Buscar

30 novembro 2015

EM ARATUBA > Servidores públicos reivindicam pagamento de salários atrasados com manifestação

Aratuba - Protesto de servidores públicos (1) APAratuba - Diversas categorias dos servidores públicos de níveis básico e médio do município de Aratuba, no Maciço de Baturité, reivindicam o pagamento do salário de outubro. Novembro já está se encerrando e a prefeitura ainda não pagou os vencimentos do mês passado, explica o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Aratuba (Sindiara), Joerly Rodrigues Vítor.
Em protesto contra os atrasos constantes servidores saíram às ruas da cidade, em marcha, com faixas e cartazes. Segundo o presidente do Sindiara essa foi a primeira vez na história do Município que os trabalhadores de outras categorias, a exceção do magistério, realizaram um ato público por direitos trabalhistas nesta cidade serrana.
“Participaram servidores de todas as regiões do Município, demonstrando insatisfação com a situação e a força do nosso sindicato quando os convocamos para a luta. A prefeitura de Aratuba até a presente data não quitou os vencimentos de cerca de 500 trabalhadores das mais diversas secretarias, inclusive dos técnicos administrativos da educação que recebem pela quota do Fundeb 40%. Os atrasos constantes estão causando enorme prejuízo aos servidores e a economia local”, afirmou o vice­presidente do Sindiara, Miguel Bernardo.
Conforme os representantes sindicais a administração municipal justificou a situação financeira pela qual passa o País como responsável pelos problemas enfrentados pela Prefeitura. A procuradora da administração de Aratuba, Ana Pessoa, reconheceu que o movimento era legítimo, portanto, não poderia ser dado falta no ponto de trabalho dos participantes da manifestação. Ela se comprometeu em manter uma mesa de negociação com o sindicato. A chefe de gabinete Isabel Fernandes afirmou que conforme o repasse da receita do dia 30, o pagamento atrasado será efetuado.
Os servidores resolveram aguardar o pagamento e que as determinações posteriores serão feitas conforme o pagamento deste mês, novembro, dezembro e do 13º salário. “O governo municipal não se pode usar a “crise” para desculpas. Os recursos do FPM e Fundeb no ano de 2015 cresceram cerca de 7%. Tal situação não servirá de curral eleitoral. Os atrasos dos salários dos servidores vêm ocorrendo desde os anos de 2013, 2014 e abril de 2015”, acrescentou o presidente do Sindiara.

O Diário Sertão Central é o blog oficial do Diário do Nordeste no Sertão Central do Ceará e Maciço do Baturité. Inclua entre os seus links favoritos. 
Participe do Diário Sertão Central através do WhatsApp 55 88 9970 5161, dos fones (88) 9970 5161 ou (88) 8865 6118 e pelo email: diariosertaocentral@gmail.com 

Fonte: DN

Zika também pode ser transmitida via sanguínea, relação sexual e transplante de órgãos

Pesquisadores do Instituto Evandro Chagas (IEC), de Belém, confirmaram, na última sexta (27), que a Zika pode também ser transmitida via transfusão de sangue, relação sexual e transplante de órgãos por meio de pacientes infectados pela doença. Nesta segunda (30), o Ministério da Saúde confirmou 25 casos suspeitos de zika no Ceará. 
De acordo com os especialistas do setor de Arbovirologia e Febres Hemorrágicas do IEC, a primeira morte ligada ao zika aconteceu em junho. A confirmação do diagnóstico só foi possível depois de estudos de amostras do sangue do homem, que começaram a ser analisadas em julho. Em razão da dificuldade de isolar o vírus, somente agora a presença do organismo foi confirmada. Com isso, eles acreditam que o número de mortes provocadas pelo vírus pode aumentar. A equipe do IEC informou que o instituto vai passar a analisar agora as amostras de outros casos que não tiveram diagnóstico de dengue nem de chicungunha, em busca de novos casos de zika vírus. Equipe do Ministério da Saúde está investigando os casos de forma integrada com as secretarias estaduais e municipais de saúde. Segundo os pesquisadores, o maior desafio neste momento é neutralizar a proliferação do mosquito, evitando lixo acumulado e recipientes com água parada.

Caso no Taiti

Um estudo publicado este ano na revista científica Emerging Infectious Diseases revelou que o vírus da zika foi isolado, em 2013, no sêmen de um paciente do Taiti (ilha da Polinésia Francesa, que passou por uma epidemia de zika em 2013). O homem havia procurado tratamento para a presença de sangue no esperma, que aconteceu duas semanas após apresentar sintomas sugestivos de zika (dor de cabeça, febre baixa e dores nas articulações). 

Fonte: DN 

Neymar é finalista da Bola de Ouro com Messi e Cristiano Ronaldo

Pela primeira vez em sua carreira, o atacante brasileiro Neymar, 23, está entre os 3 finalistas da Bola de Ouro, prêmio concedido pela Fifa ao melhor jogador do mundo. O atacante, que está no Barcelona desde o segundo semestre de 2013, vai concorrer ao prêmio com o companheiro de clube Lionel Messi, 28, e o português Cristiano Ronaldo, 30, do Real Madrid. O vencedor será conhecido no dia 11 de janeiro, durante cerimônia em Zurique, na Suíça, sede da Fifa.
Neymar foi escolhido entre os 3 finalistas após faturar, na temporada europeia, o título da Liga dos Campeões, do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei. Além dos títulos, Neymar também foi o goleador do principal torneio de clubes do futebol europeu ao lado de Cristiano Ronaldo e Messi e da Copa do Rei.
Apesar da boa temporada no Barcelona, Neymar não repetiu o desempenho com a Seleção Brasileira na Copa América. Ele marcou apenas um gol na competição - na estreia contra o Peru - e foi expulso na derrota contra a Colômbia. Julgado, foi suspenso por 4 partidas e ficou fora do restante da competição e dos 2 primeiros jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.
Com Neymar, o Brasil volta a ter um jogador entre os 3 finalistas pela primeira vez desde 2007. Na oportunidade, Kaká foi o vencedor. 
Os rivais de Neymar na premiação, acumulam troféus. Cristiano Ronaldo foi vencedor em 2008, 2013 e 2014, e Messi o craque de 2009 a 2012.  

Fonte: DN

Número de casos de microcefalia sobe para 1.248

microcefalia nenem bebê criança
O número de casos suspeitos de microcefalia passou de 739 para 1.248, em menos de uma semana, de acordo com dados do Ministério da Saúde divulgados nesta segunda-feira (30/11). As notificações foram feitas em 311 municípios distribuídos em 13 Estados e no Distrito Federal. Os casos foram registrados no Nordeste, Centro-Oeste e atingem também o Sudeste, com 13 ocorrências em investigação no Rio. Foram ainda notificadas 7 mortes, das quais uma foi confirmada até o momento. Todos os casos são de bebês que já nasceram. Ainda não há estimativas sobre quantos bebês em gestação apresentam a má-formação que, em 90% dos casos, pode levar à deficiência mental.

No último sábado, 28, conforme adiantou o jornal O Estado de S.Paulo, o Ministério da Saúde confirmou a relação entre a má-formação e a infecção pelo zika vírus, durante o período de gestação. O diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Mairevovitch, afirmou que a comprovação não muda no primeiro momento as orientações. Gestantes devem reforçar o uso de repelentes, proteger-se contra mosquitos e evitar o contato de pessoas que apresentem sintomas da doença (febre baixa, coceiras e manchas vermelhas pelo corpo).
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, afirmou que todos os produtos com registro no País são considerados seguros para uso. Ao mesmo tempo, é preciso ampliar os esforços para prevenir e combater os criadouros do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Mairevotich afirmou que os recursos previstos para o combate ao vetor estão mantidos. “Estamos elaborando um plano em conjunto do governo para reforçar as ações de combate”, disse.
O governo está estabelecendo um consenso sobre como definir os casos de microcefalia. Mairerovitch observou que nem todos os casos relatados podem estar relacionados ao vírus. A doença, até agora considerada rara, também pode ser provocada por infecções da gestante por herpes, toxoplasmose, citomegalovírus e também por doenças genéticas. A ideia é fazer um protocolo para classificação de casos que possam ser usados pelo conjunto de serviços públicos de saúde, que não necessitem de exames muito elaborados, como testes genéticos.
O controle da doença, de acordo com o diretor, está intimamente ligado ao controle do vetor. O vírus zika entrou no Brasil neste ano. Até agora, não há um tratamento específico para a doença. Daí a necessidade de se acabar com o Aedes aegypti, disse Maierovitch. “Provavelmente conviveremos com esse problema durante um tempo. Não há maneira abrupta de se combater as doenças transmitidas pelo mosquito vetor”, alertou. De acordo com ele, o detalhamento de planos estaduais devem intensificar esse combate, com envolvimento de vários segmentos do governo para o combate. Uma nova campanha para combate ao mosquito começou agora.
O Ministério da Saúde iniciou um conjunto de ações para dar garantias assistenciais para crianças e famílias de microcefalia. Em Pernambuco, ambulatórios especializados foram estruturados em hospitais de referência. “Há um contato próximo com secretarias porque as necessidades de cada local são diferenciadas”, disse.
Fonte: Estadão Conteúdo
Fonte: Ceará Agora

DECON instaura procedimento para apurar motivos do apagão

Foto: Magno Silva
Foto: Magno Silva
O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (DECON) do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) instaurou nesta segunda-feira (30/11) procedimento administrativo de ofício contra a Companhia Energética do Ceará (Coelce) e a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).
A iniciativa pretende apurar os motivos do apagão ocorrido no dia 27 de novembro em Fortaleza, Região Metropolitana e alguns municípios do interior do Estado, que causou vários transtornos à população, principalmente aos consumidores que dependem de energia para sobreviver, comprometendo, inclusive, o abastecimento de água.  As empresas têm prazo de dez dias do recebimento da notificação para apresentar defesa escrita.
A secretária Executiva do DECON, Ann Celly Sampaio, explica que a descontinuidade dos serviços essenciais, além de infringir os termos do artigo 22 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), gera muitos transtornos aos consumidores, dificultando a sobrevivência de quem precisa utilizar o serviço. Ela lembra que a Chesf já foi multada em 60.000 UFIRCE em decorrência da queda no fornecimento de energia no dia 10 de junho deste ano por infração aos artigos 6º, inciso X, e 22 do CDC, bem como aos artigos 6º, parágrafos 1º e 2º, e 31, inciso I, da Lei de Concessão e Permissão de Serviço Público (Lei nº 8.987/95).
Os consumidores que tiverem problemas com aparelhos eletroeletrônicos em função da queda da rede elétrica, o DECON orienta registrar um Boletim de Ocorrência e procurar inicialmente a Coelce para tentar solucionar a demanda. Caso não consigam resolver a questão diretamente com a Coelce, eles devem procurar munidos de documentos pessoais e que comprovem os prejuízos, o DECON para instauração de processo administrativo.
Fonte: Ceará Agora

Zelotes: Ministério Público pede a condenação de mais 16 envolvidos

MPF-1-433x240
Dezesseis pessoas foram denunciadas nesta segunda-feira,30, pelo Ministério Público Federal (MPF) por envolvimento em negociações irregulares para a aprovação de medidas provisórias, emendas, sanções e vetos em projetos de lei. De acordo com os investigadores, foram identificadas práticas de crimes como corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e extorsão.
A nova frente de investigações da Operação Zelotes tem como origem materiais recolhidos durante as apurações de irregularidades cometidas no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). De acordo com o procurador regional da República Frederico de Carvalho Paiva, uma das organizações criminosas investigadas agiu “para viabilizar a aprovação de legislação que concedeu benefícios fiscais a empresas do setor automobilístico”, o que resultou na abertura de um inquérito específico para o caso.
Em meio às diligências feitas contra as empresas SGR Consultoria Empresarial (fundada pelo ex-auditor fiscal da Receita Federal Eivany Antônio da Silva) e a Marcondes e Mautoni Empreendimentos e Diplomacia Corporativa (M&M), foram identificadas ações para atender a interesses da montadora MMC junto ao Carf, última instância administrativa na esfera tributária, e obter decisões favoráveis a ela.
O grupo teria atuado, posteriormente, na compra de legislações federais, como medidas provisórias que beneficiaram a MMC e o grupo Caoa, empresa montadora também do setor automobilístico, segundo o MPF. Só com ações no Carf, a MMC deixou de pagar mais de R$ 266 milhões. “Já as renúncias fiscais decorrentes da prorrogação da MP 471/2009 alcançam R$ 879,5 milhões”, disse o procurador Frederico de Carvalho Paiva.
Segundo os investigadores, a MMC teria repassado R$ 57 milhões a lobistas, de forma parcelada entre 2009 e 2015. Além disso, a fim de ocultar a relação com a SGR, a MMC fez uso da M&M, com quem já tinha relacionamento comercial antigo.
As investigações apontaram também para o envolvimento da servidora pública Lytha Battiston Spíndola e de seus filhos Vladimir e Camilo Spíndola no caso, e do ex-diretor de Comunicação do Senado, Fernando César Mesquita, que teria recebido R$ 78 mil, como pagamento por monitorar a tramitação da MP 471 no Congresso Nacional, medida provisória que rendeu benefícios fiscais à MMC e à Caoa entre 2010 e 2015.
De acordo com os procuradores, no período em que foi assessora especial do gabinete da Casa Civil e, entre seus trabalhos, fez uma análise do texto da MP 512/2010, Lytha teria atuado no sentido de convencer a Presidência da República a ignorar um parecer técnico do Ministério da Fazenda, o que garantiu benefícios às empresas citadas. Entre 2010 e 2014, ela recebeu R$ 2 milhões da M&M, dinheiro que foi repassado a empresas de seus filhos, que segundo os procuradores, estavam a par das irregularidades.
“Nas investigações identificamos também a prática de crime de extorsão. No caso, os denunciados [Halysson Carvalho Silva e Marcos Augusto Henares Vilarinho] o fizeram após o grupo Caoa ter se recusado a pagar parte do acertado na negociação que levou à aprovação da MP 471”, disse o procurador Frederico Paiva. Documentos apreendidos pelos investigadores indicavam que, juntas, MMC e Caoa deveriam pagar R$ 32 milhões à M&M, valor que seria dividido também com a SGR. Segundo mensagens trocadas pelos investigados, 40% desses valores seriam usados para pagar “colaboradores”.
Para o Ministério Público, esse percentual seria destinado a agentes públicos corrompidos, o que inclui parlamentares federais cujos nomes ainda não foram identificados. Os 60% restantes seriam distribuídos entre lobistas.
Segundo apurado, Mauro Marcondes, da empresa M&M, teria recusado a repassar parte do que era devido à empresa SGR, que passou a ter problemas para pagar seus compromissos. Halysson Silva e Marcos Vilarinho foram então contratados pela SGR para ameaçar, tanto Marcondes, quanto Eduardo Ramos, da MMC. Nas conversas entre as partes, o valor reivindicado era de US$1,5 milhão. Caso a quantia não fosse paga, Halysson ameaçava entregar um dossiê sobre a MP 471 à oposição e à imprensa.
Além de pedir a prisão dos denunciados, o MPF solicitou a perda dos cargos e a cassação de aposentadorias de envolvidos, além do pagamento de, no mínimo, R$ 879,5 milhões como reparação aos cofres públicos. De acordo com os investigadores, a União perdeu R$ 1,58 milhão decorrente da lavagem de dinheiro praticada pelos denunciados.
Na relação de denunciados apresentadas pelo MPF estão José Ricardo da Silva e Eivany Antônio da Silva (por organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e extorsão); Alexandre Paes dos Santos e Eduardo Gonçalves Valadão (por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e extorsão); Mauro Marcondes Machado, Cristina Mautoni Marcondes Machado, Francisco Mirto Florêncio da Silva e Eduardo de Souza Ramos (por organização criminosa, lavagem de dinheiro e corrupção ativa); Lytha Battiston Spíndola e Robert de Macedo Soares Rittscher (por organização criminosa e lavagem de dinheiro); Paulo Arantes Ferraz (corrupção ativa); Vladimir Spíndola e Camilo Spíndola (por lavagem de dinheiro); Fernando Cesar de Moreira Mesquita (por corrupção passiva), além de Halysson Carvalho Silva e Marcos Augusto Henares Vilarinho (por extorsão).

Fonte: Ceará Agora

Réu é condenado a dez anos de cadeia por roubo

PRESO
O réu Antônio Lailson de Sousa Lima foi condenado por roubo (com emprego de arma e concurso de pessoas), associação para cometer crimes e corrupção de menores. Ele cumprirá dez anos e nove meses de reclusão, em regime fechado, e não poderá apelar em liberdade.

A decisão é do juiz Henrique Jorge Granja de Castro, titular da 8ª Vara Criminal de Fortaleza. “Analisando a prova obtida em instrução criminal, não há como deixar de reconhecer que o réu praticou as condutas delituosas”, destacou.
Conforme os autos, os crimes ocorreram no dia 4 de março deste ano, por volta das 15h30, em oficina mecânica situada na Barra do Ceará, em Fortaleza. Utilizando revólver, o réu e dois adolescentes invadiram o estabelecimento, subtraíram os pertences do dono, de um funcionário e de um cliente. O proprietário consegui fugir, alertou pessoas próximas, que por sua vez avisaram à polícia.
Os assaltantes fugiram em um carro. Perseguidos pela viatura, eles desobedeceram à ordem de parada, atiram contra os policiais, mas em seguida foram capturados. Com eles, havia um revólver calibre 38, quatro munições, dois telefones celulares, um relógio de pulso e R$ 37,00.
Após serem reconhecidos pelas vítimas, os adolescentes foram conduzidos às delegacias competentes. Um deles assumiu a propriedade da arma e confessou que a adquiriu de forma irregular. Antônio Lailson foi preso em flagrante. Durante interrogatório, no entanto, negou os crimes.
Antônio Laison também foi condenado a três meses de detenção, em regime aberto, pelo delito do artigo 329 do Código Penal (“opor-se à execução de ato legal, mediante violência ou ameaça a funcionário competente para executá-lo”). A sentença foi proferida nessa quinta-feira (26).
Fonte: Ceará Agora

Juiz estabelece regras para controlar entrada de visitantes em cadeias do Interior

cadeia de moraujo
O juiz Guido de Freitas Bezerra, em respondência pela Comarca Vinculada de Moraújo (a 292 km de Fortaleza), estabeleceu regras para controlar a entrada de visitantes na cadeia local. A medida consta na Portaria nº 2/2015, publicada no Diário da Justiça.

O objetivo é eliminar a circulação de drogas, bebidas alcoólicas e atividades ilícitas dentro do estabelecimento penal de Moraújo, bem como regularizar e identificar as pessoas que realizam visitas aos presos.
De acordo com a determinação, haverá o cadastramento de todos aqueles que visitarem os detentos, presos provisórios ou definitivos na cadeia. Eles serão identificados por meio de documento.
Ainda segundo a medida, será realizado, semanalmente, pela administração do estabelecimento penal local, em conjunto com a polícia militar, buscas nas celas, a fim de intensificar a fiscalização.
Por fim, a execução penal será orientada e recomendada aos agentes penitenciários, haja vista que eventuais desvios de conduta serão de imediato comunicados à administração pública para fins de apuração de infração administrativa.
COREAÚ
O mesmo magistrado também determinou as referidas regras para controlar a entrada de visitantes na cadeia de Coreaú, distante 281 km de Fortaleza. A medida consta na Portaria nº 7/2015, publicada também no Diário da Justiça.

Com TJCE
Fonte: Ceará Agora

28 novembro 2015

Grupo politico de Aratuba, escolhe seu Pré-Candidato a Prefeito

DEDÉ PAIVA 
O Grupo político denominado“Aratuba, Criando Novos Caminhos! ou como ficou mais conhecido “Grupo dos 10”, reuniu-se na tarde do último domingo dia 22/11 para fazer a escolha de seu representante a pré-candidatura a Prefeito de Aratuba no pleito de 2016.

E como surgiu esse movimento?O movimento surgiu de conversas por parte de diversos seguimentos da sociedade, entre estes, os cidadãos filhos de nascimento de Aratuba ou por adoção, onde quer que se encontravam, surgia sempre o assunto sobre a situação da política e do social do país e em especial o município de Aratuba, assuntos estes que permeavam as rodas das conversas, mas ficavam somente no campo das idéais, que de início de passagem eram bastante incomuns em sua totalidade entre os amigos. Daí então surgiu o desejo de se formar um Grupo de pessoas politicamente conscientes que pensassem e que fossem capaz de colocar essas idéias em prática e mostrar para o povo aratubense que ainda será possível ter um município desenvolvido, com mais justiça social. Em meados de janeiro de 2015, criou-se então o Grupo denominadoAratuba, Criando Novos Caminhos! (caminhos esses da dignidade, da justiça social, do desenvolvimento, mais humanístico, mais fraternidade etc.), que passou então a reunir-se regularmente. Composto de pessoas oriundas dos diversos seguimentos da sociedade, como: servidores públicos estaduais e municipais, professores, sindicalistas, médico, advogado, comerciantes e trabalhador do campo.  O “Grupo dos 10” está composto hoje da seguinte forma: Elivania Silva (Preta do Sindicato), Prof. Armistrong, Joerly Victor, Raimundo Menezes, Arly Cordeiro, Dr. Roberto Luciano, Renê Medeiros, Dedé Paiva, Dr. Rômulo Timóteo e Rondynelle Gomes.

Logo no início de seus trabalhos, o referido Grupo entendeu que deveria ter um candidato a Prefeito no município, pleito de 2016, exatamente por sentir que a transformação do município é necessária e urgente. O grupo deu seguimento as suas atividades, visitando e fazendo diversas reuniões tanto internamente como nas comunidades, discutindo assim o futuro político de Aratuba, buscando saber quais são os seus anseios e as suas reais necessidades, bem como, desafios a serem superados pelos aratubenses diante do quadro em que o município tem vivido nestes últimos anos.

Nas visitas às comunidades e em conversas com o povo, os componentes do Grupo recebiam e recebem cobranças, sempre com a clássica indagação: Quem seria o candidato do grupo a disputar a Prefeitura em 2016? Então, com a proximidade do final do ano e as definições políticas sendo tomadas nos municípios, o Grupo viu a necessidade e chegada a hora de responder a tão repetida pergunta do povo, e fazer a escolha do pré-candidato.

Ao longo do tempo em suas reuniões, o “Grupo dos 10”, tem se voltado para a construção de um projeto totalmente novo, que traz soluções inteligentes e coerentes. Acredita-se na capacidade de alavancar o município de Aratuba a um novo tempo, tempo este de esperança e transformação no modo de vida das pessoas, bastando tão somente que o projeto tenha sua aprovação pelos aratubenses para ser implantado em um futuro breve.

Assim sendo, em reunião o Grupo discutiu sobre diversas idéias dos mais variados seguimentos, propondo soluções para resolver os problemas do município, bem como inseri-las no novo projeto, tais como: agricultura, saúde, educação, lazer, moradia, segurança, transportes, comércio etc. Finalizadas as explanações, escolheu-se o representante do Grupo para concorrer às eleições de 2016, onde o nome indicado foi o de Dedé Paiva.

História de Dedé Paiva:

DEDÉ PAIVA 
Dedé Paiva, é filho natural de Aratuba, mais precisamente da localidade de Mundo Novo, filho do agricultor Zezito Paiva (in memoriam), onde ainda bem jovem saiu com seus irmãos para estudar na capital cearense, Fortaleza. Em seus momentos de folga, o seu hobby predileto é visitar a sua terra natal, onde tem familiares e propriedades no município. Sempre gostou de militar na política e já em 1992 ingressava na disputa as eleições como candidato a vice-prefeito de Aratuba na então chapa composta por ele e o ex-vereador José Carlito. Dedé Paiva é servidor público estadual há 29 anos. Se formou em Gestão em Redes de Computadores, e tem pós-graduação em Gestão Pública Municipal pela UNILAB e Gestão Empresarial pela FIC. Profissional discreto, determinado e experiente, já desempenhou em sua carreira profissional diversos cargos a nível de gerência em órgãos do governo do estado, onde o seu mais recente foi como Administrador do Estado Castelão de 2008 até meados de 2012.

Palavras de Dedé Paiva:

“Agradeço primeiramente a Deus, minha família e aos membros do Grupo“Aratuba, Criando Novos Caminhos!”, pois sinto-me honrado e tenho a grata satisfação em me confiarem a difícil missão de poder representar, quem sabe no futuro breve, o meu povo da querida Aratuba. O “Grupo dos 10” está de parabéns por ter pessoas capazes de discutir projetos dessa magnitude que certamente através de suas propostas atenderão aos asseios de todas as classes, sejam elas: crianças, jovens, mulheres, adultos e idosos, trazendo assim uma nova forma de fazer política, e com responsabilidade. Os nossos princípios são voltados totalmente para que as pessoas estejam sempre em primeiro lugar, sendo tratadas com dignidade, respeito e humanidade, este é o nosso compromisso. Construiremos sim uma Aratuba mais justa, onde criaremos oportunidades para jovens e adultos, gerando assim uma melhor distribuição de renda, implantando mecanismos de produção de modo sustentável, proporcionando assim qualidade de vida para todos os aratubenses.

Convido a todos que querem ver Aratuba transformada, venham, conheça-nos e junte-se a nós. Abraços a todos, Dedé Paiva.

27 novembro 2015

Redenção: tiroteio com polícia deixa cinco mortos

tres-tiros
O clima é de tensão na cidade de Redenção, na Região do Vale do Acarape. Uma operação da polícia, que estava cumprindo mandados de prisão contra suspeitos de crimes, terminou, com cinco mortos e três policiais feridos. As informações que chegaram à produção deste site apontam que os policiais foram recebidos à bala na Serra do Vento, localidade do Distrito de Antonio Diogo, Município de Redenção. Os mandados de prisão estavam sendo cumpridos contra denunciados por crimes praticados em cidades do Maciço do Baturité.

Uma operação policial realizada pela Polícia Militar (PM) em Redenção (na Serra de Baturité) na madrugada desta sexta-feira (27/11) resultou em um tiroteio que vitimou cinco suspeitos de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas. Três policiais ainda foram baleados na ação.
De acordo com o capitão Ferreira, da PM de Redenção, a polícia recebeu informações de que uma quadrilha tinha esconderijo em uma casa na serra. Chegando lá, ainda conforme o relato, a polícia foi recebida à bala pelos criminosos. As cinco pessoas que integrariam o grupo acabaram sendo mortas.
Os três PMs atingidos não correm risco de morte, segundo o capitão. Os tiros atingiram o colete à prova de bala de dois deles e as nádegas do outro. Na casa, a polícia apreendeu dois revólveres, uma pistola, três armas longas — dentre elas, uma escopeta calibre 12 arsenal —, munição, pólvora e drogas.
Fonte: Ceará Agora

Ex-policial militar é preso suspeito de vender armas para criminosos

preso-2 (1)
Um ex-policial militar, identificado como Raimundo Gleidson de Oliveira Pinheiro, de 31 anos,  foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (26) no Bairro Henrique Jorge, em Fortaleza, suspeito de vender e intermediar a venda de armas e munições para criminosos.

O homem foi detido no momento em que entregava um carregador de pistola à mulher de um detento. Márcia Cibele já responde por tráfico de drogas.
Após a abordagem, os policiais seguiram com os dois até o endereço do ex-militar onde durante busca no veículo que estava na garagem, foi encontrada uma arma.
O suspeito trabalhou durante quatro anos como policial militar após entrar na Justiça para ser aprovado no concurso para o cargo, mas a liminar foi derrubada há um ano. As armas eram vendidas a preços que variam de R$ 2.500 a R$ 3.000 reais.
Fonte: Ceará Agora

Justiça determina pagamento do salário atrasado de servidores da Prefeitura de Palhano

Palhano
O prefeito do município de Palhano, Francisco Nilson Freitas, foi notificado nessa quarta-feira (25) da decisão do juiz Abraão Tiago Costa e Melo, da comarca vinculada de Palhano, que determinou, no dia 04 de novembro, o pagamento da remuneração atrasada dos servidores da Prefeitura Municipal de Palhano. A decisão atendeu pedido do Ministério Público do Estado de Ceará (MPCE), que, por intermédio do promotor de Justiça Cleiton Sena de Medeiros, ingressou com Ação Civil Pública (ACP) com pedido de liminar para que o município regularize a folha de pagamento no prazo de 72 horas a contar da data da notificação.

Na decisão, o juiz determinou multa diária de R$ 1.000,00 ao Município de Palhano no caso do descumprimento da decisão após as 72 horas, sem prejuízo de eventual responsabilidade administrativa (improbidade) civil e/ou penal do gestor público.
A promotoria de Justiça instaurou Inquérito Civil Público diante do encaminhamento de uma representação por servidores que informaram que a remuneração, bem como o adicional de férias e décimo terceiro salário não estavam sendo pagos. Diante disso, foi expedida Recomendação Administrativa para o adimplemento dos meses em atraso e a fixação de data para pagamento do funcionalismo público municipal, mas a medida não foi cumprida pelo prefeito Francisco Nilson Freitas, sem a regularização da folha de pagamento até o momento.
Na investigação, o promotor verificou que, além daqueles que encaminharam a representação, quase todo o quadro de servidores também se encontra com remuneração atrasada. Isto afeta, direta ou indiretamente, grande parte da população, abala inúmeras famílias e, ainda, a economia local, já que, além dos familiares dos servidores dependerem da renda mensal deles para sobreviverem, dela também dependem os comerciantes do Município.
Fonte: Ceará Agora

Mesmo preso, Delcídio permanece como senador e receberá R$ 33,7 mil de salário

Delcidio-Amaral
Mesmo preso preventivamente após tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato, o líder do governo no Senado, Delcídio Amaral (PT-MS), não perde a prerrogativa de senador e terá direito a receber R$ 33,7 mil mensais de salário.

De acordo com o regimento interno da Casa, um senador que estiver “temporariamente privado da liberdade” terá direito a uma licença automática. “Considerar-se-á como licença concedida, para os efeitos do art. 55, III, da Constituição, o não comparecimento às sessões do Senado temporariamente privado da liberdade, em virtude de processo criminal em curso”, diz o texto do regimento.
Por sua vez, o artigo e inciso da Constituição ao qual o regimento faz referência ressalva que um senador em licença não perde o mandato se deixar de comparecer a um terço das sessões de votação da Casa. Essa é uma das exigências para que os parlamentares não percam o mandato por falta.
Nesse caso específico de afastamento, conforme entendimento do Senado, o petista não precisa abrir mão do mandato em favor do suplente. Ontem à noite , os senadores decidiram em plenário manter Delcídio preso. O entendimento em votação aberta é que o petista, ao tentar evitar que o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró o implicasse numa delação premiada da Operação Lava Jato tem de permanecer detido enquanto perdurar a detenção do Supremo Tribunal Federal (STF). O senador foi detido na manhã desta quarta-feira, 25.
Fonte: Ceará Agora

Lula diz que atitude de Delcídio foi “coisa de imbecil”

delcidio lula
Durante almoço na sede da CUT, nesta quinta-feira, (26) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mostrou-se irritado com a atitude do correligionário Delcídio do Amaral, preso pela Polícia Federal, por tentar impedir as investigações da Operação Lava Jato. Lula chamou a ação e Delcídio de “coisa de imbecil”.
O ex-presidente ao comentar o comportamento de Delcídio disse que a atitude do mesmo foi uma loucura e coisa de idiota. Para Rui Falcão, presidente do PT, há diferenças entre o ex­tesoureiro do partido João Vaccari Neto e o senador Delcídio do Amaral (PT­MS), ambos presos no âmbito da Operação Lava Jato. Ele deixou nas entrelinhas que Vaccari estaria em atividade partidária e Delcidio, não partidária.
Em nota, Falcão já havia dito que o PT não se julga no papel de emitir qualquer gesto de solidariedade a Delcídio.  Alas do PT, como o Presidente do PT de São Paulo, Emídio de Souza, defendem a expulsão do Senador, outras que o partido se solidarize com o mesmo. Alguns chegaram a criticar Falcão pela nota.
Fonte: Ceará Agora

25 novembro 2015

Wesley Safadão fará show beneficente em Fortaleza nesta quarta, 25

Ceará - Entretenimento
O cantor Wesley Safadão, da banda Garota Safada, realiza nesta quarta-feira, 25, um evento beneficente em Fortaleza.
Wesley Safadão postou nas redes sociais explicando que o evento acontecerá na Casa de Shows Faroeste, e dever, também, apresentar o novo repertório da banda.
Ainda de acordo com o cantor, para assistir o show basta doar cinco quilos de alimentos não perecíveis que deverá ser doado a instituições de caridade.
Em anos anteriores a entrada era com duas latas de leite em pó, esse ano os organizadores resolveram ampliar para ajudar mais instituições beneficentes. O evento é uma parceria das empresas Social Music e Luan Promoções.
Maiores informações:
Data: Quarta, 25 de novembro de 2015
Local: Faroeste – Rua Barão de Aquiraz, 3171
Horário: a partir das 21 horas
Informações: (85) 3264.8091
Entrada: 5 Kg de alimentos não perecíveis.

Marido mata a mulher e executa vice-prefeito de Choró

Marido mata a mulher e executa vice-prefeito de Choró
A Polícia acredita que as mortes do vice-prefeito de Choró, Francisco Sidney Cavalcante de Sousa, 42, e da técnica de enfermagem Maria Elisângela Gomes Lemos, 35, tenham sido cometidas por motivos passionais. O acusado dos crimes, Francisco Roberto Oliveira, o 'Júnior Moura', 46, atirou contra a própria cabeça e até o fechamento desta edição estava internado em estado grave no Instituto Doutor José Frota (IJF). Ele teria matado a mulher no sábado e, ontem, invadiu a Prefeitura de Choró, fez Sidney Cavalcante de refém e, após cerca de duas horas, assassinou o político com nove tiros.
As investigações do crime estão a cargo da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). Conforme o delegado Leonardo Barreto, da Especializada, uma carta encontrada no apartamento onde Elisângela e Júnior moravam, pode ajudar a Polícia a elucidar as motivações para os dois homicídios. 

O homem invadiu o Centro Administrativo
Expedito Quirino Borges,
sede da Prefeitura de Choró,
fez o vice-prefeito de refém e
assassinou o político a tiros
Invasão 

Por volta das 11h de ontem, a Polícia recebeu o chamado que um homem havia invadido o Centro Administrativo Expedito Quirino Borges, em Choró, a aproximadamente 151 quilômetros de Fortaleza. O suspeito, que portava um revólver de calibre 38, teria feito reféns no local e estava trancado no gabinete do vice-prefeito com o gestor. 
Agentes das polícias Civil e Militar foram ao Centro Administrativo. Sob o comando da delegada Anna Claudia Nery, teve início uma negociação com o homem, que apresentou-se como Júnior Moura. 
A conversa, por telefone, durou aproximadamente duas horas. À autoridade policial, o homem disse que havia matado a mulher em Fortaleza e que iria assassinar o político pois suspeitava de um romance envolvendo as duas vítimas.  
Júnior dizia manter quatro pessoas sob a mira da arma. Foram então ouvidos disparos efetuados dentro do gabinete. A Polícia entrou na sala e encontrou o vice-prefeito, já sem vida com nove tiros no corpo, sendo três na cabeça e seis no tórax, e Júnior Moura, ferido com uma lesão a bala na cabeça. Foram encontradas 14 cápsulas de calibre 38, sendo 12 deflagradas e duas intactas. Júnior Moura foi socorrido em estado grave para um hospital da região e depois transferido para o IJF, em Fortaleza, onde permanecia internado em estado grave até o fechamento desta edição.
d
Sidney Cavalcante de Sousa, 42 anos, foi morto com vários tiros dentro do gabinete onde trabalhava

d
Francisco Roberto Oliveira, o 'Júnior Moura', atirou contra a própria cabeça depois de matar a mulher, Elisângela Gomes, 35, e o vice-prefeito de Choró
Com a informação dada pelo suspeito, a DHPP foi até o apartamento do casal, localizado na Avenida Augusto dos Anjos, bairro Parangaba, na Capital. No endereço, o corpo de Elisângela foi encontrado congelado, dentro de um freezer. O delegado Leonardo Barreto, da DHPP, que esteve no apartamento, informou que a mulher apresentava lesões no pescoço, o que leva a Polícia a crer que ela teria sido estrangulada. "O apartamento não tem sinais de arrombamento, não estava desorganizado, não denotava ter ocorrido luta corporal entre o casal. Vestígios foram recolhidos e analisados de maneira mais aprofundada", disse. 
Pessoas que conheciam o casal diziam não acreditar no que havia acontecido. Conforme os relatos dos populares, Elisângela e Júnior, naturais de Jaguaretama e que moravam no apartamento há menos de um ano, não costumavam brigar. Conforme relatos, no entanto, Júnior Moura teria dito a alguns amigos que vinha pensando em morar sozinho. Amigos da família relataram que Júnior Moura teria sido visto na cidade natal, Jaguaretama, no fim de semana, supostamente depois de ter matado a mulher. 
Na cena do crime, contudo, um objeto também chamou a atenção dos investigadores. Um caderno foi encontrado em que havia escrita uma carta, supostamente redigida por Júnior Moura, em que o autor pedia desculpas à família da vítima pelo assassinato da mulher. Os dois filhos do casal, um menino e uma menina de aproximadamente nove anos, conforme a Polícia, estariam com parentes. 
Pessoas que conheciam o casal diziam não acreditar no que havia acontecido. Conforme os relatos dos populares, Elisângela e Júnior, naturais de Jaguaretama e que moravam no apartamento há menos de um ano, não costumavam brigar. Conforme relatos, no entanto, Júnior Moura teria dito a alguns amigos que vinha pensando em morar sozinho. Amigos da família relataram que Júnior Moura teria sido visto na cidade natal, Jaguaretama, no fim de semana, supostamente depois de ter matado a mulher.

Manifestações 

Ontem, o prefeito de Choró, José Antônio Rodrigues Mendes, declarou luto de três dias no Município pela morte de Sidney. Em Fortaleza, o deputado Elmano de Freitas (PT), que presidia a sessão na Assembleia Legislativa (AL), pediu ao plenário um minuto de silêncio em homenagem à vítima. O velório do vice-prefeito está marcado para hoje, no próprio Centro Administrativo onde o gestor foi morto. 

(Colaborou Alex Pimentel)

choro
Fonte: DN

Lava Jato: PF prende Senador Delcídio Amaral

Delcidio Amaral
A Polícia Federal prendeu, na manhã desta quarta-feira, em Brasília, o senador Delcídio Amaral (PT), líder do Governo no Senado Federal. A prisão foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e faz parte das investigações da Operação Lava Jato que apura os esquemas de corrupção na Petrobras. Delcídio teria sido flagrado na tentativa de prejudicar as investigações contra ele, em uma tentativa de destruir provas contra ele.

Esta é a primeira vez que um senador com mandato é preso. O Jornal O Estado de São Paulo apurou que pela manhã que o ministro Teori Zavascki convocou uma reunião extraordinária da Turma dedicada à Lava Jato. A reunião da Corte será reservada, que é algo raro.
De acordo com fonte no tribunal, a sessão foi marcada pelo presidente da Turma, ministro Dias Toffoli, a pedido do ministro Teori Zavascki, relator dos casos relativos ao esquema de corrupção na Petrobrás.
Zavascki informou nessa terça, 24, o presidente da Corte, ministro Ricardo Lewandowski, de que seria realizada sessão na quarta, 25, para debater uma decisão importante. O informe a Lewandowski foi feito pessoalmente pelo relator dos processos da Lava Jato na Corte e não pelo presidente da Turma, ministro Dias Toffoli, a quem cabe usualmente fazer os comunicados institucionais.
Além de Delcídio do Amaral, a PF prendeu também o chefe de gabinete dele, o banqueiro André Esteves do banco BTG Pactual e um advogado ligado ao senador.
Conteúdo Estadão e G1.
Fonte: Ceará Agora

24 novembro 2015

Deputada Laís Nunes cobra uso racional da água

lais nunes
A deputada Laís Nunes (Pros) retornou à Assembleia Legislativa após licença-maternidade, cobrando ações mais incisivas contra o agravamento da seca e defendeu o uso responsável da pouca água que resta. Ela destacou que em visita aos municípios, constatou a preocupação com a falta de água, “que assusta e assola toda a população. ”

A deputada também informou que criou o projeto Parlamento na Comunidade, para ouvir de perto os reclamos da população e a principal reivindicação é por água. “Meu objetivo é dar voz aos que em mim confiaram seu voto e, dentro do possível, transformar essas solicitações em projetos e requerimentos. Dessa forma, poderei atender as demandas”, assinalou.
A parlamentar lembrou que já são quatro anos de seca prolongada, inclemente como não se via desde o distante 1979 – 1983. E a probabilidade de um quinto ano de seca é muito grande. As previsões climáticas apontam nessa direção. “É tanta demanda por água que perdi a conta do número de requerimentos que encaminhei, ao longo de todo esse ano, ao Governo do Estado, solicitando a perfuração de poços profundos nas mais diversas comunidades”, informou. Alguns desses pedidos foram atendidos pelo governador Camilo Santana, segundo ela, enquanto outros ainda aguardam deliberação.
Laís Nunes defendeu a necessidade de criar uma cultura de uso racional da água. “Não podemos descartar a possibilidade de racionamento para Fortaleza e Região Metropolitana”, alertou. E acrescentou: “Não temos safra; não temos água para beber; o rebanho está desaparecendo e os criadores estão vendendo o gado por pouco ou nada, para que não morram de sede ou de fome”. De acordo com a deputada, o problema do milho é outro drama. “Há muito tempo a Conab promete a chegada desse milho, mas demora muito e, quando vem, nunca é na quantidade suficiente”, pontuou.
Com Assessoria
Fonte: Ceará Agora

Ministério Público multa Coelce por cobrança de seguro de vida

coelce
O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (DECON) notificou nesta terça-feira (24) a Companhia Energética do Ceará (Coelce). A empresa foi multada em 60.000 UFIRCE (cerca de R$ 200 mil), por cobrar por seguros de vida diretamente na fatura de energia elétrica. Foi determinado, também, que a empresa deve informar aos consumidores que eles têm o direito de pagar as faturas mensais de consumo de energia elétrica, sem ter que pagar por serviços de terceiros eventualmente contratados.

O DECON, noticiado pela 25ª Vara Cível de Fortaleza, instaurou procedimento administrativo para apurar a informação de que a Coelce disponibilizaria no mercado de consumo, além do fornecimento de energia elétrica, seguro de vida e que a cobrança por este serviço estaria sendo feita diretamente na fatura de energia elétrica.
Ao ser notificada pelo órgão consumerista, a Coelce informou que a matéria é regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) através da resolução normativa nº 581, de 11 de outubro de 2013, tendo apresentado, também, a relação de possíveis cobranças que podem ser incluídas na conta de energia elétrica. Acontece que tal prática é permitida, desde que atendidos os parâmetros delineados na resolução normativa mencionada que, em seu artigo 4º, veda a prestação de atividades atípicas pelas distribuidoras de energia.
A Coelce, além de realizar a cobrança de serviços de terceiros através das faturas de consumo, exerce efetivamente a comercialização de seguros de vida, inclusive confeccionando material publicitário dos produtos. Além disso, a companhia colocou os dizeres “Coelce Seguros” de forma ostensiva no material informativo, transmitindo ao consumidor a sensação e expectativa de contratar com a própria Coelce e não com empresas terceirizadas.
A secretária-executiva do DECON, Ann Celly Sampaio, acrescenta que, pelo serviço de energia elétrica ser essencial, é vedado à Coelce explorar outra atividade que não seja a distribuição de energia, uma vez que essa atitude transcenderia os limites impostos pela ANEEL e pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC). A empresa tem prazo de dez dias, contados a partir do recebimento da notificação, para recorrer à Junta Recursal do órgão.
Com informações do DECON
Fonte: Ceará Agora

Baturité e sete municípios em situação de risco de surto de dengue, chikungunya e zika

O Ministério da Saúde apresentou, na manhã de hoje, o resultado do Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti (LIRAa). Conforme o boletim, o Ceará tem oito municípios em situação de risco de surto de dengue, chikungunya e zika. São eles: Baturité, Canindé, Coreaú, Ipaumirim, Massapê, Parambu, Tauá e Viçosa do Ceará. Significa que mais de 4% das casas visitadas nestas cidades apresentaram larvas do mosquito.
Já os municípios em situação de alerta somaram nove: Caucaia, Cedro, Guaiúba, Horizonte, Itapipoca, Maranguape, Pacatuba, Pires Ferreira e São Benedito. Outros 18 estão com situação satisfatória, entre eles Fortaleza, com índice de 0,9. 
Realizado em outubro e novembro, o LIRAa teve adesão recorde para este período do ano, com 1.792 cidades participantes - aumento de 22% se comparado ao mesmo período de 2014. A pesquisa é um instrumento fundamental para o controle do Aedes aegypti. Com base nas informações coletadas, o gestor pode identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito, bem como o tipo de depósito onde as larvas foram encontradas.

Fonte: DN

Polícia encontra corpo que seria da esposa de homem que matou vice-prefeito de Choró

O corpo de uma mulher foi encontrado pela Polícia na tarde desta terça-feira dentro de um freezer, em um condomínio localizado na Avenida Augusto dos Anjos, em Fortaleza. A suspeita é de que o cadáver seja da esposa do homem que atirou e matou o vice-prefeito de Choró.
Enquanto negociava sua rendição com a Polícia, o homem disse ter matado a esposa, no último domingo (22), em Fortaleza, e colocado o corpo da vítima em um freezer. 
A delegada regional da Polícia Civil de Quixadá, Anna Claudia Nery, afirmou, na tarde desta terça (24), que a suspeita é que a motivação do assassinato do vice-prefeito tenha sido passional.
Segundo ela, o suspeito revelou que o petista mantinha uma relação extraconjugal com sua esposa. O homem revelou à Polícia que brigou com o vice-prefeito por conta do romance que o gestor teria com sua esposa. 
O corpo do vice-prefeito foi encontrado no gabinete do prefeito na sede da Prefeitura de Choró. O petista foi assassinato após ser feito refém por cerca de 3 horas. Conforme a Polícia, 12 disparos foram efetuados pelo suspeito e há indícios de luta corporal.  

Fonte: DN

Vice-prefeito de Choró é assassinado após ser feito refém na sede da Prefeitura

O vice-prefeito de Choró, Sidney Cavalcante (PT), foi assassinado, nesta terça-feira (24), dentro da sede da Prefeitura do Município.No início da manhã, o suspeito de cometer o crime entrou no Centro Administrativo se passando por um eleitor e fez o vice-prefeito de refém por cerca de três horas. De acordo com a Polícia, há indícios de uma luta corporal entre os dois e 12 tiros foram ouvidos. A Polícia suspeita que o crime tenha motivação passional.
Enquanto o suspeito negociava a rendição com a delegada regional de Quixadá, Anna Claudia Nery, o homem disse que havia matado Sidney Cavalcante por conta de um romance que a vítima teria com a esposa do atirador. 
Em seguida, ele confessou ter matado a mulher no último domingo (22), em Fortaleza, e ter deixado seu corpo em um freezer na sua residência. A Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) confirmou a morte da mulher identificada como Elisângela Gomes Lemos. A Polícia foi ao apartamento do casal, localizado na Avenida Augusto dos Anjos, e encontrou o corpo enrolado em um lençol e uma carta de conteúdo ainda não revelado. O casal morava no apartamento há quatro meses e tinha um casal de filho, que estão com parentes. 
Após confessar os crimes, o suspeito atirou na própria cabeça e foi socorrido para um hospital da região. Seu estado de saúde é grave.
Equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros estiveram no local e cercaram o prédio. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) também foi ao local para assumir as negociações. A Polícia não registrou outros feridos no local e não há outros reféns. 
Francisco Sidney Cavalcante de Sousa tinha 42 anos e era natural de Choró. O petista já foi vereador do município e, em 2012, foi eleito vice-prefeito na chapa de José Antonio Rodrigues Mendes.
O velório do vice-prefeito irá ocorrer nesta quarta-feira (25) no próprio Centro Administrativo. O prefeito de Choró decretou luto oficial de três dias na cidade.

 

 

 
Fonte: DN