Buscar

30 abril 2015

HOSPITAL de QUIXERAMOBIM > Reforma em andamento ampliará número de leitos

HQuixeramobim
Em Quixeramobim, no Centro do Estado, neste fim de semana, um leitor, que preferiu não se identificar, flagrou pacientes do Hospital Regional Pontes Neto, segundo ele, sob risco de infecção. Com infiltrações no teto de alguns leitos, uma água escura escorria pelas paredes de uma área onde estavam acomodados três pacientes pós-operados. Uma demonstração da falta de leitos, ressaltou em sua denúncia.
HSegundo a secretária de Gestão Hospitalar de Quixeramobim, Rejane Bastos, a infiltração realmente ocorreu, em consequência das últimas chuvas registradas na região. Todavia, assim que o problema foi detectado os serviços de reparo foram iniciados no teto daquela área clínica cirúrgica, a antiga existente no Hospital Pontes Neto. Aquele setor do centro hospitalar está sendo restaurado, informa. Estão sendo investidos R$ 150 mil em recursos do próprio Município, para recuperação da ala antiga. As obras deverão estar concluídas dentro de 60 dias, ainda de acordo com as suas informações.
Quanto ao número de leitos, atualmente o Hospital Regional de Quixeramobim conta com 72. Cerca de 50 a 55 pacientes de várias cidades da região, dentre elas Senador Pompeu, Milhã, Solonópole, Pedra Branca, Banabuiú e até de Quixadá, estão internados. Por enquanto o hospital polo da cidade vizinha não está contando com seu centro cirúrgico, daí, os pacientes de lá, de Quixadá, com necessidade de cirurgias de traumo-ortopedia, também estão sendo encaminhados para o hospital polo Pontes Neto, ressalta a secretária.
Veja a reportagem completa no Diário do Nordeste > Imagens revelam precariedade
Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário