Buscar

11 setembro 2015

Servidores protestam na Câmara de Vereadores de Quixadá e polícia é chamada

11988226_887367068014344_7209041549830696088_n
Servidores públicos municipais de Quixadá, no Sertão Central do Ceará, protestaram na Câmara de Vereadores na manhã desta quinta-feira, 10.
O motivo para a manifestação é o atraso no pagamento de salários por parte da prefeitura.
20150910_115355[1]
Policiais Militares foram chamados à Câmara Municipal de Quixadá nesta quinta, 10.
De acordo com a presidente do SINDSEP, Neiva Esteves da Silveira, algumas categorias já estão há mais de setenta dias sem receber proventos.
Os manifestantes vestiram batas pretas com a frase “Dia de Luta”. Alguns vereadores participaram da sessão usando a mesma vestimenta.
No calor dos debates que se seguiram em plenário, a Polícia Militar foi acionada para assegurar a ordem. Para os servidores, chamar a polícia foi um ato desnecessário.
Alguns vereadores sugeriram que o prefeito João Hudson seja autorizado a realizar empréstimo junto às instituições bancárias para conseguir colocar as contas em dia. A medida é polêmica, já que pode acabar aumentando as dívidas do poder público e não oferecer solução permanente para a problemática.
“Eles vão ter que dar um jeito nisso”, desabafava uma servidora, ao descer as escadarias do parlamento após a conturbada sessão.
Durante a tarde, um grupo de vereadores se dirigiu ao gabinete do prefeito João Hudson para tratar da questão que, com certeza, promete pautar novamente a próxima sessão do legislativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário