Buscar

14 junho 2015

Vitor Valim é constrangido durante votação

A sessão da comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos, foi adiada para a próxima quarta-feira (17), após manifestações dentro do plenário. O deputado estadual Vitor Valim (PMDB-CE) solicitou ao presidente da sessão, o deputado André Moura (PSC-SE), que intervisse no comportamento dos manifestantes contrários à proposta, que estariam atrapalhando a votação "querendo impor no grito e na vaia, a opinião deles". 
O presidente da comissão determinou que os seguranças retirassem os manifestantes do local, mas os jovens se recusaram a sair e começaram a gritar contra policiais legislativos e a "bancada da bala", chamando-os de "fascistas". A Polícia Legislativa usou gás de pimenta contra os manifestantes.
Após a confusão, a sessão foi suspensa por alguns minutos e retomada a portas fechadas sem a presença do público. Vários partidos fizeram pedido de vista culminando no adiamento da votação do texto do relator.
Confira o vídeo:

CNEWS

A marca GVT deixará de existir

Em uma entrevista para a revista Exame, o fundador da empresa Amos Genish confirmou que a marca da GVT, empresa brasileira de telecomunicações deixará de existir para ceder lugar ao nome da Vivo. A empresa foi comprada em 2014  por R$ 22 bilhões. “Desde que cheguei, deixei claro que não sou mais da GVT. Houve até uma discussão sobre marcas nesse novo plano — algumas pessoas queriam contratar consultorias para avaliar se valia a pena manter algo da GVT. Eu falei que não precisa, não existe mais GVT, vamos usar só Vivo“, declarou. 
O presidente revelou que o plano inicial seria deixar a marca ainda por três anos até que ela fosse absorvida pela Vivo. Entretanto, essa estratégia poderia ser arriscada, deixando a ideia ao consumidor de que se trataria de duas empresas distintas. A expectativa, portanto, é que a mudança ocorra no curto prazo.?
Genish informou que pretende acelerar os investimentos para competir com a NET. Entre os planos estão a modernização da fibra ótica; melhorias no atendimento ao cliente; investimento em aplicativos; e aumento da margem de lucro de 29% para 35% (a rentabilidade da GVT já era de 40%).
Segundo Genish,  a fusão dos serviços da Vivo com a GVT ocorrerá nos próximos meses e os primeiros produtos integrados serão lançados este ano na telefonia móvel, fixa, banda larga e TV por assinatura. Em 2016, as faturas e o atendimento pelo call center devem ser unificadas.
Fonte: CNEWS

Morre José Messias, ex jurado do programa Raul Gil

Morreu no início da noite da última  sexta-feira (12), aos 86 anos, o produtor e crítico musical e ex-jurado do "Programa Raul Gil", José Messias. Ele  estava internado no Hospital dos Italianos no Grajaú, Zona Norte do Rio. Em nota, o SBT afirmou que ele estava afastado do trabalho há um ano e morreu de falência múltipla de órgãos em decorrência de problemas renais.

Messias teve grande destaque na cultura artística brasileira durante várias décadas. Durante sua vida, realizou diversas facetas. Ele foi compositor, cantor, escritor, músico, radialista, apresentador e produtor de programas de rádio e televisão. Era ainda jornalista, crítico musical e jurado no programa Raul Gil desde o ano 2000. Messias foi sepultado na amanhã do sábado (13), no cemitério Nossa Senhora de Nazaré em Saquarema.
Fonte: CNEWS

Ceará perde para o Bahia e complica na Série B

O Ceará sofreu a terceira derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro Série B 2015. Desta vez, jogando em Salvador/BA, na Arena Fonte Nova, o time alvinegro perdeu para o Bahia por 1 x 0 e segue na luta para deixar as últimas posições da tabela da competição.
Com o resultado, o Ceará ocupa o 19º lugar na competição (vice-lanterna ), com apenas quatro pontos em sete jogos. A próxima partida do Vovô será no sábado (20), contra o Santa Cruz, pela 8ª rodada da competição na Arena Castelão, em Fortaleza. 
A equipe desembarca neste domingo, às 1245, no Aeroporto Internacional Pinto Martins. A reapresentação está marcada para amanhã (15), em Porangabuçu. A situação do técnico Silas Pereira, no entanto, permanece uma incógnita com a pressão esperada da torcida por mudanças no comando do Alvinegro.
O jogo
O Ceará começou pressionando. Com dois minutos, Vinícius fez jogada e cruzou com perigo, mas ninguém conseguiu finalizar. Na sequência, Fernandinho pegou rebote da defesa e chutou de primeira, mas a bola saiu pela linha de fundo. O Bahia respondeu em jogada de Robson, de cabeça, porém, a bola saiu. Aos 15 minutos, Ricardinho chutou de fora da área, mas o goleiro Douglas Pires salvou.

O goleiro Tiago trabalhou bem aos 22 minutos, quando Kieza tabelou com Rômulo e chutou rasteiro, obrigando o camisa 1 do Vozão a salvar com o pé direito. Ricardinho e Roger Gaúcho ainda tentaram em chutes de fora da área, mas o goleiro adversário esteve bem na etapa inicial.

A grande chance do Ceará aconteceu aos 36 minutos, quando Roger Gaúcho fez grande jogada e ajeitou para Vinícius, que finalizou; No entanto, Douglas salvou os baianos. A resposta veio aos 38 minutos, quando Titi recebeu na área e cabeceou forte, mandando por cima do gol de Tiago. Depois disso, os dois times não criaram muitas chances e o placar do primeiro tempo seguiu sem gols.

Na etapa final, o Bahia começou pressionando. Logo no primeiro minuto, o goleiro Tiago soltou a bola nos pés de Kieza, que chutou forte e o gol não veio por conta do zagueiro Charles, que conseguiu afastar em cima da linha. Na sequência, Léo Gamalho e Tiago Real criaram novas chances, mas desperdiçaram.

Aos 14 minutos, a defesa alvinegra não evitou o gol dos baianos. Maxi Biancucchi se posicionou bem e apareceu livre na área para aproveitar cruzamento e fazer 1 x 0 na Arena Fonte Nova. O atacante adversário seguiu dando muito trabalho e quase ampliou aos 24 minutos, após bela jogada no ataque. O camisa 7 ainda chutou por cobertura, mas Tiago fez a defesa em dois tempos.

O técnico Silas Pereira mudou o time para buscar o empate. Buiú saiu para a entrada de Roniery e Ricardo Conceição deu lugar ao meia Wescley. As alterações deram mais movimentação ofensiva, mas com poucas chances de finalização. Na última mudança, Silas mandou Rodrigo Silva na vaga de Vinícius e o atacante trabalhou bem. Aos 37 minutos, o centroavante ajeitou para Ricardinho, que dominou e mandou pela linha de fundo. Na sequência, Marinho fez jogada individual e chutou colocado, mas Douglas Pires defendeu.

Marinho criou boa chance aos 40 minutos, mas o chute de fora da área saiu pela linha de fundo. Um minuto depois, Rodrigo Silva ajeitou para Baraka, que finalizou com força, mas foi travado. Na última oportunidade de empatar, já nos acréscimos, Marinho arriscou de fora da área e mandou por cima, com perigo. Depois disso, os atletas só ouviram o apito final do árbitro, que decretou mais uma derrota do Alvinegro neste Brasileirão Série B.
Fonte: CNEWS

Dilma diz na TV que dificuldade econômica é passageira

A presidenta Dilma Rousseff disse, em entrevista ao Programa do Jô, exibida na madrugada  deste sábado, que a situação econômica do país é momentânea e será superada. Dilma admitiu ficar agoniada com o aumento de preços de produtos como alimentos, mas avaliou que o cenário é passageiro. “Nós iremos fazer o possível e o impossível para o Brasil voltar a ter uma inflação estável, dentro do centro da meta. O processo tem um tempo; estamos esperando que melhore no final do ano”, afirmou.
Segundo ela, além do ajuste fiscal, o governo trabalha para manter os programas sociais e para aumentar investimentos em infraestrutura. Ela destacou o Programa de Investimento em Logística, lançado essa semana com investimentos de R$ 198 bilhões em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos. E garantiu que está cumprindo suas promessas de campanha ao associar os investimentos à distribuição de renda e melhorias sociais.
Dilma Rousseff explicou que o governo fez tudo para manter o país em crescimento. Apesar das projeções otimistas, ela disse que não pode jurar que as coisas serão revertidas ainda em 2015, em função de fatores que não podem ser controlados. Além da duração maior da crise mundial e a valorização internacional do dólar, ela citou a seca no Nordeste e em regiões que não sofriam com estiagem.
“Acontece que a seca produz duas coisas, primeiro aumenta o preço dos alimentos e aumenta a tarifa de energia. Não é uma questão que se pode prometer ou não, porque ninguém controla a seca. Eu não controlo a seca. O que vai ter é um pico de preços, tanto de alimentos quanto de energia”, disse.
Para Dilma, as apostas de melhorias se baseiam na estrutura forte do país e para “avaliações de mercado, que apontam para queda da inflação nos próximos meses”. Ao responder sobre a dificuldade dos brasileiros que não conseguem comprar casa própria, a presidenta explicou que os beneficiários do Minha Casa, Minha Vida não foram afetados pelas altas de juros.
“As parcelas são fixas e permitem acesso à casa própria para quem não tem renda. Hoje o governo assegura que povo pague menos e o governo mais”, destacou, antecipando que, em agosto, serão lançadas mais três milhões de moradias. Ainda no tom de balanço, ela elencou resultados de programas em áreas prioritárias como educação e saúde e afirmou que não vê as manifestações críticas com indiferença.
Sobre a relação com o Congresso Nacional, Dilma Rousseff defendeu o trabalho do vice-presidente Michel Temer, articulador do governo com o Legislativo, e minimizou problemas com os presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).
“A um presidente o que amedronta é não estar à altura de seu povo. É o que mais temo. O Brasil é um país que reduziu de forma drástica a miséria, a pobreza e melhorou a infraestrutura. Ninguém pode dizer que os aeroportos são os mesmos, que não houve melhoria das estradas, que não houve melhoria da renda”, disse ao elencar números que apontam que 50 milhões de brasileiros entraram na classe média e 12 milhões saíram da linha da pobreza.
Fonte: Ceará Agora

PT rejeita ruptura com PMDB, mas Cunha é hostilizado em Congresso petista

eduardo cunha cpi
Em meio às votações de emendas ao texto-base do 5º Congresso do PT, os delegados presentes rechaçaram as propostas de alterar trechos sobre a política de alianças. Neste tópico, permanecerá o texto original proposto pela Carta de Salvador. Foram apresentadas emendas que sugeriram a ruptura com o PMDB, mas elas não prevaleceram nas votações em que delegados levantavam seus crachás. Cerca de 650 delegados, dos 800 do partido participam das votações.
Apesar da vitória para a corrente majoritária, de não impor uma crítica direta à parceria com o principal partido da coalizão governista, houve hostilidades à figura do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Ouviram-se gritos de “Fora Cunha”, em clara insatisfação com o peemedebista que tem, aos olhos dos militantes do PT, imposto uma pauta conservadora no Congresso Nacional, como o projeto de lei que regulariza a terceirização de atividades-fim.
O vice-presidente Michel Temer, que coordena a articulação política do governo, não foi citado nominalmente, mas durante as exposições de defesa das emendas houve referências a ele. Petistas reclamaram que nem a articulação política é hoje coordenada pelo partido, o que expõe, na visão deles, a fragilidade da coalizão.
No palco onde lideranças discursavam, parlamentares petistas que atuam na linha de frente governista no Congresso buscaram defender a aliança com o PMDB em nome da “governabilidade”.
“Nós não podemos ter ilusão no Congresso. Nós também não podemos achar que, a partir de hoje, a presidente Dilma vai ter maioria no Congresso para votar os projetos que advêm da mobilização social. A governabilidade congressual é também necessária… Ou o PT não está fazendo isso todo dia no Congresso Nacional? Nós não podemos levar o governo Dilma para o isolamento no Congresso”, afirmou o deputado José Guimarães (PT-CE), líder do governo na Câmara.
Com informações do Estadão Conteúdo.
Fonte: Ceará Agora

Ministério Público requer interdição do matadouro público de Tururu

gadoO Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), através do promotor de Justiça Cláudio Feitosa, ajuizou, nesta sexta-feira (12), uma Ação Civil Pública (ACP) contra o município de Tururu requerendo a interdição do matadouro público da cidade, que, segundo o órgão, não possui condições mínimas exigidas pela Vigilância Sanitária para realizar o abate de animais.
O MPCE constatou, em Procedimento Administrativo, a existência de irregularidades no matadouro público de Tururu. Foi observada a falta de veterinário para inspecionar os animais antes e após o abate, que é realizado com marreta; ausência de trilhos para esfola aérea, que evita o contato da carne com o chão; inexistência de mesas para inspeção de vísceras; transporte inadequado da carne, que pode ocasionar contaminação; fossa cheia lançando águas servidas no meio ambiente e presença de lama no curral, levando sujeira para a área de abate.
Diante das irregularidades, o município reformou o matadouro público, mas, ainda de acordo com o MPCE, “mesmo assim, o espaço permanece sem condições para o abate de animais”. Relatório da Vigilância Sanitária destacou uma série de fatores que inviabilizam seu funcionamento: localização a menos de 15 metros de vias públicas e próximo a residências; ausência de estrutura para abate humanitário (atordoamento); área incompatível com as necessidades do estabelecimento; ausência de instalações em quantidade e dimensões condizentes à realização dos trabalhos de cada etapa do abate; dependências desprovidas de esgoto apropriado aos dejetos e com dispositivos que evitem refluxo de odores, entrada de insetos ou animais; inexistência de higiene para a realização dos procedimentos.
Além disso, o matadouro está instalado na área urbana e os moradores reclamam dos odores exalados pela atividade do abatedouro e, que o acúmulo de resíduos provenientes do abate sem tratamento prévio, estão degradando o meio ambiente, além de contribuir para a disseminação de roedores e insetos. Diante das irregularidades, o MPCE ingressou com ACP requerendo a interdição do matadouro público, a recuperação da área degradada pelas atividades do abatedouro, bem como a viabilização orçamentária para a construção de um novo equipamento.
Fonte: Ceará Agora

Vestibular 2015.2 da UECE começa domingo



Com 8.629 candidatos inscritos, a Universidade Estadual do Ceará (UECE), realiza neste domingo, dia 14 de junho, das 9h às 13h, a 1ª Fase do Vestibular 2015.2. Com uma Prova de Conhecimentos Gerais de múltipla escolha, compreendendo Língua Portuguesa, Língua Estrangeira, Geografia, História, Matemática, Física, Química e Biologia. A 2ª Fase acontecerá nos dias 05 e 06 de julho (domingo e segunda-feira,   respectivamente), com a realização de quatro Provas: uma de Redação e três Específicas, de acordo com o curso de opção do candidato.


Os 8.629 candidatos disputam 1.754 vagas, das quais 1.254 são para os cursos da Capital e 500 vagas para as seis unidades da UECE, no  Interior do Estado, localizadas nos municípios de Itapipoca, Crateús, Limoeiro do Norte, Iguatu e Quixadá. O presidente da Comissão   Executiva do Vestibular, professor Fábio Perdigão, recomenda aos candidatos, que cheguem ao seu local de prova, com uma hora de  antecedência, isto é às 8h.
 
O Cartão de Informação do candidato, com os endereços e locais de prova, estará disponível no site  www.uece.br/cev a partir desta sexta-feira, 12 de junho. O segundo Vestibular de 2015 será realizado nas sedes da UECE, Campus do  Itaperi, Centro de Humanidades (Campus Fátima) e nas unidades dos municípios já citados acima e em Colégios da Rede Pública e Particular de Fortaleza.  

Concorrência
A concorrência tem como média geral 4,92 candidatos para cada vaga. No ranking dos cursos mais procurados, o campeão é o de Medicina Veterinária, com 31,30 para cada vaga das 30 ofertadas, com 939 candidatos inscritos. O curso de Nutrição vem em segundo lugar, com 30,53 para cada vaga. O curso de Enfermagem vem em terceiro lugar, com 17,80 candidatos para cada uma das 40 vagas ofertadas; o quarto mais concorrido é o curso de Ciências Biológicas, com 384 inscritos, concorrência de 12,80 candidatos por vaga. O curso de Ciências da Computação vem em quinto lugar, com 403 inscritos, correspondendo a 10,08 candidatos por vaga.  

Mais informações podem ser obtidas na sede da CEV, no Campus do Itaperi, situada na Av. Paranjana, 1700, no endereço eletrônico www.uece.br/cev ou pelos telefones 3101.9710 ou 3101.9711.


* Com informações da UECE

Fonte: CN7

#LUTO - Nota de Pesar!

RUSSAS - Modelo Natália Kelly é destaque do Aracoiaba News

A Revista Eletrônica ARACOIABA NEWS tem a grata satisfação de estampar em sua 20ª edição dominical a Modelo Natália Kelly, da cidade de Russas.
Natália Kelly Gomes de Deus, 20 anos, filha de Nadia Cristina de Oliveira Gomes e Elie Claudio de Deus, modelo, técnica em informática e estudante de serviço social.
Nasceu e mora na cidade de Russas/CE, adora viver em sua cidade, universitária em Serviço Social pela Universidade Potiguar/RN.
Serviço Social e seu trabalho como modelo são paixões declaradas pela modelo. No ano de 2016, Natália conclui sua graduação e tem como objetivo nunca parar, sempre me especializar na área cada vez mais.
Em entrevista ao nosso portal, Natália faz declarações importantes sobre sua vida e garante “DESISTIR”, não faz parte de sua vida.
“Minha experiência como modelo é pequena, fiz apenas alguns trabalhos para lojas da cidade e ano passado participei do concurso promovido pela prefeitura do município, o Miss Russas, não ganhei, mas este ano pretendo participar novamente sem dúvidas, amei a experiência e aprendi muito”. Esse ramo da moda, modelar, é complicado, requer muitas tentativas e paciência, e principalmente, se você sabe que tem potencial, acredita que realmente gosta daquilo, então nunca se deve desistir, e conte sempre com o apoio dos verdadeiros amigos. Todo trabalho, por mais simples que seja, quando as lojas me convidam e posso ir, é um prazer pra mim participar, porque acredito que é de baixo mesmo que se começa, aos poucos vamos construindo a experiência e maturidade necessárias  para enfrentar a vida. Adoro ler, adquirir conhecimento, a nossa cultura me encanta, meu esporte é a musculação, adoro praticar”  destacou Natália.
“Nós sempre passamos por muitos obstáculos na vida, coisas boas, mas também ruins, mas cada dia o que devemos sempre manter conosco é aquilo que nos joga pra frente, o essencial e verdadeiro, sempre devemos nos importar com quem nos ama e quem amamos” assim concluiu.

 

 

Aguardem o próximo Destaque!!

Cristiane Braga é homenageada em aniversário do Sindicato dos Servidores Públicos

A ex-prefeita e atual vice-prefeita de Baturité, Cristiane Braga, foi homenageada no último sábado (13), pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Baturité, em comemoração ao aniversário do referido sindicato.
O evento ocorreu na AABB de Baturité, e contou com a presença da presidente da Câmara Municipal de Baturité Irmã Edileuza Paiva, bem como de funcionários públicos.
O funcionário Cid Ricarte, em sua pagina oficial na rede social Facebook, assim destacou: “O funcionalismo público não é para todos. "25 anos de SINSEMB”. Sou funcionário público e o bom de ser funcionário público é que quando você se apaixona em servir, não mede esforços.  Constrói um novo lar, uma nova família há qual você passa a viver mais com ela do que com a própria família.
E hoje é dia de festejar 25 anos de uma história linda de lutas e conquistas, iniciadas no período da ditadura militar há qual me orgulho de ter feito parte do diretório deste sindicato, o qual merece o meu respeito e de todo funcionalismo público. É sempre a mesma coisa, sempre aprendendo algo novo, o trabalho é um ciclo eterno e dinâmico. Não há limites... Há sempre para onde evoluir, coisas novas e tal.
Tudo pode, inclusive "agradecer"! Obrigado Cristiane Braga Saraiva, Irma Edileuza Paiva e a todos que ajudaram a garantir direito a quem tem direito. A coordenação do SINSEMB “LUCILENE, ELIZA, ÁUREA E PROF. ARY”, pelos serviços prestados aos servidores de Baturité meus agradecimentos e meu apoio.