Buscar

06 abril 2015

Morre menino da campanha Força Marquinhos

força marquinhos
Marquinhos foi diagnosticado com leucemia em julho de 2014
FOTO: REPRODUÇÃO
"Segundo a tradição judaico-cristã, conforme relatos bíblicos, anjos são criaturas espirituais que servem como ajudantes ou mensageiros de Deus. Comumente, por sua inocência e virtude, eles são pintados como criança". Com essas palavras, o empresário Totonho Laprovítera anunciou, às 11h48, em seu blog, que Marcos Dias Viveiros, de 10 anos,faleceu hoje de manhã (6), em São Paulo.
O garoto que deu nome à campanha Força Marquinhos foi diagnosticado com leucemia em julho de 2014 e conseguiu fazer otransplante de medula óssea em novembro do ano passado após mobilização para conseguir um doador. Sua morte se deu após complicações em seu quadro clínico.
Laprovítera, que era tio-avô de Marquinhos, diz que o menino, agora, "passa a fazer parte da primeira tríade composta pelos anjos mais próximos de Deus". Para o empresário, o garoto "apresentava-se muito além do seu breve tempo de existência material".
Totonho Laprovítera conta ainda, no blog, que Marquinhos era uma criança adorável, que ensinou as pessoas e continuará ensinando "sobre as coisas simples da vida, aquelas que nos harmonizam à mais legítima felicidade". O empresário afirma que, da última vez em que esteve com o sobrinho-neto, Marquinhos gargalhou ao ouvir as histórias de criança do tio. "É, acho que, a depender da vontade dele, ele vai se tornar um bondoso anjo da guarda das crianças mais necessitadas", finaliza. 
De acordo com o tio-avô, o corpo do menino ainda não tem data para chegar a Fortaleza.

Solidariedade

A família de Marcos recebeu apoio de amigos, anônimos e até mesmo de famosos que se sensibilizaram com a causa. A comunidade Força Marquinhos no Facebook conta com 6.811 seguidores. 
A campanha #forçamarquinhos faz parte de uma série de casos como o "Acorda, Laurinha"que geram atos solidários com o intuito de ajudar um grande número de pessoas.
 
 
Hemoce
 
A doação de medula óssea pode ajudar a salvar vidas de pacientes com doenças hematológicas, leucemias, linfomas, entre outras. No Ceará, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) é responsável pela realização do cadastro de doadores.
 
Pessoas de 18 a 55 anos, saudáveis, não diagnosticadas com câncer podem se cadastrar para realizar a doação. Com um documento de identificação e comprovante de endereço, o voluntário assina o termo de consentimento e faz coleta de uma pequena amostra de sangue.
 
 
Doe de Coração 
 
Doar é um gesto de amor e solidaridade que pode salvar vidas. A campanha Doe de Coração, que está em sua 13ª edição, sensibiliza diversos segmentos da população para a doação voluntária de órgãos no Estado do Ceará.
 
A mobilização é realizada em hospitais, escolas, clínicas, no Sistema Verdes Mares, na Unifor e em entidades, além de configurar em investimento da Fundação Edson Queiroz para disseminar essa mensagem de esperança de vida, atingindo milhares de pessoas.
 
 
Para doar no Ceará:
 
Hemocentro Fortaleza
 
Avenida José Bastos, 3390. 7h30 às 18h30, de segunda à sexta-feira
 
8h às 16h, aos sábados
 
8h às 13h, aos domingos
 
Tel: (85) 3101.2296
 
 
Hemocentro Crato
 
Rua Coronel Antônio Luís, 1.111.
 
7h às 17h30min, de segunda à sexta-feira
 
7h às 11h30, nos sábados
 
Tel: (88) 3102.1260
 
 
Hemocentro Iguatu
 
Rua Edilson de Melo Távora, s/n.
 
7h às 17h, de segunda à sexta-feira
 
Tel: (88) 3581.9409
 
Hemocentro Quixadá
 
Francisco Almeida Pinheiro, 2340.
 
7h às 16h30, de segunda à sexta-feira
 
7h às 12h e 13h às 16h30min, aos sábados
 
Tel: (88) 3445.1006
Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário