Buscar

03 março 2015

Internautas criticam Alexandre Frota após confessar abuso sexual

Internautas criticam Alexandre Frota após confessar abuso sexual
Uma declaração deixou o país chocado na última quarta-feira (25), quando o episódio reprisado de "Agora é Tarde" foi exibido na televisão e mostrou Alexandre Frota dando uma declaração polêmica, confessando uma relação sexual com uma mãe de santo, de uma forma que deu a entender que foi estupro.
É óbvio que o relato deixou milhares de pessoas indignadas, e o astro começou a ser bombardeado nas redes sociais, apesar de que ele tenha dito, posteriormente, que a história era uma ficção criada para contar no programa, e não passava de uma piada.
Em tom de deboche, Frota conta que, na época, trabalhava na Globo, e foi aconselhado por seus chefes a visitar um terreiro de umbanda para "tirar o mau-olhado." "Cara, eu comi uma mãe de santo", diz ele.

Ao contar a história, Frota chama uma moça da plateia que, segundo ele, assim como a mãe de santo, "dava para ver pela canela que era gostosa", para ajudar na representação da cena. O empresário diz não ter suportado "aquela bunda grande" e resolvido "ir para cima dela."

"Eu não acredito nessa parada que você faz, mas queria te dar um pega", narra ele, que afirma ter perguntado se a moça queria fazer sexo com ele. Mesmo não recebendo resposta, Frota conta que tirou a saia dela e iniciou o ato aparentemente sem consentimento dela. "Botei o boneco para fora e a mão na nuca dela."

Alexandre também afirmou que a moça desmaiou por conta da pressão que fez em sua nuca e que, para evitar que suas amigas que estavam do lado de fora vissem ela desmaiada, tentou reanimá-la, sem sucesso. "Levanta, filha da puta", lembrou ele de sua fala na ocasião. Como a mulher não acordou, Frota afirmou ter inventado uma desculpa, dizendo que jurava não saber o que tinha acontecido com ela. Curiosamente, o programa foi originalmente ao ar no dia 22 de maio de 2014, sem nenhuma repercussão na época.

A deputada Maria do Rosário (PT) e o deputado Jean Wyllys (PSOL) manifestaram-se contra as confissões do ator e o tratamento que o programa deu ao caso através das redes sociais. Em seu Twitter, Maria do Rosário escreveu: "A vontade de chorar que muitas de nós mulheres sentimos diante desse aplauso ao crime de estupro deve virar força e luta."
Wyllys foi mais contundente em sua manifestação. "Não há nada engraçado em um crime tipificado no artigo 213 do Código Penal, com pena de reclusão de seis a dez anos", criticou.
O rapper Emicida foi outro a criticar o programa e o seu convidado. "O arrombado fala que estuprou a mulher e o Brasil inteiro aplaude. Êta mundão bom de acabar. Fora o desrespeito com candomblé e o racismo", disse.
Diversos movimentos em defesa dos direitos da mulher também registraram sua indignação. O Coletivo Mariachi foi um dos primeiros a repercutir o caso. "Um crime hediondo foi confessado e aplaudido em rede nacional. Como isso é possível? Ora, num País onde uma mulher é estuprada a cada 12 segundos, não é difícil compreender que uma estatística alarmante como essa é produto de uma cultura que valoriza e cotidianiza a violência sexual", criticou.

Em conversa com uma seguidora, Rafinha Bastos defendeu Frota e seu programa, dizendo que toda a declaração não passou de uma cena ensaiada por ele e seu convidado, juntamente com a plateia.

Procurado pelo iG, Frota explicou que a história, que chegou a ser interpretada como estupro e causou certa revolta na web, não passa de ficção. "Fez sucesso, né? É a segunda vez que reprisam essa entrevista. No inédito, quando passou ninguém reclamou ou nenhum ativista apareceu. A Mãe de Santo é fictícia, por isso não menciono nome porque não existe. A história fez parte do meu stand up, no ano passado. É uma história contada em forma de piada, com humor, inclusive, funcionou bem na TV, mas no teatro não teve muita repercussão", explicou ele,

"Outra coisa, não vou me desculpar de nada porque nada fiz de errado. Temos liberdade de criar e roteirizar, e é isso. Repeito as mulheres, sou muito bem casado e essa onda é falta do que fazer", finalizou.
Com informações dos portais Ig e Terra.


Leia mais: http://www.diario24horas.com.br/noticia/38941-internautas-criticam-alexandre-frota-apos-confessar-abuso-sexual#ixzz3TJt6abru

Nenhum comentário:

Postar um comentário