Buscar

27 fevereiro 2015

Açude Gavião começa a sangrar

O açude Gavião, situado em Pacatuba, chegou a 100% de sua capacidade e sangrou nesta quinta-feira (26/02). Ele faz parte do sistema de abastecimento de Fortaleza e é o primeiro monitorado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) a sangrar. De acordo com a Cogerh, para evitar desperdício de água, a vazão do Pacoti – reservatório que alimenta o Gavião – foi fechada.
Com isso, a recarga da barragem reduz a transferência de água do sistema, facilitando o acúmulo nos reservatórios que o compõe. A Capital é abastecida por um conjunto que conduz água a partir do açude Castanhão, seguindo para o Pacoti que está interligado a outro reservatório, o Riachão. Após isso, a água chega à barragem Gavião e segue para a Estação de Tratamento (ETA).
Mesmo com a sangria, a Cogerh explica que não altera o abastecimento de água da Capital. A recomendação é que a população continue economizando água e evitando desperdício.
O volume armazenado pelos 129 açudes monitorados pela Cogerh, apenas o Gavião apresenta volume de 100%. O restante, 128, estão com volume inferior a 30%. Na média, o Ceará tem 19% de armazenamento total de seus reservatórios.
Fonte: Ceará Agora

Vereadores de Parambu confirmam apoio a Hérberlh Mota para presidente da UVC


A candidatura do Vereador Hérberlh Mota (Baturité) à presidência da União de Vereadores e Câmaras do Ceará (UVC) , através da chapa “A UVC é dos Vereadores”, tem ganhado, cada vez mais, apoio e força junto à categoria. Em um almoço, na manhã desta sexta, 28, Hérberlh recebeu a adesão à sua campanha dos Vereadores da Câmara de Parambu, assim como, dos Deputados Estaduais Genecias e Aderlânia Noranha.
“Estou votando e trabalhando para o Hérberlh e a chapa A UVC é dos Vereadores, porque acredito no trabalho dele. Assim como foi iniciado pelo, hoje, deputado Audic Mota, o Hérberlh vai fortalecer e priorizar a nossa categoria. Além de trazer crescimento para nossa UVC,” destacou o Vereador Huanderson Feitosa.
Estiveram presentes sete Vereadores do município de Parambu: Huanderson Feitosa Moreira, Roberto Noronha, Marcos Alex, Julio Freitas, Neto Lopes, Paulo Cispim, Elton Noronha. No total, a Câmara conta com 13 parlamentares que, segundo o Vereador Huanderson, todos votam na chapa “A UVC é dos Vereadores.” ‪#‎EleiçõesUVC2015‬ ‪#‎HérberlhUVC2015‬

Fonte: Hérberlh Mota - Presidente UVC 2015

Jornalista registra queixa contra Wellington Muniz por difamação

wellington muniz
DIVULGAÇÃO
A jornalista Letícia Silva não está nem um pouco satisfeita com o meme dela que está rolando na internet.
A jovem de 24 anos foi chamada, em umamontagem, de "golpista que seduz você, depois te leva pro motel, depois do serviço feito, ela te dá um sossega leão e rouba todo o seu dinheiro".
Ela soube do caso por uma amiga e ficou surpresa quando viu a imagem sendo compartilhada nas redes sociais. Letícia não hesitou e se dirigiu a 126ª Delegacia de Polícia, em Cabo Frio, e fez um registro por difamação e encaminhou uma carta precatória à Polícia Civil de São Paulo para que o suposto autor preste depoimento. 
E toda essa 'brincadeirinha' pode render uma briga na justiça. Acontece que o humoristaWellington Muniz - o Ceará - compartilhou a montagem no canal de humor 'BemFudex', que costuma postar montagens e memes. Além do perfil do canal, Wellington ainda compartilhou a imagem em suas contas do Twitter e Instagram.
"Isso nunca tinha acontecido antes. Fiquei sabendo através de uma amiga que seguia o Ceará. Ela viu e falou comigo que a minha foto estava lá com dizeres muito maldosos. Quando entrei no perfil dele, levei um susto. Falei com o meu marido e no dia seguinte fui na 126ª DP e abri um boletim de ocorrência", explica Letícia.

asdad
Reprodução/Instagram

Nesta quinta-feira, após ser comunicado sobre a ida de Letícia à delegacia para prestar queixa, o humorista apagou a publicação de suas contas. O humorista, que recentemente fechou com a Multishow, ainda emitiu uma nota oficial sobre o caso. Confira na íntegra:
O humorista Wellington Muniz, o Ceará, informa que não teve a menor intenção ofensiva quando da republicação da imagem em questão – cuja publicação originária, diga-se de passagem, partiu de um perfil de humor no Instagram e cuja republicação vinha sendo feita de forma sistemática em diversas mídias sociais – , muito menos no sentido de denegrir ou causar constrangimento à moça que ilustrava essa imagem. Esclarece, outrossim, que interpretou a conjugação do texto e da imagem como uma simples brincadeira, sem qualquer conotação que pudesse pressupor a prática ou a ocorrência de algo mais sério, mas, apenas, a exaltação à beleza da já referida moça que ilustrava essa imagem. De qualquer forma, Ceará pede desculpas pelo ocorrido e antecipa que já excluiu a imagem do seu Instagram.
Fonte: DN

Para Tiririca, seria 'hipocrisia' não usar passagem para mulher

tiririca
"Estou na minha. Eles [comando da Casa] fizeram e não vou ser hipócrita de dizer que não vou usar", afirmou Tiririca
A decisão da cúpula da Câmara de permitir que maridos e mulheres dos deputados tenham direito a passagens aéreas provocou um burburinho nos corredores da Casa e num plenário com mais de 300 deputados em plena quinta-feira (26).
Divididos, os parlamentares recorreram a piadas e até fizeram verdadeiros exercícios verbais para justificar a concessão do benefício, mas boa parte assegurou que não vai usar a regalia.
Pela regra, só os cônjuges com registro em cartório poderão utilizar a cota de passagens do congressista.
medida foi aprovada junto ao reajuste de outras verbas à disposição dos deputados, que totalizam um impacto de R$ 150,3 milhões por ano.
Nas rodas de conversa, as reações foram diferentes, mas é consenso o desgaste trazido pela Casa num momento que o país discute um ajuste fiscal. A benesse ganhou até apelido de "bolsa esposa" e "transpatroa".
deputado Tiririca (PR-SP) defendeu. "Estou na minha. Eles [comando da Casa] fizeram e não vou ser hipócrita de dizer que não vou usar", afirmou.
Jair Bolsonaro (PP-RJ) considerou que a Casa "extrapolou". "Não tem como defender", disse. O líder do PRB, Celso Russomano (SP), sustentou que não vai fazer uso da medida, mas que não tem posição sobre o benefício. "Vou fazer uma consideração da vida parlamentar: você vem para Brasília, abandona sua família e muitos casamentos vão para o vinagre por causa disso", ponderou.
Para Marco Feliciano (PSC-SP), a medida é justa, mas arranha a Casa. "É justo, mas é mais um desgaste para a imagem do Parlamento que já está desgastado demais."
Integrante da cúpula da Câmara, a deputada Luiza Erundina (PSB-SP) votou contra a concessão. "A sociedade vem colocando uma posição de muita indignação e reclamação em relação à Casa. Neste momento, [o pacote de benefícios] acentua ainda mais o distanciamento entre o Parlamento e a sociedade."
Chico Alencar (PSOL-RJ) disse que está tendo que se explicar a todo minuto se vai usar ou não a regalia.
Até o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), se apressou em negar que haja regalia . "Não tem esse negócio de namorada, não existe isso", disse ao rebater as críticas.
Em 2009, durante o escândalo que ficou conhecido como "farra das passagens", deputados usaram recursos públicos para custear passagens para familiares, namoradas, eleitores e até artistas. Na época, a Casa restringiu os bilhetes a deputados e assessores.
Locomoção
Cunha afirmou que a medida foi autorizada pensando em parlamentares que precisam de ajuda para locomoção e são mais idosos. O peemedebista afirmou que não vai utilizar as passagens, assim como 80% da Casa.
"Ninguém é obrigado a usar. A Mesa não determinou que o deputado é obrigado, só deu o direito. Cada um faz o uso do mandato que entender melhor", disparou.
As lideranças do PSDB, do PPS e do PSOL, que representam 69 deputados, anunciaram que suas bancadas não vão usar a passagem para cônjuges.
O PSDB chegou a informar que iria ao STF (Supremo Tribunal Federal) contra a medida, mas recuou e decidiu, primeiro, tentar uma solução interna. Os tucanos vão apresentar um projeto para sustar o ato da cúpula que autoriza o benefício.
Fonte: DN

Aprovados a Reforma e o Piso Salarial

Image-0-Artigo-1805813-1
Todos os discursos, à exceção de dois que foram de cunho pessoal, eram dirigidos aos Agentes de Saúde nas galerias da Assembleia. A criação de novas secretarias na estrutura do Estado só foi lembrada depois de aprovada
FOTO: FABIANE DE PAULA
A Reforma Administrativa do Governo Camilo Santana foi aprovada por unanimidade, ontem, pela Assembleia Legislativa, sem discussão, em plenário, no momento anterior à votação. O debate sobre as mudanças na administração estadual, questionada e criticada por diversos parlamentares em sessões anteriores, foi acobertada pela votação em bloco com o projeto que determinou o piso salarial dos agentes comunitários de saúde.
No momento em que o presidente Zezinho Albuquerque (PROS) autorizou a leitura das matérias da Ordem do Dia, nenhum parlamentar pediu destaque a alguma das duas mensagens (Reforma Administrativa e Piso Salarial), o que não permitiu que os deputados votassem de maneira distinta em cada um dos projetos. Alguns deputados, no tempo de justificativa de voto, reclamaram que a maneira que a votação foi feita teria cerceado o debate sobre a matéria.
A mensagem foi aprovada com apenas duas das dez emendas que chegaram a ser protocoladas. Uma delas, de autoria do Poder Executivo, determina que a administração da Arena Castelão e do Centro de Formação Olímpica serão de responsabilidade da Secretaria do Esporte. Já a segunda, de autoria do deputado Renato Roseno (PSOL), acresce responsabilidades às secretarias de Políticas sobre Drogas, de Desenvolvimento Econômico, da Agricultura, Pesca e Aquicultura e ainda a do Meio Ambiente.
No tempo de justificativa do voto, o deputado Carlos Matos (PSDB) afirmou ter se surpreendidos com a votação sem discussão da Reforma Administrativa. "Acho que o governador tem direito de organizar sua administração, mas gostaríamos de ter contribuído", lamentou. Já para Audic Mota (PMDB), foi dado um "cheque em branco" ao governador. "Foi uma medida desacertada. Votei favorável pelo que o projeto em sua inteireza contempla", justificou.
Danniel Oliveira (PMDB) voltou a criticar que a administração do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e do Metrô de Fortaleza (Metrofor) tivessem sido direcionadas à Secretaria das Cidades. Já Heitor Férrer (PDT) afirmou não haver necessidade de uma secretaria exclusiva para tratar a problemática das drogas, uma vez que envolve um conjunto de ações políticas de diferentes setores.
Em defesa, o vice-líder do Governo na Casa, Júlio César Filho (PTN), afirmou que a matéria foi exaustivamente debatida nas comissões da Casa, além de os parlamentares terem tido a oportunidade de conversar com o secretário de Planejamento, Hugo Figueiredo, e com o procurador geral do Estado, Juvêncio Vasconcelos. "Quero ressaltar que aproveitamos uma emenda proposta pelo Renato Roseno (opositor), o que demonstra a abertura deste governo", apontou.
Piso
Com a presença de diversos agentes acompanhando a sessão das galerias da Casa, o projeto que determina salário-base no valor de R$ 1.014 dos Agentes de Saúde foi aprovado por unanimidade, com a inclusão de duas emendas que asseguraram o reajuste anual da categoria.
A polêmica se deu no momento da votação para admissibilidade da emenda à mensagem do piso colocada ao plenário pelo deputado Audic Mota (PMDB), que propunha a explicitação na lei de que os agentes de saúde deveriam ter reajuste correspondente aos índices utilizados para os demais servidores públicos estaduais. De acordo com o parlamentar, o objetivo era assegurar que os agentes não tivessem os vencimentos desvalorizados.
Novas secretarias vão ser incluídas no organograma
Com a aprovação pela Assembleia Legislativa, ontem, do projeto de Reforma Administrativa proposta por Camilo Santana, a estrutura organizacional do Estado, após a publicação da lei no Diário Oficial, inclui as Secretarias de Relações Institucionais, do Desenvolvimento Econômico, do Meio Ambiente e Especial de Políticas sobre Drogas.
Fica criada, também, o cargo de Assessor Especial de Acolhimento aos Movimentos Sociais, que, de acordo com a mensagem, tem status de Secretário de Estado. O projeto transformou o Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico em Secretaria do Desenvolvimento Econômico. O Conselho de Políticas e Gestão de Meio Ambiente, o Conpam, hoje administrado pelo ex-deputado federal Artur Bruno, do PT, passa a se chamar Secretaria de Meio Ambiente.
De acordo com a matéria, a função de assessor especial de Políticas Públicas sobre Drogas e a de assessor para assuntos federativos também ficam extintas, sendo que a Assessoria passa a e chamar Secretaria de Políticas Públicas sobre Drogas, e será comandada pela atual deputada Mirian Sobreira (PROS). Com isso, abre-se espaço para o retorno do suplente de deputado, Fernando Hugo (SD) à Assembleia. Ficam criadas, ainda, as secretarias de Relações Institucionais, do Desenvolvimento Econômico, do Meio Ambiente e Especial de Políticas sobre Drogas.
O cargo de assessor especial de Acolhimento aos Movimentos Sociais tem algumas atribuições básicas, como assessorar o Governo em assuntos de natureza parlamentar e federativa referentes à temática de movimentos sociais e participação social. A função, que será ligada ao gabinete do governador chegou a ser contestada durante reunião conjunta das comissões de Constituição e Justiça e Serviços Públicos, mas foi aprovada.
Decreto
A matéria explica ainda que os cargos de direção e assessoramento provenientes do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico, do Conselho de políticas e gestão do meio ambiente e da Secretaria de Grandes Eventos vão integrar o quadro de cargos do Poder Executivo, sendo redistribuídos por decreto do governador, o que também foi criticado por opositores.
O Departamento Estadual de Trânsito (Detran), e a Companhia de Transportes Metropolitano (Metrofor) passam a ser vinculados à Secretaria de Cidades, que já conta com a administração da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e do Fundo de Desenvolvimento Urbano do Estado do Ceará (FDU), dando mais força ao secretário da pasta, o deputado licenciado Ivo Gomes, do PROS.
A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) passa a ser gerida pela Secretaria de Recursos Hídricos, e a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) fica vinculada à nova Secretaria do Meio Ambiente. A Agência do Desenvolvimento do Ceará (Adece) e a Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportação ficam vinculadas à futura Secretaria de Desenvolvimento Econômico.
O governador fica agora autorizado a remanejar, transferir ou utilizar total ou parcialmente as dotações orçamentárias aprovadas no fim do ano passado para o Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e ao Conselho de Políticas e Gestão do meio Ambiente, que serão extintos.
Fonte: DN

Radialista Neto Rodrigues sofre acidente de moto

Neto Rodrigues foi socorrido e encaminhado ao Hospital Regional de Aracoiaba.

O Radialista Neto Rodrigues, ancora dos Programas Acorda Serra Sertão e Alerta Geral- Segunda Edição, sofreu um acidente de moto na última quarta-feira (25), no percurso Mulungu a Aratuba.
Segundo informações, Neto Rodrigues pilotava uma moto e seguia em direção ao Aratuba quando foi fechado por um caminhão Scania, vindo a perder o controle da moto, sendo arremessado longe do seu veículo motorizado, o uso do capacete ajudou o radialista a escapar da morte.
Populares que presenciaram o acidente do Radialista prestaram os primeiros socorros, Neto Rodrigues foi encaminhado para o Hospital Regional de Aracoiba com suspeita de fratura no braço direito. Já em casa de alta hospital, ele publicou uma nota de esclarecimento aos seus admiradores no facebook.

Presidente da UVC declara apoio à candidatura do Vereador Hérberlh Mota.

Presidente da UVC declara apoio à candidatura do Vereador Hérberlh Mota

Na tarde desta terça, 26, o Vereador de Baturité Hérberlh Mota, recebeu apoio à sua candidatura à presidência da União de Vereadores e Câmaras do Ceará, do Vereador Josimar de Castro, atual presidente da UVC. O encontro aconteceu no município de Aquiraz.
"Hérberlh é o mais preparado para gerir a nossa entidade. Conheço seu trabalho, sua dedicação na luta para as conquistas de todos nós vereadores, a sua participação na mobilização de capacitação e qualificação da categoria, assim como, sua militância na construção de uma política democrática. A UVC estará em boas mãos," ressaltou Josimar.
O encontro foi mobilizado e selado pelo Vereador Jair da Silva, de Aquiraz, que também fará parte da chapa "A UVC é dos Vereadores."

Centec abre seleção emergencial para professores das Escolas Profissionalizantes

Escola de Ensino Profissionalizante 2
O Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) e a Secretaria de Educação do Estado do Ceará (Seduc) abrem processo seletivo para professores do Eixo Profissional do Ensino Médio Integrado (EMI). A seleção, de caráter emergencial, visa contratar professores e assistentes, sob regime da CLT, para atuar nas Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP) do Ceará.


Há um total de 12 vagas a serem preenchidas, nos cursos de Administração (Amontada), Agronegócio (Cascavel), Aquicultura (Lavras), Contabilidade (Bela Cruz), Enfermagem (Tabuleiro do Norte e Paracuru), Informática (Tamboril e Morada Nova), Inglês (Milagres e Itapipoca), Nutrição (Barbalha) e Redes de Computadores (Novo Oriente).

As atividades a serem realizadas pelos profissionais incluem o ensino de conhecimentos teóricos e práticos de uma área profissional a jovens e adultos; pesquisas sobre mudanças no campo de ensino para transformação de conhecimento em aulas e situações laboratoriais; o desenvolvimento de recursos didáticos e produção de registros escritos e gráficos; a orientação de estágios na área profissional; e a coordenação de Cursos Técnicos de Nível Médio na área de atuação.

Os interessados devem observar as competências necessárias para participar da seleção, de acordo com cada curso em que há disponibilidade de vagas. Confiram todos os documentos  e faça a sua inscrição no nosso site. As inscrições vão até o dia 28 de fevereiro e deverá ser paga uma taxa no valor de 25 reais.

Confira pelo link: drh.centec.org.br


Ensino Médio Integrado – EMI

O Ensino Médio Integrado (EMI) possui a missão de integrar a formação escolar de nível médio com uma habilitação profissional técnica e uma vivência de cidadania e de protagonismo juvenil. Por meio das Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEP), o EMI oferece para os jovens cearenses cursos com duração de quatro anos (oito semestres).




26.02.2015


Assessoria de Marketing e Comunicação do Instituto Centec
Caroline Avendaño
carolineavendano@gmail.com / 85 3066.7030 / 9949-1534