Buscar

28 outubro 2015

Cachorro tem olhos arrancados em Quixadá e caso gera comoção nas redes sociais

12193608_1671699169709398_3839182165717816871_n
Cãozinho tem olhos arrancados em Quixadá, CE. Comunidade pede que crueldade seja investigada.
O grupo 4Patas divulgou na noite desta terça-feira, 27, uma ação de extrema crueldade contra um cãozinho em Quixadá. O animal teve seus olhos arrancados e ficou em estado de saúde gravíssimo. A violência ocorreu no Conjunto Jean Silva, na periferia da cidade.
12189162_543527152469227_6676980931077305092_n
Animal recebe cuidados após ser resgatado pelo Grupo 4Patas.
De acordo com a postagem do grupo no perfil do Facebook, um homem de nome Dário Alvesacolheu o animal em sua casa após o resgate.
“Estamos cuidando o máximo possível para ele chegar até amanha bem e ser tomada as providências com um veterinário”, comentou Dário, e acrescentou: “Ele luta pela vida, logo se percebe, se Deus quiser ele ficará bem, mas o caso da visão dele é bastante grave, muito grave mesmo.”
“Amanhã voltaremos ao local novamente e recolheremos mais informações sobre o caso, pois hoje o nosso foco é em salvá-lo e mantê-lo o mais bem possível, se é q é possível… triste existir ser humano com toda essa crueldade… ele é apenas um inocente”, diz Dário, com evidente tristeza.
A exposição do caso chocou a comunidade de internautas. Eles pedem uma completa investigação do caso. Dezenas de pessoas falaram de sua indignação e revolta diante da imensa crueldade. Quem desejar ajudar pode entrar em contato com Dário através do número (88) 9 96258954.
______
Nós, do Monólitos Post, desejamos que, além da Justiça dos homens, que a Justiça de Deus atinja o indivíduo, ou os indivíduos, que fizeram tamanha barbaridade. Que paguem plenamente por esta ação covarde e diabólica. Ainda nos impressiona a capacidade do ser humano para a maldade. Pedimos aos veterinários de Quixadá que se disponham, até gratuitamente, se for o caso – em nome do nosso senso de humanidade -, a fazer o possível para ajudar o animalzinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário