Buscar

21 setembro 2015

Prefeito Roberto Cláudio entrega academia ao ar livre no Cocó

RC ACADEMIA1
O prefeito Roberto Claudio inaugurou, neste domingo (20.09), a primeira academia ao ar livre de Fortaleza, instalada no Parque do Cocó, na área da Regional II. O equipamento está disponível à população graças a uma parceria entre Prefeitura de Fortaleza e a Unimed Ceará, o que prevê ainda a instalação de outros equipamentos na Capital.

Segundo o prefeito, “já são quase 120 praças da cidade e mais de 50 playgrounds infantis instalados em Fortaleza e o objetivo é promover uma relação mais solidária entre os cidadãos fortalezenses, para que possam desfrutar mais dos espaços públicos”.
O Parque do Cocó, apontado como o maior parque ecológico urbano da América Latina, recebeu 22 equipamentos esportivos que foram distribuídos em três módulos.
O prefeito Roberto Claudio também destacou a Ciclofaixa de Lazer, que tem como um dos pontos de referência também o Parque do Cocó e que neste domingo completou um ano, consolidada como uma opção de lazer para as famílias de Fortaleza e que congrega cerca de quatro mil ciclistas a cada edição dominical. Neste domingo, uma programação cultural diversificada no Passeio Público, no Centro da cidade, e no Parque do Cocó.
Roberto Cláudio falou, ainda, sobre o Bicicletar, o programa de bicicleta compartilhada de Fortaleza que hoje lidera o ranking nacional em viagens com bicicletas. “O uso da bicicleta tem criado uma relação de maior proximidade do cidadão com a cidade. Isso mudou inclusive a visão dos motoristas que, ao se tornarem ciclistas, passam a respeitar mais quem faz uso do modal como transporte”, afirmou.
O economista José Maria Porto, usuário de bicicleta e que esteve no parque do Cocó neste domingo ao lado do prefeito, afirmou que “a ciclofaixa é um dos maiores resgates de cidadania dos últimos anos em nossa cidade. Sabemos que a questão da saúde é fundamental para a população e isso influencia até na redução dos gastos da administração pública municipal com saúde. Os jovens passam a conhecer outras áreas da cidade e isso ajuda no conhecimento da história de Fortaleza”, afirmou.
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário