Buscar

14 outubro 2015

Cunha abre sessão da Câmara e ignora apelos de afastamento feitos pelo PSOL

icunha
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), abriu a sessão de votação do plenário nesta terça, 13, para votar os destaques da Medida Provisória 678 – que estende o Regime Diferenciado de Contratações (RDC) para a área de segurança pública – ignorando as manifestações de parlamentares do PSOL que pediram sua saída do cargo.

“Eduardo Cunha não tem mais qualquer condição de presidir a presidência da Casa”, disse em plenário o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ). O líder do PSOL, Chico Alencar (RJ), pediu no plenário que mais parlamentares apoiem o processo por quebra de decoro parlamentar protocolado nesta terça no Conselho de Ética. “Deputados, manifestem-se”, apelou Alencar.
Cunha não fez nenhum comentário sobre as manifestações dos colegas na sessão e seguiu a votação. Até o momento, nenhum outro partido além do PSOL pediu no plenário o afastamento de Cunha da presidência da Câmara.
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário