana


Ivo Gomes (PROS), secretário das Cidades desde o primeiro dia do Governo de Camilo Santana (PT), deixou o comando da pasta nesta quarta-feira (16).


A informação foi confirmada pela Assessoria de Comunicação do órgão, por meio de nota encaminhada à imprensa, onde foi citado o motivo do abandono da gestão por parte do irmão dos ex-governadores Cid e Ciro Gomes (PROS).


A justificativa apresentada foi o atraso no repasse de recursos para o pagamento de salários dos vigilantes da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), que já estavam previstos no orçamento desde o dia 1º de janeiro.


“O impasse foi comunicado à chefia do governo estadual pelo secretário das Cidades, Ivo Gomes, diversas vezes, desde que a Secretaria das Cidades assumiu a responsabilidade pela Companhia, em abril deste ano, mas nenhuma providência foi tomada até o momento”, cita a nota.


Com a saída do Executivo Estadual, Ivo Gomes pode reassumir a vaga de deputado estadual, alterando, mais uma vez, a configuração das cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado, ou retomar o trabalho na Secretaria da Educação da Prefeitura de Fortaleza, de onde saiu para participar da coligação articulada pelo Clã Ferreira Gomes na campanha eleitoral de 2014.


Fonte: CN7

Prefeitura de Aracoiaba realizou Governo Itinerante na localidade de Carnaúbas

Proposta é descentralizar a administração e envolver mais a população nas ações do município

Administração Municipal de Aracoiaba realizou na localidade de Carnaúbas na última quinta-feira (16/07), o Projeto “Café na Comunidade”, cumprindo mais um compromisso da administração “Uma Cidade de Todos”.
Acompanhado do secretariado municipal, o Prefeito Antônio Cláudio ouviu as solicitações dos moradores e discutiu, já junto à equipe de governo e a comunidade, providências para solucionar os problemas. “Isso agiliza as decisões da administração e facilita o acesso da comunidade. Essa interação é importante porque ela é direta, dá maior transparência ao serviço público e permite um trabalho mais eficiente”, comentou o prefeito.
Uns dos pontos positivos que eleva o nome do prefeito como um bom administrador são as ações levadas aos Distritos, localidades. Vários atendimentos são levados e oferecidos à população, Social, Saúde, Habitação, Educação, Esportes e Obras e Serviços Público em geral, ações que envolvem todos os seguimentos da prefeitura levando qualidade, atenção e progresso a todas as localidades atendidas.

O Governo Itinerante tem como objetivo levar os serviços públicos para as localidades longes da sede do município, além de manter uma aproximação entre a população e o Governo Municipal, criando um canal permanente de  diálogo. “É muito gratificante para nós que fazemos a administração da nossa cidade, podermos propiciar um dia diferente na vida dos moradores de Carnaubal e região. Ver a alegria, o entusiasmo, a vontade de participar de cada ação que está sendo desenvolvida no rosto de cada um deles, seja a criança, o jovem ou o idoso, só nos da força para fazermos sempre mais e cada vez melhor para nossa gente, como também para nossa querida Aracoiaba, finalizou o prefeito.

Cunha reage à acusação e ameaça romper com o governo

eduardo cunha cpiOs sinais de crise entre a Câmara Federal e o Palácio do Planalto geram mais preocupação para os aliados do Governo Dilma no Congresso Nacional. O ápice do conflito parece estar chegando com as últimas declarações do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB). Cunha enxerga no Palácio do Planalto a origem de articulações para a Operação Lava Jato leva-lo para o furacão das denúncias de corrupção na Petrobras.
Cunha é desafeto do Governo e do PT e anunciou que, nesta sexta-feira, romperá com a presidente Dilma. . A decisão ocorre após Eduardo Cunha ser acusado pelo lobista Julio Camargo de receber US$ 5 milhões de propina. “É tudo vingança do governo. Parece que o Executivo quer jogar a sua crise no Congresso”, reagiu Cunha, em entrevista ao Jornal Folha de São Paulo.
Com a denúncia do lobista, Cunha conversou  com o vice-presidente e articulador político do governo, Michel Temer (PMDB-SP) e com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Renan disse que o país vive uma crise institucional. Cunha comunicou que iria defender o rompimento com o governo. Em nota logo depois que a denúncia veio à tona, ele chamou o lobista de “mentiroso” : “Desminto com veemência as mentiras do delator e o desafio a prová-las”, afirmou.
“É muito estranho, às vésperas da eleição do procurador-geral da República [Rodrigo Janot tenta a recondução] e às vésperas de pronunciamento meu em rede nacional [ele fará um balanço legislativo nesta sexta], que as ameaças ao delator tenham conseguido o efeito desejado pelo procurador, ou seja, obrigar o delator a mentir.”
Cunha chegou à presidência da Câmara em fevereiro, derrotando o governo. Desde então, vive uma relação tensa com o Planalto e repete que as suspeitas levantadas contra ele são fruto de perseguição patrocinada por Janot, com estímulo do governo.
Desde o começo da semana, diz a aliados que aguarda uma denúncia da Procuradoria contra ele por conta das investigações da Lava Jato. Cunha já sabia que Camargo, que até então o mantivera fora do rol de acusados, resolvera fazer acusações contra ele em seus depoimentos.
O peemedebista atribui a mudança a uma pressão exercida pelos investigadores, a mando do Planalto. A Lava Jato investiga políticos de vários partidos, incluindo o PT. Para peemedebistas, haverá agora uma tentativa do governo Dilma de envolver Temer no escândalo para inviabilizar uma eventual sucessão da presidente pelo vice em caso de impeachment. Com informações do Estadão Conteúdo e Folha.
Fonte: Ceará Agora

Após saída de Ivo, Governo faz acordo e põe fim a greve dos vigilantes

vigilantes metroforPivô da saída de Ivo Gomes da Secretaria das Cidades, a greve dos vigilantes  do Metrofor foi encerrada na tarde desta quinta-feira (16). O retorno ao trabalho deve ocorrer até a meia noite desta quinta-feira.
O retorno foi acertado na reunião entre representantes do Sindicato dos Vigilantes do Estado do Ceará, Governo do Estado do Ceará, Metrofor, Secretaria das Cidades e a Secretaria de Governo. Daniel Borges, do Sindicato dos Vigilantes, disse que 450 trabalhadores devem retornar às atividades em Fortaleza, Juazeiro do Norte e Sobral. Também ficou acertado o pagamento da divida com a empresa terceirizada o que aconteceu, ficando acertado o repasse para os trabalhadores nesta sexta-feira.
Segundo a Assessoria do deputado Ivo Gomes, mesmo com o fim da greve dos Vigilantes, a saída dele da Secretaria das Cidades tem caráter irrevogável.
Fonte: Ceará Agora

Victor Valim pede devassa na Previdência de Caucaia

Victor Valim quer fiscalização sobre as finanças do Instituto de Previdência do Município de Caucaia
Victor Valim quer fiscalização sobre as finanças do Instituto de Previdência do Município de Caucaia
O deputado federal Victor Valim (PMDB) cobrou, em Brasília, uma verdadeira devassa nas contas do Instituto de Previdência do Município de Caucaia. Com base em denúncias que recebeu de servidores preocupados com o futuro da aposentadoria, Victor pediu à Comissão de Valores Mobiliários, do Banco Central, ao Ministério Público Federal, ao Ministério da Previdência Social e ao Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) informações sobre a saúde financeira da Previdência Social de Caucaia.
‘’Os servidores públicos de Caucaia estão à mercê de uma máfia instalada, que desviou o dinheiro público da sua função primária, e deve- se a todo custo tomar todas as medidas visando o equacionamento do problema, punindo os culpados e saneando a administração pública’’, dispara Victor Valim, no pedido de informações encaminhado ao presidente do TCM, Francisco Aguiar, ao Ministro da Previdência Social, Carlos Gabas, e ao Procurador Geral de Justiça, Rodrigo Janot.
Segundo Victor Valim, há informações de que odéficit nas contas da Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) totaliza uma quantia vultuosa de milhões de reais. Os recursos desviados, de acordo com o parlamentar, ‘’pode ter sido resultado de rombos, má-gestão, corrupção, enfim, falta de respeito na gestão dos fundos municipais da previdência, o que evidencia completo descaso com o planejamento e a correta utilização de recursos públicos’’.
Victor Valim destaca, ainda, que o acesso ao relatório da auditoria do TCM e aos números de auditorias do Ministério da Previdência Social, será importante, pois, com esses dados o Tribunal de Contas, a Comissão de Valores Mobiliários e o Ministério da Previdência Social poderão levar ao conhecimento da Câmara dos Deputados provas dos ilícitos cometidos em Caucaia.
Veja abaixo os requerimentos com pedido de informação do deputado Vitor Valim a diversos órgãos (entre eles MPF, Comissão de Valores Mobiliária e Previdência Social) sobre aplicação da Prefeitura de Caucaia com recursos do Fundo de Previdência do Município:
Fonte: Ceará Agora

Ivo Gomes sai da Secretaria de Cidades e critica o governo

ivogomeesA falta de repasses, por parte do Governo do Estado para pagamento dos vigilantes da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), foi a justificativa oficial dada pelo deputado estadual Ivo Gomes, para deixar a Secretaria de Cidades. Em nota oficial, Ivo afirma que diante da situação, e sem meios para resolver o problema, entendeu por bem entregar o cargo ao Governador, na tentativa última de garantir o pagamento dos trabalhadores e o bom funcionamento do Metrô de Fortaleza, Sobral e do Cariri.
A assessoria do Palácio da Abolição afirmou que o Governo se pronunciará sobre a saída. Segundo o Sindicato dos Vigilantes, o salário de julho dos vigilantes não foi pago e há quatro meses o Metrofor não repassa os recursos para a empresa terceirizada.
Com a saída de Ivo, o governo Camilo fica se nenhum representante do “cidismo”, já que em maio passado, Danilo Serpa, outro homem de confiança de Cid, que ocupava a Secretaria de Relações Institucionais saiu daquela pasta para a Ceará Portos.  Nos bastidores há os que apostem no retorno de Ivo caso o governador Camilo Santana regularize a situação dos trabalhadores, já outros afirmam que a situação é irreversível e demostra um crescente desgaste entre a cria, no caso Camilo, e o criador, que seria  Cid Gomes.
Com a saída, Ivo, ele retorna à Assembleia Legislativa, o que levará a saída de Sineval Roque (Pros), que tomou posse há menos de um mês em decorrência da morte de Wellington Landim (Pros).
Fonte: Ceará Agora

Oposição torce, mas não há motivo para comemorar

cid e camiloA oposição torce, mas ainda não é o momento para comemorar eventuais abalos na relação entre o Governador Camilo Santana (PT) e os irmãos Cid e Ciro (PROS) após o pedido de demissão de Ivo Gomes da Secretaria de Cidades do Estado. Ivo reassume o mandato na Assembleia Legislativa e se prepara para concorrer, em 2016, à Prefeitura de Sobral.
Ivo pediu demissão após reclamar da falta de repasse de recursos para o pagamento de mão de obra terceirizada. O dinheiro para colocar em dia os salários dos vigilantes do Metrofor foi liberado na tarde dessa quinta-feira, mas Ivo não voltou atrás na decisão e reassume o mandato na Assembleia Legislativa.
O pedido de demissão de Ivo Gomes foi entendido como um princípio de crise entre os irmãos Ferreira Gomes e o Governador Camilo Santana. Ivo saiu da administração por decisão própria, sem consulta aos irmãos, nem a amigos ou aliados políticos.
O anúncio sobre o afastamento de Ivo Gomes do Governo chegou aos bastidores políticos da oposição como o principal sinal de um possível conflito dos irmãos Ferreira Gomes e Camilo Santana.
A oposição cumpre o papel de cutucar, especular, colocar lenha na fogueira e torcer pela desagregação do grupo que está no Poder. Sempre foi, assim, e, hoje, não será diferente. Há, porém, outros pontos na relação entre Camilo, Cid e Ciro.
A aliança que os levou a conquistar a eleição de 2014 continua sólida. Cid, Camilo e Ciro agem com maturidade, administram os problemas que surgem internamente e pensam muito além de 2016. Na oposição, o sonho é outro. Quanto mais dificuldades para os governistas e aliados, melhor o corredor para chegar a 2018.
Camilo não tem motivos para trilhar caminho solo e, pelo estilo, carrega o sentimento da gratidão, enquanto Cid e Ciro procuram não fazer cobranças, nem mudar o estilo adotado pelo atual governador. Ou seja, respeito de ambos os lados para dar mais solidez a uma aliança que constrói caminhos mais longos na política do Ceará.
Fonte: Ceará Agora