Buscar

30 julho 2015

Joaquim Levy visita empreendimentos no Pecém

levyO ministro da Fazenda Joaquim Levy realiza nesta sexta-feira (31) visita a empreendimentos situados no entorno do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp), alavancados com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). O fundo estimula a implantação, expansão, modernização, reforma e relocalização de empreendimentos industriais com interesse nas oportunidades geradas no entorno do Cipp, situado entre os municípios de Caucaia e São Gonçalo do Amarante.
Convidado para prestigiar as comemorações dos 63 anos de fundação do Banco do Nordeste, o ministro Joaquim Levy é presença de destaque no encerramento do XXI Fórum do BNB, que acontece hoje na sede da Instituição e debate o papel do banco de desenvolvimento na economia do século XXI.
A programação do evento tem início às 8h30. Esta é a primeira visita oficial de Levy ao Ceará, desde que assumiu o Ministério da Fazenda.
Além de Joaquim Levy, quem também estará presente no BNB é Roberto Mangabeira Unger, ministro de assuntos estratégicos.
Além deles, estarão presentes o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade; o presidente da Finep, Luís Manuel Rabelo Fernandes; o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, a diretora do Banco Mundial para o Brasil, Deborah Wetzel; e o presidente do Sebrae, Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho, entre outros.
O evento, que comemora os 63 anos da maior instituição financeira de desenvolvimento regional da América Latina, tem como objetivo mobilizar as classes empresarial e política, governos, comunidade acadêmica e terceiro setor, em torno de questões relevantes para o desenvolvimento regional.
A programação do Fórum contempla três painéis temáticos: “A promoção da inclusão social”; “Produtividade, competitividade e inovação: perspectivas para o Nordeste”; e “Desafios do financiamento à infraestrutura”. Além dos painéis, também haverá a entrega da Comenda Banco do Nordeste de Desenvolvimento Regional e lançamento do Selo “10 Anos de AgroAmigo”.
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário