Buscar

03 julho 2015

Assembleia instala Câmara Técnica e empossa secretário executivo do Conselho de Altos Estudos


A Assembleia Legislativa do Ceará instala nesta sexta-feira (03/07) a nova Câmara Técnica do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos (CAEAE) e o seu secretário executivo. A nova câmara será presidida pelo deputado Tin Gomes (PHS) e terá como membros os deputados Bruno Pedrosa (PSC), Agenor Neto (PMDB), Sérgio Aguiar (Pros), Heitor Férrer (PDT), Roberto Mesquita (PV) e Evandro Leitão (PDT). A solenidade acontece às 11 horas, no Auditório Murilo Aguiar, oficializada pelo presidente Zezinho Albuquerque (Pros). O novo secretário executivo do CAEAE será o ex-deputado federal Ariosto Holanda (Pros).

Francisco Ariosto Holanda é natural de Limoeiro do Norte. Engenheiro pela Universidade Federal do Ceará, com especialização em Instrumentação de Processos Industriais - Petrobrás pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e pós-graduação em Engenharia Biomédica pela COPPE/UFRJ.

Foi professor titular e coordenador do Curso de Engenharia da Universidade de Fortaleza (Unifor); professor adjunto e coordenador do Curso de Engenharia Química da Universidade Federal do Ceará (UFC) e Presidente do Nutec. Suas áreas de especialização são Instrumentação de Processos Industriais; Engenharia Biomédica; e Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Atua nas linhas de pesquisa de Formulação, Implantação e Execução de Programas e Projetos voltados para o Desenvolvimento Educacional, Científico e Tecnológico.
Ariosto Holanda foi também deputado federal pelo Ceará por seis mandatos consecutivos, a partir de 1991. Foi secretário da Indústria e Comércio do Estado do Ceará entre 1987 e 1989; e secretário de Ciência e Tecnologia do Estado do Ceará de 1995 a 1998 e de 1999 a 2002.

Ariosto foi idealizador do Conselho de Altos Estudos da Câmara dos Deputados e trouxe o seu estatuto e regimento para servirem de espelho à criação do Conselho cearense, por solicitação do então presidente da Assembleia Legislativa, Domingos Filho. O CAEAE foi criado em 13 de setembro de 2007 e já contou, em sua secretaria executiva, com o trabalho desenvolvido por Eudoro Santana e Francisco Viana.

Ariosto percebe no Conselho um instrumento para fortalecer o parlamento através dos estudos que possam resultar em projetos de lei que venham ao encontro das necessidades urgentes da população. “Podemos oferecer importantes contribuições ao legislativo cearense, principalmente as relacionadas com educação, ciência e tecnologia, saúde e recursos hídricos”, defende.

Fonte: CN7

Nenhum comentário:

Postar um comentário