Buscar

25 outubro 2015

Homem forte do PT no Ceará, Guimarães volta a garantir que Curso de Medicina irá para Quixeramobim

Guimarães
Guimarães volta a garantir que Curso de Medicina será instalado em Quixeramobim.
Homem forte do PT no Ceará, o Deputado José Guimarães, que é também líder do Governo Dilma na Câmara Federal, voltou a se manifestar publicamente afirmando sem rodeios que o Curso de Medicina será instalado no Sertão Central no município de Quixeramobim.
Guimarães concedeu entrevista à Rádio Campo Maior, na tarde da última sexta-feira, 23, e chegou até mesmo a dizer que os avaliadores do MEC saíram de Quixeramobim empolgados para instalar ali o curso. A visita técnica ocorreu em Quixeramobim entre os dias 14 a 16 deste mês de outubro.
A declaração do petista desagrada aos quixadaenses, uma vez que não parece correto dar alguma garantia acerca da destinação do curso no Sertão Central, já que Quixadá também está no páreo e ainda não recebeu a visita dos avaliadores, que ocorrerá nos próximos dias 28 a 30.
Com suas declarações diretas e confiantes, atropelando todo o processo de avaliação das estruturas de saúde dos municípios, Guimarães faz parecer que a decisão final será meramente política, e que o PT já determinou que o curso será instalado em Quixeramobim.
Consequentemente, o deputado põe em dúvida a seriedade do Ministério da Educação que, deste modo, estaria distribuindo cursos de medicina não segundo critérios técnicos, mas para atender a vontade de políticos ansiosos de agradar seus currais eleitorais. Para além disto, desrespeita os próprios avaliadores que, pelo critério dele, viriam a Quixadá apenas para cumprir agenda legal, numa espécie de teatro. Os profissionais avaliadores certamente não merecem isto.
O presidente do diretório do PT em Quixadá, Ilário Marques, apesar de se manifestar publicamente a favor do curso em Quixadá, é aliado interno de Guimarães no partido e, conforme muitos avaliam, já conhece a determinação do governo do PT de estabelecer o curso fora da terra de Rachel de Queiroz.
Comportamento passivo na defesa da instalação do curso de medicina em Quixadá também exibe outro petista de destaque, o Governador Camilo Santana. Este, apesar de ter prometido em palanque de campanha lutar pela instalação do curso em Quixadá, até agora não moveu um dedo sequer nesta direção. Nem mesmo recebeu a comissão de Quixadá que tentou visitá-lo no Palácio da Abolição. Aliados de Camilo agora adotam o discurso de que, depois do curso ir para Quixeramobim, outro em universidade pública será tentado para Quixadá.

Nesta semana, a prefeitura de Quixadá promove adesivaços nas principais ruas da cidade e mobiliza a população em torno da reivindicação. Os diversos grupos políticos de Quixadá estão também empenhados em mostrar que o município tem todas as condições para receber o empreendimento estratégico. Difícil, de todo modo, é vencer a máquina petista nas mãos de Guimarães, que se sente muito à vontade para declarar enterrado o sonho quixadaense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário