Buscar

10 junho 2015

Enem monitora redes sociais para identificar inscrições irregulares

As redes sociais são usadas pelo Ministério da Educação (MEC) para identificar irregularidades entre as inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, as publicações nas redes podem ser usadas para ajudar na investigação de candidatos que declararam carência indevidamente. 
Os candidatos em situação de carência são isentos da taxa de R$ 63 para o exame. Para isso, precisam ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos. Também são isentos aqueles com renda familiar per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio que cursaram o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada.
Segundo o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Francisco Soares, alguns candidatos publicam nas redes que, apesar de terem declarado carência, não preenchem os requisitos.
"Reservamos sempre nos editais o direitio de fiscalizar e investigar. Não posso dizer quantos nem como isso é feito para não entregar o sistema. Uma declaração falsa é sempre um delito. Não é correto. Não é moralmente correto. Em uma área educacional, é contraditório como objetivo da área", explicou Janine.
Pelo edital, o Inep poderá exigir a qualquer momento, mesmo após o prazo para pagamento, que termina amanhã (10), a comprovação da situação de carência. O participante que prestar informações falsas será excluído do exame.
"Estamos vivendo um momento que o Inep conhece muito dos alunos da educação básica. Sabemos até em qual escola estudou. Podemos, de acordo com as informações prestadas, indicar se há ou não situação de carência e solicitar a comprovação", esclareceu Soares.
O Inep monitora as redes sociais durante e após a realização do exame. Os candidatos que fizerem postagens durante a prova também serão eliminados.
De acordo com alanço divulgado hoje (9) pelo MEC, 3,7 milhões dos 8,5 milhões de inscritos declararam carência. Eles representam 43,9% do total. Caso esses candidatos faltem ao exame e não justifiquem, eles não serão isentos no ano que vem. Com informações da Agência Brasil.
Fonte: MSN

Instituto Lula recebeu R$ 3 milhões de empreiteira da Lava Jato

Mais R$ 1,5 milhão foram pagos pela Camargo Corrêa a LILS, empresa do ex-presidente, entre 2011 e 2013, revela laudo da Polícia Federal.
Por Ricardo Brandt, Fausto Macedo e Julia Affonso
A Camargo Corrêa pagou R$ 3 milhões para o Instituto Lula e mais R$ 1,5 milhão para a LILS Palestras Eventos e Publicidade, de Luiz Inácio Lula da Silva, entre os anos de 2011 e 2013. É a primeira vez que os negócios do ex-presidente aparecem nas investigações da Operação Lava Jato, que apura um esquema de cartel e corrupção na Petrobrás com prejuízo de R$ 6 bilhões já reconhecidos pela estatal.
São três pagamentos de R$ 1 milhão cada registrados como "Contribuições e Doações" e "Bônus Eleitoral" para o Instituto, aberto por Lula após ele deixar a Presidência da República, em 2011. A revelação sobre o elo da empreiteira - uma das líderes do cartel alvo da Lava Jato - com Lula consta do laudo 1047/2015, da Polícia Federal, anexado nesta terça-feira, 9, nos autos da investigação.
O laudo tem 66 páginas e é subscrito pelo perito criminal federal Ivan Roberto Ferreira Pinto. A perícia foi realizada na contabilidade da Camargo Corrêa de 2008 a 2013, período em que a empreiteira recebeu R$ 2 bilhões da Petrobrás. O documento mostra que a construtora repassou R$ 183 milhões em "doações de cunho político" - destinadas a candidaturas e partidos da situação e da oposição.
No caso dos pagamentos ao Instituto Lula e à LILS eles foram feitos nos mesmos anos: 2011, 2012 e 2013 - em meses distintos. Para o Instituto, dos três pagamentos, dois são registrados como "Doações e Contribuições": 2 de dezembro de 2011 e 11 de dezembro de 2013. O que chamou a atenção dos investigadores foi o lançamento de 2 de julho de 2012, sob a rubrica "Bônus Eleitoral".
Para o LILS, cujo endereço declarado é na própria residência de Lula, em São Bernardo do Campos, a empreiteira depositou em conta corrente: R$ 337,5 mil, em 26 setembro de 2011, R$ 815 mil em 17 de dezembro de 2012 e R$ 375,4 mil em 26 de julho de 2013.
Dois executivos da empreiteira, Dalton dos Santos Avancini e Eduardo Hermelino Leite, confessaram em acordo de delação premiada que foram feitas doações eleitorais ao PT após pedido do ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto - preso, em Curitiba, pela Lava Jato.
O doleiro Alberto Youssef - peça central da Lava Jato - também citou o nome de Lula ao afirmar em delação à Procuradoria, no dia 4 de outubro de 2014, que "tinham conhecimento" do esquema de corrupção na estatal "o Palácio do Planalto" e "a presidência da Petrobrás". Em seguida ele citou nominalmente o ex-presidente.

Ceará reduz pela metade os casos de exploração de trabalho infantil


O Ceará conseguiu reduzir pela metade, nos últimos cinco anos, os casos de exploração de trabalho infantil. Em 2009, eram 293 mil crianças e adolescentes, entre 5 e 17 anos, trabalhando de forma irregular. Em 2014, esse número foi reduzido para 146 mil, tirando o Estado da terceira para a 16ª posição no ranking dos estados brasileiros com maior incidência de exploração de trabalho infantil.

Os dados são da última Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílio (Pnad) e foram divulgados pelo Tribunal Regional do Trabalho do Ceará para lembrar o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, comemorado em 12 de junho.

Para uma das coordenadoras do Programa de Combate ao Trabalho Infantil da Justiça do Trabalho (PCTI), desembargadora Regina Gláucia Cavalcante, apesar da redução do número de crianças trabalhando, a situação ainda é preocupante. “Ainda são muitas crianças em situação de trabalho. Nosso compromisso é com a erradicação de toda forma de exploração de mão de obra infantil,” enfatizou.

Segundo a magistrada, o argumento de que é melhor deixar a criança trabalhar do que ficar na rua e de que elas estariam aprendendo o valor do trabalho desde cedo é um equívoco. “Infelizmente muitos pais ainda têm esse pensamento, mas o trabalho precoce prejudica muito a formação educacional, física, psicológica e, principalmente, afeta a capacidade laborativa”, explica a desembargadora.

Em todo o país, são quase 3,2 milhões de brasileiros entre 5 e 17 anos em situação de trabalho. Entre as piores formas de trabalho infantil estão o trabalho doméstico, o trabalho em lixões, na lavoura e na construção civil.

No Brasil, a Constituição Federal proíbe a realização de qualquer tipo de trabalho por menores de 16 anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de 14 anos. Também é vedada a realização de trabalho doméstico, noturno, perigoso ou insalubre a menores de 18 anos.

Combate: A Justiça do Trabalho está promovendo a Semana Cearense de Combate ao Trabalho Infantil, que tem como tema Não ao Trabalho Infantil e Sim à Educação de Qualidade. São realizadas várias ações de conscientização, com distribuição de material educativo, audiência pública e campanhas publicitárias.

Uma parceria firmada com a Prefeitura Municipal de Fortaleza também vai possibilitar a realização de atividades do PCTI dentro do projeto Abraça Fortaleza, a ser realizado dia 13 de junho, na Lagoa do Opaia. Durante o mutirão de serviços, que reúne mensalmente milhares de pessoas em bairros de Fortaleza, serão distribuídos materiais educativos e realizada assistência jurídica por integrantes da Justiça do Trabalho e do Ministério Público do Trabalho.

Fonte: CN7

Fies deve ter mais 100 mil vagas para alunos com renda até 3 salários


O Ministério da Educação (MEC) negocia com a Fazenda a criação de cerca de 100 mil vagas no Fies, o financiamento estudantil, a partir do segundo semestre. Além disso, o novo Fies a ser anunciado nos próximos dias deverá ter taxa anual de juros de 6,5%, prazo menor para amortização e será voltado apenas aos alunos com renda média per capita de até três salários mínimos. A informação está publicada na edição desta quarta-feira (10) do jornal Valor Econômico.


As maiores mudanças são o aumento da taxa de juros dos atuais 3,4% para 6,5% - patamar praticado antes de 2010, quando as regras do Fies foram flexibilizadas - e as exigências de renda para ser elegível ao financiamento do governo. Segundo interlocutores que participaram de reuniões em Brasília nas últimas semanas, o governo criou um escalonamento nos percentuais financiados, ou seja, alunos com renda média per capita de até 1,5 salário mínimo poderão financiar todo o valor da mensalidade e aqueles com rendimento de três salários terão direito a 80%.
*Com Valor Econômico.


Fonte: CN7

Homem que nasceu sem pênis esconde segredo de sua namorada durante 1 ano inteiro


Andrew Wardle, de Manchester, Inglaterra, nasceu sem pênis e conseguiu manter o fato em segredo de sua namorada durante um ano inteiro.
Um homem que nasceu sem pênis conseguiu manter o fato em segredo de sua namorada durante um ano inteiro.
Andrew Wardle, de Manchester, Inglaterra, conheceu a namorada Fedra Fabian, de Budapeste, quando trabalhava em um acampamento de verão no Reino Unido.
Quando ela voltou para Budapeste eles continuaram se falando via Skype durante cinco meses.
Como eles começaram a se entender, Fedra resolveu se mudar para a Inglaterra para ficar próxima ao amado.
O problema era que ele não tinha dito a ela seu segredo: que nasceu sem o pênis.
“Eu disse a ela que eu tinha infecções renais”, disse o rapaz quando ela foi morar come ele.
Depois de se passar um ano de convivência, ele acabou dizendo a verdade.
Andrew nasceu com uma condição chamada “Bladder exstrophy”. Ele nasceu com a bexiga fora de seu corpo e sem a genitália.
Sua namorada explicou que ela não sentiu raiva pelo fato dele não ter contado a ela antes.
“Eu não me sinto traída. Mesmo que eu seja sua namorada, é o seu problema pessoal.”

Para CGU, empresas investigadas na Lava Jato podem participar de concessões

CGU_sedeO ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Valdir Simão, disse nesta segunda-feira, 8, que não há por enquanto impedimento para que empresas investigadas na Operação Lava Jato participem do novo pacote de concessões em infraestrutura, que deve ser anunciado amanhã pelo governo. “Tecnicamente não há impedimento para que elas participem do processo licitatório. Sendo punidas é que elas ficariam impedidas”, explicou o ministro ao participar do lançamento de uma consulta pública sobre corrupção.
Simão lembrou que, embora haja atualmente 29 processos de responsabilização de empresas no âmbito da Operação Lava Jato, ainda não houve nenhuma declaração de inidoneidade, o que, de fato, impediria a contratação com o poder público. Para ele, é possível que algumas dessas empresas venham a participar de algum dos processos de concessões já que parte dessas empresas atuam no âmbito de infraestrutura e logística. Contudo, o ministro lembrou que o que deve acontecer amanhã é apenas o lançamento do programa. “Os processos licitatórios não começam amanhã. Cada processo tem uma história diferente”, lembrou. Está previsto para esta terça-feira o anúncio de uma nova rodada de concessões em infraestrutura, nas áreas de portos, aeroportos, rodovias e ferrovias.
O dirigente da CGU participou de evento no Ministério da Justiça em Brasília, que lançou um edital de consulta pública sobre corrupção. Os órgãos que compõem um grupo de trabalho formado no início do ano – Ministério da Justiça, Advocacia-Geral da União (AGU), CGU, Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O grupo anunciou um edital com seis eixos para que a população e estudiosos apontem sugestões sobre como o País pode melhorar o combate à corrupção. O edital ficará aberto até 8 de julho.
Financiamento de campanha
Ao falar em combate à corrupção, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que um dos principais pontos a serem discutidos é o sistema político. “Nosso sistema político é anacrônico e ensejador de corrupção”, declarou.
Segundo ele, a reforma política, que está sendo debatida no Congresso Nacional, “é a mais importante das nossas reformas”, disse. “Quem imaginar que o problema de corrupção se resolve com varinha de mágica está enganado.”
O ministro disse que, se não houver mudanças no sistema político não haverá combate a “uma das principais formas de corrupção.” Cardozo afirmou ainda que, pessoalmente, defende o financiamento público das campanhas, bandeira do seu partido, o PT
Fonte: Ceará Agora

Receita Federal realiza Operação Telhado de Vidro em Sobral

receita

Droga, DUT adulterado, CNH e mercadorias falsificadas apreendidas e três pessoas presas em Sobral, nesta segunda-feira, (8).
Sem a Polícia Federal no município, a Receita Federal realiza operação com apoio da Polícia Rodoviária Federal e apreende mercadorias falsificadas e de procedência duvidosa, no km 225 da BR 222 e no centro de Sobral.
A operação que fechou a BR 222 nas primeiras horas desta segunda-feira, (8), com o intuito de fiscalizar transportes coletivos vindos de outros estados, veículos de passeio e caminhões de carga. Acabou apreendendo 10 kg de maconha pela manhã, seguindo a tarde para o centro de Sobral, seis lojas foram fiscalizadas e tiveram mercadorias apreendidas. Duas vans, mais seis viaturas da Receita Federal e PRF participaram da operação, além de um helicóptero da Receita Federal que dava apoio aéreo.
Dentre as mercadorias, muitos relógios falsificados e sem nota fiscal, nenhum comerciante foi preso. Todo o material apreendido foi lacrado em sacolas da Receita e serão ainda contados, ficando a disposição dos proprietários que só apresentando nota fiscal poderão recuperar o que foi apreendido.
O inspetor Aloísio Lira, chefe do Núcleo de Operações Especiais conta que a operação foi geral e todo o material foi levado para a delegacia da Receita Federal de Sobral. Eles procuravam drogas e produtos falsificados.
Pela manhã, três pessoas foram presas, sendo uma pelo tráfico de drogas, outra portava uma Carteira Nacional de Habilitação falsa e o terceiro com documento de veículo adulterado. Ao todo, 17 Policiais Rodoviários Federais e 18 auditores fiscais e analistas participaram da operação. “O nosso papel aqui é dar apoio aos auditores Federais”, complementou o Inspetor Lira.
Fonte: Ceará Agora

Corpo do deputado Wellington Landim é recebido com comoção em Juazeiro do Norte


O corpo do deputado estadual Wellington Landim foi recebido com muita comoção, em Juazeiro do Norte, na noite dessa terça-feira (09). O avião que trazia Wellington pousou às 22h30 no Aeroporto Regional Orlando Bezerra, quando era esperado por um grande número de políticos, familiares e amigos do deputado.

O prefeito de Brejo Santo e filho de Wellington, Guilherme Landim, foi o primeiro a aparecer no saguão do aeroporto e precisou ser amparado por amigos e parentes. O translado foi feito de Fortaleza, onde foi realizada cerimônia na Assembleia Legislativa.

De Juazeiro do Norte, o corpo seguiu em cortejo até a cidade de Brejo Santo, seu berço político. Um caminhão do Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para fazer o cortejo, mas a família acabou decidindo pelo carro funerário.

Algo em torno de 100 veículos percorreram os 70 km, entre Juazeiro e Brejo Santo. Cerca de 30 mil pessoas devem passar pelo Ginásio Wellintão, onde o corpo está sendo velado.
As Câmaras de Vereadores da maioria dos Municípios do Cariri, decretaram luto oficial por três dias e suspenderam as sessões.

Sobre o sepultamento, as informações ainda são desencontradas. Até está manhã a família, ainda, não tinha se manifestado. Certo mesmo é que o corpo deve ser sepultado no dia de hoje, em Brejo Santo. Claro, cercado de muitas homenagens.

Para relembrar

Wellington foi internado no Hospital São Mateus, em Fortaleza, há 3 semanas com suspeita de meningite. A doença foi confirmada e o deputado permaneceu internado na Unidade de Terapia Intensiva até as 11h30 dessa terça-feira, quando foi anunciado o seu falecimento. O boletim médico apontou como causa da morte, falência múltipla de órgãos.


Fonte: CN7

ARACOIABA - Secretaria de Educação recebe obras financiadas pelo FNDE

A Prefeitura de Aracoiaba, através da boa gestão da Secretaria de Educação, está recebendo do Governo Federal, várias obras financiadas pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), fruto do trabalho e empenho do Prefeito Antônio Cláudio e do Secretário de Educação Prof. Emílio Freitas.
Três Escolas padrão MEC estão sendo construída no município,no valor de R$ 956.679.06 cada. As escolas estão sendo construídas nos distritos de Jenipapeiro, Vazantes e na Sede do município especificamente no ConjuntSólon Lima Verde, com previsão de inauguração para outubro.

Obras a serem inauguradas:
Creche no Distrito de Vazantes, com previsão de inauguração para julho, Ginásio Poliesportivo do Distrito de Jenipapeiro om previsão de inauguração para agosto.

Vem por aí:
Construção de Escola Padrão MEC nos Distritos de Jaguarão e Sede, compromissos sendo concretizados.

A Secretaria Municipal de Educação destaca a importância de a escola oferecer um espaço confortável e aconchegante, fator fundamental para despertar nas crianças a vontade de aprender, e para oferecer melhores condições de trabalho aos professores da rede municipal de ensino.
As obras reforçam o compromisso da atual administração com a educação do Município. Há ainda previsão de novas obras e aquisições, que em breve contemplarão outras unidades de ensino do Município de Aracoiaba.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Aracoiaba

ARACOIABA - Reforma garante melhorias no Matadouro Público de Ideal

A obra é um antigo sonho da comunidade e irá trazer melhores condições de trabalho para as pessoas que realizam o abate de bovinos e suínos.

O Matadouro Público do Distrito de Ideal está passando por um reforma e recuperação de todos os setores. Através das secretarias de Agricultura e Infraestrutura, o local está recebendo novos equipamentos para o abate.
Entre as melhorias está a recuperação do Box de atordoamento, aquisição da nova pistola de abate, recuperação do curral, aquisição de ganchos, reforma nas instalações hidráulicas e elétricas e do acesso local.
"Essa é mais uma obra da gestão do prefeito Antônio Cláudio que beneficia sua população. Tem o nosso apoio e reconhecimento porque representa um esforço da prefeitura em proporcionar melhorias na produção e venda de carne em toda região, gerando renda para o município", afirma o Secretário Helder Paz.
A reforma executada pela prefeitura contemplou a recuperação do telhado, troca da instalação elétrica, colocação do revestimento e piso, recuperação da pavimentação da área externa e pintura geral do prédio. Todos os recursos foram disponibilizados pela prefeitura.
O prefeito lembrou que assim que recebeu a demanda da Secretaria de Obras sobre a necessidade e a importância da reforma, não mediu esforços para que o trabalho fosse executado. "Todos sabem das dificuldades que encontramos na gestão municipal e da crise financeira que assola todas as prefeituras do país. Apesar disso, estamos conseguindo reformar o matadouro, uma obra que irá facilitar o trabalho dos marchantes e assim gerar renda para as famílias do nosso município", concluiu Antônio Cláudio.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Aracoiaba

Confira as principais notícias no Retrospectiva do Dia