Buscar

09 setembro 2015

SDA entrega kit de inseminação para agropecuaristas

manejoreprodutivodegadodecorte
O secretário de Desenvolvimento Agrário Dedé Teixeira fez a entrega de um kit de inseminação com 100 doses de sêmen bovino para produtores pecuaristas do município de Senador Pompeu e que pertencem à Associação dos Produtores do Sertão Central.
Esta é a segunda vez que o kit é entregue na região do sertão central na comunidade do Encantado, no município de Quixeramobim. O programa, desenvolvido pela Coordenadoria da Cadeia Produtiva da Pecuária da DAS, vem contribuindo decisivamente para a melhoria genética do rebanho bovino em todo, principalmente na região do semiárido afetada com mais um ano de estiagem. Em Senador Pompeu, o kit deve atender 48 famílias.
“Essa é mais uma ação estratégica desenvolvida pela SDA e que trabalha diretamente na segurança hídrica e alimentar. Mesmo com pouca água e um rebanho menor, vimos conseguindo aumentar a produtividade do leite e, consequentemente, manter ou melhorar a renda do pecuarista”, explicou o secretário Dedé Teixeira.

Produtividade
O crescimento na produção de leite no Estado do Ceará vem sendo um dos destaques da produção pecuária nos últimos anos. Apesar do quarto consecutivo de estiagem, programas desenvolvidos em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), Ematerce, prefeituras e produtores vem proporcionado capacitação, aumento de produtividade e ganho de mercado.
O crescimento, segundo o supervisor do Núcleo de Ovinos e Caprinos da SDA, Antônio Nunes de Oliveira deve-se a vários fatores, entre eles os vários programas de apoio a produção animal desenvolvidos ao longo de vários anos, principalmente de 2007 para os dias atuais quando na gestão do então secretário Camilo Santana. Dentre os programas, está o de Melhoramento Genético, onde a SDA distribui butijões de nitrogênio com 100 doses de sêmen de touros leiteiros de alta produção
A distribuição de tanques de resfriamento de leite bovino e caprino pelo Estado é mais um programa que colaborou ´para o crescimento da produção de leite no Estado do Ceará. O produto é armazenado e levado para processamento pelas empresas de laticínios. “Hoje, nós temos distribuídos em todo o estado 221 tanques de resfriamento incluindo leite bovino e caprino, que permitiu aos pequenos produtores mais de uma ordenha por dia”, explicou Nunes.

Informações da SDA
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário