Buscar

14 maio 2015

Estudante consegue 600 pontos em redação do Enem mesmo após brincadeira

Redação
Francinaldo Guedes teve acesso às correções realizadas na redação através da divulgação, feita pelo próprio Inep, dos espelhos
(FOTO: REPRODUÇÃO/FRANCINALDO GUEDES)
Mesmo após fazer brincadeira com a data de aniversário na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o estudante paraibano Francinaldo Guedes Pereira, de 16 anos, conseguiu tirar 600 pontos na prova. Com a divulgação dos espelhos da redação, na última sexta-feira (8), o rapaz pode ter acesso às correções.
O governo já informou que o acesso aos espelhos possui caráter apenas pedagógico e que não serão aceitos recursos para alteração de notas.
"Esse tipo de propaganda no Brasil é permitido, são proibidos em alguns países porque a propaganda infantil é vista como atração de crianças a despertarem um querer pelo produto proposto. Que tem essa finalidade porque é meu niver”, diz um trecho do texto escrito Francinaldo, no qual o rapaz brinca com a data de realização da prova, que também era o aniversário dele.
Em todas as competências analisadas no Enem, o estudante obteve 120 pontos, ou seja, 60% da nota máxima de 200 pontos. No entanto, o que chama atenção, é que a redação dele deveria ter sido anulada
De acordo com o edital do exame, toda redação “que apresente parte do texto deliberadamente desconectada com o tema proposto” será considerada nula. Segundo Francinaldo, a nota obtida por ele não foi justa perante os outros participantes.
O estudante afirma que quando realizou o Enem no ano passado desejava apenas testar conhecimentos e comentou que na edição de 2015 não irá repetir a brincadeira. " Farei de forma séria e com intenção de passar”, reforçou ainda no início do ano ao G1, quando revelou o caso.
Para ele, outros erros de redação devem ter passado despercebidos pela banca examinadora. Francinaldo revela que ainda não decidiu o que irá cursar, mas pensa na possibilidade de tentar os cursos de sistemas de informação  ou jornalismo.
Inep
De acordo com o  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira(Inep), órgão do Ministério da Educação que é responsável pelo Enem, 6.193.565 foram corrigidas na edição de 2014 do Exame. Destas, 529.374 conseguiram nota zero, enquanto apenas 250 alcançaram a nota máxima.
Procurado pelo site de notícias G1, o Insituto afirmou que todas as informações sobre o exame serão repassadas em uma coletiva de imprensa nesta quinta-feira (14).
Fonte: DN

Emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) em Aracoiaba

A Ação foi realizada em parceria entre governo municipal e SINE/IDT

Na manhã desta quinta-feira (14), o Instituto do Desenvolvimento do Trabalho (SINE/IDT), em parceria com a Secretaria de Planejamento do município de Aracoiaba, realizou a emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).
A Prefeitura de Aracoiaba e o Instituto do Desenvolvimento do Trabalho (SINE/IDT), através de seu diretor regional, Helder Moraes, firmaram parceria para um dia de atividades de emissão de Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) para a população. O atendimento será realizado uma vez por mês, na sede do centro administrativo.
O Secretário Raimundo Lopes, explicou os avanços obtidos: "A emissão dos documentos representa um avanço para o serviço público. A prefeitura sempre visa oferecer para o cidadão um serviço mais rápido e de boa qualidade”. Concluiu o secretário.

Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).
A Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS é o documento obrigatório par o exercício de qualquer emprego, seja de natureza urbana, rural, de caráter temporário, permanente, ou mesmo em atividade profissional exercida por conta própria.
Nela são registrados os salários e todos os elementos básicos para o reconhecimento de seus direitos perante a justiça do trabalho, bem como para a obtenção da aposentadoria e demais benefícios da Previdência Social. A CTPS garante-lhe também, o direito ao Seguro-Desemprego.
Ela é o registro de toda a vida profissional, funcional e a garantia de preservação e validade de direitos como trabalhador e cidadão. Por isso, trabalhador, é seu dever proteger e cuidar de sua carteira com carinho.
  
Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Aracoiaba

Ex-deputado Thiago Campelo poderá ser candidato a prefeito em Itapiúna

 (Foto: Itapiúna Ceara News A Verdade Doa a Quem Doer)
O ex-deputado estadual e atual Procurador Geral do município  de Aracoiaba Thiago Campelo,  poderá  disputar o cargo de prefeito do município de Itapiúna. Na última eleição em 2014,  Campelo foi no deputado estadual mais votado na cidade,  dessa forma houve por parte da população um pedido de mudança,  para a atual situação que vive o município de Itapiúna. 
Segundo informações,  Thiago Campelo é  dos favoritos a eleição de 2016. 
O site Itapiúna Ceará News, tentou entrar em contato com o mesmo,  mais não obteve êxito. Em breve mais informações. 

Policiais se comovem, pagam fiança e fazem compras para ladrão no DF

Compras feitas por policiais para ajudar desempregado que tentou furtar 2 kg de carne no Distrito Federal (Foto: Ricardo Machado/Arquivo Pessoal)

Policiais civis do Distrito Federal se sensibilizaram com a história de um ladrão e deram um final surpreendente a uma tentativa de furto de 2 kg de carne: pagaram a fiança e fizeram compras para o eletricista desempregado, que contou em depoimento ter praticado o crime para alimentar o filho de 12 anos. O homem cria o menino sozinho desde que a mulher se mudou para a casa de um filho mais velho, de outro casamento, para se recuperar das sequelas de um acidente.
Ele cuida da casa e do menino pela manhã e à tarde vai atrás de bicos, mas não conseguiu nada nos últimos dois meses. A gente sabe que o crime não é certo, mas eu me ponho no lugar. Imaginei a minha filha passando fome. O que eu não faria nessa situação?"
Ricardo Machado,
agente da Polícia Civil
O incidente aconteceu nesta quarta-feira (13), em um mercado de Santa Maria. De acordo com o agente Ricardo Machado, o desempregado contou em depoimento que se confundiu com as datas e achou que já tivesse caído na conta os R$ 70 que recebe mensalmente por meio do Programa Bolsa Família. Ele foi então ao comércio comprar pão, muçarela, mortadela e carne.
Na hora de passar as compras no caixa, o homem descobriu que o valor que tinha de saldo – R$ 14 – era insuficiente e tentou esconder a carne na bolsa. Os 2 kg do alimento custavam R$ 26. A ação foi flagrada pelas câmeras de segurança, e o dono do estabelecimento não aceitou as desculpas do ladrão e acionou a polícia.
Machado conta que o desempregado desmaiou pouco depois de chegar à delegacia. Questionado se estava bem, o homem respondeu que estava havia dois dias sem comer, porque deixou o filho consumir sozinho o pão que restava em casa.
O agente terminou de ouvir a história do suspeito – que narrou ter perdido o emprego com carteira assinada por ter precisado acompanhar a mulher nos oito meses em que ela ficou internada em coma no hospital – e procurou os colegas. “Dei a ele R$ 30 para pagar a carne e depois fui contar aos colegas o que estava acontecendo no plantão. Ficou todo mundo comovido, e logo um tirou R$ 5, outro R$ 10, outro R$ 20 do bolso”, lembra.
A ocorrência foi registrada na delegacia do Gama Oeste, e a fiança foi estipulada em R$ 270. Sensibilizada, uma agente pagou sozinha o valor, enquanto os colegas arrecadavam mais dinheiro para comprar mantimentos para o ladrão.
Ele disse que tinha mais de mês que não escovava os dentes com pasta, e pedimos que ele pegasse lá, então. Ele, na humildade dele, voltou com a menorzinha e mais barata. Brincamos que isso não dava nem para um dia e pegamos logo cinco, aí pegamos sabonete e todo o resto"
Ricardo Machado
Quatro policiais acompanharam o eletricista desempregado até o supermercado, onde compraram arroz, feijão, macarrão, biscoito e itens de higiene. “Na hora que passávamos pela seção de higiene, um colega perguntou se ele tinha pasta de dente. Ele disse que tinha mais de mês que não escovava os dentes com pasta, e pedimos que ele pegasse lá, então. Ele, na humildade dele, voltou com a menorzinha e mais barata. Brincamos que isso não dava nem para um dia e pegamos logo cinco, aí pegamos sabonete e todo o resto.”
Os agentes acompanharam o homem até a casa dele. Machado diz que ele “não conseguia acreditar e não parava de agradecer”. “Ele cuida da casa e do menino pela manhã e à tarde vai atrás de bicos, mas não conseguiu nada nos últimos dois meses. A gente sabe que o crime não é certo, mas eu me ponho no lugar. Imaginei a minha filha passando fome. O que eu não faria nessa situação?”, questionou.
Fonte: G1

Operação Carro Pipa – Agentes do Exército visitam localidades de Aracoiaba


Na manha da última terça-feira (13), a Secretaria do Desenvolvimento Rural, o secretário Helder Paz, recebeu a visita de agentes do Exercito Brasileiro, no centro administrativo Waldemar Alcântara, para tratar de assuntos referentes ao ABASTECIMENTO DE ÁGUA POTÁVEL.
A Prefeitura de Aracoiaba vem buscando novos convênios, que venham a atender de forma satisfatória a população. O encontro realizado na última terça-feira teve como finalidade buscar novos meios para o benefício da população rural, que vem sofrendo com a falta de chuva e a escassez de água.
Após a reunião, o secretário e a equipe do Exercito Brasileiro, visitaram as localidades com o intuito de realizar o georeferenciamento das mesmas.

O Secretário Helder Paz agradeceu a visita do Exercito ao município “Alegra-nos, a visita de representantes desta instituição brasileira em nosso município. Estamos a cada dia trabalhando para buscar sempre o melhor para nossa população. Nos próximos dias estaremos assinando de forma oficial o novo convênio com o Exército, para que possa ser realizada a Operação Carro Pipa em nossas comunidades rurais” assim concluiu.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Aracoiaba

Onda de violência assusta moradores de Arneiroz; até o padre recebeu ameaças

Reunião debateu insegurança em Arneiroz. Foto de Amaury Alencar
Reunião debateu insegurança em Arneiroz. Foto de Amaury Alencar
A onda de violência é crescente não apenas nas capitais e nos grandes centros urbanos, mas atinge também as pequenas cidades do Interior do Estado. A falta de segurança pública passou a ser motivo de preocupação para moradores e comerciantes. Na cidade de Arneiroz, na região dos Inhamuns, há registro de assaltos à mão armada e até o padre da paróquia local sofreu ameaças.
A questão da insegurança pública foi discutida recentemente na Câmara de Vereadores em reunião com parlamentares, representantes de entidades de classe, da Polícia Militar, de instituições públicas e privadas, estudantes, professores e agricultores. O objetivo do encontro foi definir uma ação conjunta entre as lideranças locais, que apontaram a falta de policiamento como o principal problema. A delegacia não oferece estrutura adequada de funcionamento.
O município tem cerca de oito mil habitantes e só há três policiais em trabalho efetivo.   O presidente da Associação Comercial de Arneiroz, Vagner Noronha, disse que a sensação de insegurança ultimamente está preocupando a população e empresários. “Assaltantes vêm à cidade e cometem violência contra a classe empresarial”, disse. “Já tivemos um assalto contra um correspondente bancário e três lojas foram arrombadas, em apenas um mês e meio”.
PADRE RECEBE AMEAÇAS
O pároco da igreja Matriz de Arneiroz, Padre José Leandro de Almeida, confirmou que recebeu ameaças, por meio de uma folha de papel, deixada na casa paroquial. “Estava escrito em uma letra graúda que Deus existe, mas o inferno ia começar aqui na terra e que eu tomasse cuidado com o que estava falando em defesa da comunidade, pois seria o próximo”, contou. “Não dei importância, amassei e joguei no lixo”.
O sacerdote não quis registrar boletim de ocorrência e nem comunicou o fato à diocese de Iguatu. “Achei uma coisa sem fundamento, não quero dá importância”, frisou o padre José Leandro. Entretanto, o religioso tem abordado o tema da insegurança pública e questionado as autoridades durante as pregações litúrgicas na Igreja Matriz e nas capelas, nas vilas rurais. “Temos de denunciar essa situação, a falta de efetivo policial e a crescente onda de assaltos e roubos”.
Padre José Leandro. Foto de Amaury Alencar
Padre José Leandro. Foto de Amaury Alencar
O padre José Leandro disse esperar que o governo do Estado amplie o efetivo e realize fiscalização e procure coibir a ação dos criminosos. “Acredito que a Polícia vai agir e com naturalidade vai resolver esse problema”. “As pessoas procuram o padre para resolver todo tido de problema em cidade pequena, até de campeonato de futebol, e claro que estão reclamando muito contra a violência”, disse o sacerdote.
CADEIA SEM CONDIÇÕES
A cadeia não dispõe de viatura e sequer de telefone. A unidade precisa de reparos. Nas celas, o banheiro não tem descarga, o alojamento dos policiais é pequeno, os móveis foram doados pela comunidade e emprestados pelas instituições públicas. Outro fato é que em função do único posto de combustível da cidade não dispor de serviço de cartão de crédito, a viatura da Polícia Militar tem que ser abastecida em Tauá, que fica distante 42 km. Enquanto isso, a cidade fica desprovida de segurança.
O prefeito de Arneiroz,  Monteiro Filho, ficou de apresentar reivindicação direta ao governador e ao secretário de Segurança Pública, para o aumento do contingente policial. “A situação de insegurança pública é preocupante no município”, disse.  “Assistimos comerciantes serem vítimas de assaltos, arrombamentos e pessoas sendo agredidas”. O gestor frisou que agricultores aposentados não têm mais tranquilidade na zona rural. (Com informações e colaboração de Amaury Alencar)
Fonte: DN

Texto-base da MP 664 é aprovado sob protesto

Image-0-Artigo-1853034-1
A sessão foi tumultuada, com gritos de guerra, samba, Hino Nacional, faixas, cartazes e empurra-empurra
FOTO: AGÊNCIA CÂMARA
Brasília. O governo conseguiu aprovar, ontem, na Câmara dos Deputados o texto-base da Medida Provisória (MP) 664, que altera o acesso ao auxílio-doença e pensão por morte e integra o pacote de ajuste fiscal da gestão Dilma Rousseff (PT).
Graças à oferta de cargos de segundo escalão e à promessa de liberação de emendas parlamentares, o Palácio do Planalto ampliou a vantagem obtida na votação no dia 6, quando aprovou a MP 665, e obteve uma vantagem de 99 votos - 277 a favor, 178 contra e uma abstenção. Na semana passada, a Medida Provisória que restringe o acesso ao seguro-desemprego, foi aprovada com uma margem de apenas 25 votos.
A sessão foi tumultuada, com gritos de guerra, samba, Hino Nacional, faixas, cartazes e empurra-empurra. Ao menos dois integrantes da Força Sindical, ligada ao Solidariedade, abaixaram as calças nas galerias do plenário e mostraram as nádegas em protesto ao discurso do líder do governo, José Guimarães (PT-CE), que defendia o ajuste. "Lamentamos cenas que não podemos controlar", disse o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ao ordenar o esvaziamento das galerias.
Antes disso, manifestantes e parlamentares da oposição mostraram faixas de protesto, entoaram o Hino Nacional e cantaram uma paródia do samba "Vou festejar", de Beth Carvalho: "PT pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão". No plenário, houve princípio de tumulto entre os deputados.
Pedetistas
O PDT manteve a posição da semana passada e os 19 deputados do partido foram contrários à admissibilidade. "Não poderíamos ser incoerentes. Agora vamos mudar de opinião? Votar contra direitos previdenciários? É com muita honra que viemos à tribuna para dizer que o PDT vai votar não à MP 664", afirmou o líder do PDT, André Figueiredo (CE). "A gente não vai se calar, a gente não vai se curvar. Não contabilizem votos do PDT favoráveis a essas duas medidas", declarou o parlamentar.
Moeda de troca
Diante do cenário de acirramento nas votações das Medidas Provisórias que fazem parte do ajuste fiscal, integrantes da cúpula do governo passaram a negociar com os partidos uma das principais demandas dos aliados: a "verticalização" dos cargos que estão sob o guarda-chuva de cada um dos ministérios. Além disso, foram prometidas cotas de emendas parlamentares que somam cerca de R$ 150 milhões, segundo um ministro disse, sob anonimato.
Além de PP e PDT, o PSD também foi procurado. A promessa por parte do governo não foi de conceder todos os espaços, mas "um pouco mais da metade" das estruturas dos ministérios que comandam: Integração, Trabalho e Cidades, respectivamente.
Para as conversas foram escalados o vice-presidente Michel Temer, e o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil). Na tarde de ontem, o ministro da Previdência Social, Carlos Gabas, se reuniu com líderes governistas na Câmara dos Deputados.
Ao PSD, houve promessa de liberar emendas parlamentares em cotas de R$ 2 milhões, R$ 3 milhões e R$ 5 milhões. O líder da legenda na Câmara, Rogério Rosso (PSD-DF), negou que tenha havido qualquer negociação com o partido ou a bancada neste sentido.
Nas tratativas com o PDT, apesar de o partido não ter fechado apoio à votação, ficou acertado que seria colocada na mesa de negociação a possibilidade de o partido assumir o comando das duas principais secretarias do Ministério do Trabalho, a de Políticas Públicas de Emprego e a de Economia Solidária, que hoje pertencem ao PT. Em troca, o partido não discutirá a saída da base aliada e se comprometeu a votar contra o projeto de desoneração da folha de pagamento, previsto para ser votado na próxima semana.
Ao PP, o governo garantiu a Codevasf e avançou nas negociações na distribuição de cargos em outros setores. Nas conversas com o presidente da legenda, senador Ciro Nogueira (PI), foi assegurada a vice-presidência de governo da Caixa e a secretaria de vigilância do Ministério da Saúde, esta última ocupada interinamente pelo PT.

Fonte: DN

PM baleado em tiroteio com policiais federais

Image-0-Artigo-1853021-1
Agentes e peritos da Polícia Federal e um oficial da Polícia Militar estiveram no local onde o PM baleado se refugiou. O local foi periciado. Ele foi levado para o IJF, mas segundo a PF, está na condição de preso em flagrante
FOTO: ÉRIKA FONSECA
Um policial militar à paisana foi baleado em uma operação da Polícia Federal (PF) que investigava o tráfico de drogas na região do bairro Jóquei Clube. O militar ferido foi preso, além de outro PM que estava fardado e de serviço, e outros dois supostos traficantes. A ação ocorreu no começo da noite de ontem, no cruzamento das avenidas Fernandes Távora com Lineu Machado, no bairro Jóquei Clube.
De acordo com o delegado Janderlyer Gomes, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Federal, uma equipe de agentes investigava a atuação de traficantes de drogas na região. Enquanto vigiavam o local apontado como um ponto de venda de drogas, os federais de depararam com uma viatura caracterizada da PM chegando ao local.
Corrupção
Conforme o titular da DRE, os federais continuaram a acompanhar a movimentação e um dos militares fardados desceu da viatura e começou a conversar com um suposto traficante que seria alvo da investigação da PF. O delegado afirmou que quando o militar estava recebendo dinheiro do homem foi abordado pelos agentes da DRE e todos receberam voz de prisão. "Nesse momento, outro homem, que somente depois viríamos a saber que era militar, e supostamente estaria dando apoio à ação dos colegas de farda, se aproximou dos policiais federais e atirou. Os policiais reagiram, alvejaram o homem e ele foi preso", disse.
Policiais militares que estiveram no local, mas não quiseram se identificar, disseram que o soldado militar passava pelo local no momento em que acontecia a abordagem da PF e avistou o colega de farda sendo conduzido. Achando que o PM estava sendo levado por bandidos, o soldado de folga interveio e atirou contra os federais, que reagiram. No tiroteio, o PM à paisana acabou baleado no braço.
Ele se refugiou em uma faculdade particular e foi atendido por ambulâncias do Samu e levado, posteriormente, para o Instituto Doutor José Frota (IJF). O relações públicas da PM, tenente-coronel Andrade, foi procurado, mas não atendeu às ligações até o fechamento dessa matéria.
O delegado Janderlyer Gomes afirmou que dois traficantes e dois policiais militares estão presos. "Existem mais três militares que estão sendo procurados". Gomes informou que o dinheiro que foi entregue pelo traficante ao PM também foi apreendido. "Eles vão responder por tentativa de homicídio, corrupção, associação criminosa e associação ao tráfico", disse.
Peritos da Polícia Federal estiveram no local onde o policial baleado se refugiou, isolaram a área e fizeram a perícia.
Emerson Rodrigues/Sara Sousa
Editor de Polícia/Colaboradora
Fonte: DN

Corinthians perde e está eliminado da Libertadores

1O Corinthians não soube administrar a tensão em ser obrigado a reverter o placar de 2 a 0 na partida de ida e foi eliminado ontem da Libertadores.
Atuando no Itaquerão, o Timão perdeu por 1 a 0 com o gol do atacante Fernández nos acréscimos, mas já havia facilitado o trabalho do Guaraní, ao ter dois jogadores expulsos na partida. Agora, a equipe paraguaia avança para as quartas de final da competição.
As duas expulsões ocorreram no segundo tempo, e a primeira foi de Fábio Santos. 17 minutos depois, foi a vez de Jadson, que passou da bola em lance no alto e largou o braço, que acabou acertando o rosto de Benítez.
Fonte: DN

Dois caminhões e um ônibus colidem e provocam congestionamento na BR-116



Atualizado às 08:13
Um grave acidente entre dois caminhões e um ônibus no km 15 da BR-116 às 6:20 da manhã desta quinta-feira deixou uma pessoa vítima de lesões. Os veículos estão bloqueando o sentido interior-capital da rodovia.
De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal, equipes já estão no local atendendo a ocorrência e orientando os motoristas a desviarem pelo acostamento O terceiro veiculo envolvido, um caminhão, bateu apenas o pára choque e foi liberado pela PRF.
Ainda segundo a PRF houve derramamento de combustível na pista por conta da colisão. O Corpo de Bombeiros também foi acionado e já está no local para controlar a situação.
Os condutores precisam ter paciência nesse trecho. Segundo a PRF, o tráfego de veículos está lento nos dois sentidos da via por conta da grande demanda de carros neste horário. Muitos motoristas estão reduzindo a velocidade para tentar ver a cena do acidente.
Mais informações em instantes
Fonte: DN

Charge

Charge

Tricolor se despede da Copa do Brasil

Image-0-Artigo-1853094-1
Equipe leonina perdeu no tempo normal por 2 a 1
FOTO: FELIPE ROSA/TRIBUNA DO PARANÁ
O projeto do Fortaleza de avançar na Copa do Brasil foi encerrado ontem, diante do Coritiba, no Estádio Couto Pereira.
O Tricolor do Pici acabou perdendo no tempo normal por 2x1, o mesmo placar com o qual venceu no jogo de ida. O time classificado só ficou conhecido nas cobranças de penalidades máximas e na terceira série, quando os goleiros cobraram.
Bruno, do Coxa Branca, fez o seu gol, enquanto Deola chutou por cima. Final: 11x10 para o time curitibano, que carimbou a vaga para a terceira fase.
Mantendo o controle do jogo, o Fortaleza fez um primeiro tempo dentro da proposta satisfatória para conseguir a classificação. Não era uma grande partida, até àquele momento, mas uma atuação eficiente para manter o empate e ficar com a vaga.
Em duas bolas cruzadas sobre a área do Coritiba, o Tricolor mostrou que poderia surpreender o adversário. Em uma delas, Cassiano, herói do título do Estadual, chegou atrasado para finalizar para o gol.
Em alguns momentos do jogo, o Fortaleza mostrou que se ressente de um atacante mais agudo, com velocidade para tentar a jogada ofensiva. Por outro lado, equivocou-se em vários momentos. Quando era para o atleta cruzar, como Radar, aos 30 minutos, que preferiu chutar ao gol, estragando o contra-golpe.
Banho-maria
Foi cozinhando o jogo em banho- maria que o Fortaleza sofreu o gol. Aos 39 minutos, o meia Ruy se aproximou da área e chutou rasteiro no canto, mas Deola, adiantado, não fez a defesa. Uma repetição de outros gols que o goleiro tem sofrido. Vale ressaltar que os volantes não fizeram nenhum bloqueio para evitar o chute, o que complica ainda mais a performance do goleiro. O Leão empatou logo aos 7 minutos do segundo tempo. Cobrado escanteio na área, a bola passou pela defesa do Coxa, mas Daniel Sobralense cabeceou, empatando a partida.
O Fortaleza, porém, tomou o gol da virada em um vacilo incrível. Em bola cruzada na área, a zaga não cortou e o goleiro Deola achou de chutar. A bola bateu no lateral Tinga e sobrou para Rafhael Lucas, que marcou 2x1.
O Leão do Pici ainda teve a chance do empate, aos 40 minutos, o que lhe daria a classificação. Maranhão cruzou da esquerda, e o seu companheiro de ataque, Lúcio Maranhão, chutou e bateu na trave. Nos pênaltis, todos os atletas converteram, menos Deola que bateu por cima e o clube ficou sem a vaga.
Ivan Bezerra
Repórter
1
 

Fonte: DN

Confira as principais notícias no Retrospectiva do Dia