Buscar

06 setembro 2015

Em jogo bastante movimentado no Arena das Dunas, Fortaleza fica no empate sem gols com o América-RN


Quem foi a Arena Dunas, em Natal, não se arrependeu. Apesar de América-RN e Fortaleza terem ficado no 0 a 0, a partida foi marcada pela disputa aberta e com muitas oportunidades de ambos os lados. Melhor para o Fortaleza que chegou aos 31 pontos e mantém a liderança isolada do Grupo A da Terceirona. O time potiguar é 3º lugar na classificação com 25. O Leão volta a campo no próximo domingo, dia 13, contra o Confiança (SE), na Arena Castelão.

O jogo começou com muitas opções de ataque pelos dois lados. Mas quem ameaçou e chegou até a marcar, aos 15 minutos, foi o Fortaleza. Na bola cruzada pelo alto em direção a área, Genilson marcou de cabeça. Mas o árbitro assinalou falta do zagueiro do Fortaleza sobre a zaga do América de Natal.

O setor de meia do Fortaleza jogava em velocidade. Aos 21 minutos, Lúcio Maranhão foi acionado na entrada da área. O atacante tricolor conseguiu driblar o goleiro Pantera, mas, sem ângulo, bateu mal e a bola foi recuperada pela zaga potiguar.

O América de Natal também ameaçava a defesa tricolor. Adriano Pardal invadiu a área e bateu cruzado. O goleiro Ricardo Berna apenas acompanhou a saída da bola. 

Os donos da casa passaram a pressionar mais o setor defensivo tricolor. Zé Antônio Paulista e Thiago Potiguar levavam perigo em chutes disparados contra a meta de Ricardo Berna. 

O Leão se defendia e alguns jogadores começaram a sentir o ritmo eletrizante da partida. O técnico Marcelo Chamusca mostrou preocupação no intervalo. “Queremos manter todo mundo em campo, mas tudo vai depender do estado físico dos jogadores para o 2º tempo”, avaliou Chamusca.

Mais pressão

O América de Natal continuou impondo pressão pelo primeiro gol na segunda etapa. Aos 9 minutos, o time potiguar esteve perto da abertura do placar. Após a cobrança de escanteio, Zé Antônio acertou uma forte cabeçada para o gol. No reflexo, o goleiro Ricardo Berna espalmou. 

Sob pressão, o Fortaleza tentava reagir. Em boa jogada pela lateral, Éverton fez o cruzamento forte para a área. Lúcio Maranhão se livrou da marcação e tocou de primeira para o gol. Mas a bola foi pra fora, para desespero da torcida tricolor que marcava presença na Arena das Dunas.

O time potiguar aumentou a intensidade dos ataques após os 20 minutos. As entradas de Nininho e Léo gago deram mais velocidade ao meio-campo. O Leão se protegia bem na zaga e também nas intervenções do goleiro Ricardo Berna.

Até o apito final do árbitro, a equipe tricolor abdicou de atacar e preferiu segurar o resultado que deixava o Fortaleza na liderança isolada do Grupo A da Terceirona.

Para o meia Everton, o jogo valeu pela movimentação e pelas chances criadas dos dois lados. “Foi um bom jogo. Tivemos oportunidades e eles também, mas em termos de disposição, as duas equipes estão de parabéns. Foi um jogo ifual e e foi justo sim, o empate”, sugeriu o atleta tricolor.
Fonte: O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário