Buscar

24 setembro 2015

Cid e Roberto fazem arranjo para manter comando do PP

cid
Uma articulação deflagrada pelo prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e pelo ex-governador Cid Gomes deverá manter o PP na base de partidos aliados aos Governos Estadual e Municipal. O movimento foi esboçado após o deputado federal Vitor Valim anunciar que estaria saindo do PMDB para comandar o PP no Ceará. Aliados de Cid Gomes caíram em campo para manter o PP sob a direção do ex-deputado federal Padre José Linhares.

A cúpula nacional da sigla exigiu, porém, que a condição para o PP continua com José Linhares havia necessidade do partido no Ceará ter, pelo menos, um deputado federal. Em meio a esse debate, Vitor Valim abriu conversas com dirigentes nacionais do Partido Progressista e havia avançado para se filiar à sigla e assumir a Presidência da Executiva Regional. Vitor teria falado demais e, entre uma declaração e outra, os aliados do ex-governador Cid Gomes agiram e montaram o quebra cabeça para salvar o PP.
A ideia era fazer o suplente Paulo Henrique Lustosa assumir uma vaga na Câmara Federal, contemplando, assim, as expectativas dos dirigentes nacionais do PP. A engenharia foi montada e, nas articulações, o deputado federal Adail Carneiro, do PHS, que fez aliança com o PP, assumiria um cargo na Prefeitura de Fortaleza ou Governo do Estado.
Adail já admitiu o convite e, para abrir o caminho de Paulo Henrique a caminho da Câmara Federal, os suplentes que o antecedem na coligação – Inácio Arruda e Ariosto Holanda permaneceriam nos cargos (Governo do Estado e Assembleia Legislativa), declinariam, também, da vaga de deputado federal. Estaria, assim, desenhado o cenário para o PP ampliar a bancada em Brasília e, no Ceará, ficar no grupo de partidos dos irmãos Cid e Ciro Gomes.
O PP, desde meados dos anos 90, vem sendo comandado pelo ex-deputado federal José Linhares que entrou na política pelas mãos dos irmãos Ferreira Gomes. Linhares desistiu de concorrer à reeleição no ano passado para assumir uma das vagas de suplentes na chapa de Mauro Filho ao Senado. O padre José Linhares, com base eleitoral na Zona Norte e, especialmente, em Sobral, exerceu cinco mandatos na Câmara Federal.
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário