Buscar

20 fevereiro 2015

Campanha da fraternidade quer diálogo de igreja e sociedade

A Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou nesta quarta-feira (18) a Campanha da Fraternidade 2015. O tema escolhido este ano é Fraternidade: Igreja e Sociedade e o lema "Eu vim para servir". A ideia é aprofundar, a partir do Evangelho, o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade como serviço ao povo brasileiro.
A campanha propõe ainda buscar novos métodos, atitudes e linguagens na missão da Igreja de levar a palavra a cada pessoa. O secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, lembrou que o momento escolhido para o lançamento da campanha – o início da Quaresma – é considerado de extrema importância para a Igreja. "Queremos ajudar a construir uma sociedade mais humana e mais divina", disse. "Sermos pessoas de fermento na massa. Esse é o desejo da campanha."
Durante a cerimônia, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, destacou o compromisso do governo com a emancipação dos pobres. "Defendemos os pobres, não a pobreza. Queremos que os pobres se libertem", disse. "Queremos que as pessoas se tornem protagonistas, sujeitos de sua vida e de sua história."
Para a secretária executiva do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs, pastora Romi Márcia Bencke, a campanha destaca a necessidade de promover o debate de valores éticos e também do papel missionário da Igreja. "O tema da campanha deste ano nos desafia para uma ética global de responsabilidades. Nos ajuda a refletir sobre o nosso papel enquanto igrejas e enquanto religiões."
Por fim, o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcos Vinícius Furtado, defendeu medidas urgentes para a proteção e o acolhimento aos mais pobres e uma reforma política no país. "A luta por dignidade, justiça e igualdade é o elo que deve nos unir", disse. "Precisamos dar um passo adiante na atual situação de um sistema político desigual. Há a Necessidade de todas as instituições de participarem desse esforço em busca de um sistema político igualitário."
Fonte: CNews

Solange Almeida: uma nova mulher


Solange Almeida mostra que o corpão vai muito bem, obrigado. E a cabeça, mais ainda. Hoje, a vocalista do Aviões do Forró anda de bem com a vida e ressalta: “Sou uma nova mulher”.
Aos 40 anos e mãe de quatro filhos, a cantora hoje tira onda ao mostrar sua barriguinha em forma. Dá para imaginar que Solange já foi um dia gordinha e que lutava contra a balança? Que se sentia incomodada com suas formas exageradas e que fugia de fotos? Ela já chegou a pesar 120 quilos e recorreu à cirurgia de redução de estômago para ficar em forma.
Agora, curtindo a nova vida, se diz muito bem por inteiro e abre um largo sorriso. O foco é no trabalho. A dedicação é aos filhos e aos fãs. Feliz, Solange só pensa em continuar cantando. “Não conseguiria fazer outra coisa na vida. Eu nasci pra cantar”, ressalta.
Em conversa com a Frisson, Solange Almeida contou sobre a verdadeira metamorfose em sua vida e garante que qualquer um pode mudar sua existência. A receita é ter determinação.
Por que a sua decisão de realizar a cirurgia bariátrica?
A principal questão foi a saúde. Eu já tinha tentado todos os métodos e não conseguia emagrecer. Por outro lado, o peso elevado atrapalhava o meu desempenho no palco. Eu tinha vergonha dos olhares, não gostava de tirar fotos, não encarava as pessoas e ainda era alvo de apelidos um tanto cruéis.
Você chegou a ter quais problemas de saúde por causa do excesso de peso?
Eu sofria de estreatose (excesso de gordura no fígado), hipertensão e tinha problemas de circulação e articulação. Hoje, estou livre de tudo isso.
Agora, em plena forma, você sentiu uma mudança significativa?
Primeiro, você tem que se preparar para a cirurgia e tudo o que ela vai causar. Eu passei por toda essa etapa, inclusive com o acompanhamento de psicólogos e outros especialistas. Hoje, estou com o peso quase ideal. Ainda falta um pouquinho, mas eu chego lá. Perdi quase 60 quilos, inicialmente, e ai veio o outro lado dessa história. Sofri agressões nas redes sociais. As pessoas diziam que eu estava com Aids, bulimia...Por isso, a importância de se preparar para o que vem depois da cirurgia para, então, ficar bem consigo.
A cirurgia bariátrica também determina mudanças de hábitos e eu tenho seguido essa nova realidade, com a mudança da alimentação e a prática de exercícios. Eu chegava a comer 20 pãezinhos por dia, não dispensava buchada, panelada, macarrão, muita massa.. Hoje, a minha alimentação é regrada, abdiquei de muitas guloseimas e adotei comidas saudáveis. Além disso, nada de excessos.     
Eu também era preguiçosa para as atividades físicas, um problema da maioria das pessoas que fazem redução de estômago e que, após o procedimento, não praticam atividade nenhuma. Assim, o risco de voltar a engordar é maior. Eu tomei gosto pelos exercícios antes que isso acontecesse. Hoje em dia, malho constantemente. Virou rotina prazerosa para mim.
Como vivo na estrada com o Aviões é mais difícil manter uma alimentação 100% saudável. Mas, também não deixo de comer as coisas que eu gosto. Adoro cuscuz e tapioca. Mas, tudo com disciplina. Como de tudo com a devida moderação e orientação de nutricionista. Nada de 20 pães e uma garrafa de café...(risos) Assim, me sinto disposta, saudável, feliz. Cansaço, enfado, só na medida normal por conta da rotina de shows em que, hoje, posso abusar de roupas que revelam um pouco mais do meu corpo e salto alto, um tormento no passado.
O que você guarda da sua fase de gordinha?
Foi um aprendizado, um alicerce. Mas, materialmente, não guardo mais nada daquela época. Roupas, fotos, nada ficou comigo. Um querido amigo é que mantém algumas peças. Mas, para que guardar? Aquilo tudo ficou no passado. Hoje, são sete anos de cirurgia bariátrica. Sou uma nova mulher. A Solange de antes do procedimento é apenas uma lembrança distante.
O que você diria para quem sonha em entrar em forma?
Determinação e força de vontade são os caminhos. Só você pode mudar sua vida. Procure orientação médica e se a cirurgia bariátrica for a opção, se prepare para o procedimento e para o que virá depois. Você terá uma nova vida. Assim, terá que adotar um novo jeito de viver.
Mudando o foco, fala um pouco sobre a sua carreira...
Estou no Aviões do Forró desde 2002. Antes, passei por várias outras bandas, como "Luis Cláudio & Cia" (1991/1992), "Caciques" (1992), "Skema" (1993), "Ogírio Cavalcante" (1994), "Doce Mania", "Caviar com Rapadura".
Você teve alguma inspiração na sua carreira?
No começo, Whitney Houston. Depois, fui conhecendo outras cantoras e escolhendo meu jeito próprio de cantar. Paixão eu tenho por Roberto Carlos. Sonho um dia cantar com ele, duas músicas em especial: Detalhes e Eu te darei o céu. Amo!
Como você lida com o sucesso profissional? E o futuro?
O sucesso é fruto do trabalho bem feito, continuamente. O sucesso veio e eu não mudei por dentro, apesar disso. Às vezes, as pessoas dizem que eu não sei o meu verdadeiro tamanho hoje, que sou artista, assim, assado. Mas, só tenho um pouco mais de dinheiro. Não mudei meu jeito de ser. Sou uma pessoa normal e não me privo de nada que uma pessoa comum faz, como ir ao supermercado, passear com meus filhos, estar perto das pessoas. Prefiro assim. Para mim, isso é o termômetro do sucesso.
Para o futuro, quero continuar cantando no Aviões, passando alegria para o público. Eu nasci para cantar. Quero permanecer bem e feliz, cantando muito e encantando o público, levando contentamento para as pessoas. Estou focada no trabalho e 100% dedicada aos meus filhos. Me faz muito bem essa rotina de cantora, mãe e dona de casa.
E a carreira internacional?
Temos feito sucesso em todo o País e já cantamos muito no exterior. Mas, não penso numa carreira internacional intensa. Se vier, será maravilhoso. Mas, estou muito feliz de fazer sucesso e mostrar meu trabalho no meu país.
Como é a sua relação com os filhos?
É uma relação de muito amor e diálogo. Não abro mão de estar sempre ao lado deles (Sabrina, Rafael, Estrela e Maria Esther). A rotina de shows atrapalha, mas estamos sempre juntos e a tecnologia encurta a distância. A gente pode se ver e se falar toda hora. Na corridinha...
Bate-volta:
Família – Alicerce
Deus – Tudo pra mim
Filhos – Minha vida
Sonho – Cantar com Roberto Carlos
Qualidade – Gratidão
Uma virtude - Determinação
Defeito – Franqueza demais
Um lugar – Minha casa
Uma viagem – Fernando de Noronha
Hobby – Ler, sobretudo a Bíblia, e cantar todo tipo de música. Sou eclética.

Anderson Silva rompe o silêncio

Desde o dia em que foi divulgado o resultado positivo de seu exame antidoping, Anderson Silva ficou em total silêncio. Mas passados dezesseis dias, o ex-campeão dos médios do UFC resolveu se pronunciar, e usou sua conta noInstagram para fazê-lo, na madrugada desta sexta-feira (20).
Anderson postou uma mensagem, onde afirma estar tranquilo e que “não sabe do que se desculpar”, pois ainda aguarda o resultado de outros exames e análises, que estão sendo feita em todos os medicamentos que tomou desde sua fratura. Ainda no texto, 'Spider' respondeu à suspensão preventiva aplicada por uso de substâncias proibidas, devido ao resultado do teste surpresa, realizado no dia 9 de janeiro, três semanas antes do combate contra o americano Nick Diaz, pelo UFC 183.
Acompanhe na íntegra, o post de Anderson 'Spider' Silva
“Não falarei nada sobre quem sou ou que fiz e passei até chegar aqui.
O que me importa agora é o respeito dos que me acompanharam até este momento da minha carreira.
Sangrei, sofri e lutei porque amo e porque sempre quis honrar e defender a bandeira do país que tanto amo.
Não sei do que me desculpar, pois ainda aguardo o resultado dos exames e a análise dos médicos e especialistas que trabalham para revelar a verdade.
Todos os remédios que tomei desde a minha fratura estão sendo analisados. Busco a verdade tanto quanto todos que se surpreenderam com os resultados divulgados.
Em dezoito anos de carreira, nunca tive problemas com exames. Sempre joguei limpo. Nunca fui trapaceiro.
Dentro e fora do octógono jamais vacilei no respeito aos princípios que sempre me pautaram. Com muita honra e dignidade defendi meu País onde quer que lutei.
Nunca usei qualquer substância para aumentar minha performance nas lutas.
Amo o que faço e jamais poria em risco o que levei tanto tempo para construir.
Acho injusta a pressa que alguns têm em me condenar.
O tempo que se leva para destruir uma reputação é infinitamente menor do que aquele empenhado em construí-la.
Sou o maior interessado no esclarecimento desse episódio. Quero que os que sempre me prestigiaram saibam que continuo lutando para que todas as sombras sobre esse triste episódio sejam dissipadas.”
Fonte: CNews

Sem contenção, mar destrói litoral de Caucaia

IcaraíO cenário é de destruição, tristeza, frustração, desencanto e desesperança. É, assim, que moradores e visitantes reagem ao constatarem os novos estragos provocados pelo avanço do mar nas Praias do Pacheco, Icaraí e Cumbuco, na cidade de Caucaia. Os trechos mais danificados estão no Icaraí, onde a tradicional Avenida Litorânea desapareceu do mapa e foi arrastada pela força das águas.
Quem visitou o Litoral de Caucaia, nesse período de Carnaval, pode confirmar nas expressões e adjetivos que abrem o texto desta reportagem o sentimento de moradores, pequenos comerciantes, donos de imóveis e turistas.
Todos se sentem derrotados pela violência da maré e frustrados com a falta de planejamento e lentidão do poder público em adotar medidas mais seguras e definitivas para conter o avanço do mar.
A decepção maior, principalmente, dos moradores, dos comerciantes, de pais e mães de famílias que vivem da atividade comercial gerada pela presença de consumidores (banhistas, turistas, etc) é com o fracasso das obras improvisadas e sem resultados esperados. A Prefeitura fez a obra como solução para o problema. Tudo, porém, se transformou em frustração.
Uma nova barreira – com pedras e cimento, denominada de bag wall, para evitar o avanço do mar, mesmo antes de ser concluída, já está sendo corroida pelas águas. Os grandes sacos de concreto (com cimento e areia) não resistem a força das águas, nem ao excesso de sal. Em uma das áreas da Praia do Icaraí, é fácil notar que o novo muro construído está sendo engolido pelas marés.
O avanço do mar em direção aos muros de condomínios e casas é ainda mais visível e as obras que estão sendo realizadas, como afirmam moradores e comerciantes, não darão resultado. A Prefeitura de Caucaia gastou, há quatro anos, mais de R$ 8 milhões com a primeira fase do muro de contenção da maré – o bag wall, a obra foi destruída e o mesmo sistema voltou a ser implantado e – mais uma vez, o dinheiro está sendo jogado fora.
Prefeitura coloca um saco de concreto e a maré leva 100 toneladas de areia
“A sensação sentida aqui é que, ao tentar conter o avanço da maré, a Prefeitura coloca um saco de concreto e a força do mar arrasta, de uma só vez, 100 toneladas de areia, avançando em direção aos imóveis’’. A avaliação, ao seu estilo, é do comerciante Vicente Santana, da cidade de Sobral, ao se deparar com o cenário de terra arrasada no Litoral de Caucaia.
Santana tem, porém, mais um diagnóstico nessa triste e dura realidade: ‘’a Prefeitura é uma formiguinha trabalhando, enquanto a maré é uma força bruta de um grande trator’’. As palavras definem bem o que as fotos mostram nesta reportagem. O espaço para os banhistas ficou ainda mais estreito, as pedras de concretos do antigo bag wall estão na paisagem como escombros, enquanto a nova obra é realizada e os moradores rezam diariamente para o mar ser mais contido.
As orações não faltam. ‘’Eu rezo dia e noite para Deus nos mandar proteção. Se depender dos homens da terra, eu não vou ver a Praia do Icaraí recuperada e como nos velhos tempos’’, disse a pequena comerciante que se identificou com o nome de Maria dos Anjos, e se antecipou para pedir à reportagem que não citasse o seu verdadeiro nome para não sofrer represálias da Prefeitura.
‘’Se a gente sofre com o que está aqui, imagina fazendo denúncia e apelos para as autoridades políticas do Município olharem para nós’’, acrescentou. O grito dos moradores do Icaraí ainda não foi suficiente para o poder público ouví-los e deflagrar uma grande mobilização para o grave problema entrar na agenda dos Governos Federal e Estadual.
Procurada nessa quarta-feira, 18, pela reportagem do Grande Porto, a assessoria de comunicação não atendeu às nossas ligações.
Fonte: Ceará Agora

Brasileiro pagará 64% a mais de Imposto de Renda, diz senador

senador reguffe
Senador Reguffe (PDT-DF)
O veto da presidente Dilma Rousseff (PT) ao reajuste de 6,5% na tabela do imposto de renda vai fazer com que o brasileiro pague 64,1% as mais de imposto. A afirmação é do senador Reguffe (PDT-DF). Segundo ele, a defasagem ocorre desde os oito anos do Governo Fernando Henrique Cardoso e continuou nos oito anos de Luiz Inácio Lula da Silva e nos quatro primeiros de Dilma Rousseff.
Já o  líder do PSDB no Senado, senador Cássio Cunha Lima (PB), observa que, sem a correção da tabela, muitos contribuintes situados na faixa de isenção passarão a pagar Imposto de Renda. Quem estava em faixas intermediárias sobe para as faixas seguintes, “pagando mais imposto”.
A movimentação, no Congresso é pela derrubada de parte dos 213 vetos apostos ao projeto. Temendo nova derrota,  o governo já trabalha dia e noite para que a decisão seja mantida. O Congresso tem pressa, já que a partir do dia 4 de março a pauta estará fechada pelo veto, e não poderá votar outras matérias enquanto não votar os dispositivos vetados.
Originalmente, a MP foi editada visando estimular o crédito e prorrogar isenções tributárias. Na tramitação, no entanto, os parlamentares incluíram a atualização dos valores da tabela do IRPF em 6,5%. A presidente vetou a mudança afirmando que isso ocasionaria uma renúncia fiscal de R$ 7 bilhões aos cofres públicos. Agora, a presidente já anunciou que vai enviar outra medida provisória com a correção da tabela com o mesmo percentual de 4,5%.
Vários temas incluídos na pauta do Congresso, como a extensão de incentivos a outros setores e novos regimes de tributação para determinados produtos, foram vetados sob o mesmo argumento utilizado para a rejeição do reajuste da tabela do IRPF: alegada violação do artigo 14 da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
Conforme os últimos dados disponíveis na Receita Federal, do total da riqueza produzida no Brasil em 2013, 35,95% foram pagos em impostos naquele ano. O recorde anterior tinha sido registrado em 2012, quando a carga tributária atingiu 35,86% do Produto Interno Bruto (PIB).
Dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) mostram uma estimativa um pouco acima da usada pela Receita Federal: 36,3% do PIB, no ano de 2012. Segundo a OCDE, o Brasil tem a segunda maior carga tributária da América Latina, perdendo apenas para a Argentina.
Com informações da Agência Câmara
Fonte: Ceará Agora

Funceme: Chuvas devem ficar abaixo da média até maio

volta radar site
Médias dos próximos três meses são 206,2mm, 184,3mm e 89,9m, respectivamente.
Apesar das recentes chuvas registadas em várias regiões do Ceará, a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), prevê maior probabilidade de chuvas abaixo da média histórica no próximo trimestre. Após análises do órgão, constatou-se que as condições termodinâmicas dos oceanos Pacífico e Atlântico não sofreram relevantes alterações em fevereiro e, dessa forma, permanecem desfavoráveis para precipitações regulares no Estado entre os meses de março, abril e maio.
De acordo com o que foi analisado, as chances que chova abaixo da média nos três últimos meses da quadra chuvosa são de 50%, enquanto as probabilidades para as categorias em torno da média e acima da média são 35% e 15%, respectivamente. “É bom ressaltarmos que se trata de um período diferente do que se referia a previsão climática anterior. De toda forma, permanece sendo um quadro preocupante e o Governo do Estado já foi informado do novo prognóstico e continuará investindo nas ações de convivência com a estiagem”, explica Eduardo Sávio Martins, presidente da Funceme.
Irregularidade
funcemeO prognóstico elaborado pela Funceme e divulgado nesta sexta-feira, 20, mostra também que as precipitações no centro sul do Ceará tendem a ficar mais próximas da média histórica, enquanto na metade norte do Estado a tendência é índices mais baixos de chuva no acumulado do trimestre. “Ainda há fortes indícios de que a Zona de Convergência Intertropical, principal sistema indutor de chuvas no Ceará, atue pouco por aqui, e isso tem impacto negativo na qualidade da nossa quadra chuvosa”, afirma Martins.
A média histórica de precipitações acumuladas no Estado entre os meses de março, abril e maio é de 480,3mm. As médias de cada um dos próximos três meses são 206,2mm, 184,3mm e 89,9m, respectivamente.
Por se tratar do quarto ano consecutivo de seca, as chuvas registradas em 2015 pela Funceme mostram índices preocupantes e que podem agravar o quadro. Em janeiro, quando a média é 98,7mm choveu somente 28,6mm. Em fevereiro, a média é de 127,1mm e choveu, até hoje, 52,4mm, ressaltando que ainda faltam oito dias para terminar o mês.
Fonte: Ceará Agora

Governo Camilo Santana tem primeira baixa no secretariado

David DurandO deputado estadual e pastor David Durand (PRB) não é mais secretário de Esporte do governo Camilo Santana. Ele pediu exoneração, nesta sexta-feira, 20, do cargo causando a primeira baixa no secretariado do novo governo, após 59 dias de assumir a pasta. O deputado vinha reclamando de perseguição por setores interessados na função.
O PRB confirmou o pedido de exoneração. O partido afirma que a decisão foi coletiva, “em face da necessidade do retorno de Durand à representação partidária na Assembleia Legislativa”.
O partido alegou ainda a limitação de atuação de Durand na Sesporte. O secretário, segundo a sigla, não teria autonomia e nem assessores com capacidade técnica necessária, devido a redução brusca da já diminuta equipe de colaboradores.
Destacou também outra decepção do partido foi a decisão do Governo de transferir atribuições da Secretaria de Grandes Eventos, que deve ser extinta, para a Casa Civil e não para a pasta de Esporte.
O Governo disse que se pronunciará ainda nesta sexta-feira, através de  nota de esclarecimento. Essa não é a primeira vez que se anuncia a renuncia do deputado. Quinze dias após assumir, circularam informações de sua desistência do cargo. Na época, ele negou sua saída acusando lobby de setores interessados na pasta.
Fonte: Ceará Agora

Dilma diz que investigação na Petrobras deveria ter começado na década de 90


A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (20) que os casos de corrupção na Petrobras vieram à tona porque atualmente há mais investigação. Ela criticou a impunidade em governos anteriores. “Se em 1996, 1997 tivessem investigado e tivessem, naquele momento, punido, não teríamos o caso desse funcionário da Petrobras que ficou quase 20 anos praticando atos de corrupção. A impunidade leva a água para o moinho da corrupção”, afirmou a presidenta sem citar nomes.

Em entrevista após a cerimônia de entrega de credenciais de novos embaixadores no Brasil, Dilma Rousseff garantiu que as empresas envolvidas nas denúncias de corrupção na estatal, investigadas pela Operação Lava Jato, serão punidas “dentro da legalidade”.

“As empresas, os donos das empresas ou os acionistas das empresas serão investigados. disse. “Agora, o governo fará tudo dentro da legalidade”, completou Dilma. “Isso não significa de maneira alguma ser conivente, apoiar ou impedir qualquer investigação ou qualquer punição a quem quer que seja, doa a quem doer”, afirmou.

Dilma voltou a dizer que é preciso separar a imagem da Petrobras da dos funcionários que estão sendo investigados. “Não vou tratar a Petrobras como a Petrobras tendo praticado malfeitos, quem praticou malfeitos foram funcionários da Petrobras, que vão ter que pagar por isso. Quem praticou malfeitos, quem participou de atos de corrupção vai ter que responder por eles. Essa é a regra no Brasil.”

Fonte: Agência Brasil. 

Fonte: CN7

Prefeito de Aquiraz anuncia reajuste de professores e piso fica 27,6% acima do nacional


O prefeito de Aquiraz, Antônio Fernando Freitas Guimarães anuncia, na tarde desta sexta-feira (20), um reajuste salarial de 13,01%, retroativo a 1° de janeiro, para os professores efetivos do município. Com a medida, o magistério de nível superior, em início de carreira, terá remuneração de R$ 2.652,34. Este valor é 27,69% superior ao definido pelo MEC - R$ 1.917,78 - como piso salarial da categoria para o ano de 2015. Uma reunião está marcada, com representantes dos professores de cada escola municipal, na Casa do Saber, para a divulgação do reajuste.

O percentual de reajuste é uma decisão do prefeito Guimarães, considerando que o Piso Nacional, em menor valor, foi estabelecido pelo MEC, no último dia 6 de janeiro, conforme determina  o artigo 5º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008. "Educação é a base de toda sociedade e os professores são os grandes responsáveis pelas transformações sociais, logo, merecedores de todo respeito e valorização profissional", enfatizou o prefeito.


Fonte: CN7

Mucuripe dará lugar à maior feira da Capital

Image-1-Artigo-1800960-1
Um total de três mil boxes e 260 lojas fixas de alvenaria devem movimentar a área onde funcionava o complexo
FOTO: KLÉBER A. GONÇALVES
Image-0-Artigo-1800960-1
A inauguração do centro de compras pode ser a solução para um problema entre a Prefeitura de Fortaleza e os feirantes da Rua José Avelino
FOTO: RODRIGO CARVALHO
Após anunciar o encerramento das atividades em janeiro deste ano, a área onde funcionou o complexo de entretenimento Mucuripe Club por 17 anos vai dar vida a outro tipo de lazer aos cearenses: o das compras. O Feirão Leste-Oeste, nome do novo empreendimento a ser implantado no local, está previsto para inaugurar no início de maio e promete ser o maior da cidade.
O feirão é uma parceria entre dois empresários proprietários de boxes na feira da Rua José Avelino com os donos do Mucuripe Club. "Temos um contrato de aluguel de 10 anos e eles terão um percentual em cima do faturamento", explica o comerciante e sócio do empreendimento, Ivan Cavalcante.
Três mil boxes e 260 lojas fixas de alvenaria devem movimentar a área. No entanto, na primeira fase, serão inaugurados 600 boxes e 57 lojas climatizadas. "Já comercializamos 70% dos espaços. Ainda não vendemos tudo porque estamos criteriosos com a qualidade", adianta Cavalcante.
O espaço deve acomodar não somente feirantes que atuam na Rua José Avelino, mas também comerciantes de feiras adjacentes. A expectativa dos sócios é de dar início às atividades no início do mês de maio para aproveitar o período em que antecede o Dia das Mães, época de vendas significativas para o comércio.
Impasse
A inauguração do novo centro de compras pode ser a solução para um problema entre a Prefeitura de Fortaleza e os feirantes da Rua José Avelino e proximidades, que há pelo menos cinco anos segue sem resolução. Depois de tentativas de remoção dos comerciantes, a região sempre volta a receber feirantes.
A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional do Centro (Sercefor), já havia anunciado que, até novembro deste ano, seriam concluídas intervenções feitas na antiga fábrica de tecido Filomeno Gomes, para dar espaço a um shopping popular no bairro Jacarecanga.
A intenção da construção do shopping popular é realocar os feirantes com a finalidade de desobstruir as vias tomadas pelo comércio ambulante nas áreas da Avenida Alberto Nepomuceno e da Praça da Sé, onde não há permissão para a atuação dos comerciantes. De acordo com a secretaria, a obra é uma parceria público privada (PPP).
Em novembro do ano passado, o titular da Secretaria Regional do Centro, Ricardo Sales, afirmou ao Diário do Nordeste que, apesar de ser um mercado informal e da impossibilidade de uma contagem exata de quem trabalha neste comércio, existe uma estimativa de três a quatro mil feirantes.
Ele afirmou ainda que o faturamento é de aproximadamente R$ 50 milhões mensais.
Ana Beatriz Sugette
Especial para Economia
Fonte: DN

MC Tati Zaqui, dona do hit "Parara tibum", está em Fortaleza

Image-0-Artigo-1799892-1
Só esta semana, junto com os compromissos de Carnaval, contabilizou 10 shows. Por mês, MC Tati Zaqui faz 40 apresentações
Aos 20 anos, Tatiane Zaqui viu sua vida ficar de ponta cabeça. A Paulista encontrou no funk seu lugar e passou a ser chamada de MC Tati Zaqui. É dela o hit do carnaval "Parara tibum", música que a destacou como revelação no cenário que já está sendo dominado por mulheres. Ela quer ser a próxima diva a ser copiada!
"Parara tibum" tem a melodia de "Heigh-ho", do filme "Branca de neve e os sete anões". O refrão "eu vou, eu vou, sentar agora eu vou" já apareceu em shows de Anitta e dos Aviões do Forró. A música está entre as três mais baixadas no iTunes, tem milhões de acessos na web, no canal da cantora e em vídeos de fãs dançando. E o clipe - recém-lançado - atingiu em uma semana mais de 3 milhões de acessos.
"Foi além do que imaginávamos, dominou os territórios brasileiros e graças a Deus foi o hit do carnaval... Fico sem palavras referente a tudo isto! Credito esse sucesso, a todos que ajudaram a música chegar onde chegou. A todos que acreditaram em mim, a todos famosos que dançaram e cantaram a música", explica Tati que reconhece que o alcance foi maior com as versões de famosos e anônimos.
"Jamais me incomodaria, grandes artistas cantando e dançando minha música, pra mim é algo totalmente gratificante. Não tive a oportunidade de conhecê-los, mais quando conhecer, pode ter certeza que agradecerei", ressalta.
Poder das mulheres
A jovem - que se descobriu funkeira quase por acaso - conseguiu se destacar aproveitando dois fenômenos: a democratização dos conteúdos com a internet e a invasão feminina no funk.
A divulgação é feita toda no meio online. Vídeos e áudios são postados e logo compartilhados. "A internet dá uma grande força no marketing de qualquer artista. Hoje possuo mais de 900 mil seguidores em meu Facebook, e mais de 200 mil em meu Instagram. Então é algo bem bacana, até mesmo para que eu possa responder fãs meus do Brasil inteiro", diz ela que ainda não possui site.
Tati vai contra a moda do funk ostentação bem característico de São Paulo. Ela gosta mesmo é de compor canções que reivindicam para as mulheres a mesma liberdade sexual dos homens. Além de "Parara tibum", ela tem "Rolê com Bieber", que fala sobre affair com famosos, "Tô dando risada", vingança com o ex, e "Hey Don Juan cafajeste", uma dica de como lidar com conquistadores.
E tem novidade vindo por aí. Pelo menos é o que ela promete. "A próxima composição já está pronta, e não sai da minha mente, estou ansiosa para lançar", conta.
Pela primeira vez, em Fortaleza, a funkeira promete um show com um repertório variado. "Tem músicas minhas e de outros artistas, as músicas que todos gostam, curtem e dançam. Conto com a presença de todos vocês, para que possamos tirar várias fotos, e para que vocês possam ver como são os meus shows ".
Mais informações
Ressaca de Carnaval
Show de MC Tati Zaqui e Hannah Vanessa, hoje, a partir das 22h, na Republik (Av. Antonio Sales, 2760). (3224.3237).
Baile das Estouradas
Show de MC Tati Zaqui, Forró de Salto, DJ's Moa Monteiro e Diego Baez, hoje, às 23h, na Boate Meet (Rua Coronel Jucá, 273, Varjota). (9637.8486).
Karine Zaranza
Repórter
Fonte: DN

MC Tati Zaqui - Parara Tibum (KondZilla)

EM CHORÓ > Ladrões arrombam prefeitura e roubam computadores e documentos

Choró
Quase dois meses após o arrombamento e incêndio da Secretaria de Saúde de Choró, mais um prédio público deste município do Sertão Central foi atacado. Dessa vez os criminosos agiram no Centro Administrativo, onde está situado o gabinete do prefeito, à margem da CE-456. Além de um computador e um notebook contendo um programa especial de informática, foram roubadas várias pastas de arquivos da Secretaria de Ação Social.
De acordo com os levantamentos preliminares realizados pela Polícia o crime ocorreu no período carnavalesco. Um servidor municipal informou que encontrou na manhã desta quinta-feira, 19, o portão do prédio arrancado. Ele não informou mais detalhes que pudessem levar a identificação e prisão dos criminosos. O servidor foi orientado a seguir à Delegacia Regional da Polícia Civil, em Quixadá, e registrar um Boletim de Ocorrência.
Acerca do incêndio na Secretaria de Saúde do município, no dia 28 de dezembro do ano passado, a Polícia Civil ainda aguarda o laudo pericial para identificar se as causas do sinistro. Mesmo assim, segundo um investigador, as suspeitas também são de crime intencional. Durante o incêndio vizinhos ouviram barulho de pessoas dentro do prédio. A polícia local também encontrou duas portas arrombadas. O vigia não estava no local. Ele havia fechado o portão com um cadeado e após entregar a chave a um vizinho, saiu.
Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no  Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos.
Fonte: DN

Prefeitura de Aracoiaba entrega fardamento para alunos da educação infantil

O prefeito de Aracoiaba, Antônio Cláudio, juntamente com o secretário de Educação, Emílio Freitas, iniciou na última quinta-feira, 19 de fevereiro, a entrega da 1ª etapa do fardamento escolar dos estudantes da creche e das escolas municipais de Educação Infantil da rede municipal de ensino. Em solenidade que movimentou os Distritos de Vazantes e Ideal, o prefeito Antônio Cláudio mostrou que a educação é uma das prioridades do seu governo. 
As crianças das escolas municipais têm mais um motivo para comemorar, pois a prefeitura de Aracoiaba está realizando a entrega do fardamento escolar para todos os alunos destas instituições.
O secretário de educação Emílio Freitas reforçou junto aos pais e alunos o compromisso da Secretaria de Educação em garantir a todos os Aracoiabenses um ensino de qualidade. Ele mostrou-se satisfeito pela entrega dos novos fardamentos que ajuda na identificação das crianças por meio do uniforme.
“O compromisso da prefeitura é garantir uma escola pública de qualidade para todos. O uniforme é importante porque ele identifica a criança, dá segurança aos pais porque vincula seus filhos à instituição de ensino”, explicou o prefeito Antônio Cláudio.
“Uniformizar os estudantes reforça neles o sentimento de confiança, aproximação e pertença para com o ambiente de aprendizagem e organiza o espaço escolar. Outra vantagem é que a entrega de uniformes por parte da prefeitura desonera os pais, que não precisam comprar roupas para seus filhos irem à escola”, avalia o secretário municipal de Educação.
A distribuição dos fardamentos continuará em todo município.

Assessoria de Comunicação
Foto: Jorge Luiz