Buscar

30 julho 2015

Gaudêncio atribui ao estilo Danilo Forte desmoralização da política

gaudÊncioEm entrevista na manhã desta quinta-feira, 30, ao site Ceará Agora e Jornal Alerta Geral, o presidente em exercício do PMDB no Ceará, Gaudêncio Lucena condenou as críticas do deputado federal Danilo Forte sobre a decisão da Comissão de Ética Regional em expulsar militantes infiéis. Segundo Gaudêncio, o estilo Danilo contribui para a desmoralização da classe política. “Vivemos numa época de inversão de valores. Onde o desrespeito às normas, leis e bons costumes é até aplaudido e incentivado. Como um parlamentar pode falar de reforma política para melhorar o poder dos partidos, se ele mesmo incentiva a infidelidade partidária? Isso é inconcebível. É por isso que a instituição pior avaliada no País é exatamente a Câmara dos Deputados e os políticos”.
Segundo Gaudêncio, “esse desrespeito” às decisões partidárias e “a ausência da legislação pelo poder competente exigiu a intervenção da Justiça “para moralizar” o sistema. “Até bem pouco tempo se dizia que (os políticos) trocavam de partido como se troca de camisa. O que fez necessário que a Justiça Eleitoral viesse coibir esse tipo de coisa, porque os próprios políticos não fizeram nada para moralizar”, observa.
O Conselho de Ética do PMDB do Ceará se reuniu, na última semana, e decidiu expulsar o vereador de Fortaleza Carlos Mesquita dos quadros do partido. O vereador, teria cometido infidelidade partidária ao apoiar Camilo Santana (PT) na eleição passada, quando o partido tinha como candidato o senador Eunício Oliveira.
“Me sinto confortável para dizer que a comissão de ética do partido está correta porque houve uma resolução obrigando que os parlamentares e os filiados do PMDB seguissem a orientação que era apoiar os candidatos do partido. Se alguém descumpriu essa orientação, sabia das consequências que seriam exigidas depois e foi o que aconteceu”, aponta o presidente em exercício.
Nesta quinta-feira, 30, os membros do colegiado voltam a se reunir para tratar dos processos do prefeito de Novas Russas, Gonçalo Diogo, e do prefeito de Santa Quitéria, Fabiano Lobo, também denunciados por filiados em não terem apoiado o candidato do PMDB, Eunício Oliveira.
Mais detalhes você confere na edição desta sexta-feira, 31, do Jornal Alerta Geral, na Expresso Som Zoom Sat (FM 104,3 Fortaleza e RMF) e mais 22 emissoras no Interior do Ceará.
Fonte: Ceará Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário