Buscar

30 outubro 2015

Prefeitura de Quixeramobim resolve fechar o Hospital Pontes Neto

Hospital Pontes Neto
A Prefeitura Municipal de Quixeramobim decidiu fechar o Hospital Regional Pontes Neto. Aquela unidade hospitalar tem um custeio mensal de R$ 2 milhões. Segundo o prefeito Cirilo Pimenta (PDT), a prefeitura não tem mais condições de manter o funcionamento do Hospital, que é regional e atende pacientes de todos os municípios do Sertão Central.

O prefeito quixeramobiense observa que o Governo do Estado contribui mensalmente com R$ 230 mil, ou seja, 10,3% do total de investimento mensal naquela unidade. “O hospital atende mensalmente, em média, 9 mil pessoas, sendo que apenas 50% são de Quixeramobim. Portanto, a prefeitura não tem mais condições financeiras de arcar com todo o custo mensal, praticamente sozinha. Nem sequer recursos temos para a compra de medicamentos”, destacou.
Devido à crise financeira atual, o Hospital também está em atraso com fornecedores, com isso já faltam materiais de consumo. O governo do Estado, apesar de ter prometido aumentar o percentual repassado para o Hospital, até o presente momento não cumpriu o acertado. Foi construído em Quixeramobim o Hospital Regional do Sertão Central pelo Governo do Estado, mas até agora o equipamento não entrou em funcionamento.
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário